EAMSC: Garantindo aprendizagem para seus alunos

Fundada em 24 de outubro de 1857, a Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) tem formado muitos militares navais para servirem. Sua missão é formar marinheiros para servirem no Corpo de Praças da Armada (CPA).

Na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina, os grumetes, chamados antes de se formarem, são instruídos pela Força em regime de semi-internato durante 11 meses para obterem formação técnica que pode ser escolhida entre Apoio, Mecânica e Eletroeletrônica dentro da Marinha.

Um militar que se formou na EAMSC foi o Cabo Pedro Felipe Ramos, hoje especializado em Comunicações Interiores (CI) e servindo no Hospital Naval Marcílio Dias (HNMD), localizado no Rio de Janeiro, onde trabalha com telefonia, e ainda eletrônica e eletricidade. Ele recorda como era a sua rotina dentro da Escola.

“Nós alunos acordávamos cedo por conta das aulas começarem às 7h da manhã e terminavam por volta das 16h. Após as aulas, éramos distribuídos para a manutenção da Escola e após isso éramos formados para o jantar. Ainda tínhamos um tempo livre de recreação para falar com familiares e praticar outras atividades, como acessar o computador e a biblioteca para pesquisas”.

Ele também guarda as memórias que teve dentro da EAMSC, como o bandeirão, que é um cerimonial a bandeira. "Mesmo eu estando cansado, era interessante participar do cerimonial e me fazia ter mais apreço ao pavilhão nacional, além das grandes amizades que fiz e que levo até hoje. Apesar de toda dificuldade que passamos dentro da EAMSC, seja física ou emocional, é possível ver como nos tornamos fortes e como tudo isso foi necessário para valer a pena no final”, transmite.

Os alunos podem praticar várias atividades, como as esportivas que podem ser realizadas nos campos de futebol, quadra de esporte e parque aquático, e frequentar a biblioteca da Escola que conta com mais de 5 mil exemplares de livros para ampliar seus estudos. Os alunos ainda são beneficiados com bolsa-auxílio de cerca de R$ 900,00 durante todo o curso.

O edital do concurso para as Escolas de Aprendizes-Marinheiros está previsto para sair até 31 de janeiro de 2018. Os interessados devem ser brasileiros do sexo masculino, devem ter mais de 18 e menos de 22 anos no dia 1° do ano do curso de formação, além de ser necessário ter o ensino médio completo ou estar em fase de conclusão para realizar a inscrição.

Leia também:

EAMPE: Aqui se formam guerreiros do mar
EAMCE: Desde 1864 formando Marinheiros
Prova do EAM cobrará inglês a partir de 2018