Histórico

 
HISTÓRICO DO SSN-5

        Em meados de janeiro de 1911, teve início a abertura do canal da barra de Rio Grande-RS, que atualmente serve de acesso aos Portos Novo a Antigo. Depois dos estudos realizados por uma companhia de dragagem  (COMPAGNIE FRANÇAISE DU PORT DE RIO GRANDE DO SUL), chegou-se a  conclusão de que o canal passaria  exatamente sobre um banco de notável existente na área e foi a partir do material retirado deste fundo que surgiram então, os terraplenos leste e oeste, e que mais tarde viria a emprestar o definitivo e verdadeiro nome a Ilha que hoje  abriga o Serviço de Sinalização Náutica do Sul – Ilha Terrapleno de Leste.

 

Entretanto até hoje o natural da cidade conhece aquela área por “Ilha da Base”. Isto como não poderia deixar de ser, é proveniente de um motivo bem marcante.
       Por volta de 1938, talvez já prevendo um conflito de proporções mundiais (que mais tarde confirmar-se-ia), foram iniciadas as construções e posterior instalação de uma Base AeroNaval; note-se, portanto, que a ilha já possuía tradições  marinheiras desde aquela época.
        Com o passar dos tempos, o local abrigou atividades bem diversificadas daquelas a que se havia proposto até que, em 12 de abril de 1976, pela portaria Ministerial de nº 0498, foi ativado o atual Serviço, em decorrência de uma série de necessidades, mas tendo como principal o atendimento do corredor de Exportação de Rio Grande e, ainda abrangendo em sua jurisdição, os Estados de Paraná e Santa Catarina.
        É um aspecto notável, a importância que foi dada a este Serviço, se levarmos em conta, que apesar de só ter sido ativado em 1976, em 1971 a idéia já existia e tomava forma com a aprovação do decreto Ministerial do Distintivo do SSN-5.
 
   
        O acesso ao SSN-5 é feito através do Portão nº 12 da Av. Honório Bicalho, que leva ao cais de atracação para pequena embarcação.
    

“STELLA NAUTIS DUCENS”