Reunião de Coordenação da OPERANTAR XLI

PROANTAR

No dia 8 de junho, foi realizada a Reunião de Planejamento da 41ª Operação Antártica (OPERANTAR XLI). Em formato híbrido, o encontro contou com a participação - presencial ou virtual - de todos os Coordenadores dos projetos de pesquisa aprovados na Chamada 21/2018 do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR).

Além da comunidade científica, estiveram presentes representantes da Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Navio de Apoio Oceanográfico Ary Rongel (H-44), Navio Polar Almirante Maximiano (H-41), 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (Esq-HU1) e Estação de Apoio Antártico em Rio Grande (ESANTAR-RG).

Na pauta da reunião, foi discutido o cronograma da próxima OPERANTAR, a distribuição de vagas para os projetos, a realização de acampamentos na região da Península Antártica, os pontos de coleta de amostras, as atividades científicas desenvolvidas a bordo dos navios e no entorno da Estação Antártica Comandante Ferraz, e o Treinamento Pré-Antártico.

A estimativa para o próximo verão é realizar o traslado de aproximadamente 125 pesquisadores, dos 24 projetos de pesquisa contratados, para o trabalho em campo na região austral. No planejamento, foram consideradas as restrições sanitárias e protocolos ainda vigentes devido à pandemia de COVID-19, bem como a indisponibilidade para pouso no aeródromo chileno da Base Presidente Eduardo Frei Montalva, na Antártica, em função de obras de manutenção. Dessa forma, todo o transporte de pessoal e material para a Antártica deverá ser feito pelos navios da Marinha do Brasil.