Operação Pantanal inicia ações de conscientização no Rio Paraguai

Trabalho de conscientização aos ribeirinhos

 

 

    No quinto dia de trabalhos em combate a focos de incêndio na região do Pantanal pertencente ao Estado de Mato Grosso do Sul, a Operação Pantanal realizou ações de conscientização e fiscalização às margens do Rio Paraguai. Na manhã desta quinta-feira, 30 de julho, embarcações da Marinha levaram militares da Polícia Militar Ambiental para orientar a população ribeirinha em relação a danos que podem ser provocados a partir de pequenas queimadas.

    O Centro de Coordenação da Operação, conduzido pelo Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), avaliou importante atuar de forma a prevenir novos focos de incêndio, uma vez que nove pontos de queimadas foram registrados durante a operação.

    As aeronaves das Forças Armadas continuam atuando no combate direto aos focos de incêndio, com voos de reconhecimento, lançamento de água e transporte de bombeiros, brigadistas e militares.

    No último sábado (25/7), quando deflagrada a Operação pelo Ministério da Defesa, o relatório do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM) apontava 21 focos de incêndio em Ladário e Corumbá. Em dois dias de ação, oito focos foram controlados, contudo novos pontos de queimadas foram contabilizados, ultrapassando os índices iniciais. O último relatório, no entanto, emitido dia 29 de julho, mostra que há apenas seis focos na região.