AMRJ realiza Cerimônia de Imposição da Comenda da Ordem do Mérito Naval e Medalha Militar

 

O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro realizou, dia 10 de junho, no Salão Nobre, a Cerimônia de Imposição da Comenda da Ordem do Mérito Naval e Medalha Militar.

Em atendimento às exigências necessárias ao combate e enfrentamento da COVID-19, o evento contou apenas com a presença dos agraciados, do Vice-Diretor Técnico e do Diretor do AMRJ, Contra-Almirante (EN) José Luiz Rangel da Silva, que ressaltou a importância e a satisfação na outorga, que representa o reconhecimento ao profissionalismo e à dedicação à Instituição.

A Comenda da Ordem do Mérito Naval foi criada pelo Decreto nº 24.659, de 4 de julho de 1934, e destina-se a premiar os militares da Marinha que se distinguiram no exercício da profissão e, excepcionalmente, as organizações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.

Pelo Decreto Presidencial Nº 122 de 29 de maio de 2020, foi promovido, na Ordem do Mérito Naval, no Quadro Ordinário, ao grau de Oficial, o Capitão de Mar e Guerra (IM) CLÁUDIO RAFAEL SOARES, Vice-Diretor de Apoio e Base; e admitido, no grau de Cavaleiro, o Capitão de Mar e Guerra (CD) RENAN GOMES TERRA, Assessor Especial de Saúde. Pela Portaria Nº 1.824/GM-MD, de 8 de maio de 2020, o Ministro de Estado da Defesa admitiu, na Ordem do Mérito Naval, no Quadro Suplementar, no grau de Cavaleiro, o Servidor Civil ANTÔNIO AUGUSTO PEREIRA DE CARVALHO, Chefe do Serviço de Secretaria e Comunicações.

A Medalha Militar, originada pelo Decreto nº 4.238 de 15 de novembro de 1901, modificado pelo Decreto nº 97.562 de 9 de março de 1989, do Exmo. Sr. Presidente da República, destina-se a recompensar os bons serviços prestados pelos Oficiais e Praças da Marinha, Exército e Aeronáutica em serviço ativo.