Heráldica

DESCRIÇÃO

Num escudo boleado, encimado pela coroa naval e envolto por uma elipse feita de um cubo de ouro terminado em nó direito, em campo azul uma âncora sobre um caduceu de Mercúrio, ambos em ouro e passados em aspa; chefe de vermelho com um castelo de prata carregado de um escudo deste mesmo metal com cinco escudetes de azul dispostos em cruz, cada um deste com cinco besantes de prata, postos em santor.

EXPLICAÇÃO

No campo azul o caduceu de Mercúrio, filho de Júpiter e Deus do Comércio, simboliza as relações comerciais mantidas entre os povos desde a mais remota antiguidade; a âncora, sobrepondo-se à insígnia daquela divindade mitológica, alude à vigilância e proteção da Marinha ao tráfego marítimo comercial, expressão de desenvolvimento a expansão daquelas atividades.

No vermelho do chefe, alusivo ao Estado do Pará por uma das cores de sua bandeira, o castelo de prata, como atributo e metal constantes do brasão de Belém, lembra esta Cidade e a evoca como sede da Capitania em apreço, de jurisdição também no Estado do Amapá.