Organizações Militares da Marinha do Brasil serão agraciadas com o Prêmio do Programa Qualidade Rio

O Prêmio Qualidade Rio (PQRio) consiste de uma metodologia para diagnosticar o estágio de desenvolvimento gerencial, permitindo estabelecer planos de melhoria contínua do desempenho organizacional de acordo com os conceitos, princípios e fundamentos da excelência em Gestão aplicados no PROGRAMA NETUNO.

A premiação é dividida em cinco categorias: Medalha Ouro, Ouro, Prata, Bronze e Menção Honrosa.

Para se candidatar ao prêmio, as organizações devem elaborar o Relatório de Avaliação, seguindo as diretrizes estabelecidas nos oito critérios (Liderança, Clientes, Sociedade, Pessoas, Estratégias e Planos, Processos, Resultados, e Informações e Conhecimentos) constantes no Modelo de Excelência em Gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Os relatórios possuem aproximadamente 50 páginas e são avaliados e validados por uma comissão designada pelo PQRio, que estabelece a pontuação final.

No Ciclo 2016/2017, as Organizações Militares listadas abaixo foram agraciadas e se destacaram pela realização das respectivas boas práticas de gestão:

MEDALHA OURO

Caixa de Construções de Casas para o Pessoal da Marinha (CCCPM):

a) Certificação NBR ISO 9001:2008 no Escopo “Atendimento de Concessão de Financiamento Imobiliário”;

b) Confecção do Plano Anual de Marketing; e

c) Ações voltadas para o desenvolvimento sustentável, constantes na publicação “Práticas de Sustentabilidade a Bordo”.

Serviço de Identificação da Marinha (SIM):

a) Curso Especial de Identificadores Datiloscopistas com a certificação da ISO 9001:2008;

b) Workshop de Fotografia, Jornada de Identificação e visita de militares a organizações de identificação extra-MB; e

c) Substituição de arquivos físicos por arquivos informatizados.

Base de Hidrografia da Marinha em Niterói (BHMN):

a) Valorização da sua Força de Trabalho com a realização dos projetos “a saúde vai até você” e “mais leitura”, além de concurso de poesia e fotografia, e da criação dos prêmios “Departamento de Gestão” e “Inovação e Criatividade”.

b) Códigos de Comportamento Ambiental e de Relacionamento com Fornecedores e de informativo trimestral sobre as atividades realizadas na OM, destacando seus participantes; e

c) Cartilha de economia de água, energia, telefone e cópia reprográfica.

Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais (CTecCFN):

a) Certificação ABNT NBR ISO 9001 das oficinas de Teste e Reparo em Bombas e Bicos Injetores e de Teste de Motores de Combustão Interna;

b) Código de Ética e Sistema de Gestão e Controle, desenvolvido para uso exclusivo e gerenciamento das principais informações e processos; e

c) Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (PROFESP), amparando 100 crianças dos bairros de Parada de Lucas, Cordovil (Cidade Alta) e Vigário Geral na cidade do Rio de Janeiro.

Pagadoria de Pessoal da Marinha (PAPEM):

a) Aplicativos do Sistema de Consignações (E-CONSIG) e da PAPEM para dispositivos móveis;

b) SISPAG 2, em uma linguagem moderna e compatível com o mercado;

c) Lançamento da modalidade de Leilão Reverso para empréstimos consignados e opção pela internet de não imprimir o Bilhete de Pagamento.

OURO

Escola Naval (EN):

a) Sistema de avaliação dinâmica dos Aspirantes;

b) Instituição da Comissão de Combate ao Desperdício; e

c) Eventos para o desenvolvimento da prática de liderança e palestras com foco na motivação da tripulação.

Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM):

a) Divulgação das atividades de ciência, tecnologia e inovação, em especial, a pesquisa oceanográfica; e

b) Projeto “Ilha do Cabo Frio”, que visa à divulgação das riquezas histórico-culturais, científicas, biológicas, paisagísticas e a conscientização sobre importância do mar, na Ilha do Cabo Frio.

Centro Médico Assistencial da Marinha (CMAM):

a) Gerência de Processos e Coordenação de Ouvidorias; e

b) Participação no Grupo de Benchmarking em Saúde do Programa Qualidade Rio, que permite a troca de informações gerenciais com unidades de saúde de outras forças armadas, forças auxiliares e da rede federal, estadual e municipal de saúde.

Odontoclínica Central da Marinha (OCM):

a) Plano de Combate ao Absenteísmo e implantação de uma nova filosofia e de novas técnicas de atendimento ao usuário, o que proporcionou a diminuição do tempo para os tratamentos, redução de custos e elevação do número de atendimentos; e

b) Redução na produção de lixo através da incorporação de tecnologias digitais no atendimento ao usuário, com uso de sensores digitais para a realização de radiografias, em substituição às películas radiográficas convencionais, e com a utilização do Sistema CAD-CAM CEREC, o que proporcionou a supressão do uso de materiais de moldagem e de gessos odontológicos.

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA):

a) Programa de Aplicação de Recursos e da Pesquisa de Clima Organizacional em plataformas digitais;

b) Realização do Projeto Cidade Limpa, que possui cunho socioeducativo e é realizado em parceria com órgãos públicos e privados da Região dos Lagos- RJ;

PRATA

Centro de Medicina Operativa da Marinha (CMOpM):

a) Equipe de Pronto Emprego (EPE), composta por uma equipe multidisciplinar de saúde da DSM para atuar em desastres, catástrofes e grandes eventos; e

b) Comissões de Conforto e Humanização, e Gestão Ambiental, além da realização de Jornadas de Medicina Operativa envolvendo pessoal da MB, EB, FAB, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil.

Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA):

a) Conformidade do Sistema de Gestão da Qualidade nos cursos do Programa do Ensino Profissional Marítimo, atendendo aos requisitos da norma NBR ISO 9001-2015; e

b) Participação no Projeto "Forças no Esporte" (PROFESP). 

Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA):

a) Seminário de Ensino, com o objetivo de capacitar e aprimorar o conhecimento dos docentes; e

b) Condução de ações de caráter socioambiental, tais como: plantio de árvores, reaproveitamento dos óleos de cozinha e de viaturas, distribuição de lixeiras de coleta seletiva, projeto de colônia de férias para crianças de comunidade carente, além de visita de alunos da Escola Municipal Arte e Vida no dia da Bandeira.

Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ):

a) Práticas de gestão voltadas para a satisfação e motivação do público interno, tais como: melhoria nos serviços que atendem o público interno, realização de atividade física com regularidade, realização de confraternizações entre os tripulantes e realização de pesquisa de clima organizacional; e

b) Ações voltadas para o controle interno dos recursos financeiros, contratos e licitações.

Unidade Integrada de Saúde Mental da Marinha (UISM):

a) Melhoria continua dos processos da OM com a aplicação de pesquisas de satisfação e de clima organizacional; e

b) Comissões para o gerenciamento de processos, o que possibilita maior conhecimento, controle, integração, aprendizado e inovação.

Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM):

a) Criação da Divisão de Psicologia Operativa; e

b) Jornada de Psicologia e edição anual da Revista Naval Psicologia em Destaque.

BRONZE

Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN):

a) Pesquisa de Clima Organizacional (PCO) via plataforma digital; e

b) Criação do Comitê de Assessoria de Praças, que tem como propósito assessorar o Comando nas decisões administrativas relacionadas à melhoria dos processos de gestão, ambiente de trabalho e conforto.

Navio-Escola Brasil (NE Brasil):

a) NE online e a TV Netuno com o intuito de facilitar e agilizar a disseminação de informações operativas e administrativas no navio e práticas de excelência de gestão; e

b) Consolidação de ferramentas e práticas de gestão: Planejamento Estratégico Organizacional, Plano de Melhoria de Gestão, Plano de Acompanhamento de Gestão, Pesquisa de Clima Organizacional e Caixa de Sugestão/Ouvidoria.

MENÇÃO HONROSA

Diretoria de Portos e Costas (DPC):

a) Publicação de normas voltadas para as práticas de preservação ambiental com aderência às exigências da ISO 14001; e

b) Prêmio DPC de Qualidade, que reconhece as melhores OM do sistema de segurança aquaviário.

Comando da Força Aeronaval (ComForAerNav):

a) Pesquisa de Satisfação da Videoconferência do CLTI-Aldeia; e

b) Ativação do Serviço de Ouvidoria da OM e participação na Campanha "Zika Zero", com atuação na Região dos Lagos.