Escola de Guerra Naval sedia seminário sobre a expansão marítima portuguesa e a constituição da nação brasileira

Enviado em: 02/09/2021


image

O Centro de Estudos Político-Estratégicos da Marinha (CEPE-MB), em parceria com a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) e a Escola de Guerra Naval (EGN), realizou nos dias 1 e 2 de setembro, o Seminário “Aspectos Geopolíticos da Expansão Marítima Portuguesa e o Poder Naval na Formação e Defesa do Território que Constituiu a Nação", que ocorreu nas modalidades presencial e virtual.

O evento foi aberto pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos. Na sequência, o Chefe do Estado-Maior-Geral das Forças Armadas Portuguesa, Almirante António Manuel Fernandes Silva Ribeiro, realizou a palestra “Aspectos do Poder Naval na América Portuguesa”. O evento teve continuidade com uma mesa de debates sobre "Aspectos Geopolíticos e Estratégicos da Formação do Poder Naval Português no Atlântico Sul", da qual participaram o Capitão de Mar e Guerra (Ref° - Armada Portuguesa), José António Rodrigues Pereira, o Professor Doutor Marcelo Mello Valença, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval (PPGEM-EGN). Os debates tiveram como moderador o Almirante de Esquadra (Ref°-FN), Prof. Dr. Alvaro Augusto Dias Monteiro, Presidente do CEPE-MB.

No segundo dia, foi realizada a conferência “O Imaginário do Atlântico no processo da Independência do Brasil”, pelo Professor Doutor Luiz Felipe de Alencastro. Na sequência, ocorreu a mesa de debates sobre o tema "Dos mares: Comércio, Guerra e Circulação de Saberes", tendo como participantes o Capitão de Corveta, Prof. Dr. Marcello José Gomes Loureiro, professor de História na Escola Naval; a Professora Doutora Heloisa Meireles Gesteira, professora do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. O moderador foi o Capitão de Mar e Guerra (RM1), Prof. Dr. Francisco Eduardo Alves de Almeida, professor na Escola de Guerra Naval.

O evento contou com a participação de várias autoridades, entre elas o Embaixador de Portugal no Brasil, Luís Faro Ramos. O Seminário teve como propósito o fomento interdisciplinar de reflexões sobre questões relevantes relacionadas às condições que precederam a Independência do Brasil e como o mar configurou-se em ambiente estratégico essencial a esse processo, contribuindo para o fortalecimento a mentalidade marítima nacional a partir do conhecimento de fatos históricos.


image