Saiba a diferença entre o Quadro Técnico e Cargos Técnicos

Muitos candidatos confundem, achando que o concurso do Quadro Técnico (QT) é para o nível médio técnico por conta do nome. Na verdade este concurso é para aqueles com o ensino superior. Contudo, a MB aceita profissionais de nível médio técnico, que ingressam voluntariamente, por meio de três portas de entrada na graduação de Praças.

Técnicos que desejam ser da MB podem ingressar por meio de dois concursos para carreira: o Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA) e o Corpo Auxiliar de Praças (CAP). Há também o processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário de Praças temporárias (SMV- PR).

O Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA)

O QTPA aceita candidatos homens com mais de 18 e menos de 25 anos no dia 1° de janeiro do ano do Curso de Formação. Este concurso é voltado para diversas profissões nas seguintes áreas: Eletroeletrônica (Automação Industrial, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Eletrotécnica Naval e Mecatrônica) e Mecânica (Manutenção Automotiva, Mecânica, Mecânica Naval, Mecatrônica e Refrigeração, Climatização, Manutenção de Máquinas Pesadas e Mecânica da Precisão).

A prova escrita objetiva é composta por 50 questões de conhecimentos profissionais de cada área. Após, há os Eventos Complementares compostos por Verificação de Dados Biográficos (VDB), Inspeção de Saúde (IS), Teste de Aptidão Física (TAF), Avaliação Psicológica (PT) e Verificação de Documentos (VD).

Os aprovados são instruídos para o Curso de Formação no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA). Ao final, são nomeados como Terceiros-Sargentos com rendimentos iniciais em torno de R$ 4.445,00. Após, eles ainda realizam Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças, no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA) e irão servir a bordos de submarinos com remuneração bruta de R$ 5.334,00.

O Corpo Auxiliar de Praças (CAP)

O CAP é o concurso destinado tanto para homens como para mulheres, com idade entre 18 e menos de 25 anos no dia 1° de janeiro do ano do curso de formação, exige-se a formação média/técnica completa.

Diversas são as profissões que o CAP abrange: Administração, Administração Hospitalar, Contabilidade, Desenho de Arquitetura, Desenho Mecânico, Edificações Eletrônica, Eletrotécnica, Enfermagem, Estatística, Estruturas Navais, Geodésia e Cartografia, Gráfica, Higiene Dental, Marcenaria, Mecânica, Metalurgia, Meteorologia, Motores, Nutrição e Dietética, Patologia Clínica, Processamento de Dados, Prótese Dentária, Química, Radiologia Médica, Secretariado e Telecomunicações.

A prova escrita objetiva é composta por 50 questões de Conhecimentos Específicos de cada área e Redação. Após essa etapa, os candidatos realizam os Eventos Complementares: Verificação de Dados Biográficos (VDB), Inspeção de Saúde (IS), Teste de Aptidão Física (TAF), Avaliação Psicológica (PT) e Verificação de Documentos (VD).

Os aprovados realizam o Curso de Formação no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), ao longo de 17 semanas. Ao final, são nomeados Cabos da Marinha com rendimentos iniciais em torno de R$3.388,83, já contando com adicionais.

Serviço Militar Voluntário de Praças temporárias (SMV- PR)

O SMV é um vínculo entre a Marinha e o militar temporário, no qual ele é renovado de ano em ano podendo chegar a oito anos, que é o período máximo de serviço. Os militares são da Reserva da Marinha de 2ª classe, mais conhecidos como RM2. Este serviço aceita homens e mulheres com mais de 18 e menos de 45 anos de idade, que tenham a formação média/técnica completa ou ensino fundamental completo com Curso de Formação Inicial Continuada.

No ano de 2018, foram oferecidas vagas nas seguintes profissões: Administração Hospitalar, Ciências Contábeis, Desenho Mecânico, Eletrônica, Eletrotécnica, Enfermagem, Gráfica, Higiene Dental, Marcenaria, Mecânica, Metalurgia, Motores, Nutrição e Dietética, Patologia Clínica, Processamento de Dados, Prótese Dentária, Química, Radiologia Médica, Telecomunicações, entre outras dependendo do Distrito Naval.

A prova para o SMV-PR é composta por 50 questões objetivas, divididas entre as disciplinas de Português e de Formação Militar-Naval. Os aprovados realizam os Eventos Complementares, quais sejam: Verificação de Dados Biográficos (VDB), Verificação Documental (VD), Inspeção de Saúde (IS) e Prova de Títulos (PT).

Os aprovados fazem o Estágio de Serviço Técnico (EST) ou Estágio de Adaptação e Serviço (EAS)  no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA). Ao final, são nomeados Cabos com rendimentos iniciais em torno de R$3.388,83, já contando com adicionais.