Quais as formas de ingresso da mulher na Marinha?

Existem duas formas de ingresso da mulher na Marinha do Brasil: por Concurso Público, para quem deseja estabilidade na carreira, e através de processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário (SMV), com vínculo temporário renovado anualmente podendo chegar a oito anos.

A mulher militar de carreira concorre à progressão hierárquica em absoluta igualdade de condições com os homens.

1) Por concurso público - estabilidade na carreira

a) Nível médio
Escola Naval
Sargento Músico do Corpo de Fuzileiros Navais

b) Nível médio/técnico
Corpo Auxiliar de Praças (CAP)

c) Nível superior
Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM)
Corpo de Saúde da Marinha (CSM - Médicos, Cirurgiões-Dentistas e Apoio à Saúde)
Quadro Técnico (QT)
Quadro Complementar de Oficiais Intendentes (QC-IM)
Quadro de Capelães Navais

2) Por processo seletivo do Serviço Militar Voluntário - vínculo temporário

a) Níveis fundamental com Curso de Formação Inicial Continuada (C-FIC) e médio/técnico
Corpo de Praças da Reserva da Marinha (CPRM)

b) Nível superior
Corpo de Oficiais da Reserva da Marinha (CORM) dos quadros referentes às profissões, tais como Quadro de Engenheiros, de Médicos e Veterinários, Dentistas, Apoio à Saúde, Quadro Técnico (QT) e Técnico-Magistério.