Escola de Guerra Naval sedia a abertura do XXI Congresso Internacional de Árbitros Marítimos, no Rio de Janeiro

16/03/2020
 
O Comandante da Marinha ressaltou a importância do Congresso no que se refere “ao cumprimento das determinações da Organização Marítima Internacional”
 
No dia 9 de março, a Escola de Guerra Naval sediou a abertura do XXI Congresso Internacional de Árbitros Marítimos (International Congress of Maritime Arbitrators – ICMA), que reuniu especialistas de diversos países em questões relacionadas ao Direito Marítimo.
 
Durante a cerimônia de abertura, o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, ressaltou a importância do congresso, realizado pela primeira vez na América Latina. “Significa, para a Autoridade Marítima, o fortalecimento de seus posicionamentos, no que se refere ao cumprimento das determinações da Organização Marítima Internacional”. Também apontou os benefícios do encontro para o País. “o fortalecimento da atividade marítima, que envolve todas as atividades ligadas ao mar e às hidrovias; e o intercâmbio de conhecimentos, que envolve, além da área jurídica, as indústrias marítimas, que começam a tomar conhecimento mais de perto dos pontos que podem ser evitados e os que podem ser potencializados para a utilização dos seus limites comerciais”, disse.
 
Esta edição do congresso foi promovida pela Kincaid Mendes Vianna Advogados e pela Câmara Brasileira de Arbitragem Marítima (CBMA). Integraram a mesa de abertura Camila Mendes Vianna Cardoso, sócia da Kincaid; o Presidente da CBMA, Gustavo Schmidt; o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antonio Dias Toffoli; o Presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio Noronha; a ex-Ministra do STF Ellen Gracie; e o Comandante da Marinha. O evento contou, também, com a participação do Vice-Presidente do STF, Luiz Fux; de ministros do STJ; entre outras autoridades.