Como é ser Médico na Marinha do Brasil?

Além de trabalhar em uma instituição que proporciona ao médico um ambiente estruturado com equipamentos de alta qualidade para realizar suas funções no dia a dia, ele pode ainda exercer sua profissão em outras unidades hospitalares/clínicas, desde que haja compatibilidade de horários. Outra vantagem é que esses profissionais podem fazer cursos de aperfeiçoamento, residência e estágios ao longo da carreira, no Hospital Naval Marcílio Dias (HNMD).

Além da infraestrutura, a Instituição oferece uma qualidade de vida para os Oficiais médicos com diversos benefícios, como a chance de fazer cursos extraordinários ao longo da carreira de Oficial, alimentação no local, ajuda para aquisição de uniformes, rendimentos brutos iniciais de R$11 mil e outros diversos.

Além da profissão, a experiência de ampliar a visão de mundo

Ser médico na Marinha não é apenas exercer a profissão, as experiências que esses profissionais têm e levam para a vida é inestimável, como conta o Primeiro-Tenente Médico Mauro Rodrigues.

“Ingressei nessa jornada em 2016, quando resolvi prestar o concurso para esta grandiosa Força, assim que havia me tornado médico. Me voluntariei para um forte braço da Marinha do Brasil, que é levar saúde à população ribeirinha da Região Amazônica, através dos navios de Assistência Hospitalar, os chamados Navios da Esperança. Experiência única, indescritível, que levarei para o resto da minha vida ”.

Se você, médico, quer ampliar sua visão de mundo, tanto profissionalmente como pessoalmente, então não perca essa oportunidade, o edital do concurso de 2019 está previsto para ser divulgado entre os dias 15 e 30 de abril. Por enquanto, veja o edital do ano passado aqui.

 

Leia também:
Médicos na Marinha: saiba como são as etapas do concurso
Conheça o Corpo de Saúde da Marinha do Brasil
É preciso ter residência médica ou especialização para fazer o concurso de médicos na Marinha?