Page 6 - Âncora 2018
P. 6

ENTREVISTA



          DIRETOR DE ASSISTÊNCIA




          SOCIAL DA MARINHA,




          CONTRA-ALMIRANTE




          VALTER CITAVICIUS FILHO










































          ÂNCORA SOCIAL: Depois de pou-     eles, destaco o Programa de Qualidade  ÂNCORA SOCIAL: Existe algum pro-
          co mais de um ano à frente da Diretoria  de Vida no Trabalho e na Família, que re-  jeto que possa contribuir para a qualida-
          de Assistência Social da Marinha, qual  aliza atividades socioeducativas a  cerca  de de vida da Família Naval?
          o balanço que o senhor faz?       de 49 mil usuários sobre orientação para  Contra-Almirante Valter:  Sim. Em
          Contra-Almirante Valter: Creio que  aposentadoria, prevenção à dependência  breve, vamos inaugurar o Hotel de Trânsito
          o saldo é positivo. Estudamos a situação  química, responsabilidade social, cidada-  para praças em Nova Friburgo-RJ. O proje-
          psicossocial e a satisfação profissional  nia, cultura e lazer. É importante lembrar  to prevê a construção de 28 suítes (com
          dos usuários do Sistema de Assistência  também  do  Programa  de  Atendimento  possibilidade  de  expansão),  cozinha,  refei-
          Social da Marinha, por meio de diversas  Especial, que colabora com a conquista  tório, salão de TV e de jogos, área de lazer
          pesquisas, e conseguimos aperfeiçoar os  da autonomia e das capacidades física,  e jardim de inverno, representando um im-
          nossos sete programas, de modo a aten-  mental e social de mais de mil pessoas  pacto social significativo no bem-estar e no
          der às demandas da Família Naval. Entre  com deficiência.            aumento da qualidade de vida da Família




     4    Número 11 | Dezembro de 2018
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11