Quadro Complementar - Oficiais Intendentes

Quadro Complementar - IM

Escola:

Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW). 

_________________________________________________________________

 

Profissões:

Administração
Ciências Contábeis
Economia.


Escolaridade:

Ensino Superior na área a que concorre.


Saiba mais:

É o Corpo de Oficiais que gerenciam e conduzem as atividades de Administração, Abastecimento e Finanças nas Organizações Militares da Marinha. Atualmente, os oficiais do Corpo de Intendentes são  formados  pela  Escola  Naval  ou  admitidos  com  graduação  em  Economia,  Administração  ou Ciências Contábeis no Quadro Complementar de Oficiais Intendentes da Marinha (QC-IM), podendo ascender até o posto de Vice-Almirante.

Nos  postos  de  Segundo-Tenente,  Primeiro-Tenente  e  Capitão-Tenente,  exercem  funções  nos navios  da  Esquadra  e  Oceanográficos,  Distritos  Navais,  Depósitos  Navais,  Organizações  Militares (OM) do Corpo de Fuzileiros Navais, Bases Navais e Hospitais Navais, dentre outras. Como Oficial Superior, poderão exercer funções técnicas ou de direção de OM, típicas das áreas de Administração, Abastecimento, Finanças, Auditoria e Assessoria da alta administração da Marinha do Brasil.


Principais requisitos:

  • Ambos os sexos;
  • Ter menos de 29 anos (*); 
  • Ser brasileiro nato; 
  • Ter graduação completa na área a que concorre; 
  • Possuir bons antecedentes de conduta; 
  • Estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral.

    * Atender aos limites de idade, referenciados a 30 de junho do ano correspondente ao início do respectivo curso de formação militar.


 

Previsão de Abertura
das Inscrições:

Acompanhe o andamento deste concurso neste link.


Etapas do Concurso:

1) Prova objetiva com 50 questões de Conhecimentos Profissionais (CP), Inglês e Redação;
 
2) Eventos Complementares constituídos de: 

- Verificação de Dados Biográficos (VDB) (eliminatória)
- Inspeção de Saúde (IS) (eliminatória)
- Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i) (eliminatório)
- Prova de Títulos (PT) (classificatória)
- Verificação de Documentos (VD) (eliminatória)
- Avaliação Psicológica (AP) (eliminatória)
- Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH) (eliminatório).

 
3) Curso de Formação de Oficiais (CFO), composto de:
a) Período de Adaptação;
b) Curso de Formação propriamente dito.

Provas a serem realizadas:

Prova Escrita Objetiva (PO) , sendo 40 questões de Conhecimentos Profissionais e dez de Inglês.


O Curso de Formação: 

O candidato aprovado e classificado realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) na cidade do Rio de Janeiro.

O CFO tem por finalidade o preparo do candidato para o exercício de funções em Organizações Militares da Marinha situadas em qualquer Unidade da Federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço, por meio da necessária instrução militar-naval.

O curso é constituído por um Período de Adaptação de, aproximadamente, três semanas
e uma etapa curricular, compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos.

Durante o CFO, o candidato fará um Estágio de Aplicação (EA), com duração de três semanas, que tem por finalidade a adaptação às características do serviço naval inerentes à profissão, à complementação de sua formação militar-naval e a avaliação complementar para o desempenho de funções técnicas e administrativas. Será realizado em Organizações Militares (OM) especialmente designadas para tal, sob a supervisão do CIAW.

O CFO terá a duração de, aproximadamente, 36 semanas. Durante o CFO e o EA, o candidato estará sujeito ao Regulamento e ao Regimento Interno do CIAW e à Legislação vigente aplicada a todos militares da ativa das Forças Armadas.

Antes de completar cinco anos da nomeação ao Oficialato, os Oficiais serão avaliados pela Comissão de Promoções de Oficiais (CPO), visando a sua permanência em caráter definitivo na Marinha. Os oficiais que não obtiverem avaliação favorável serão licenciados ex offício do Serviço Ativo da MB.

________________________________________________________________________________

Local de Formação do Curso:

Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW)
Ilha das Enxadas (Baía de Guanabara),  Rio de JaneiroRJ.
Telefone: (21) 2104-6779


Regime:

Semi-internato.


Duração:

36 semanas.


Plano de Carreira:

No curso de especialização, primeiro embarque, são  ministradas  disciplinas  referentes  basicamente  à  licitação,  noções  de planejamento  governamental,  gerência  e  execução  financeira,  gerência  de  sistemas  de  intendência, noções gerais de redes, gerência de abastecimento e treinamento físico militar.

Após  dois anos  como Segundo-Tenente  (QC-IM), serão  promovidos a Primeiro-Tenente (QC-IM).

Curso de aperfeiçoamento

Durante  o  segundo  ano  como Primeiro-Tenente  (QC-IM), serão  selecionados  para  realizar o Curso de Aperfeiçoamento em Intendência junto com os Oficiais oriundos da Escola Naval.

Após três anos como Primeiro-Tenente (QC-IM), os Oficiais que tiverem obtido avaliação favorável para permanência definitiva no Serviço Ativo da Marinha (SAM) serão promovidos a Capitão-Tenente (QC-IM).Nesse novo posto realizam um curso de Estado-Maior, no qual aprendem basicamente Planejamento Militar Naval e, após o quarto ano de Capitão-Tenente (QC-IM), avaliados por uma Comissão Especial, deixarão o Quadro Complementar e passarão a integrar o Corpo de Intendentes, podendo, a partir daí, serem designados para as mesmas comissões que os Oficiais Intendentes formados pela Escola Naval. Aqueles que não lograrem êxito na avaliação poderão optar para o Quadro Técnico, a critério da Marinha, continuando sua carreira.

Os Oficiais do Quadro de Oficiais Intendentes da Marinha são ordenados em uma escala hierárquica constituída pelos postos de Segundo-Tenente a Vice-Almirante, e os do Quadro Complementar de Oficiais Intendentes da Marinha, pelos postos de Segundo-Tenente a Capitão-Tenente.

Durante sua carreira, os Oficiais que iniciarem no Quadro Complementar e depois passarem para o Corpo de Intendentes terão a oportunidade de concorrer, em pé de igualdade, às mesmas comissões disponibilizadas aos Oficiais Intendentes formados pela Escola Naval.

Realizarão cursos de carreira e terão oportunidade de realizarem cursos extraordinários em instituições civis e militares no Brasil e no exterior; dirigirem organizações militares; trabalharem no exterior e desempenharem outras atividades de interesse da Marinha. Graças aos cursos e ao desempenho nas suas atividades poderão alcançar os diversos postos da Marinha, chegando por seus méritos ao de Capitão-de-Mar-e-Guerra (IM), ou ainda, por escolha de uma Comissão de Avaliação, ser Almirante e chegar até o posto de Vice-Almirante (IM), o mais alto do Corpo de Intendentes da Marinha.


Benefícios Durante o Curso:

Durante esse curso, o Guarda-Marinha perceberá a remuneração atinente a essa graduação, tendo como valor bruto, em termos atuais, R$ 9.070,60, sendo R$ 7.315,00 relativos ao soldo militar, R$ 1.389,85 relativos ao adicional militar e R$ 365,75 relativos ao adicional de compensação por disponibilidade militar, conforme previsto na legislação em vigor, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e ainda assistências médica, odontológica, psicológica, social e religiosa.


Benefícios da Carreira Naval:
 
  • Perspectiva de crescimento profissional ao longo da carreira; 
  • Bom ambiente de trabalho;
  • Plano  de  carreira  bem  definido,  com  possibilidade de  ascensão  contínua  com  aumento  de salários proporcionais; 
  • Estabilidade após cinco anos de serviço;
  • Ingresso sem exigência de experiência anterior;
  • Salário inicial compatível com o mercado;
  • Salários indiretos e benefícios, tais como: 
    Transferências remuneradas; 
    Possibilidade de moradia quando fora da cidade do Rio de Janeiro; 
    Assistência   médico-hospitalar   para   si   e   para   seus   dependentes   em   instalações exclusivas da Marinha; 
    Instalações    sociorrecreativas    para    si    e    seus    dependentes, mediante pequena mensalidade; 
    Ajuda para aquisição de uniformes; 
    Alimentação;
  • Proventos semelhantes aos da ativa quando estiver na reserva. 
    _________________________________________________________________
Situação após o curso:

O ingresso ocorrerá no posto de Segundo-Tenente após o candidato obter a aprovação no CFO.