CIAW presta homenagem ao 101º Aniversário da Aviação Naval

Sediado na Ilha das Enxadas, onde funcionou a primeira escola militar de aviação do país, o Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) realizou, em 30 de junho de 2017, Cerimônia alusiva aos 101 anos da Aviação Naval — cujo aniversário comemora-se em 23 de agosto, data do Decreto de 1916, do então Presidente da República Wenceslau Braz, criando a Escola de Aviação Naval.

Em seu discurso suas palavras, dirigidas aos “homens do mar no ar”, o Comandante do CIAW, Contra-Almirante Paulo Cesar Demby Corrêa, exaltou a distinção para este Centro de Instrução em homenagear tão rica história, bem como o valor inestimável da Aviação Naval: “Em memória destes bravos heróis de outrora, exemplos e inspirações contínuas para as gerações atuais e vindouras, e contando com a insigne presença dos aeronautas de nossa Marinha, em especial os nossos ‘Velhas Águias’, cabe destacar a Aviação Naval como componente indispensável do Poder Naval, garantindo o pleno desenvolvimento das atividades relacionadas às nossas águas jurisdicionais, e, portanto, na defesa irrestrita da Amazônia Azul e de suas riquezas.”

CA Demby discursa sobre a importância da Aviação Naval

por ocasião da homenagem pelo seu 101º aniversário

Presidente de Honra da Confraria dos Aviadores Navais, o Contra-Almirante (Refº) Carlos Frederico Vasconcellos da Silva ressaltou, em suas palavras de agradecimento, o orgulho de todos os confrades pela prestigiosa homenagem e em poder iniciar as celebrações pelo 101º aniversário da Aviação Naval justamente aonde foi o seu berço — quando, à época, foram construídos na ilha dois hangares, com capacidade para quatro aeronaves, e uma rampa para adequá-la às necessidades da nova escola, que nela funcionou até 1924.

CA (Refº) Frederico agradece o tributo à Aviação Naval, destacando a relevância

da Ilha das Enxadas,sede do CIAW, nessa história centenária de glórias

Em reconhecimento a este laço indissociável com a sede do CIAW, o Contra-Almirante (Refº-FN) Carlos Roberto de Oliveira Cândido Pereira, um dos decanos da Confraria, cedeu ao Museu do Centro de Instrução uma miniatura da primeira Asa da Aviação Naval, a “Asa de Protógenes”, usada pelo Vice-Almirante Protógenes Pereira Guimarães, com justiça o Patrono da Aviação Naval brasileira e um dos heróis da centenária façanha do primeiro RAID de uma aeronave militar no Brasil, em outubro de 1916.

“Asa de Protógenes”, primeira Asa da Aviação Naval,

cedida pelo CA (Refº-FN) Cândido para o Museu do CIAW

Além do Comandante do CIAW, do Contra-Almirante (Refº) Frederico e do Contra-Almirante (Refº-FN) Cândido, estiveram presentes ao evento o Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante Paulo Ricardo Finotto Colaço; o Subchefe de Logística e Plano Diretor do Comando de Operações Navais, Contra-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira; os Comandantes das Organizações Militares do Complexo Aeronaval de São Pedro da Aldeia e os notáveis “Velhos Águias” da Confraria dos Aviadores Navais.

CA Paulo Ricardo, CA Cursino (frente) e os demais

Comandantes da Aviação Naval presentes à homenagem

Comandante do CIAW (2º sentado, a partir da esq.)

posa para foto com os “Velhas Águias” da ativa e da reserva

Além do Comandante do CIAW, do Contra-Almirante (Refº) Frederico e do Contra-Almirante (Refº-FN) Cândido, estiveram presentes ao evento o Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante Paulo Ricardo Finotto Colaço; o Subchefe de Logística e Plano Diretor do Comando de Operações Navais, Contra-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira; os Comandantes das Organizações Militares do Complexo Aeronaval de São Pedro da Aldeia e os notáveis “Velhos Águias” da Confraria dos Aviadores Navais.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Clique no ícone abaixo e leia as palavras do Comandante do CIAW

por ocasião da Cerimônia alusiva aos 101 anos da Aviação Naval,

realizada em 30 de junho de 2017, na sede do CIAW, na Ilha das Enxadas.