Passar em 1º lugar: um sonho a ser relembrado neste 8 de março

“Lugar de mulher é onde ela quiser” e realmente foi assim com Ingrid da Silva Camelo, atualmente Cabo da Marinha do Brasil (MB). A técnica em Contabilidade conquistou o primeiro lugar geral do concurso para o Corpo Auxiliar de Praças (CAP) de 2017, em meio a 6.824 candidatos, alcançando 90,17 de 100 pontos possíveis. A vitória era o lugar que ela tanto queria.
 
A militar de 25 anos conta que não poupou esforços para se debruçar sobre os livros e construir seu caminho rumo ao sucesso. Quando decidiu prestar o concurso, tinha noção de que precisaria de muita dedicação para concretizar o seu sonho de vestir essa farda. Ela achava que seria difícil, mas viu que era possível, então estabeleceu o concurso para o CAP como meta. Com muito estudo, teve êxito e alcançou seu objetivo.
 

"Em 2016, mediante a dificuldade no mercado de trabalho, meu esposo e meu cunhado que são da MB me incentivaram a prestar o concurso em 2017 e iniciei a carreira naval em 2018. Na época do concurso, eu fazia faculdade de Direito, assim como o Técnico em Contabilidade. Abri mão do trabalho e quando estava próximo da prova, tranquei a faculdade. Tive que fazer tudo isso, pois a MB era o meu objetivo maior”, relembra ela.
 
Concurso da Marinha: militarismo é um diferencial
 
A Cabo Ingrid Camelo percebeu que essa vontade de servir a Marinha era algo que ia além dos benefícios financeiros. "Foi questão de honra para minha família, mérito e orgulho. Me senti realizada e me tornei fonte de inspiração. Além de ser mulher, sou militar", ela comenta.
 
Após a aprovação, ela diz que na família e nas mídias sociais demais mulheres buscavam nela apoio, orientações, dicas e estímulo para a realização de concursos da MB. A Cabo reforça que o ponto principal foi mostrar para ela mesma que conseguiria e era capaz.
 
"Primeiramente, nada é impossível para quem tem meta, muito esforço, determinação e fé. Não existe nada que impeça a quem tem força, coragem e para quem vai à luta. Minha família foi minha motivação", diz ela.