AMRJ faz mutirão no Dia Nacional de Combate ao Mosquito Aedes aegypti

 

O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) participou, em 02 de dezembro, do Dia Nacional de Combate ao Mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e o Zika vírus. Quarenta militares divididos em oito equipes percorreram toda a parte baixa da Ilha das Cobras, acompanhados de Agentes de Vigilância em Saúde, com o objetivo de eliminar focos e possíveis criadouros de larvas dos mosquitos.

Os militares recolheram copos, sacos plásticos, garrafas e outros tipos de material que possam acumular água; emborcaram pneus, latas e vasilhames; secaram poças d’água e apontaram em relatório possíveis pontos de armazenamento de água da chuva. Os agentes de saúde aplicaram larvicida nos locais em que as equipes constataram a existência de água parada.

A preparação para este mutirão começou no dia 30 de novembro, quando uma palestra no auditório do AMRJ apresentou à tripulação os principais hábitos do mosquito Aedes aegypti, os métodos para erradicação de suas larvas e as características e tratamento das doenças transmitidas por este vetor. O Dia Nacional de Combate ao Mosquito Aedes aegypti é uma campanha nacional conduzida pelo Ministério da Saúde, com a participação do Ministério da Defesa e a mobilização das Forças Armadas.