CIAW conclui C-Ap-Sup 2016 e C-Espc 2017

Em 02 de junho de 2017, o Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) realizou a Cerimônia de Encerramento do Curso de Aperfeiçoamento de Superfície para Oficiais (C-Ap-Sup), iniciado em junho de 2016, e do Curso de Especialização para Oficiais (C-Espc), que teve início em fevereiro de 2017.

Autoridades à mesa da Cerimônia de Encerramento do C-Ap-Sup 2016 e do C-Espc 2017

Presidido pelo Diretor de Ensino da Marinha, Vice-Almirante Antonio Fernando Garcez Faria, a solenidade marcou a conclusão de mais uma etapa da carreira de 159 Oficiais, agora Aperfeiçoados e Especializados complementando os conhecimentos técnicos e operativos de suas funções.

Oficiais-alunos concludentes das turmas de 2016 e 2017

Pelo C-Ap-Sup, concluíram o curso 4 Capitães-Tenentes e 141 Primeiros-Tenentes, perfazendo um total de 145 Oficiais aperfeiçoados: 67 em Máquinas, sendo um deles proveniente da Marinha de Senegal, o Primeiro-Tenente Otis Le Maire Ekouma Diatta; 14 em Comunicações; 39 em Sistemas de Armas e 25 em Eletrônica. No que concerne ao C-Espc 2017, o CIAW especializou 14 Segundos-Tenentes, sendo 6 em Máquinas; 4 em Eletrônica e outros 4 em Sistemas de Armas.

Primeiros colocados dos Cursos de Aperfeiçoamento e

Especialização recebem prêmios escolares das autoridades

Além do Diretor de Ensino da Marinha, compuseram a mesa da formatura o Comandante do CIAW, Contra-Almirante Paulo Cesar Demby Corrêa; o Comandante da Escola Naval (EN), Contra-Almirante Newton de Almeida Costa Neto; o Comandante da Força de Superfície (ComForSup), Contra-Almirante Wladmilson Borges de Aguiar; o Comandante do Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), Contra-Almirante Carlos Eduardo Machado dos Santos Dantas; o mais experiente instrutor do Centro de Máquinas do CIAW; o Contra-Almirante (Refº-EN) Tiudorico Leite Barboza; e o Comandante do Centro de Adestramento Almirante Marquês de Leão (CAAML), Capitão de Mar e Guerra Eduardo Augusto Wieland. Cabe ainda destacar a presença do Adido do Exército, Naval e Aeronáutico do Senegal no Brasil, Coronel Bamba Diao, e de titulares de Organizações Militares do setor de pessoal e operativo.

O Comandante do CIAW sublinhou a importância da sólida capacitação dos Oficiais, como a adquirida pelos formandos do C-Ap-Sup 2016 e C-Espc 2017, para projetar “a arquitetura da Marinha moderna, equilibrada, balanceada e aprestada que o Brasil necessita e pela qual todos nós, profissionais do mar, almejamos.”