Farmacovigilância

SEÇÃO DE FARMACOVIGILÂNCIA

A Divisão da Garantia de Qualidade é o Setor do Laboratório Farmacêutico da Marinha, que contando com uma capacitada equipe de profissionais da Qualidade, tem como missão principal, garantir por meio de mecanismos adequados, a obtenção de medicamentos seguros, eficazes e de alto padrão de qualidade, situando desta forma o LFM, entre os mais conceituados Laboratórios Farmacêuticos. 

     
  1. O que é Farmacovigilância?

A farmacovigilância compreende as atividades relativas à detecção, avaliação, compreensão e prevenção de efeitos adversos ou outros problemas relacionados a medicamentos.

     
  1. Atribuições da Farmacovigilância

Monitorar os produtos utilizados na prática diária para identificar reações adversas previamente desconhecidas;

Avaliar o risco-benefício dos produtos a fim de determinar se alguma ação é necessária para melhorar o uso seguro (desde atualização das informações da bula até a retirada do medicamento do mercado, quando este não é considerado seguro);

Manter os usuários informados visando otimizar o uso seguro e eficaz dos produtos

  1. Evento Adverso   
  2.   

Qualquer ocorrência indesejável num doente ou consumidor durante tratamento ou utilização de determinado medicamento ou produto de saúde.

  1. Importância da Farmacovigilância

Como já foi dito, a Farmacovigilância busca detectar informações sobre a segurança do produto que não foi possível obter durante os estudos clínicos:

  • Efeitos raros não detectados na fase clínica;
  • Efeitos decorrentes do uso prolongado;
  • Interação com outros medicamentos, alimentos;
  • Abuso e uso indevido;
  • Uso durante a gravidez e lactação;
  • Uso em crianças e idosos;
  • Uso por pessoas que possuem outras doenças concomitantes;
  • Desvio na qualidade do produto.
  1. Como notificar?

           O LFM preocupado em garantir a segurança de seus produtos, recebe relatos espontâneos de eventos adversos de consumidores e profissionais da saúde. Essas informações são confidenciais e de grande importância para o LFM.  

       A notificação pode ser realizada através de: 

             Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)

                Pelo telefone (21) 3907-0821 ou e-mail lfm.sac@marinha.mil.br;

               Seção de Farmacovigilância

                Telefone (21) 3907-0888  ou e-mail lfm.farmacovigilancia@marinha.mil.br (fale direto com o profissional responsável  pela Farmacovigilância no LFM). 

       Quanto mais informações forem fornecidas, melhor poderemos avaliar os casos. No entanto, as seguintes informações são essenciais para o relato:

  1. Identificação do paciente (pelas iniciais, sexo ou idade)
  2. Identificação do relator (nome completo)
  3. Produto envolvido
  4. Descrição do evento adverso ocorrido

         A Farmacovigilância não é somente responsabilidade da empresa, mas, sobretudo, do governo com a população, do médico com o paciente e da indústria com os seus consumidores, ou seja, de todos aqueles que estão envolvidos de algum modo na regulamentação, desenvolvimento, produção e comercialização de medicamentos. Assim, contamos com a participação de todos para resolvermos as dificuldades e com isso manter o LFM como uma empresa que encara com seriedade o cumprimento de suas responsabilidades.