AMRJ conclui manutenção do NPo “Almirante Maximiano” para a XXXVI OPERANTAR

AMRJ conclui manutenção do NPo “Almirante Maximiano” para a XXXVI OPERANTAR

 

O Navio Polar “Almirante Maximiano” (H41) suspendeu, no dia 10 de novembro, do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), com destino ao Continente Antártico, após o término do Período de Manutenção Geral (PMG) e realização de prova de mar, que comprovou a eficácia dos serviços de revisão de motores.

Durante o PMG foram realizadas as revisões dos sistemas hidráulicos e mecânicos, dos motores de combustão principais (MCP) de bombordo e boreste, dos geradores auxiliares 1 e 2, do gerador de eixo, do sistema do thruster azimutal e do sistema de controle da propulsão. Também foram executados a limpeza, o tratamento e a pintura das obras vivas, a troca dos acoplamentos flexíveis dos motores e de anodos de sacrifício do sistema de proteção catódica, o reparo do guincho A-Frame, reparo do guindaste a meio-navio e instalação de novo sistema de controle de poluição do tipo SAO (Separador de Água e Óleo), entre outros serviços.

O H41, que apoiará a reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) e pesquisas nas áreas de Oceanografia, Hidrografia, Biologia, Geologia e Meteorologia, é a segunda comissão a integrar a trigésima sexta Operação Antártica (OPERANTAR XXXVI), iniciada no dia 13 de outubro deste ano, com a desatracação, também do AMRJ, do Navio de Apoio Oceanográfico (NApOc) “Ary Rongel”.