AMRJ retoma construção naval em tripla docagem

 

A docagem do casco do futuro Navio-Patrulha “Maracanã”, em 21 de maio, representou um marco na retomada da construção naval pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), que realizará diversos serviços no meio naval enquanto estiver docado no Dique Almirante Régis, junto ao Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel” (H-44) e ao Navio Polar “Almirante Maximiniano” (H-41).

Nesta etapa de finalização da construção do NPa “Maracanã”, os principais serviços a serem executados serão tratamento e pintura do casco, substituição de anodos de sacrifício e batimento das linhas dos dois eixos propulsores, com a montagem definitiva dos acessórios. Também serão iniciadas as montagens dos principais sistemas elétricos e de transferência de líquidos a bordo.

A docagem do NPo “Almirante Maximiniano” faz parte do Período de Manutenção Geral (PMG) do navio, com serviços previstos como revisão dos motores de combustão principal, auxiliar e de emergência, do controle da propulsão e dos guindastes a meia nau e de popa, entre outros. Já o NApOc “Ary Rongel” passará por um Período de Docagem de Rotina (PDR), com revisão dos motores de combustão principal e auxiliar e reparo estrutural da caldeira, entre outros serviços. Ambos os navios estão sendo preparados para a XXXVIII OPERANTAR.