Licença maternidade na Marinha do Brasil: um benefício essencial

Você, mulher, tem mais um motivo para ingressar na Marinha do Brasil (MB), pois além dos diversos benefícios que a carreira militar proporciona, a Marinha ainda possibilita um período maior para a licença: são garantidos 180 dias de licença maternidade.

As mulheres militares contam com esse benefício desde 2015. Na época, foi sancionada a Lei 13.109/15 que estende a licença-maternidade de 180 dias àquelas que servem nas Forças Armadas. A licença pode ser usufruída a partir do parto ou do nono mês de gestação, conforme a preferência da militar.

Além das gestantes, as beneficiadas são também as mulheres que optarem pela adoção. Nesse caso, a licença será de 90 dias quando os bebês tiverem menos de um ano. Quando a criança for mais velha, o benefício será de 30 dias.

Gravidez X aprovação no concurso da Marinha

A mulher que foi aprovada na fase da prova objetiva do concurso e for confirmada gestação, em qualquer etapa do processo pericial, será cancelada a sua realização da Inspeção de Saúde (IS) e do Teste de Aptidão Física (TAF). Ela, no entanto, realizará os demais Eventos Complementares (EVC) e então deverá ser reapresentada para realizar nova IS no ano seguinte.

A candidata que se apresentar para a nova Inspeção de Saúde e for aprovada nessa e nas demais etapas, terá garantida a vaga. Se na data do resultado final do concurso do qual ela participou, estiver classificada dentro do número de vagas previstas e ainda cumprir os requisitos, como idade permitida, por exemplo.

Outros benefícios de ser militar

As militares contam com diversos benefícios, além da licença-maternidade. São eles: alimentação no local de trabalho; ajuda para aquisição de uniformes; assistências médico-hospitalar, religiosa, psicológica e instalações sociorrecreativas para si e seus dependentes, entre outros.

Por Camila Spínola (Estagiária de Jornalismo)