Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro passa por descontaminação preventiva

 

No dia 13 de maio, 30 militares do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais (BtlEngFuzNav) realizaram a descontaminação preventiva das áreas de maior circulação e concentração de pessoal do Arsenal de Marinha (AMRJ), como Sala de Estado, Rancho Geral, Hospital, alojamentos, Oficinas, Departamentos e a Liga de Esportes ( LESPAM).

A ação, que visa ao enfrentamento e combate à proliferação da COVID-19, integra uma série de medidas que o AMRJ vem implementando, a fim de assegurar a preservação da saúde e o bem-estar da sua Tripulação, como a distribuição de máscaras de tecido e de álcool em gel; campanhas informativas e divulgação das dicas do Saúde Naval e mídias sociais da MB em Plano do Dia e grupos de Whats app; e acompanhamento do estado de saúde de militares e servidores civis.

O Arsenal de Marinha prossegue unindo esforços no embate ao novo coronavírus, com a cessão de materiais para a Implantação do Hospital de Contingência (HC) no CEFAN, e o apoio, em parceria com o Centro de Manutenção de Sistemas (CMS), ao Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais, na confecção de suportes para máscaras faciais (face shield), com a utilização de impressoras 3D. Além disso, com o propósito de capacitar equipes de bordo em ações de descontaminação de ambientes, material e pessoal, o AMRJ promoveu no dia 18MAI, em suas instalações, adrestamento ministrado pelo Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, cujos principais aspectos abordados foram o sistema de descontaminação e os procedimentos de limpeza e desinfecção adotados pelo Centro de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica da Marinha, abrangendo metodologia, materiais e substâncias empregadas na descontaminação de pessoal, material e viaturas; descontaminação dos equipamentos de proteção individual; e desinfecção de ambulâncias.