Dia da Bandeira

 

O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) realizou, dia 19 de novembro, com uma pequena representação da Tripulação em cumprimento aos protocolos de segurança contra a COVID-19, a cerimônia alusiva ao dia da Bandeira.

O Cerimonial à Bandeira e incineração ocorreram na Praça da Bandeira do AMRJ, enquanto a leitura da Ordem do Dia do Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Cláudio Portugal de Viveiros, e o canto do hino à bandeira foram efetuados no Salão Nobre deste Arsenal, devido ao mau tempo.

Em cumprimento à Lei nº 5.700, de 1º de setembro de 1971, a Bandeira Nacional é mantida permanentemente içada no topo do Mastro Especial da Praça dos Três Poderes, cuja base possui os seguintes dizeres: “Sob a guarda do povo brasileiro, nesta Praça dos Três Poderes, a Bandeira sempre no alto. - visão permanente da Pátria”.