Economia Azul: o estímulo ao crescimento sustentável

Marinha tem o desafio de incentivar a exploração das riquezas marinhas e, ao mesmo tempo, atuar na preservação do meio-ambiente
17/09/2019

17.09.2019 07:00 por Renato Senna

 

As riquezas naturais do mar brasileiro também são responsáveis por aquecer a economia do país. Cerca de 85% do petróleo brasileiro, 75% do gás e 45% do pescado extraídos no Brasil são provenientes da Amazônia Azul. Além de ser responsáveis por patrulhar a região, a Marinha também tem braços importantes nas pesquisas.

 

No último mês, a Petrobrás anunciou um repasse de R$ 400 milhões para investimento nas pesquisas da Força Armada. O apoio garantirá que projetos como o PRSM [Plano Setorial para os Recursos do Mar] e o Proantar [o Programa Antártico Brasileiro] possam continuar por mais cinco anos.

 

Com foco em planejamento, fiscalização e controle, a Marinha vê com bons olhos a exploração consciente dos recursos naturais da Amazônia Azul.

 

"Qualquer atividade que a gente queira fazer, a gente vai procurar ordenar, de forma que a atividade desenvolvida seja sustentável. O mar é muito rico, tem muita coisa que pode ser feita com segurança e sem esgotar os recursos naturais. Se a gente respeitar isso, e a gente sabe o que fazer para respeitar, os recursos são inesgotáveis", analisou o almirante Valicente.

 

Fonte: https://www.destakjornal.com.br/brasil/detalhe/-economia-azul-o-estimulo-ao-crescimento-sustentavel