Marinha cria o 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento

06/04/2021
 
ScanEagle ampliará a capacidade operacional da Marinha
 
No dia 30 de março, foi publicada no diário oficial da União, a Portaria nº 90/MB/MD, de 29 de março de 2021, criando o 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento (EsqdQE-1).
 
O novo Esquadrão será subordinado ao Comando da Força Aeronaval, com sede na cidade de São Pedro da Aldeia (RJ), e terá o propósito de contribuir com o processo decisório de planejamento e emprego do Poder Naval por meio de Aeronaves Remotamente Pilotadas.
 
Heráldica e Bolacha do 1º Esquadrão de Aeronaves
Remotamente Pilotadas de Esclarecimento
 
Além de grande marco na história da Aviação Naval, sua criação visa à ampliação da capacidade operacional dos navios da Marinha em missões de Reconhecimento, Vigilância e Inteligência.