Navio de Assistência Hospitalar “Doutor Montenegro” inicia a Operação Acre XXII

14/01/2022
NAsH “Doutor Montenegro” durante desatracação no Cais da Estação Naval do Rio Negro
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, suspendeu do Cais da Estação Naval do Rio Negro, em Manaus (AM), no dia 11 de janeiro, com destino ao município de Cruzeiro do Sul (AC), dando início à 22ª edição da “Operação Acre”.
 
Durante a ação, que segue até maio, serão atendidas populações de comunidades isoladas dos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima, no Acre, todas localizadas no Rio Juruá. Serão oferecidas consultas médicas e odontológicas, exames clínicos e laboratoriais, cirurgias de pequeno porte, pré-natal, exames de mamografia e raio-x, palestras educativas, distribuição de medicamentos e atenção farmacêutica. A previsão é que sejam atendidas de 15 a 20 mil pessoas.
 
Familiares se despediram dos militares no Cais da Estação Naval do Rio Negro
 
Familiares dos militares acompanharam a desatracação do navio no cais. Para a autônoma Nayara Nunes, esposa de um militar que faz parte da tripulação do navio, pensar na importância da missão ajuda a amenizar a saudade. “A saudade é grande mas a missão é muito bonita. Só de pensar nas pessoas que recebem esse atendimento, vale a pena. Fico aqui torcendo por ele e esperando que volte logo”, destacou.
 
A equipe de saúde do navio é composta por seis médicos, destes um ginecologista, um pediatra, um dermatologista, um cirurgião geral, um clínico geral e um radiologista; além de cinco cirurgiões-dentistas, três farmacêuticos bioquímicos, dois enfermeiros e 12 praças que atuam como técnicos em enfermagem, laboratorial, em radiologia médica e em higiene dental.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha