Marinha ativa primeira Organização Militar em Roraima

12/06/2018
 
Cerimônia de ativação da Agência Fluvial de Caracaraí
 
A Marinha do Brasil ativou, no dia 7 de junho, a Agência Fluvial de Caracaraí (AgCaracaraí), em Roraima. A nova Agência, que foi criada pela Portaria nº. 311, de 29 de novembro de 2017, do Comandante da Marinha, é a primeira Organização Militar (OM) da Marinha no estado.  
 
As principais atribuições da agência serão direcionadas para a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana e a prevenção da poluição hídrica nas vias navegáveis, além de contribuir para a formação de pessoal para a navegação fluvial por meio de cursos do Ensino Profissional Marítimo.
 
A AgCaracaraí está subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e sua área de responsabilidade no estado de Roraima, em uma área de mais de 224 mil quilômetros quadrados e aproximadamente 522 mil habitantes. Suas águas jurisdicionais diretas são o Rio Branco e seus afluentes, além da confluência do Rio Branco com o Rio Negro, no limite entre os estados de Roraima e Amazonas.
 
A cerimônia foi presidida pelo Comandante do 9º Distrito Naval, Vice-Almirante Carlos Alberto Matias, e contou com a presença do Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental, Capitão de Mar e Guerra Welliton Lopes dos Santos, do Capitão-Tenente (AA) Jerry Kenned Sabino, que assumiu o cargo de Agente Fluvial de Caracaraí e de autoridades militares e civis de Roraima e do município de Caracaraí.
 
Durante o período de construção, a obra contou com o apoio da Assessoria Técnica de Engenharia do Com9ºDN, do 2º Grupamento de Engenharia e do 6º Batalhão de Engenharia de Construção (6ºBEC) do Exército Brasileiro e de apoio de transporte aéreo da Ala 8 da Força Aérea Brasileira (FAB).
 
Entre os motivos que contribuíram para a criação da agência, destaca-se a importância que este município sempre exerceu para a navegação fluvial, sendo conhecido também como Cidade-Porto. A AgCaracaraí apresenta posição estratégica para a navegação no Rio Branco, principal calha do estado, que em tempos áureos se constituía no único caminho para o escoamento das riquezas produzidas ou destinadas ao estado de Roraima, assegurando a ligação fluvial com o oceano Atlântico, por meio dos rios Negro e Amazonas.
 
A agência localiza-se na Avenida Doutor Zany, s/nº, Centro de Caracaraí e possui em sua estrutura um prédio administrativo, uma Escola de Ensino Profissional Marítimo, uma oficina de reparo de embarcações, um grupo gerador de energia elétrica, uma estação de tratamento de esgoto, cisterna, reservatório elevado de água e o poço artesiano.
 
Imagem aérea da Agência Fluvial de Caracaraí, em Roraima