Nomar Online

Comandante da Marinha visita Ecovila Naval

21/01/2019
 
Visita à biblioteca da Ecovila Naval
 
No dia 16 de janeiro, o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, visitou a Ecovila Naval, projeto realizado na Vila Naval Visconde de Inhaúma (VNAVI), em Brasília-DF. Na oportunidade, ele acompanhou as ações desenvolvidas e conheceu o Laboratório de Robótica, que atende 75 alunos da VNAVI e entorno de Santa Maria-DF.  
 
Durante a visita, o Almirante Ilques conheceu a brinquedoteca, a biblioteca, o “Mercadinho do Bem”, os tanques de evapotranspiração e os canteiros das obras da cozinha comunitária e da sala de música, bem como a cozinha experimental e o Salão Multiuso, onde são realizados cursos gratuitos oferecidos pelos parceiros do projeto. Ainda na vila, ele visitou o Posto de Saúde que atende os moradores em clínica médica, ginecologia e odontologia, os espaços de lazer, como a Sede Campestre do Clube Almirante Alexandrino e a praça das Voluntárias Cisne Branco, e a Capela.
 
O encontro também contou com a participação do Presidente da Organização Não Governamental “Programando o Futuro”, Vilmar Simion, que explicou a parceria que fez com o Comando do 7º Distrito Naval para o recebimento de resíduos eletrônicos. Estiveram presentes também o Comandante do 7º Distrito Naval, Vice-Almirante Sérgio Nathan Marinho Goldstein, a Diretora das Voluntárias Cisne Branco–seccional Brasília, Ana Beatriz Goldstein, a Coordenadora do Projeto “Bibliotecas do Saber”, Carmem Gramacho, e as representantes do Movimento “Maria Cláudia Pela Paz”, Cristina Del´ISola e Cátia Aguiar.
Visita ao Laboratório de Robótica

Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará reinaugura prédio do Departamento de Intendência

21/01/2019
 
Comandante da Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará e Deputado Federal Francisco Lopes descerram placa do Departamento de Intendência
 
A Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará (EAMCE) realizou, no dia 16 de janeiro, a cerimônia de reinauguração do prédio do Departamento de Intendência, com a participação do Deputado Federal Francisco Lopes da Silva, autor da emenda parlamentar que viabilizou a aquisição de recursos para a obra.
 
Durante a solenidade, o parlamentar recorreu às lembranças da infância para ressaltar sua relação com a Marinha. “Minha família morava em um sítio em frente à EAMCE e lembro que minha mãe, que era lavadeira, lavava e passava as roupas dos Marinheiros, agradecendo quando os navios chegavam ao porto.”
 
A obra do Departamento de Intendência durou três meses, consistindo na substituição do madeiramento e cobertura de telhas, modernização no sistema elétrico, pintura geral e aquisição de mobiliário.

Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília participa do 75º Aniversário de Unaí-MG

21/01/2019
 
Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília durante desfile
 
No dia 15 de janeiro, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) participou das celebrações alusivas ao aniversário de 75 anos da cidade de Unaí-MG, com um Pelotão de Fuzileiros Navais, a Banda de Música e uma exposição de artigos militares da Marinha do Brasil.
 
O grupamento integrou, também, um desfile cívico-militar pelas ruas da cidade, sendo acompanhado por centenas de pessoas. No encerramento do evento, a Banda de Música executou canções eruditas e populares. A comunidade Unaiense assistiu à apresentação que teve como ponto alto a interpretação da música “O Sole Mio”, pelo Suboficial Jessé, e as gaitas de fole, executadas pelos Sargentos Brasiliano e Maisonnave, em “Flash Dance”.
 
Sob os aplausos do público, a banda finalizou sua apresentação com a participação dos veteranos da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais de Brasília, durante a execução da “Canção Cisne Branco”.

Capitania dos Portos da Paraíba recebe comunidade marítima para Conselho de Assessoramento

21/01/2019
 
Participantes da reunião do Conselho de Assessoramento
 
A Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB) recebeu, no dia 15 de janeiro, representantes de entidades náuticas e proprietários de embarcações para a reunião do Conselho de Assessoramento, que tem o objetivo de abordar assuntos de interesse da comunidade marítima.
 
Na ocasião, foram apresentados os resultados alcançados na segurança da navegação em 2018, bem como as perspectivas para as atividades a serem desenvolvidas neste ano, e entregues os Certificados de Recadastramento das Entidades Náuticas inspecionadas pela CPPB.
 
A Operação “Travessia Segura”, iniciada em janeiro no contexto da Operação “Verão”, também foi tema da reunião, com a discussão de aspectos a serem melhorados pelas embarcações de transporte de passageiros da Paraíba.

Comando do 4º Distrito Naval recebe Desembargadora Federal agraciada com Medalha “Amigo da Marinha”

21/01/2019
 
Vice-Almirante Edervaldo recebe juízes federais no Comando do 4º Distrito Naval
 
O Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) recebeu, no dia 15 de janeiro, a Vice-Coordenadora dos Juizados Especiais do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, com sede em Brasília, Desembargadora Federal Daniele Maranhão, para a cerimônia apartada de Imposição da Medalha “Amigo da Marinha”. A comitiva formada pelos juízes federais Carlos Gustavo Chada Chaves, Hind Ghassan Kayath e Maria Cecília de Marco Rocha acompanhou o evento.  
 
 
 
A medalha é símbolo do reconhecimento aos serviços prestados pela Desembargadora, que, juntamente com a Marinha do Brasil, se engajou no projeto “Itinerância Fluvial” e levou serviços essenciais pertinentes à Justiça Federal às comunidades ribeirinhas no Pará.
 
Durante a comissão, a bordo do Navio Auxiliar “Pará”, a Desembargadora Daniele Maranhão, junto com demais juízes federais, ofereceu diversos serviços para trabalhadores rurais, urbanos e pescadores artesanais de comunidades ribeirinhas do estado do Pará. Entre os atendimentos, foram concedidos benefícios previdenciários como aposentadorias, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-doença.
 
“É uma honra realizar a imposição da Medalha ‘Amigo da Marinha’ à Desembargadora Daniele Maranhão. Estas conquistas não são para a Marinha nem para a Justiça, mas, sim, para construir um Brasil melhor, onde todos possam ter oportunidades e qualidade de vida”, ressaltou o Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho.
Desembargadora Daniele Maranhão é agraciada com a Medalha Amigo da Marinha

Deputada Federal do Rio Grande do Norte recebe Medalha “Mérito Tamandaré”

21/01/2019
 
Deputada Federal e Senadora eleita Zenaide Maia durante cerimônia de imposição da Medalha “Mérito Tamandaré”
 
O Comando do 3º Distrito Naval realizou, no dia 10 de janeiro, a cerimônia de imposição da Medalha “Mérito Tamandaré” à Deputada Federal e Senadora eleita Zenaide Maia, em solenidade na sede das Voluntárias Cisne Branco- seccional Natal.
 
A agraciada destacou a importância de receber a comenda e enalteceu o legado do Patrono da Marinha do Brasil, Almirante Tamandaré. “É uma honra receber a medalha que faz referência a um grande homem como o Almirante Tamandaré, que acreditava no seu povo e que era patriota acima de tudo.”
 
A Medalha “Mérito Tamandaré” destina-se a agraciar as autoridades, instituições e personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que tenham prestado relevantes serviços, na divulgação ou no fortalecimento das tradições navais, honrando seus feitos ou realçando seus vultos históricos.

Navio Auxiliar “Pará” recebe visita do Deputado Federal Joaquim Passarinho

21/01/2019
 
Capitão de Mar e Guerra Robledo, Deputado Joaquim Passarinho e Comandante do Navio Auxiliar “Pará”
 
No dia 14 de janeiro, o Navio Auxiliar (NA) “Pará”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, recebeu a visita do Deputado Federal Joaquim Passarinho Pinto de Souza Porto, da bancada federal do estado do Pará. O navio estava atracado ao cais da Base Naval de Val-de-Cães, em Belém-PA.
       
Na ocasião, o Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, Capitão de Mar e Guerra Robledo de Lemos Costa e Sá, apresentou as capacidades de emprego do navio e dos demais meios navais subordinados. Para o Deputado Federal Joaquim Passarinho, esta oportunidade ofereceu uma melhor compreensão sobre como funciona a Marinha e os navios.
       
O Navio Auxiliar “Pará” possui, entre suas atribuições, a realização de ações cívico-sociais em apoio às comunidades ribeirinhas amazônicas. Também atua em parceria com diversos órgãos das esferas federal e estadual como Justiça, Ministério Público e Instituto Nacional do Seguro Social para a promoção de cidadania. O navio conta com estrutura de atendimento em saúde composta de consultórios médicos e odontológicos, laboratório, mamógrafo, equipamentos de mamografia, ultrassonografia e raio-x.

Capitania dos Portos de São Paulo divulga balanço parcial da “Operação Verão” 2018/2019

21/01/2019
 
Inspetores Navais verificam documentação da embarcação
 
A Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informa que, de 22 de dezembro de 2018 a 17 de janeiro deste ano,  já foram realizadas 1.389 abordagens, emitidas 212 notificações e lacradas 21 embarcações por se encontrarem em situação irregular. O balanço parcial diz respeito a ações ocorridas durante a “Operação Verão” 2018/2019.
 
O resultado positivo das atividades de fiscalização do tráfego aquaviário reflete a preocupação da MB em promover ações preventivas que protejam condutores e usuários de embarcações de esporte e recreio, bem como banhistas das praias, lagos, rios e represas navegáveis.
 
As ações foram executadas por militares da CPSP e da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião. As equipes de inspeção naval realizaram, ainda, palestras e ações educativas em marinas, clubes e colônias de pescadores.
 
Militares em campanha preventiva contra acidentes

Capitania dos Portos de Pernambuco apoia procissão marítima em Itapissuma-PE

20/01/2019
 
Capitania empregou 18 militares na procissão marítima
 
A Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) apoiou, no dia 13 de janeiro, a 158ª edição da "Buscada de São Gonçalo do Amarante", tradicional procissão marítima que reuniu 150 embarcações para homenagear o padroeiro da cidade de Itapissuma-PE, a 38 quilômetros de Recife, no litoral norte de Pernambuco.
 
O evento consiste no translado da imagem do santo do município de Itamaracá-PE até a Matriz Paroquial de São Gonçalo, em Itapissuma-PE, atravessando o canal de Santa Cruz.
 
Com o objetivo de garantir a salvaguarda da vida humana no mar e a segurança da navegação durante o cortejo, a CPPE inspecionou diversas embarcações, emitindo nove notificações.
 
Evento reuniu 150 embarcações no litoral norte de Pernambuco

Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins apoia passeio náutico no Rio Araguaia

20/01/2019
 
Militares da Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins durante passeio náutico
 
Visando a salvaguarda da vida humana no mar, a segurança do tráfego aquaviário e a prevenção da poluição hídrica causada por embarcações, a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT), acompanhou, no dia 12 de janeiro, um passeio náutico realizado no Rio Araguaia, entre as cidades de Conceição do Araguaia-PA e Santa Maria das Barreiras-PA.
 
Durante o evento, que contou com mais de 20 embarcações de esporte e recreio, a equipe da CFAT realizou inspeções navais e ações de conscientização para o respeito às Normas da Autoridade Marítima.

Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins apoia campanha “Travessia Segura”

20/01/2019
 
Militares da Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins durante exercício de “homem ao mar”
 
Como parte da campanha “Travessia Segura II”, que está sendo promovida pela Marinha em todo o País durante o mês de janeiro, a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT) realizou inspeção naval em embarcações que fazem a travessia entre Caseara-TO e Barreira do Campo-PA.
 
Durante a atividade, a equipe da CFAT verificou diversos aspectos relacionados à salvaguarda da vida humana no mar, à segurança do tráfego aquaviário e à prevenção da poluição hídrica causada por embarcações. Foi, ainda, realizado um exercício de “homem ao mar”, utilizando um artefato simulando uma pessoa que caiu da embarcação, a fim de verificar e orientar a qualificação dos tripulantes para o recolhimento de um passageiro que, porventura, possa vir a cair nas águas acidentalmente.
 
A campanha “Travessia Segura II” tem como foco principal as ações de fiscalização nas embarcações de transporte de passageiros e de turismo náutico, que têm fluxo intensificado durante o período de férias nas regiões litorâneas e nos balneários.

Comandante da Marinha visita Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília

18/01/2019
 
Autoridades presentes no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília
 
O Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) recebeu a visita do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, no dia 15 de janeiro.
 
Inicialmente, o Almirante de Esquadra Ilques assistiu a uma palestra proferida pelo Comandante do GptFNB, Capitão de Mar e Guerra (FN) Flavio Nascimento. Em seguida, percorreu as instalações da Organização Militar, proferiu palavras à tripulação, assinou o Livro de Estabelecimento e participou do rancho geral.
 
Participaram da visita o Comandante do 7º Distrito Naval, Vice-Almirante Sérgio Nathan Marinho Goldstein, e o Chefe do Estado-Maior do Comando do 7º Distrito Naval, Capitão de Mar e Guerra (FN) Anderson da Costa Medeiros.

Marinha do Brasil apoia procissão fluvial de Bom Jesus dos Navegantes em Penedo-AL

18/01/2019
 
Equipe de Inspeção Naval acompanha procissão fluvial em Penedo-AL
 
A Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL) e a Agência Fluvial de Penedo (AgPenedo) apoiaram, no período de 11 a 13 de janeiro, as festividades em homenagem a Bom Jesus dos Navegantes, que atraíram milhares de pessoas.
 
A tradicional procissão fluvial, realizada há 135 anos no Rio São Francisco,  reuniu 40 embarcações para acompanhar a condução da imagem de Bom Jesus dos Navegantes.
 
Durante o evento, os militares da CPAL e da AgPenedo inspecionaram as embarcações participantes, com foco na salvaguarda da vida humana, na segurança da navegação e na prevenção da poluição hídrica.

CIAB recebe apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal em projeto ambiental e sanitário

18/01/2019
 
Militares do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília da Marinha e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal durante plantio
 
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CMBDF), por intermédio do Grupamento de Proteção Ambiental (GPRAM), tem colaborado com o projeto de reflorestamento, paisagismo e de segurança ambiental do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB).
 
O GPRAM doou para o CIAB aproximadamente 60 mudas de jacarandás, ipês, flamboyants e frutíferas, que estão sendo plantadas com o intuito de arborizar suas diversas áreas e diversificar os biomas florestais, para fins de preservação ambiental e futuras instruções aos alunos dos diversos cursos e às crianças do Programa Forças no Esporte (Profesp).
 
Além da doação das mudas de plantas, os militares do GPRAM também auxiliaram no plantio e atuaram no corte e na poda de galhos e árvores, transmitindo aos militares da tripulação técnicas de plantio e manejo da terra.
 
Na segunda fase dessa parceria, estão previstas palestras, workshops e oficinas de plantio, compostagem, separação e reciclagem do lixo, bem como outros temas relacionados à sustentabilidade.

Adaptandos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante realizam “quebra-sal” a bordo de navios da DHN

17/01/2019
 
Alunos do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha no Navio Hidrográfico “Sirius”
 
Entre 16 e 18 de janeiro, o Navio Hidrográfico “Sirius” e o Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul”, subordinados à Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), estão realizando o “quebra-sal” dos novos adaptandos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM), conduzindo seu primeiro dia de mar na carreira.
 
Os 180 alunos do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), divididos em grupos menores, estão navegando e se familiarizando com a rotina de bordo, acompanhando o serviço no Passadiço e na Praça de Máquinas, iniciando sua formação marinheira. No “quebra-sal” são esclarecidas as dúvidas que facilitarão as decisões futuras desses homens e mulheres que iniciam suas vidas no mar.
 
O embarque possibilita o contato com as atividades afetas às lides hidrográficas, como a confecção das cartas náuticas, os instrumentos de auxílio à navegação e as informações do Meteoromarinha e do Aviso aos Navegantes.
 
 
  
Alunos do CIAGA no NHo Cruzeiro do Sul
Alunos do CIAGA no Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul”

NApOc “Ary Rongel” auxilia voo de apoio logístico à Estação Antártica Comandante Ferraz

17/01/2019
 
Comandante do navio, Capitão de Mar e Guerra Antonio Braz, recebe o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Liseo Zampronio, (segundo da esq. p/ dir) e autoridades a bordo do “Ary Rongel”
 
Durante a XXXVII Operação Antártica (OPERANTAR), o Navio de Apoio Oceanográfico (NApOc) “Ary Rongel”, subordinado ao Grupamento de Navios Hidroceanográficos (GNHo), auxiliou o 4o voo de apoio logístico à Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) e a visita de autoridades ao canteiro de obras da nova estação, no dia 14 de janeiro.
 
O voo de apoio logístico à EACF foi realizado em parceria com a Força Aérea Brasileira (FAB), por meio do emprego da aeronave Hércules C-130, que transportou as autoridades civis e militares até a Base Aérea Chilena “Presidente Eduardo Frei Montalva”. Com o auxílio do Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) do navio, composto por duas aeronaves UH-13, a comitiva seguiu de helicóptero para o NApOc “Ary Rongel”, sendo conduzida até a EACF, na Baía do Almirantado.
 
Na ocasião, os visitantes conheceram algumas áreas do navio, como os laboratórios, o passadiço, a Praça D’Armas e outros compartimentos. Eles também assistiram a um breve vídeo retratando o dia a dia do navio no Continente Austral. O Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Liseo Zampronio, conheceu também os Módulos Antárticos Emergenciais, nos quais os militares brasileiros estão alojados no período das obras.
 
A comitiva foi formada por mais de 40 autoridades, entre elas os Generais de Exército Claudio Coscia Moura, Décio Luís Schons e Artur Costa Moura; o Vice-Almirante Marcos Silva Rodrigues; o Contra-Almirante Gilberto Santos Kerr; e os Brigadeiros da FAB José Vagner Vital e Walcyr Araujo. O grupo foi acompanhado pelo Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar, Contra-Almirante Sérgio Gago Guida.
 
O “Gigante Vermelho”, como é apelidado, realiza a sua 25ª viagem aos mares austrais. Nessa longa comissão, com o regresso ao Rio de Janeiro-RJ previsto para abril de 2019, o “Ary Rongel” terá como principais tarefas: o apoio logístico aos Módulos Antárticos Emergenciais, a atuação na reconstrução da EACF, a execução dos trabalhos de campo a serem desenvolvidos nos refúgios e acampamentos previstos, além de servir como plataforma para a realização de pesquisas, efetuando lançamentos e recolhimentos de pesquisadores.
 
 
Grupo de Mergulhadores do NApOc “Ary Rongel” apoia comitiva com auxílio de bote

Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Rio Xingu” realiza reconhecimento e adestramento no Rio Pará

17/01/2019
 
Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Rio Xingu” navega
 por São Sebastião da Boa Vista-PA
 
O Aviso Hidroceanográfico Fluvial (AvHoFlu) “Rio Xingu”, subordinado ao Centro de Hidrografia e Navegação do Norte (CHN-4), desatracou em Belém-PA, no dia 11 de janeiro, para realizar o adestramento de comando e o reconhecimento no Rio Pará para futuras comissões hidrográficas.
 
Durante os dez dias de comissão, o navio está coletando dados geodésicos, estabelecendo pontos topográficos e montando estruturas necessárias para a materialização de estações maregráficas. Essas atividades estão dando continuidade aos trabalhos iniciados no mês de novembro de 2018.
 
As estruturas estabelecidas e os dados coletados serão utilizados para o planejamento e a execução dos levantamentos hidrográficos previstos para o ano de 2019 na área de jurisdição do Comando do 4°Distrito Naval.

Centro de Hidrografia e Navegação do Norte inicia Comissão “Comanpe I”

17/01/2019
 
Lancha Balizadora “Vega” nas proximidades de Icoaraci-PA
 
No dia 14 de janeiro, a Lancha Balizadora “Vega”, subordinada ao Centro de Hidrografia e Navegação do Norte, saiu da cidade de Belém-PA para realizar a manutenção dos auxílios à navegação no Rio Pará e Estreitos, nas áreas sob jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval, no Pará. A atividade foi denominada Comissão Comanpe I (Comissão de Manutenção dos Auxílios à Navegação no Rio Pará e Estreitos).
 
A comissão vai durar 11 dias e contemplar atividades de manutenção e restabelecimento de diversos auxílios à navegação. Também serão proferidas palestras e realizadas medidas educativas sobre prevenção da poluição hídrica e preservação dos auxílios junto às comunidades ribeirinhas.
 
Para o Segundo-Tenente Joel Bandeira de Mello Neto, as atividades desenvolvidas durante a comissão contribuirão para o aumento da segurança e para a aproximação da Marinha do Brasil à população local.

Militares da Marinha do Brasil em missão de paz no Líbano recebem a Peacekeeping Medal das Nações Unidas

16/01/2019
 
Head of Mission and Force Commander, General de Divisão Stefano Del Col, condecora a Capitão de Fragata Mônica
 
No dia 14 de janeiro, foi realizada a cerimônia de imposição da United Nations Peacekeeping Medal aos militares integrantes do 16º Contingente Brasileiro da Força Interina da Organização das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL). O evento ocorreu a bordo da Fragata “Liberal”, Navio Capitânia da Força-Tarefa Marítima (FTM) da UNIFIL, e teve como objetivo agraciar os militares que desempenharam serviços meritórios para as Nações Unidas, em especial, os integrantes da missão de paz UNIFIL.
 
A solenidade foi presidida pelo Head of Mission and Force Commander da UNIFIL, General de Divisão Stefano Del Col, e contou com a presença do Ministro-Conselheiro da Embaixada do Brasil no Líbano, Jandyr Ferreira dos Santos Júnior; do Comandante da FTM-UNIFIL, Contra-Almirante Eduardo Machado Vazquez; do Comandante da Marinha Libanesa, Contra-Almirante Hosni Daher; e de diversas personalidades civis e militares locais e de países integrantes da missão.
 
Após recepção à cerimônia, o General Del Col realizou revista à tropa, acompanhado pela Capitão de Fragata (T) Mônica de Araujo Thuler, oficial mais antiga do Contingente Brasileiro a receber a Peacekeeping Medal, atual Assessora Jurídica da FTM. Após a imposição das medalhas, o General Del Col dirigiu algumas palavras ao Contingente Brasileiro, destacando a participação da FTM na garantia da segurança das águas libanesas e na estabilidade da região, bem como a contribuição para o desenvolvimento da Marinha do Líbano (ML), em função de um contínuo programa de adestramento que vem sendo realizado. Ressaltou, também, o evento SAR (Search And Rescue) em que a Fragata “Liberal”, no dia 11 de outubro de 2018, resgatou 31 sírios que tentavam chegar ao Chipre, e se encontravam há três dias no mar, sem qualquer mantimento ou água para beber.
 
Comandante da Marinha Libanesa, Contra-Almirante Hosni Daher, condecora militar da Fragata “Liberal”
 
A FTM-UNIFIL foi criada em 15 de outubro de 2006, em atendimento à Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, por solicitação do governo libanês, tendo a peculiaridade de ser a única Força-Tarefa Marítima componente de uma missão de paz da ONU. Possui como tarefas principais a execução, ininterrupta, de Operações de Interdição Marítima nas águas libanesas, e o auxílio na qualificação e treinamento dos marinheiros libaneses, com o propósito de apoiar a ML a prevenir a entrada, por via marítima, de armamento e material relacionado não autorizado em território libanês, e a capacitação do pessoal.
 
Sob o Comando da Marinha Brasileira desde fevereiro de 2011, a FTM-UNIFIL possui um Estado-Maior multinacional, seis navios e dois helicópteros, de seis diferentes nacionalidades: Alemanha, Bangladesh, Brasil, Grécia, Indonésia e Turquia.

Marinha do Brasil recebe grau máximo no Teste da Organização para Proibição de Armas Químicas

16/01/2019
 
Preparo das Amostras do 7º Teste de Competência em Análises de Compostos Químicos da OPAQ
 
A Marinha do Brasil (MB) participou do 7º Teste de Competência em Análises de Compostos Químicos da Organização para Proibição de Armas Químicas (OPAQ), conquistando, no dia 8 de janeiro, pela primeira vez, o grau “Very Good”, o mais alto nesta modalidade de teste.
 
A participação no Programa de Testes da OPAQ tem contribuído para o desenvolvimento e liderança da MB na área de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR), em âmbito nacional. E também na busca da designação do Laboratório Fixo de Análises Químicas como referência em análises de compostos químicos de guerra, gerando um reconhecimento internacional da Força no que diz respeito ao tema.
 
A conquista, fruto do trabalho de militares e servidores civis das áreas de Defesa Química e Biológica, atesta que todas as substâncias das seis amostras foram corretamente identificadas por pelo menos duas técnicas analíticas, e que todos os requisitos de apresentação dos resultados foram cumpridos.
 
O Teste de Competência em Análises de Compostos Químicos destina-se a ser um Programa de Treinamento e Testes para os Laboratórios dos Estados Partes da Convenção para a Proibição de Armas Químicas (CPAQ), sendo uma ferramenta eficaz para avaliar o desempenho do laboratório e promover conhecimento e expertise nas técnicas analíticas.

Força de Fuzileiros da Esquadra faz balanço de atuação na Intervenção Federal do Rio de Janeiro

15/01/2019
 
Militares da Força de Fuzileiros da Esquadra patrulham a comunidade Chapéu Mangueira, no Leme
 
A Intervenção Federal no Rio de Janeiro chegou ao fim no dia 31 de dezembro de 2018. A Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE) fez um balanço de sua atuação no período das operações “Furacão”, iniciadas após o Decreto do então Presidente da República, Michel Temer, em 28 de julho de 2017, autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO).
 
A Força de Fuzileiros da Esquadra começou a atuar já na primeira edição da Operação “Furacão”, que ocorreu no período de 28 de julho a 2 de agosto de 2017, mobilizando militares da Força e 33 viaturas operativas, que fizeram patrulhamentos na orla carioca desde o bairro do Caju até São Conrado.
 
Já em 2018, foram realizadas 61 operações com tropas da FFE, incluindo os patrulhamentos permanentes sendo executados na Ilha do Fundão e nos bairros da Zona Sul do Rio, contemplando as comunidades da Babilônia, Chapéu Mangueira, Pavão Pavãozinho e Cantagalo, além da orla da cidade, desde o Boulevard Olímpico até o mirante do Leblon.
 
O Comandante da FFE, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro, falou sobre o trabalho realizado durante as operações. “Atribuo o sucesso alcançado nas operações de GLO principalmente à qualidade absolutamente diferenciada de nosso Fuzileiro Naval como combatente e à liderança em todos os níveis no âmbito de nossos grupamentos, combinação que resultou na intimidação dos elementos adversos e na conquista do respeito das populações nas áreas onde operamos.”
 
A Operação “Furacão” teve como objetivo o combate à violência e ao crime organizado no Rio de Janeiro. Até o término da Intervenção Federal, ocorreram 234 edições da Operação “Furacão”, sendo 69 delas com a participação dos Fuzileiros Navais.
 
Militares da Força de Fuzileiros da Esquadra patrulham a comunidade do Cantagalo durante a Operação Furacão XCII

5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral realiza resgate de passageiro em Navio de Cruzeiro

15/01/2019
 
Esquilo UH-12 durante Evacuação Aeromédica
 
No dia 13 de janeiro, a Aeronave de Serviço Distrital (Esquilo UH-12), do 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-5), realizou a Evacuação Aeromédica (EVAM) de um passageiro argentino de 84 anos, do Navio de Cruzeiro “MSC Fantasia”, de bandeira panamenha, que navegava pelo litoral catarinense.
 
A aeronave pousou no Aeroporto Internacional de Florianópolis “Hercílio Luz” e o tripulante foi encaminhado para a UTI do Hospital Imperial de Caridade. Durante o voo, o resgatado necessitou de manobras de ressuscitação cardiopulmonar, por consequência de uma parada cardiorrespiratória.
 
Membro da equipe de resgate durante manobras de ressuscitação cardiopulmonar

Escola Naval inicia o período de adaptação

15/01/2019
 
Adaptandos e adaptadores iniciam a preparação
 
A Escola Naval (EN) iniciou, no dia 13 de janeiro, o período de adaptação para os jovens que serão incorporados ao Corpo de Aspirantes para compor a turma do primeiro ano do Ciclo Escolar.
 
Este ano, a Escola recebeu 211 adaptandos, sendo 181 vindos do Colégio Naval (CN), 24 oriundos do Concurso Público de Admissão à Escola Naval (CPAEN), sendo 15 homens e nove mulheres, além de seis estrangeiros de Marinhas Amigas (Bolívia, Cabo Verde, Camarões e Senegal), que se apresentaram para a primeira etapa da formação dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil.
 
A adaptação tem como propósito apresentar os ensinamentos iniciais da carreira naval e da rotina do curso. Durante todo o período, são desenvolvidas atividades que valorizam não só a higidez física, mas também a formação militar-naval e o ensino dos valores que compõem a Rosa das Virtudes.

Comando do 5º Distrito Naval promove a 1º edição do Projeto “Marinheiro por um dia”

15/01/2019
 
Atracação da “Anunciada” depois da primeira saída do projeto
       
No dia 14 de janeiro, o Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) realizou, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande (FURG), por intermédio do Centro de Convívio Meninos do Mar (CCMar), a 1º edição do projeto “Marinheiro por um dia”.
 
A primeira turma foi composta por quatro estudantes participantes dos projetos sociais “Ametista” e “Renascer”, organizados pelo Com5ºDN, e por sete meninos do Grupo de Escoteiro do Mar “Almirante Abreu”, de Rio Grande-RS. Além das crianças, embarcaram no Barco Escola “Anunciada” o Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante José Renato de Oliveira, a reitora da Universidade Federal do Rio Grande, Professora Cleusa Dias, o Diretor do CCMar, Professor Lauro Barcellos, um grupo de apoio de instrutores, psicóloga, pedagoga, médico enfermeira, e a imprensa local.
 
O projeto, que acontecerá quinzenalmente, tem como propósito mostrar à sociedade as atividades navais, por meio de aulas/orientações a bordo de uma embarcação do CCMar. O público-alvo do projeto são crianças e adolescentes, na faixa etária de 8 a 14 anos, inscritos no ensino fundamental e médio das cidades do Rio Grande, São José do Norte e Pelotas. A ação está aberta também a outros segmentos da sociedade, como jornalistas, escoteiros do mar, ou personalidades que queiram conhecer as atividades da Marinha do Brasil no Sul. Interessados podem entrar em contato no telefone (53) 3233-6333, 3233-6108 ou ainda pelo e-mail 5dn.comsoc@marinha.mil.br
 
Instrução de marinharia a bordo do Barco Escola

Comando do 7º Distrito Naval apoia Operação “Acolhida” no Distrito Federal

15/01/2019
 
Militares descarregam alimentos a serem doados aos cidadãos venezuelanos
 
O Comando do 7º Distrito Naval realizou, no dia 10 de janeiro, uma ação de apoio à Operação “Acolhida”, na região administrativa de São Sebastião, no Distrito Federal. Na ocasião, foram fornecidas uma tonelada de gêneros alimentícios frigorificados e três toneladas de gêneros secos, destinados à alimentação de 55 cidadãos venezuelanos.
 
Desde 30 de novembro de 2018, esses migrantes interiorizados da cidade de Boa Vista-RR encontram-se na localidade. No mês de dezembro de 2018, o Comando do 7º Distrito Naval também realizou entrega de alimentos para o grupo que conta com crianças, recém-nascidos, lactantes, pessoas com deficiência e doenças crônicas e idosos.
 
O Ministério da Defesa é integrante do Comitê Federal de Assistência Emergencial e, com o apoio das Forças Armadas, participa da Operação  “Acolhida”, uma ação conjunta, interagências e de natureza humanitária, que visa oferecer condições dignas aos imigrantes oriundos da Venezuela em situação de vulnerabilidade social.
 
Autorizada, em fevereiro de 2018, pela Presidência da República, a missão foi desencadeada devido à intensificação do fluxo migratório de imigrantes para o estado de Roraima, decorrente da crise política, institucional e socioeconômica vivida pela República Bolivariana da Venezuela.
 
Mais de quatro toneladas de alimentos foram fornecidos aos venezuelanos

Capitania dos Portos do Amapá promove palestras sobre segurança da navegação em Santana-AP

15/01/2019
 
Alunos assistem à palestra sobre segurança da navegação
 
A Capitania dos Portos do Amapá (CPAP) promoveu palestras com dicas e práticas de segurança da navegação para alunos e catraieiros na Escola Estadual Levindo Alves dos Santos, localizada na Foz do Rio Amazonas, na Ilha de Santana, zona rural de Santana-AP, no dia 9 de janeiro. As palestras tiveram como propósito combater a cultura do risco na região, conscientizando 119 estudantes em relação às medidas de segurança na prevenção aos acidentes.
 
Os assuntos abordados também contribuíram para transformar os alunos em propagadores da importância do uso do colete salva-vidas. A coordenadora pedagógica da escola, Márcia da Silva Farias, agradeceu a Marinha do Brasil pela oportunidade. “Obrigada pelas informações muito bem explicadas e que são de extrema importância para a realidade dos nossos alunos. A partir de agora, eles também vão ser responsáveis por compartilharem os conhecimentos aqui aprendidos em suas comunidades ribeirinhas”.

Colégio Naval inicia período de adaptação 2019

14/01/2019
 
Tradicional cerimônia de abertura dos portões do Colégio Naval
 
O Colégio Naval (CN) iniciou, no dia 13 de janeiro, o período de adaptação para os candidatos aprovados nas fases acadêmica, médica e física do Concurso Público de Admissão ao CN (CPACN), em 2018. Eles participaram da tradicional cerimônia de abertura dos portões e entrada solene no Colégio.
 
O período de adaptação é uma etapa complementar do CPACN, de caráter eliminatório, com duração de três semanas e término previsto para o dia 1 de fevereiro. Seu propósito é apresentar aos candidatos, agora chamados de adaptandos, os aspectos básicos da vida militar e da rotina do CN, por meio de atividades que trabalham a higidez física e a capacidade intelectual e propiciam o primeiro contato com os valores da Instituição antes do início do ano letivo.
 
Estabelecido em Angra dos Reis-RJ desde 1951, na Enseada Batista das Neves, o CN prepara os jovens postulantes à carreira de Oficial da Marinha, ministrando o Curso de Preparação de Aspirantes, que corresponde ao Ensino Médio. Ao longo dos três anos de duração, o curso busca o aprimoramento moral, físico e intelectual dos alunos, fatores necessários ao desempenho das atividades da Marinha, em especial ao domínio das tecnologias incorporadas aos meios navais. Após a formatura, os alunos são transferidos para a Escola Naval, no Rio de Janeiro-RJ, conforme as vagas disponíveis, onde prosseguirão sua formação profissional.
 
Adaptandos durante primeiro contato com tradições e valores da Instituição

Capitania dos Portos do Amapá recebe alunos beneficiados pelo Pronatec

14/01/2019
 
Palestra proferida por militar da Capitania dos Portos do Amapá sobre segurança da navegação
 
A Capitania dos Portos do Amapá (CPAP) recebeu a visita dos alunos do curso técnico de segurança no trabalho do Centro de Educação Profissional Professora Maria Salomé Gomes, em Santana-AP, para conhecerem as instalações e embarcações da Capitania, no dia 9 de janeiro. Na ocasião, eles também assistiram às palestras sobre mentalidade de segurança da navegação, prevenção ao escalpelamento e poluição hídrica.
 
O Centro de Educação Salomé Gomes faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado pelo Governo Federal em 2011. O Pronatec tem como propósito ampliar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica por meio de programas, projetos e ações de assistência técnica e financeira.
 
A Coordenadora Adjunta do Pronatec, Rita de Cássia Carvalho Sena de Souza, destacou a importância do encontro. “Esta visita colaborou para aprimorar o conhecimento adquirido em sala de aula, porque conhecemos na prática o funcionamento da segurança do trabalho no âmbito das embarcações e as orientações de segurança da navegação.”
 
Alunos e representantes do Centro de Educação Maria Salomé Gomes na Capitania dos Portos do Amapá

Estação Radiogoniométrica da Marinha em Belém comemora 50º aniversário de criação

14/01/2019
 
Descerramento da placa comemorativa
 
No dia 8 de janeiro, a Estação Radiogoniométrica da Marinha em Belém (ERMBe) comemorou seu 50° aniversário de criação. A origem dessa Estação rememora os tempos da antiga Estação Rádio de Val-de-Cães, Organização Militar (OM) que originou a Estação Rádio de Belém, de onde herdou todas as instalações, acervos e equipamentos.
 
Criada em 8 de janeiro de 1969, com o nome de Estação Rádio de Belém, foi rebatizada em 2002, com a atual denominação, quando foi incorporada à rede de inteligência operacional do País, com posição privilegiada que abrange parte significativa das Amazônias Azul e Verde.
 
A cerimônia alusiva ao Jubileu de Ouro da ERMBe foi presidida pelo Chefe do Estado-Maior do Comando do 4º Distrito Naval, Capitão de Mar e Guerra Dionísio Tavares da Câmara Junior. Na ocasião, foi realizado o descerramento de uma placa comemorativa e homenageadas as tripulações anteriores com a entrega de um brasão da OM ao Segundo-Sargento Dalgino do Santos Monteiro, que fez parte da tripulação da ERMBe entre os anos de 1975 e 1983.
 
O evento contou também com a entrega dos distintivos de Amigo da ERMBe a autoridades militares e civis que contribuíram com a OM ao longo do ano de 2018.
 
Entrega do brasão da Estação Radiogoniométrica da Marinha em Belém ao Segundo-Sargento Dalgino

Marinha do Brasil apoia evento “Penedo Náutico” durante Operação Verão

13/01/2019
 
Marinha do Brasil inspeciona embarcações durante o “Penedo Náutico”
 
A Capitania dos Portos de Alagoas e a Agência Fluvial de Penedo-AL apoiaram, no dia 5 de janeiro, o “Penedo Náutico”, evento promovido pela Prefeitura de Penedo-AL que levou atividades culturais e esportivas ao Rio São Francisco.
 
O evento teve a participação de centenas de embarcações e atraiu milhares de pessoas, contando com ações de conscientização ambiental, competições de natação e caiaque, além de apresentações musicais.
 
Na oportunidade, a equipe de Inspeção Naval abordou diversas embarcações com o objetivo de garantir a salvaguarda da vida humana nas águas interiores, a segurança da navegação e a prevenção da poluição hídrica.

 

Batedores fazem escolta da imagem de São Sebastião, no Rio de Janeiro-RJ

13/01/2019
 
Batedores que fizeram escolta aos deslocamentos da imagem de São Sebastião
 
 
O Pelotão de Motociclistas da Companhia de Polícia do Batalhão Naval (CiaPolBtlNav) realizou escolta,  nos dias 8, 10 e 11 de janeiro, em apoio aos deslocamentos da imagem de São Sebastião, por ocasião da Trezena de São Sebastião de 2019, no Rio de Janeiro-RJ.
 
A Trezena de São Sebastião é período de 13 dias nos quais a imagem de São Sebastião (Santo Padroeiro da Arquidiocese e da cidade do Rio de Janeiro) percorre diversos locais do Rio de Janeiro. O evento ocorre no período de 7 a 19 de Janeiro, tendo sua escolta dividida entre as diversas Unidades que possuem Motociclistas Batedores na capital carioca.
 
Nos dias que foram de responsabilidade dos Batedores da CiaPolBtlNav, a imagem percorreu locais de significância para a Arquidiocese em bairros como Benfica, Del Castilho e Caju, bem como organizações militares como o Hospital Central do Exército e o Hospital Naval Marcílio Dias.

 

Navio de Assistência Hospitalar “Doutor Montenegro” inicia “Operação Acre 2019”

11/01/2019
 
Navio de Assistência Hospitalar “Doutor Montenegro” segue para comunidades ribeirinhas do Acre e Amazonas
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”  suspendeu no dia 8 de janeiro, do Cais da Estação Naval do Rio Negro, em Manaus -AM, com destino ao município de Cruzeiro do Sul-AC, dando início à 19º edição da “Operação Acre”.
 
Durante a operação, que será desenvolvida até o dia 30 de abril, serão atendidas as populações de comunidades isoladas dos municípios de Juruá, Itamaraty, Carauari, Eirunepé, Ipixuna, Guajará, no Amazonas, e dos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima, no Acre, todas localizadas no Rio Juruá. Serão oferecidas consultas médicas e odontológicas; exames clínicos e laboratoriais; cirurgias de pequeno porte; pré-natal; exames de mamografia e raio-X; palestras educativas; distribuição de medicamentos; e atenção farmacêutica. A previsão é que sejam atendidas de 15 a 20 mil pessoas.
 
A tripulação é composta por 70 militares e inclui uma equipe de saúde de 28 militares, sendo: seis médicos, destes um clínico geral, dois radiologistas, um proctologista, um dermatologista e um ginecologista; cinco cirurgiões-dentistas; dois farmacêuticos bioquímicos; dois enfermeiros de nível superior; e 13 praças, sete deles técnicos em enfermagem, dois técnicos em radiologia médica, dois técnicos em radiologia odontológica, um técnico laboratorial e um técnico em enfermagem, que atuará como vacinador.

Autoridades civis da Paraíba recebem Medalha “Amigo da Marinha”

11/01/2019
 
Imposição da Medalha “Amigo da Marinha” ao Deputado
Federal Damião Feliciano
 
O Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) realizou, no dia 7 de janeiro, cerimônia de imposição da Medalha “Amigo da Marinha”. Os agraciados foram a Vice-Governadora Lígia Feliciano e o Deputado Federal Damião Feliciano da Paraíba, que têm contribuído no relacionamento institucional com a Marinha do Brasil. A solenidade foi realizada no Salão Nobre do Com3ºDN, em Natal-RN.
 
A medalha é destinada a agraciar personalidades civis e militares, bem como instituições que, voluntariamente, tenham se distinguido no relacionamento com a Marinha e na divulgação da mentalidade marítima.
 

Comando do 7º Distrito Naval atua durante a Posse Presidencial

11/01/2019
 
Marinha atua na Ponte JK
 
No período de 28 de dezembro de 2018 a 2 de janeiro, o Comando do 7º Distrito Naval (Com7ºDN) participou do planejamento e da execução das atividades para a posse do Presidente Jair Bolsonaro, ocorrida no dia 1º de janeiro. Além de contribuir com seus militares para a Guarda de Honra Mista, composta pelas três Forças Armadas e com a Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB), na cerimônia do Congresso Nacional, o Com7ºDN participou da Força-Tarefa Integrada Operação Posse (FT POSSE), que envolveu cerca de 60 instituições e 13 mil militares, policiais, bombeiros e agentes.
 
A “Força Tarefa de Proteção Marinha do Brasil” (FT 263) foi responsável por proteger as quatro pontes e a barragem do Lago Paranoá; por receber e acomodar no GptFNB a Força de Reação da FT POSSE; por acolher e posicionar, no Prédio do Comando da Marinha, a Força Nacional e os atiradores de precisão da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil, unidade de elite da Polícia Civil do Distrito Federal; por montar e operar um posto médico na Esplanada dos Ministérios; e por compor as escoltas de batedores de autoridades estrangeiras convidadas e também do tradicional “Rolls-Royce presidencial”.
 
O esquema de segurança da FT 263, no Lago Paranoá, incluiu o emprego de seis embarcações, motos aquáticas e militares da Capitania Fluvial de Brasília, da Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins e do GptFNB, os quais mantiveram a constante vigilância e a segurança das obras de engenharia e do tráfego de embarcações no lago. Militares do Com7ºDN, do Centro de Instrução de Brasília e do GptFNB garantiram a segurança dos prédios do Comando da Marinha e do Ministério da Defesa.
Diretamente envolvidos na Operação Posse, o Com7ºDN contou com 522 militares e de suas organizações militares subordinadas. Todos participaram dos dois ensaios gerais, do credenciamento para acesso à Esplanada dos Ministérios e da varredura do Prédio do Comando da Marinha, o que garantiu o cumprimento da missão atribuída.
 
Barragem do Lago Paranoá foi um dos pontos protegidos pelos militares do Comando do 7º Distrito Naval

Militares do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília participam de solenidade da Posse Presidencial

11/01/2019
 
Companhia de Marinheiros Recrutas em Postos de Continência
 
No dia 1º de janeiro, militares do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB) participaram dos eventos que compuseram a solenidade de posse do Presidente da República, Jair Bolsonaro.
 
Uma Companhia de Fuzileiros Navais integrou a Guarda de Honra mista, juntamente com representações do Exército Brasileiro e da Aeronáutica, destacando-se, na ocasião, em que o Presidente Jair Bolsonaro passou em revista à tropa. Já no interior do Congresso Nacional, uma Companhia de Marinheiros Recrutas perfilou-se em Postos de Continência para o Presidente, ganhando notoriedade na passagem das diversas autoridades nacionais e internacionais que se deslocavam no recinto.
 
Os militares que participaram dos eventos formaram-se, no dia 14 de dezembro de 2018, no CIAB, e passaram por intensos treinamentos, conduzidos por oficiais e sargentos do corpo de alunos.
 
 

Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar inicia etapa de adaptação para novos alunos

10/01/2019
 
Comandante do CIABA, Capitão de Mar e Guerra Baptista Santos,
profere palestra para novos alunos
 
No dia 7 de janeiro, o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA) deu início ao período de adaptação de 125 jovens aprovados no processo seletivo de admissão às Escolas de Formação de Oficias da Marinha Mercante (EFOMM). O objetivo desta fase é integrar e familiarizar os candidatos à estrutura do CIABA e iniciar a formação militar. Eles vão ser submetidos a diversas atividades que envolvem preparo físico e psicológico.
 
Esta é a última etapa do processo quando vão ser ministradas palestras com o intuito de instruí-los sobre os assuntos que abrangem a vida do Oficial da Marinha Mercante, dos direitos e deveres, regulamentos internos da escola, e da rotina da EFOMM. Entre os candidatos, há 10 estrangeiros.
 
A fase da adaptação é um marco na vida dos novos alunos que são oriundos de diversos estados do Brasil e até mesmo de outro país, como São Tomé e Príncipe. Após a conclusão do curso, serão formados em condutores dos navios mercantes, responsáveis por mais de 95% da exportação do país.

Aeronave Super Cougar N-7203 é transferida para o Setor Operativo

10/01/2019
 
Recebimento da Aeronave Super Cougar N-7203 (UH-15A)
 
Em 27 de dezembro de 2018, na sede da HELIBRAS em Itajubá-MG, foi concluído o recebimento do Super Cougar N-7203, terceira Aeronave na versão UH-15A recebida pela Marinha do Brasil (MB) dentro do Programa H-XBR. A versão UH-15A possui, além dos equipamentos já incorporados na versão UH-15, o sistema EWS (Eletronic Warfare System), conjunto de equipamentos auxiliares de defesa, composto por sensores que alertam, com antecedência, às tripulações sobre ameaças de radares (RWR -Radar Warning Receiver), emissão laser (LWS -Laser Warning Subsystem) e mísseis hostis (MWS -Missile Warning Subsystem).
 
Complementando o sistema de guerra eletrônica (EWS - Electronic Warfare System), as aeronaves ainda contam com o Supressor de Radiação Infravermelho (JDD - Jet Dilution Device), dispositivo instalado na saída de gases do motor, com o objetivo de diminuir a assinatura térmica, e também com o dispenser de contramedidas Chaff/Flare.
 
Outro equipamento incorporado à versão UH-15A é o PLS (Personnel Locator System), que permite a localização precisa das tripulações a serem resgatadas, sendo a troca de informações criptografadas, possibilitando segurança no cumprimento da missão.
 
O recebimento do N-7203 amplia a capacidade da MB para o emprego a partir do Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” e Navio Doca Multipropósito “Bahia”, em operações noturnas e em particular no resgate de tripulações e de tropas infiltradas em ambiente hostil, como é o caso de algumas Operações Especiais.
 

Base Naval de Natal promove Curso de Capacitação de Condutores para militares temporários

10/01/2019
 
Entrega de diploma a militar que concluiu o curso
 
A Base Naval de Natal (BNN) realizou, no dia 18 de dezembro de 2018, a cerimônia de conclusão do Curso de Capacitação de Condutores de Veículos de Transporte de Produtos Perigosos, de Transporte Coletivo de Passageiros e de Emergência, que teve como objetivo a qualificação profissional de militares temporários das Organizações Militares (OM) da Marinha, sediadas na capital potiguar.
 
O curso foi resultado de uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, contando com a participação de 20 militares, que foram capacitados para suprirem as demandas de condução de veículos nas OM, agregando competências que também contribuirão para a realocação no mercado de trabalho ao término do Serviço Militar.
 
A ação cumpre o projeto “Soldado Cidadão”, do Ministério da Defesa, que tem a missão de qualificar profissionalmente os recrutas que prestam o Serviço Militar, complementando sua formação cívica-cidadã e facilitando seu ingresso no mercado de trabalho após o período obrigatório junto às Forças Armadas.
 
Comandante da Base Naval de Natal, instrutores e alunos na cerimônia de encerramento do curso

Câmara Municipal de Parnamirim-RN homenageia militares da Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal

10/01/2019
 
Militares da Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal
durante sessão solene
 
A Câmara Municipal de Parnamirim-RN realizou, no dia 19 de dezembro de 2018, sessão solene para agraciar três militares da Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal (ERMN) com a Comenda do Mérito ao Marinheiro. A homenagem foi proposta pelo Vereador Ítalo Siqueira em alusão ao Dia do Marinheiro, celebrado em 13 de dezembro.
 
Durante a solenidade, o vereador destacou a importância da homenagem. “Nossa cidade é privilegiada por ter uma Estação Rádio da Marinha. É uma honra para esta casa reverenciar pela primeira vez os marinheiros”.
 
Em seu discurso, o Comandante da ERMN falou em nome dos agraciados. “Gostaria de agradecer por tão importante homenagem, sobretudo por estarmos estreitando ainda mais os laços com a população e o município de Parnamirim”.
 
Em vigor desde 13 de dezembro, o Projeto de Resolução nº 25/18, da Câmara Municipal de Parnamirim, define que a Comenda do Mérito ao Marinheiro será concedida anualmente.
 
Militares agraciados com a Comenda do Mérito ao Marinheiro

Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará realiza campanha de arrecadação de alimentos para doação

10/01/2019
 
Militares e Voluntárias “Cisne Branco” durante entrega das doações
 
Os 304 alunos da Turma Kilo/2018 da Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará (EAMCE) realizaram, em dezembro de 2018, uma campanha de arrecadação de alimentos para doação a instituições da cidade de Fortaleza-CE.
 
Foram arrecadados 485 quilos de alimentos, que foram distribuídos no Abrigo “Tia Júlia”, responsável por atender 50 crianças em situação de risco social; e no Abrigo “Casa de Jeremias”, que acolhe crianças de até três anos.
 
A entrega dos alimentos, realizada nos dias 17 e 19 de dezembro de 2018, teve a participação das Voluntárias “Cisne Branco”–subseccional Fortaleza e do Núcleo de Assistência Social da EAMCE.

Marinha do Brasil tem novo Comandante

09/01/2019
 
A cerimônia de transmissão do cargo foi presidida
 pelo Presidente da República
 
O Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior assumiu, nesta quarta-feira, 9 de janeiro, o Comando da Marinha do Brasil (MB), cargo exercido durante quatro anos pelo Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira. A cerimônia de transmissão de cargo, presidida pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, foi realizada no Clube Naval, em Brasília-DF.
 
Em suas palavras de despedida, o Almirante Leal Ferreira ressaltou a importância do trabalho e da dedicação de marinheiros, fuzileiros navais e servidores civis para o cumprimento da missão da Força. Enfatizou, também, o estreitamento do relacionamento com os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, com o Ministério Público e as Marinhas amigas para o aperfeiçoamento da gestão e das decisões.
 
O Almirante destacou, ainda, o potencial do Brasil no comércio internacional, especialmente a produção de petróleo no mar e a movimentação de cargas nos portos e terminais, e a necessidade de prontidão operativa para a defesa dos interesses marítimos. “Acredito que essa grandeza e prosperidade dependerão, cada vez mais, do bom uso que nós brasileiros viermos a fazer do mar. Este é o chamado ‘século azul’ e, em todo o mundo, a participação da economia do mar cresce exponencialmente”, afirmou.
 
Na ocasião, o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, lembrou alguns fatos da trajetória profissional do Almirante Leal Ferreira e apontou os principais avanços alcançados pela Marinha nos últimos quatro anos. Entre as evoluções, o Ministro destacou o aprimoramento na formação e capacitação técnico-profissional de militares e civis, o investimento para atrair cidadãos de diferentes regiões do País para a carreira naval e a ampliação do pioneirismo de inserção da mulher na Marinha.
No campo operativo, o Ministro Fernando Azevedo salientou o avanço em programas estratégicos, como o Programa de Desenvolvimento de Submarinos, a modernização de aeronaves, o recebimento de novos Carros Lagarta Anfíbios e a reconstrução da Estação Antártica.
 
Almirante Ilques (à dir.) recebe os cumprimentos
do Almirante Leal Ferreira
 
Em seu discurso de posse, o Almirante de Esquadra Ilques, afirmou ter consciência dos desafios a serem enfrentados e assegurou que a Força está preparada para enfrentá-los. “Os desafios, por envolverem mares fortes e ventos adversos, vem moldando a formação de marinheiros, fuzileiros navais e servidores civis de excelência profissional. Temos a absoluta convicção que a tripulação da Marinha do Brasil sempre estará à altura deles”, disse.
 
O novo Comandante da Marinha garantiu que dará continuidade às ações que garantem a permanente prontidão da Força para a defesa dos interesses marítimos nacionais por meio do trabalho conjunto com o Exército, a Aeronáutica e outros segmentos institucionais. “A Marinha permanecerá estreitando laços com a sociedade e contribuindo com o desenvolvimento econômico e social do País e a execução das atribuições da Autoridade Marítima – segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar, ensino profissional marítimo e prevenção da poluição ambiental”, afirmou.
 
Também estiveram presentes no evento o Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão; a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge; além de outras autoridades militares e civis. 

Marinha forma engenheiros na Universidade de São Paulo

09/01/2019
 
Formandos no momento do juramento
 
 
Em 7 de janeiro, foi realizada, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP), a cerimônia de formatura de mais cinco Oficiais Alunos do curso de Graduação em Engenharia Naval e um Oficial Aluno do curso de Graduação em Engenharia Mecatrônica.
 
Na solenidade, estiveram presentes os Vice-Almirante (EN) Sidney dos Santos Neves, Vice-Almirante Marcos Sampaio Olsen, Vice-Almirante Noriaki Wada, Contra-Almirante (EN) Guilherme Dionizio Alves, Contra-Almirante (EN) Celso Mizutani Koga e o Contra-Almirante Thadeu Marcos Orosco Coelho Lobo, além da Diretora da EPUSP Profª. Drª. Liedi Legi Bariani Bernucci, do Vice-Diretor Prof. Dr. Reinaldo Giudici, familiares dos formandos e os novos Oficiais-Alunos recém-embarcados que comporão a turma de 2019.
 
A formação dos Oficiais foi realizada conforme previsto no Convênio, celebrado entre a MB e a USP desde 1956, para apoio recíproco nas áreas acadêmica, científica e tecnológica, tendo sido responsável pela criação do primeiro curso de Engenharia Naval do País, ainda na segunda metade da década de 1950. Em breve, os formandos serão transferidos para o Corpo de Engenheiros da Marinha e contribuirão para o desenvolvimento dos principais projetos estratégicos da Marinha do Brasil.
 
Capitão-Tenente Pedro Bernardo dos Santos Melo, formando em Engenharia Mecatrônica, recebe os cumprimentos do Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Vice-Almirante Olsen

3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral e Instituto do Conhecimento Sustentável inauguram o Espaço do Saber

09/01/2019
 
Inauguração do Espaço do Saber, nas dependências do 3º Esquadrão
de Helicópteros de Emprego Geral
 
No dia 20 de dezembro de 2018, o 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3), subordinado ao Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), realizou, com o apoio do Instituto do Conhecimento Sustentável do Amazonas, do 1º Grupo de Escoteiros do Mar do Amazonas – “Almirante Tamandaré" e da Escola Estadual Almirante Ernesto de Mello Baptista, a inauguração do Espaço do Saber, nas dependências do EsqdHU-3.
 
O novo espaço contou com a doação de uma geladeira contendo livros em seu interior como parte do projeto "Alimente-se de livros", do Instituto do Conhecimento Sustentável, e reunirá livros doados por instituições parceiras.
 
A partir de agora, o EsqdHU-3, Troféu Ouro no Prêmio Qualidade Amazonas de 2018, poderá conduzir o seu Programa de Incentivo à Leitura que alcançará tanto os militares da Unidade Aérea, quanto os jovens que integram o seu núcleo do Programa Forças no Esporte (PROFESP).
 
Geladeira do projeto “Alimente-se de livros”

Hospital Naval de Brasília recebe homenagem da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal

09/01/2019
 
Instituições agraciadas durante solenidade
 
Durante a comemoração alusiva aos 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos, o Hospital Naval de Brasília (HNBra), junto a outras instituições, recebeu o “Troféu Defensores da Justiça e Cidadania” e a “Medalha Mérito Dignidade Humana”.
 
As condecorações foram concedidas pela Subsecretaria de Apoio às Vítimas de Violência, órgão da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal, como o reconhecimento aos serviços prestados à sociedade brasileira.

Hospital Naval de Brasília recebe doação de material médico-hospitalar das “Voluntárias Cisne Branco”

09/01/2019
 
Equipe do Hospital Naval de Brasília recebe equipamentos
 
O Hospital Naval de Brasília (HNBra) recebeu uma doação de aparelhos cardiológicos e odontológicos, das “Voluntárias Cisne Branco” (VCB), no dia 27 de dezembro de 2018. Esses equipamentos médico-hospitalares contribuirão para a melhoria da qualidade da assistência em saúde da Família Naval.
 
Na ocasião, estavam presentes o Comandante do 7º Distrito Naval, Vice-Almirante Sérgio Nathan Marinho Goldstein, acompanhado pela Diretora Nacional das VCB, Christiani Prisco Leal Ferreira, que realizou a entrega dos aparelhos, pela Diretora das VCB–seccional Brasília, Ana Beatriz Goldstein, e demais convidados.

Marinha condecora Presidente da República e Ministro da Defesa com Ordem do Mérito Naval

09/01/2019

Presidente recebe cumprimentos do Comandante da Marinha
 
O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, receberam, nesta terça-feira, 8 de janeiro, a Ordem do Mérito Naval, no grau Grã-Cruz, o mais elevado da Ordem. A condecoração foi entregue pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Leal Ferreira, durante cerimônia realizada no Clube Naval, em Brasília.
 
O grau Grã-Cruz refere-se aos cargos assumidos – Presidente da República e Ministro da Defesa. Ambos já possuíam a condecoração no grau anterior – Grande Oficial – por terem prestado relevantes serviços à Marinha.
 
Na ocasião, o Comandante da Marinha disse que, apesar de simples em sua execução, a solenidade se revestia de um caráter especial, não somente pela importância histórica da Medalha, mas também pelas circunstâncias especiais que envolveram os agraciados. Segundo ele, mais do que agradecer os feitos do passado, a homenagem externaliza os sentimentos de esperança e de confiança.
 
Também estiveram presentes no evento o Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão; o Comandante da Marinha nomeado, Almirante de Esquadra Ilques; o Ministro de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento; além de outras autoridades.
 
Discurso do Comandante da Marinha
 
Sobre a medalha – A Medalha Ordem do Mérito Naval é entregue a militares da Marinha que se destacaram no exercício da profissão, assim como personalidades civis e militares, organizações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, que prestarem relevantes serviços à Marinha do Brasil.

Marinha resgata paciente na região do Taquari, no MS

08/01/2019
 
Mulher foi encaminhada ao Pronto Socorro de Corumbá
 
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6DN), após solicitação do Corpo de Bombeiros, realizou o transporte, na tarde do dia 5 de janeiro, de uma mulher que estava na região do Taquari, localizada a cerca de 180 km do centro de Corumbá-MS.
 
A paciente, que se queixava de fortes dores abdominais, foi resgatada com o auxílio de uma aeronave do 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-4), Organização Militar subordinada ao Com6DN.
 
O voo foi acompanhado por um médico do Hospital Naval de Ladário (HNLa), que prestou os primeiros socorros. Na chegada ao heliponto do HU-4, uma ambulância do HNLa seguiu com a paciente para o Pronto Socorro de Corumbá.

Agência Fluvial de Parintins encerra o ciclo de palestras nas escolas da região em 2018

08/01/2019
Instruções para o uso correto dos coletes salva-vidas
 
A Agência Fluvial de Parintins (AgParintins), subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, realizou, no dia 18 de dezembro de 2018, o encerramento do ciclo de palestras do Projeto “Segurança da Navegação nas Escolas”, na Escola Estadual São José Operário no município de Parintins-AM.
 
O projeto tem o propósito de disseminar conhecimentos sobre ações e práticas seguras a bordo de embarcações, visando divulgar na sociedade local, por meio dos estudantes, a mentalidade de Segurança da Navegação e, com isso, difundir a necessidade do uso efetivo do colete salva-vidas em embarcações miúdas.
 
Com a participação de 210 ouvintes entre alunos, pais, professores e docentes, a AgParintins demonstrou, na prática, o uso correto do colete salva-vidas, além de prestar orientações sobre a segurança da navegação.
 
O ciclo de Palestras do Projeto “Segurança da Navegação nas Escolas” alcançou 1.720 ouvintes em nove escolas distribuídas nos municípios de Parintins, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Nhamundá, em um período de cinco meses, levando informação, conscientização e divulgando o trabalho e a missão da Marinha do Brasil.
 
 
 
Palestra sobre “Segurança Navegação nas Escolas”

Agência Fluvial de Parintins realiza premiação da Operação “Cisne Branco” 2018

08/01/2019
 
Premiação da Operação “Cisne Branco” 2018 em Parintins-AM
 
A Agência Fluvial de Parintins, subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, realizou, no dia 13 de dezembro de 2018, a cerimônia de Premiação da Operação “Cisne Branco”, na Escola Estadual Senador João Bosco, em Parintins-AM.
 
A Escola Estadual Professor Aderson de Menezes, do Ensino Fundamental, e a Escola Estadual de Ensino Médio Brandão do Amorim foram as escolas selecionadas com as melhores redações por uma banca examinadora.
 
No Ensino Fundamental, a primeira colocada foi a aluna Izabel dos Santos Batista; o aluno Manoel Repolho de Oliveira ficou com o segundo lugar, e o terceiro, Diogo Silva Calderaro Pires. O vencedor do Ensino Médio foi o aluno Pedro Henrique de Souza Gomes; a segunda colocada, a aluna Karina Figueira Alfaia e o terceiro, Gabriel da Costa Soares. As gestoras das escolas também foram agraciadas com o certificado Institucional pela participação do concurso, contribuindo na divulgação da mentalidade marítima e assuntos da Marinha.
 
A Operação “Cisne Branco” tem como objetivo despertar nos jovens, seus pais e professores o interesse pelos assuntos ligados ao Poder Naval, Poder Marítimo, “Amazônia Azul” e História Naval do Brasil e consiste em um concurso de redação, realizado em âmbito nacional,  envolvendo alunos do 6º ao 9° ano do Ensino Fundamental e de todas as séries do Ensino Médio.
 
Participação dos alunos da Escola Estadual Prof. Aderson de Menezes e Escola Estadual Brandão do Amorim

3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral comemora o 39º Aniversário da Presença da Aviação Naval na Amazônia

08/01/2019
 
Descerramento do quadro da Ordem dos Tucanos no hangar do Esquadrão
 
O 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3), subordinado ao Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), realizou, no dia 20 de dezembro de 2018, a cerimônia alusiva ao 39º Aniversário da Presença da Aviação Naval na Amazônia, no pátio de aeronaves.
 
Na ocasião, foi realizada a premiação do Concurso de Redação da Operação “Cisne Branco”. Em 2018, a Unidade Aérea levou a Operação “Cisne Branco” a duas escolas localizadas na área metropolitana de Manaus-AM e uma instituição de ensino na cidade de Boa Vista-RR.
 
Além do descerramento do quadro da Ordem dos Tucanos, no hangar do Esquadrão, houve a reverência aos bravos Marinheiros e Fuzileiros Navais que labutaram nas aeronaves e instalações do Destacamento Aéreo Embarcado da Flotilha do Amazonas desde o ano de 1979 e, a partir de 1994, no próprio EsqdHU-3.
 
A cerimônia contou com a presença da Diretora da Escola Estadual Almirante Ernesto Mello Baptista, da Presidente do 10º Grupo Escoteiro do Amazonas - Grupo Escoteiro do Mar “Almirante Tamandaré” e do Presidente do Instituto Espaço do Conhecimento Sustentável, além de representações de militares.
 
Premiação do Concurso de Redação da Operação “Cisne Branco”

Evento comemorativo encerra as atividades do Profesp e conta com a presença do Papai Noel na Marambaia

08/01/2019
 
Momento da entrega das Cestas Básicas
aos alunos do Profesp
 
O Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (CADIM) realizou, no dia 19 de dezembro de 2018, um evento natalino de encerramento do Programa Forças no Esporte (Profesp) com a participação das crianças do programa, alunos e professores da Escola Municipal Levi Miranda e ainda os filhos de militares.
 
O Papai Noel chegou por lancha, no cais do CADIM, onde foi recebido pelas crianças e militares do Centro. Durante o dia, foram distribuídos presentes, fotos com o bom velhinho e um lanche comemorativo encerrando as atividades do programa no ano de 2018.
 
O Comandante do CADIM, Capitão de Mar e Guerra (FN) Max Guilherme de Andrade e Silva, destacou  a importância da ação. “Essa iniciativa contribuiu para o estreitamento de laços e o bom convívio com os moradores da região”.
 
O Profesp é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, Exército e Aeronáutica, e em parceria com os ministérios do Esporte e do Desenvolvimento Social e a Secretaria Nacional de Juventude. O programa tem por objetivo a prática e a cultura do esporte como forma de promover o desenvolvimento integral, a inclusão social, a cidadania e a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.
 
 
Presença do Capitão de Mar e Guerra (FN) Max no encerramento
 das atividades do Profesp de 2018

NAsH “Soares de Meirelles” realiza Assistência Hospitalar em comunidades do Rio Negro

07/01/2019
Militares da Marinha do Brasil durante atendimento odontológico
nas comunidades assistidas
 
Entre os dias 11 e 21 de dezembro de 2018, o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, realizou Assistência Hospitalar nas comunidades de Santa Maria, Terra Preta, Bom Jesus, Novo Airão, São João Batista e Nova Esperança, às margens do Rio Negro, no município de Novo Airão-AM.
 
Durante a comissão, a equipe médica do navio realizou mais de 5.374 procedimentos médicos, odontológicos e de enfermagem em seis comunidades ribeirinhas, totalizando 561 moradores das populações assistidas.
 
Equipado com consultórios médicos, odontológicos, laboratório, sala de vacina, centro cirúrgico, sala de raios-X, farmácia e uma equipe de saúde composta por médicos, dentistas, farmacêutico-bioquímico e enfermeiros, o navio cumpriu a missão de prover assistência médico hospitalar, odontológica e sanitária às populações ribeirinhas, além de campanhas de medicina preventiva.

Capitania dos Portos do Maranhão intensifica fiscalização durante “Operação Verão”

07/01/2019
 
Inspetores Navais abordam embarcação em Santo Amaro do Maranhão-MA
 
A Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA) realizou, no período de 21 a 24 de dezembro de 2018, inspeção naval no município de Santo Amaro do Maranhão–MA. Na ocasião, a CPMA intensificou a fiscalização devido ao maior número de embarcações e passageiros na região durante o verão.
 
Na oportunidade, foram realizadas 28 abordagens, sendo emitidas 18 notificações aos condutores de embarcações que estavam irregulares em relação à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (Lei 9.537/97). Ainda foram realizadas 16 arqueações de embarcações, possibilitando que elas iniciassem os processos de regularizações junto à  Capitania.
 
Também durante a missão, a equipe de Inspetores Navais divulgou os serviços ofertados pela CPMA à comunidade marítima, fluvial e lacustre por meio de entrevista à Rádio Comunitária Lençóis FM, que alcança um raio de aproximadamente 30Km da sede de Santo Amaro do Maranhão.
 
No mesmo período, foi ministrada a palestra com o tema “Como Ingressar na Marinha do Brasil” para 135 estudantes do Ensino Médio do Centro de Ensino “Manoel Dias de Sousa”. Em outra oportunidade, mais de 40 associados da Colônia de Pescadores do município participaram da palestra “Segurança da Navegação”, que ressaltou a importância da inscrição de embarcações, habilitação dos condutores e, principalmente, o emprego de equipamentos de salvatagem, contribuindo, assim, com a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana nas águas e prevenção da poluição hídrica causada por embarcações.
 
Palestra para estudantes do Centro de Ensino “Manoel Dias de Sousa”

Agência Fluvial de Eirunepé realiza entrega de certificados aos novos aquaviários no município de Feijó-AC

07/01/2019
Novos aquaviários de Feijó-AC
 
A Agência Fluvial de Eirunepé, subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, realizou a entrega de carteiras e certificados aos novos aquaviários do município de Feijó-AC, no dia 10 de dezembro de 2018.

Na ocasião, o Agente Fluvial de Eirunepé, Capitão-Tenente (AA) Marcos Antonio dos Santos, ressaltou que a Marinha do Brasil vem se esforçando para qualificar o maior número possível de aquaviários, visando substituir a “cultura do risco” pela cultura da Segurança da Navegação nos rios do País. Também foi enfatizada a importância do efeito multiplicador, de maneira que os novos habilitados repassem em suas comunidades o conhecimento adquirido.
 
Foram habilitados 90 aquaviários, sendo 30 das tribos indígenas (Jaminawá, Katuquina, Kaxinawá, Shenenawá e Yawanawá) da aldeia “Morada Nova”.

3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral realiza reconhecimento da fronteira noroeste

07/01/2019
 
Visita ao Pelotão Especial de Fronteira de Maturacá em São Gabriel da Cachoeira-AM
 
Entre os dias 17 e 19 de dezembro de 2018, uma aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3), subordinado ao Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), deslocou-se até a cidade de São Gabriel da Cachoeira-AM, na região conhecida como "Cabeça do Cachorro".
 
Na ocasião, os tripulantes apresentaram as possibilidades operativas e logísticas das aeronaves UH-12 do EsqdHU-3 ao Comando da 2ª Brigada de Infantaria de Selva com o propósito de incentivar a interoperabilidade entre as Forças.
 
Ao longo da comissão, foi atualizado o Banco de Dados de Inteligência Operacional da Unidade Aérea e do Com9ºDN referente às localidades de interesse da Marinha do Brasil na região como, por exemplo, o Pico da Neblina e os Pelotões Especiais de Fronteira de Maturacá e de Cucuí, em São Gabriel da Cachoeira.

1º Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino realiza Evacuação Médica no Navio “Amelia Pacific”

07/01/2019
 
Tripulação da Aeronave de Serviço da Esquadra  que realizou a EVAM
 
No dia 14 de dezembro de 2018, o 1º Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino (HS-1) foi acionado para prover a Aeronave de Serviço da Esquadra (ASE), em virtude da solicitação recebida pelo Serviço de Busca e Salvamento da Marinha (SALVAMAR) para a Evacuação Médica (EVAM) de um tripulante do navio “Amelia Pacific”, que se encontrava a cerca de 150 milhas náuticas (cerca de 277 quilômetros) da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia-RJ.
 
Segundo informação repassada ao SALVAMAR, Melnichenko Vadym, de nacionalidade ucraniana, apresentava suspeita de AVC e foi determinado que a ASE removesse o tripulante e o transportasse para o Aeroporto Santos Dumont, localizado no Rio de Janeiro-RJ.
 
A aeronave Guerreiro N-3036, composta por uma tripulação de sete militares, incluindo os pilotos, Capitão-Tenente Astor Blanco e Capitão-Tenente Lailton, os operadores, Sargento Anderson Furriel e Sargento Consule, os resgatistas, Sargento Carvalho e Sargento Cáfaro, e a médica, Capitão-Tenente (Md) Carina Dornelles dirigiu-se à posição reportada do navio.
 
Chegando ao encontro do navio, foi realizado o PICK-UP (içamento e arriamento de cargas/pessoal pelo guincho da aeronave)  por maca, pois tratava-se de um navio tanque, que não possui estação de transferência para operações com aeronaves.
 
Finalizado o embarque do enfermo, o helicóptero dirigiu-se para o Aeroporto Santos Dumont, onde o transferiu para equipe médica que se encontrava naquele aeródromo.

Marinha do Brasil realiza Assistência Hospitalar em comunidades indígenas

07/01/2019
 
Indígena durante atendimento odontológico
 
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), realizou, no período de 3 a 23 de dezembro de 2018, Assistência Hospitalar (ASSHOP) nas comunidades indígenas ao longo da calha do Rio Madeira, durante a “ASSHOP Indígena”.
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Oswaldo Cruz”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, juntamente com um helicóptero Esquilo do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, realizou atendimentos médicos  direcionados para a área de clínica geral, ginecologia, pediatria, ortopedia e atendimentos com foco na atenção básica. Foram realizados, ainda, atendimentos odontológicos, exames laboratoriais e de enfermagem. A operação contou com o apoio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).
 
Durante a Operação, o NAsH “Oswaldo Cruz” percorreu o Rio Madeira, atendendo nas seguintes comunidades: Auxiliadora, no município de Humaitá, e Pontal, no município de Manicoré, ambos no Amazonas. A população indígena foi conduzida de suas comunidades pela equipe do SESAI por meio de lanchas e embarcações regionais. Foram realizados 1.538 atendimentos, 1.594 procedimentos médicos, 6.308 procedimentos odontológicos e 499 exames laboratoriais.
 
Parceria
O apoio da SESAI aumenta o acesso e alcance às comunidades indígenas da região. A “ASSHOP Indígena” foi a primeira de um projeto que visa integrar as ações entre as duas instituições, de modo a ampliar o atendimento aos indígenas, adicionalmente às operações de Assistência Hospitalar que já são conduzidas pela Marinha nas comunidades ribeirinhas da Amazônia.
 
Representantes do Navio de Assistência Hospitalar “Oswaldo Cruz” e da SESAI

 

Força de Fuzileiros da Esquadra participa da cerimônia de encerramento das Operações de Garantia da Lei e da Ordem

07/01/2019
 
Vista aérea da cerimônia no Campo de Parada General Zenóbio da Costa,
 na Vila Militar
 
Em 28 de dezembro de 2018,  ocorreu, no Campo de Parada General Zenóbio da Costa, na Vila Militar em Deodoro, Rio de Janeiro-RJ, a cerimônia de encerramento das Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) realizadas pelo Comando Conjunto, estabelecido por força de Decreto Presidencial, as quais contaram com a intensa participação de um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) da Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE).
 
Durante o evento, os militares das Forças Armadas que participaram das Operações de Garantia da Lei e da Ordem foram homenageados pelo Interventor Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro e Comandante Militar do Leste, General de Exército Walter Souza Braga Netto, que destacou a postura exemplar e o espírito de cumprimento de missão da tropa em todas as operações. Essas operações ocorreram a partir de julho de 2017 e se estenderam até o final de 2018. No dia 27 de dezembro, o Gabinete de Intervenção Federal realizou, no Palácio Duque de Caxias, a solenidade de encerramento de suas atividades no Rio de Janeiro.
 
A solenidade em Deodoro reuniu cerca de três mil militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, além de mais de 200 veículos e equipamentos utilizados nas operações. Os militares em formatura e os meios reunidos representaram apenas 20% de todo o pessoal e meios empregados durante as operações. O Comando Conjunto empregou mais de 18 mil militares e mil viaturas e equipamentos.
 
A FFE empregou, no GptOpFuzNav, tropas e meios da Divisão Anfíbia, da Tropa de Reforço, do Comando da Tropa de Desembarque, do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais e da Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti, tendo realizado um total de 69 Operações de GLO.
 
Parcela da tropa da Força de Fuzileiros da Esquadra formada durante a cerimônia em Deodoro, Rio de Janeiro-RJ

 

Jornalistas e Fotógrafos do livro “Portos da América do Sul e Panamá” visitam o Comando do 9º Distrito Naval

05/01/2019
Flávio Berger e Vanda Cerqueira presenteiam o Com9ºDN e a CFAOC com livros
 
O Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) recebeu, no dia 26 de dezembro de 2018, os jornalistas e fotógrafos, Flávio Roberto Berger, Vanda Rodrigues Cerqueira e o Desenhista Daniel Cerqueira, produtores do livro “Portos da América do Sul e Panamá”, que será lançado em dezembro de 2019. O livro faz parte do projeto Rotas dos Portos, que tem como principal objetivo registrar os aspectos históricos, culturais e atuais de 85 portos, incluindo 55 organizações militares da Marinha do Brasil.
 
Ao todo, a viagem levará em torno de dois anos para registrar todos os portos programados, contornando a América do Sul, onde ao final serão visitados 14 países e percorridos cerca de 30 mil quilômetros de motorhome. Os estados Amazonas e Roraima, que fazem parte da área de jurisdição do Com9ºDN, estão na rota da viagem. Foram realizadas tomadas aéreas por meio de drone, das Agências Fluviais de Itacoatiara-AM e de Caracaraí-RR e da sede do Com9ºDN, que é situada na Ilha de São Vicente em Manaus-AM.
 
Antes de seguir viagem para o estado do Pará e, na sequência para Suriname e Guiana Francesa, a equipe entregou exemplares dos livros para o Chefe de Estado-Maior do Com9ºDN, Capitão de Mar e Guerra Marcelo Sá, e para a Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC).
 
 
Motorhome que auxiliará na visita aos portos  

Crianças do Profesp de Natal-RN participam de palestra e atividades de recreação na Semana da Marinha

05/01/2019
Crianças do Profesp  brincam no Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal
 
Crianças e adolescentes do Programa Segundo Tempo - Forças no Esporte (Profesp), do núcleo do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa),
encerraram a programação de 2018 realizando as atividades constantes da Semana da Marinha no Rio Grande do Norte, nos dias 4, 6 e 12 de dezembro.
 
No período, 150 alunos do Profesp participaram de atividades recreativas e, ainda, assistiram a palestras sobre “Saúde Bucal” realizadas no GptFNNa e na sede do Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte. Eles aprenderam sobre os principais cuidados necessários para uma higiene bucal adequada e a prevenção de doenças.
 
O Profesp é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, Exército e Aeronáutica, e em parceria com os ministérios do Esporte e do Desenvolvimento Social e a Secretaria Nacional de Juventude. O programa tem por objetivo a prática e a cultura do esporte como forma de promover o desenvolvimento integral, a inclusão social, a cidadania e a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.
 
Alunos do Profesp durante palestra sobre saúde bucal