Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro tem novo diretor

 

Foi realizada, no dia 17 de janeiro de 2019, a cerimônia de passagem do cargo de Diretor do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), ocasião na qual o Vice-Almirante (EN) Liberal Enio Zanelatto transmitiu o cargo para o Contra-Almirante (EN) José Luiz Rangel da Silva.

Em sua Ordem de Serviço, o Diretor exonerado ressaltou que a experiência profissional e de vida que o Arsenal proporcionou a ele, como engenheiro, é “incomensurável”. O Vice-Almirante (EN) Liberal se apresentou ao AMRJ em dezembro de 1985, tendo se afastado da Organização Militar por apenas sete anos nesse período. “Assim, creio serem compreensíveis o respeito, a admiração e o amor que tenho por esta casa, por seu pessoal, e o que esta data de hoje representa na minha vida”, afirmou.

O novo Diretor, Contra-Almirante (EN) Rangel, destacou que ocupar o Cargo de Diretor do Arsenal representa “uma imensa felicidade, honraria e motivo de muito orgulho” e se dirigiu à tripulação, afirmando que todos são a “’Força de Trabalho’ desse complexo industrial”. “Nossas iniciativas, inovações, boas práticas e exemplos são fundamentais para a continuidade da gloriosa história deste Arsenal. Conto com o apoio das senhoras e senhores, e contem comigo”, ressaltou.

A cerimônia, presidida pelo Diretor Industrial da Marinha, Vice-Almirante (EN) Mario Ferreira Botelho, contou com a presença do ex-Comandante da Marinha Julio Soares de Moura Neto, do Coordenador-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear, Almirante de Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld, de membros do Almirantado e de ex-diretores do AMRJ, além de diversas autoridades civis e militares.