Nomar Online

Academia Brasileira de Letras e Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo entregam livros para doação em Mindelo, Cabo Verde

10/10/2019
 
Momento da entrega dos livros no Navio-Patrulha Oceânico “Apa”
 
O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa” recebeu 33 livros da Academia Brasileira de Letras (ABL) e do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC) para serem entregues na cidade de Mindelo, em Cabo Verde, no dia 3 de outubro. Os títulos doados são clássicos de autores brasileiros consagrados, como Machado de Assis, João Cabral de Melo Neto e Castro Alves.
 
O objetivo da ação é a distribuição dos livros pela tripulação do Navio-Patrulha Oceânico “Apa” ao chegarem no porto do país africano. Essa atividade é resultado da parceria estabelecida entre o Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) e a ABL, que visa ao intercâmbio cultural entre os países lusófonos, além de incentivar o hábito da leitura e a divulgação da literatura brasileira.

Marinha forma 3ª turma do Estágio de Operações de Paz para Mulheres

09/10/2019
 
Dra. Najla palestra para alunas do estágio
 
Foi realizado o encerramento do 3º Estágio de Operações de Paz para Mulheres (III EOpPazFem), no dia 4 de outubro, no Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav). Na ocasião, estiveram presentes o Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; a Contra-Almirante (Engenheiro Naval) Luciana Mascarenhas da Costa Marroni; a Promotora da Justiça Militar, Dra. Najla Nassif Palma; a Capitão de Mar e Guerra (Quadro Técnico) Mônica de Araujo Thuler; a Capitão de Mar e Guerra (Quadro Técnico) Zuleika Regina Duarte de Souza; a Major Christiane Lima; a Conselheira do Ministério das Relações Exteriores, a diplomata Viviane Rios; o Prof. Gustavo Macedo, da Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operações de Paz; e a Profª. Dra. Karla Pinhel, da UniCuritiba.
 
O 3º Estágio de Operações de Paz para Mulheres foi iniciado no dia 25 de setembro com a aula ministrada pela Contra-Almirante Médica Dalva Maria Carvalho Mendes, primeira brasileira a ser promovida a Oficial-General. O estágio contou com a participação de 47 mulheres da Marinha do Brasil, das demais Forças Singulares e Auxiliares e de integrantes civis do meio acadêmico.
 
Realizado uma vez por semestre, o curso tem como objetivo contribuir para atingir, pelo Brasil, a meta estabelecida pelas Nações Unidas, por meio da Resolução nº 2242/2015 de sua Assembleia Geral, de ampliar até o ano de 2020 a participação feminina em operações de manutenção da paz para o total de 15% do efetivo total presente em missões.
 
 
O estágio busca disseminar conhecimentos sobre operações de paz entre o público feminino, além de contribuir para a participação das mulheres nas missões de paz, para que tomem postos de liderança, reforcem o empoderamento feminino e colaborem com a não violência contra a mulher como um todo. O curso é uma iniciativa do Comando de Operações Navais (CON), em coordenação com o Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN).
 
O COpPazNav, estabelecido no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), é a unidade de treinamento da Marinha para Operações de Paz, particularmente aquelas de caráter naval, como a executada pela Força-Tarefa Marítima na Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), e vem contribuindo para a consolidação dos valores da Força e das Nações Unidas. A encarregada do COpPazNav e coordenadora do evento é a Capitão de Corveta Marcia Andrade Braga, que recebeu o prêmio de Defensora Militar da Igualdade de Gênero da ONU, em Nova York, neste ano.
 
Turma do 3º Estágio de Operações de Paz para Mulheres

Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais realiza exercícios

09/10/2019
 
Peça de Obuseiro 105 mm em posição de tiro
 
O Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais (BtlArtFuzNav) realizou os exercícios ESFOG-ART e E-QTEsp-Art-Of no Campo de Instrução de Gericinó (CIG), no Rio de Janeiro-RJ, no período de 30 de setembro a 4 de outubro, com duas Baterias de obuseiros 105mm (2ªBiaO105mm e 3ªBiaO105mm) desdobradas no terreno. Foram empregados 180 militares, 12 viaturas operativas e 9 obuseiros 105mm L118 light gun, que tem a capacidade de bater alvos a até 21 quilômetros de distância. O Batalhão contou com o apoio de diversas Organizações Militares da FFE, em especial do BtlLogFuzNav e BtlEngFuzNav, assim como do GptFNRJ, o que possibilitou o êxito do exercício.
 
O Batalhão marcou o Estágio de Qualificação Técnica Especial em Artilharia de Campanha para oficiais, ao permitir que os segundos-tenentes, concludentes do estágio, colocassem em prática os ensinamentos adquiridos, executando missões de tiro com granada de exercício e altoexplosiva.
 
Durante o exercício, foi empregado pela 3ªBiaO105mm o Sistema COMBAT-NG, que está em processo de aquisição pelo Comando do Material de Fuzileiros Navais e se constitui em um dos componentes do Sistema Integrado de Comando de Controle do CFN (SIC2CFN). O sistema contempla equipamentos para uma Bateria de Obuseiros 105 mm L118 Light Gun, os quais possibilitam a realização do tiro de artilharia com maior rapidez e precisão, uma vez que a transmissão de informações é feita majoritariamente via dados, integrando a Central de Tiro (CTir), a Linha de Fogo e o Observador.
 
 
Central de Tiro

Comando do 4° Distrito Naval presta apoio à Agência Nacional de Telecomunicações

09/10/2019
 
Tripulação do Navio-Patrulha "Pampeiro" e equipe apoiada da Anatel
 
O Comando do 4° Distrito Naval, por meio do Navio-Patrulha (NPa) “Pampeiro”, meio subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, prestou apoio à missão de fiscalização da Gerência Regional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), realizada nos municípios de Ponta de Pedras, Muaná, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho, Bagre, Breves, Melgaço e Portel, todos localizados no arquipélago do Marajó, no estado do Pará.
 
Foram instalados a bordo equipamentos scanner com antenas e analisadores do espectro eletromagnético, a fim de verificar o cumprimento dos Compromissos de Abrangência das prestadoras do Serviço Móvel Pessoal e de realizar a monitoramento da faixa do Serviço de Retransmissoras de TV, garantindo aos brasileiros residentes naquela região, acessada somente por vias fluviais, uma prestação continuada de serviços básicos de telecomunicações.
 
O Técnico de Telecomunicações José Raimundo Martins Sampaio, servidor da Anatel embarcado no navio, destacou a importância da operação conjunta. “Em vista da atividade de fiscalização demandar uma aproximação mínima dos núcleos urbanos, bem como um tempo de permanência nas localidades, o apoio da Marinha torna-se fundamental, pois possibilita o alcance a todas as comunidades ribeirinhas, somente acessadas pelas calhas dos rios”.

CIAMA promove adestramento de Escape Submarino para militares da Armada Chilena

08/10/2019
 
Militares da Armada do Chile com o Comandante do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché
 
Foi realizado nas dependências do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA), nos dias 24 e 25 de setembro, o Treinamento de Escape Submarino em apoio à Armada do Chile. O evento contou com a presença de 20 alunos, entre oficiais e praças.
 
No primeiro dia, foram ministradas aulas teóricas e práticas, abordando temas, como física e fisiologia do mergulho, introdução ao ambiente subaquático, utilização do traje de escape, balsa salva-vidas, e também da válvula reguladora de segundo estágio (“narguillé”).
 
No segundo dia, os alunos foram direcionados ao Tanque de Treinamento de Escape Submarino, sendo previamente submetidos a teste de câmara. Cumpridas essas etapas, todos os militares iniciaram o treinamento, realizando uma subida livre a partir de uma profundidade de 20 metros, simulando um abandono de um suposto submarino sinistrado.
 
Treinamento de Escape Submarino no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché

Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina promove "Um Dia de Marinheiro para Pessoas com Deficiência"

08/10/2019
 
Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina e Voluntárias Cisne Branco durante Ação Social
 
Em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado em 21 de setembro, a Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) promoveu uma Semana de Conscientização sobre a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. Em 17 de setembro, foi realizada uma palestra para o Corpo de Alunos sobre o tema "Dançando com as Diferenças", seguida de uma aula prática de zumba no Ginásio de Esportes, ministrada por Nadhini Vieira, professora de zumba com Síndrome de Down.
 
Em 18 de setembro, foi realizada palestra para tripulação sobre o tema "O Autismo por um Autista", proferida pelo Rodrigo Tramonte, que contou sua experiência pessoal e profissional, a partir da visão de um autista, destacando o fato de ser sua primeira palestra apresentada às Forças Armadas. Em seguida, Catarina Saad Henriques compartilhou a experiência de vida como irmã de um autista. Ambos enfatizaram a importância da tolerância e do respeito às diferenças.
 
Em 19 de setembro, foi realizada a Ação Social "Um Dia de Marinheiro para Pessoas com Deficiência", com a participação de cerca de 250 pessoas, incluindo usuários e familiares do Programa de Atendimento Especial (PAE) da Diretoria de Assistência Social da Marinha, além de crianças, jovens e adultos de diversas instituições da Sociedade Civil de Florianópolis, como, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais; Grupo de Inclusão do Serviço Social da Indústria; Associação de Amigos do Autista; Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Deficiência; e Associação Amigos Down.
 
Durante o evento, foram realizadas as seguintes atividades: oficina de apito; oficina de nós de marinheiro; oficina de Ciências na Experimentoteca; demonstração de transferência de carga leve no navio de pedra; atividade ecumênica na Capela; visitas guiadas ao Corredor de Navio e à Praça de Canhões; passeio de bote; demonstração de atividades marinheiras na balsa; cabo de guerra; atividades esportivas e brincadeiras no Ginásio de Esportes; Cerimonial à Bandeira; desfile militar do Corpo de Alunos; e confraternização no Refeitório do CAl.
 
O evento, realizado em parceria com o Núcleo de Assistência Social da EAMSC e com o Departamento Voluntárias Cisne Branco (VCB) do Núcleo Florianópolis, envolveu a tripulação, o Corpo de Alunos e o Núcleo de Formação de Reservistas Navais, sendo uma oportunidade de proporcionar momentos de lazer e inclusão para todos os participantes.
 
Desfile militar realizado durante o evento

Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins recebe visita de alunos da Escola de Tempo Integral Almirante Tamandaré e Profesp

08/10/2019
 
Estudantes da Escola de Tempo Integral Almirante Tamandaré visitam aeronave
 
A Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT), subordinada ao Comando do 7º Distrito Naval, recebeu, no dia 25 de setembro, cerca de 60 alunos de escolas municipais de Palmas-TO. A visita foi realizada por alunos da Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamadaré e Escola Municipal Darcy Ribeiro, integrantes do Programa Forças no Esporte (Profesp).
 
Durante a visita, os alunos conheceram o helicóptero UH-15 “Super Cougar”, procedente do Comando do 4º Distrito Naval, que está sendo empregado na “Operação Verde Brasil” em ações de esclarecimento, transporte de brigadistas e combate direto aos focos de queimadas no Tocantins utilizando o ''Bambi Bucket'', um dispositivo transportado pela aeronave a fim de realizar o combate aéreo a incêndios.
 
Alunos do Profesp também conheceram o helicóptero UH-15 “Super Cougar”

Marinha resgata grávida estrangeira em risco de morte na costa de Belém-PA

07/10/2019
 
Dez militares do Núcleo de  Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte participaram do resgate da paciente
 
A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), realizou, na manhã desta segunda-feira (7), o resgate de uma mulher grávida embarcada em um navio de cruzeiro, localizado a aproximadamente 220 quilômetros da costa de Belém-PA. A estrangeira de 42 anos, natural das Filipinas, encontrava-se grávida, correndo risco de morte.
 
A Marinha recebeu pedido de socorro do navio de bandeira portuguesa, RCGS Resolute, no fim de semana, para realizar evacuação médica. Para operacionalizar o Serviço de Busca e Salvamento, foi acionado o Navio-Patrulha (NPa) “Bracuí” e uma aeronave Super Cougar (UH-15), do Núcleo de  Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (NI-EsqdHU-41).
 
A tripulação da aeronave se dirigiu ao local e retirou a paciente do navio, por volta de 5h40 de hoje, por meio de pick-up, utilizando o seu Grupo de Busca e Salvamento Aeronaval. Na aeronave, a paciente foi acompanhada por médica e enfermeiro da Marinha. Ela foi trazida para a Base Aérea de Belém e encaminhada para um hospital, onde deve passar por cirurgia.
 
Três resgatistas atuaram na retirada da paciente da aeronave, que já possuía médica e enfermeiro a bordo para acompanhamento da grávida. "Esse tipo de manobra é arriscada e realizada em condições não favoráveis, já que o navio não possui área de pouso, sendo necessário ficar sobre a embarcação em baixa velocidade.", disse o Comandante da Aeronave, Capitão de Corveta Rodrigo Roque da Silva de Miranda.
 
O Navio de bandeira portuguesa pediu socorro para evacuação médica
de paciente em risco de morte

Festival de Cinema de História Militar premia os vencedores no Comando do 1º Distrito Naval

07/10/2019
 
Comando do 1º Distrito Naval recebe os premiados do 3º Festival
de Cinema de História Militar
 
O Comando do 1º Distrito Naval recebeu, no dia 23 de setembro, em seu Salão Histórico, a cerimônia de premiação do 3º Festival de Cinema de História Militar (Festival Militum), realizado pela Pátria Filmes com o apoio da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar). Além de premiar os vencedores, o festival visa incentivar o mercado cinematográfico brasileiro para a produção de vídeos sobre a história militar.
 
Estiveram presentes no evento o Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Flávio Augusto Viana Rocha, o Chefe do Estado-Maior do Comando do 1º Distrito Naval, Contra-Almirante André Moraes Ferreira, o Presidente da Soamar-Rio, José Antonio de Souza Batista entre outros convidados e premiados.
 
De acordo com Daniel Mata Roque, Cineasta e Organizador do Festival Militum, o festival é uma oportunidade de contar a história do Brasil, saber o que é feito enquanto País, Força Armada, Instituição e Estado. No evento foi exibido o primeiro episódio da série premiada “Faróis do Brasil”, da TV Brasil, que conta a história dos diferentes faróis existentes pela costa marítima brasileira. O capítulo inicial destaca o Farol da Ilha Rasa mantido pela Marinha do Brasil.
 

Navio-Patrulha “Guajará” é transferido para o Comando do 8o Distrito Naval

07/10/2019
 
Entrega da Bandeira de Faina do Navio ao Comandante do 8º Distrito Naval pelo Comandante do 1º Distrito Naval
 
Em cerimônia realizada no dia 3 de outubro, que contou com as presenças do Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Flávio Augusto Viana Rocha, e do Comandante do 8º Distrito Naval (8ºDN), Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, o Navio-Patrulha (NPa) “Guajará” foi transferido ao Comando do 8ºDN e à subordinação do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste. Também participaram da cerimônia diversas autoridades civis e militares, entre as quais o Diretor-Presidente da Amazul S.A., Vice-Almirante Antônio Carlos Soares Guerreiro, os presidentes da Sociedade Amigos da Marinha de São Paulo e Santos e representantes da comunidade marítima.
 
Com a chegada do novo meio, haverá um salto qualitativo na capacidade de atuação do Comando do 8º Distrito Naval, na sua área marítima de jurisdição, com reflexos positivos nas ações de Patrulha Naval, Inspeção Naval, salvaguarda da vida humana no mar e de prevenção à poluição hídrica, a serem conduzidas tanto de maneira isolada como em cooperação com outros órgãos. Espera-se atender os objetivos e anseios da sociedade, relacionados à presença da Marinha do Brasil no litoral dos estados de São Paulo e Paraná.
 
Navio-Patrulha “Guajará”

Museu da Imigração da Ilha das Flores participa da 13ª Primavera dos Museus

07/10/2019
 
Visitantes no Carro Lagarta Anfíbio (CLAnf)
 
O Museu da Imigração da Ilha das Flores (MIIF) participou, no dia 28 de setembro, da 13ª Primavera dos Museus, como parte do evento idealizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) em parceria com museus brasileiros. O MIIF está localizado no Complexo Naval da Ilha das Flores (CNIF), em São Gonçalo-RJ, município com mais de um milhão de habitantes, e foi o único museu da região a participar deste vento de cunho nacional.
 
Os visitantes conheceram a história da Imigração na Ilha das Flores, por meio das visitas ao Circuito a Céu aberto e à Exposição Interativa Permanente do MIIF, acompanhados por monitores credenciados, e também realizaram diversas atividades educativas, interagindo com a história do local. No evento, o Carro Lagarta Anfíbio (CLAnf) ficou disponível para visitação e chamou a atenção dos visitantes.
 
Neste ambiente, graduandos de turismo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e um grupo de crianças do 90º Grupo Escoteiro do Mar “Suboficial Amélio Azevedo Marques” realizaram o plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica na área do CNIF, intensificando a contribuição do espaço museológico nas experiências históricas, culturais, educativas e de preservação ambiental da sociedade local.
 
As visitas ao Museu da Imigração da Ilha das Flores são gratuitas e ocorrem de terça a domingo, das 9h às 17h. Agendamento e outras informações poderão ser obtidas pelo site www.miif.org.br, por telefone (21)3707-9598/9504 ou diretamente com o ponto de contato, Segundo-Tenente Lemos, no endereço Av. Paiva, s/nº, Ilha das Flores, Neves, São Gonçalo-RJ.
 
Crianças do 90º Grupo Escoteiro do Mar “Suboficial Amélio Azevedo Marques” realizaram o plantio de mudas nativas

Ministro da Defesa sobrevoa Serra do Lajeado durante “Operação “Verde Brasil

07/10/2019
 
Comitiva que sobrevoou a Serra do Lajeado
 
No dia 3 de outubro, o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, realizou um sobrevoo de reconhecimento, com aeronave da Marinha do Brasil, pela região da Serra do Lajeado e Ilha do Bananal, áreas de intenso combate a focos de incêndio no Tocantins.
 
A atividade ocorreu, no contexto da “Operação Verde Brasil”, que determina o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem, em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais e levantamento e combate a focos de incêndio que eventualmente ocorram em áreas de fronteira, em terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas dos estados da Amazônia Legal que requererem.
 
A visita possibilitou ao Ministro da Defesa constatar como serão realizadas as missões durante essa fase da Operação, tendo sido utilizada uma Aeronave UH-15 pertencente ao Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte, Organização Militar subordinada ao Comando do 4° Distrito Naval. Esta mesma aeronave já realizou aproximadamente 45 lançamentos de água em incêndios na Serra do Lajeado e Ilha do Bananal, totalizando 96 mil litros despejados desde o primeiro dia de operação.
 
Ministro da Defesa e a equipe de pilotos da Aeronave UH-15

Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais realiza adestramento

03/10/2019
 
Alunos durante adestramento
 
O Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais (BtlBldFuzNav) realizou em Valença-RJ, no Campo de Instrução do 1º Esquadrão de Cavalaria Leve–EB, no período de 18 a 24 de setembro, o exercício de encerramento do Curso de guarnição de Viatura Blindada SR 8x8 PIRANHA III C de 2019.
 
Foram empregados cinco Viaturas Blindadas SR 8x8 PIRANHA III C e um total de 86 militares do BtlBldFuzNav, entre alunos e instrutores. O propósito do exercício foi proporcionar aos alunos a oportunidade de conduzir a viatura em terreno acidentado e conhecer os limites desse meio blindado.
 
Pista Maneabilidade (obstáculos) e Primeiros Socorros

Marinha do Brasil celebra o Dia Marítimo Mundial

03/10/2019
 
Cerimônia do Dia Marítimo Mundial 2019 reuniu diversas autoridades
 no Comando do 1º Distrito Naval
 
A Marinha do Brasil realizou, no Rio de Janeiro, cerimônia alusiva ao Dia Marítimo Mundial, no dia 26 de setembro. Em sua 41ª edição, a data é comemorada todos os anos pela Organização Marítima Internacional (IMO) para destacar a importância do transporte marítimo seguro, ambientalmente correto, eficiente e sustentável.
 
Promovida pela Diretoria de Portos e Costas (DPC), a solenidade foi presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Celso Luiz Nazareth, representando a Autoridade Marítima Brasileira, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, e contou também com as presenças do ex-Ministro da Marinha, Almirante de Esquadra Mauro César Rodrigues Pereira, do ex-Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Julio Soares de Moura Neto, além de membros do Almirantado, de ex-Representantes do Brasil junto à Organização Marítima Internacional, de representantes da comunidade marítima, da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), de empresas de navegação e dos sindicatos ligados à atividade. 
 
A edição 2019 do Dia Marítimo Mundial teve como tema: "Empoderamento da Mulher na Comunidade Marítima". Durante a cerimônia, foram realizadas homenagens que incluíram a imposição do Distintivo de Comodoro ao Capitão de Longo Curso Renato Ramos Diniz, a imposição da Medalha Mérito Marítimo a diversos Aquaviários, além da entrega do “Prêmio DPC de Qualidade” às Organizações Militares que atuam no Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário (SSTA). A solenidade contou ainda com uma reverência às Aquaviárias de destaque na profissão, homenageadas pela WISTA Brasil (Women´s International Shipping & Trading Association) por terem conquistado as mais altas categorias dos Grupos de Marítimos e de Fluviários na Marinha Mercante brasileira.
 
Além da cerimônia realizada no Comando do 1º Distrito Naval, o Dia Marítimo Mundial também foi celebrado em outras Organizações Militares da Marinha do Brasil, como o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), em Belém-PA, e em diversas Capitanias dos Portos espalhadas pelo País.  
 
Almirante de Esquadra Campos (DGN) homenageia a Capitão de Longo Curso Hildelene Lobato, primeira brasileira Comandante da Marinha Mercante

Comando do 5º Distrito Naval participa da SC Expo Defense em Florianópolis-SC

03/10/2019
 
Crianças conhecem blindado da Marinha do Brasil
 
Ocorreu em Florianópolis, nos dias 27 a 29 de setembro, a primeira feira de defesa de Santa Catarina, a SC Expo Defense, na Base Aérea da cidade. O evento contou com a participação da Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB) e Força Aérea Brasileira (FAB) e teve como propósito mostrar o que há de mais moderno em produtos e tecnologia de Defesa, promovendo a integração das Forças Armadas com a indústria e centros de tecnologia da região. A iniciativa do evento foi impulsionada pelo Projeto “Classe Tamandaré” que tem como objetivo promover a renovação da esquadra com quatro navios modernos, de alta complexidade tecnológica que serão construídos no Polo Naval de Itajaí.
 
O evento reuniu pessoal e meios operativos das três Forças. A exposição da MB contou com duas aeronaves (Lynx e Seahawk), dois blindados (Clanf e Piranha 8x8), uma lancha blindada e estandes de diversas organizações militares, como maquete do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR) e simulador de paraquedas e tiro. Contou, também, com diversos estandes do Comando do 5º Distrito Naval, onde foram expostos materiais do Grupo de Busca e Salvamento, material de mergulho, material de defesa Nuclear, Biológico, Químico e Radiológico e uma cadeira odontológica de campanha.
 
No domingo, ocorreu o “Portões Abertos”, na Base Aérea, com meios da MB, EB e FAB e contou com a presença de cerca de 20 mil pessoas durante todo o dia, que puderam se aproximar das atividades das Forças Armadas e conhecer um pouco mais dos meios operativos.
 
Militar da Policlínica Naval de Rio Grande apresenta a cadeira odontológica
 de campanha nos “Portões Abertos”

Complexo Naval de Mocanguê sedia Jogo Naval com presença de mais de 500 escoteiros

03/10/2019
 
Escoteiros durante atividades de Código Internacional de Sinais
 
A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando em Chefe da Esquadra, sediou o Grande Jogo Naval com Escoteiros (GJN-2019), realizado no Complexo Naval de Mocanguê (CNM), nos dias 13, 14 e 15 de setembro. Organizado pelo 90º Grupo de Escoteiros do Mar e com o apoio do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra (COMFFE), do Comando da Força de Superfície, da Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), do Comando da Força de Submarinos e do Centro de Manutenção de Embarcações Miúdas (CMEM), o evento contou com uma cerimônia de abertura, com a presença de cerca de 580 escoteiros e de autoridades navais.
 
Diversas atividades foram realizadas durante o final de semana, nas quais, os escoteiros participaram de competições como: Escaler à Vela e a Remo, Dingue, Caiaques, Optimist, além de atividades de Código Internacional de Sinais, Apito Marinheiro, Nós e Voltas, Carta Náutica e Rataplan do Mar (voz que imita o som de tambor), que aconteceram em locais distribuídos no Complexo Naval.
 
Com a participação de escoteiros de diversos estados do País, entre eles representantes do Piauí, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro, as atividades realizadas no Grande Jogo Naval foram marcadas pela oportunidade de divulgação da mentalidade marítima para estes escoteiros, além de conhecerem de perto a Marinha do Brasil e sua atividade-fim.
 
No último dia do GJN, os escoteiros participaram do cerimonial à Bandeira, visitaram navios atracados no píer da BNRJ, sendo eles: o Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”, o Navio Doca Multipropósito “Bahia”, a Fragata “Independência” e o Submarino “Tapajó”, além de assistirem demonstração das equipes de Operações Especiais da MB e da observação de exposição de estandes com material operativo do Grupamento de Mergulhadores de Combate e do Corpo de Fuzileiros Navais. O encerramento do Grande Jogo Naval aconteceu com a entrega de troféus aos grupos de escoteiros vencedores em cada modalidade.
 
Escoteiros visitam navios da Esquadra atracados na Base Naval do Rio de Janeiro

Força de Submarinos recebe atletas do Programa Olímpico da Marinha

03/10/2019
 
Grumete Thainara Aparecida da Silva Fonseca no periscópio do “Tapajó”
 
A Força de Submarinos recebeu, no dia 25 de setembro, a visita de seis atletas de alto rendimento que serão incorporados como Praças pela Marinha do Brasil. O grupo faz parte da mais recente turma do Programa Olímpico da Marinha (PROLIM) e encontra-se cursando o estágio de qualificação no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes.
 
A primeira parada dos atletas foi no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché. Após assistirem ao vídeo institucional da Força de Submarinos, percorreram as instalações do Centro Hiperbárico, primeiro de seu tipo na América Latina, travando conhecimento com as atividades de mergulho e Medicina Hiperbárica. Na sequência, embarcaram no Submarino “Tapajó”, onde vivenciaram a rotina de um submarinista.
 
Os atletas visitaram, ainda, o Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC), conhecendo um pouco sobre a história desta unidade de Operações Especiais da Marinha do Brasil, além de terem contato com alguns de seus equipamentos e materiais empregados nas suas diversas missões.
 
Para a Grumete Laura Nascimento Amaro, atleta de levantamento de peso, a experiência foi valiosa. “Visitas assim são importantes porque nos dão uma melhor noção do tamanho e da importância da Marinha. A partir de agora, sempre que prestar continência numa competição, estarei representando todos estes militares”, declarou a jovem de 18 anos.

Ministro da Defesa visita estande da Diretoria de Abastecimento da Marinha na Expo Defense 2019

03/10/2019
 
Ministro da Defesa visita estande da Diretoria de Abastecimento da Marinha na Expo Defense 2019
 
No período de 27 a 29 de setembro, em Florianópolis-SC, a Diretoria de Abastecimento da Marinha (DAbM) participou da primeira edição da Expo Defense 2019 – Feira de Tecnologias e Produtos de Defesa. No estande da Diretoria, foram apresentados Produtos Estratégicos de Defesa (PED) desenvolvidos pela Marinha, projetos em andamento e outros em processo de credenciamento junto ao Ministério da Defesa.
 
Na ocasião, o Ministro da Defesa, o Comandante do 5º Distrito Naval, militares de outras Forças Armadas e Auxiliares, empresários de Santa Catarina, e a população conheceram o Conjunto Operativo, em tecido antichamas, para o pessoal embarcado; o Conjunto Camuflado e a Camisa Operativa, desenvolvidos juntamente com o Comando do Material de Fuzileiros Navais, para atender as necessidades operativas dos militares; e a Ração de Combate com alimentos funcionais e de maior disponibilidade calórica.
 
Os visitantes conheceram também o projeto da Segunda Pele, confeccionada com a tecnologia seamless (sem costuras) em poliamida e com cristais bioativos que emitem radiação infravermelha longa e compressibilidade diferenciada entre diversas partes do corpo. Essa tecnologia melhora a microcirculação sanguínea e diminui os efeitos do estresse físico. Além dos Uniformes de Representação com tecido de poliamida biodegradável (em ambientes anaeróbicos), que elimina os gastos com Logística Reversa e Reciclagem.
 
A Expo foi uma oportunidade para colocar a Marinha na vanguarda dos tecidos sustentáveis, bem como para a prospecção de novos produtos, dentre os quais: impressoras 3D para utensílios metálicos, como sobressalentes; claviculário eletrônico, projetado para prevenir perda ou furto de chaves; roupas de cama que não propagam chamas, recomendáveis para embarcações; materiais higiênicos biodegradáveis que podem ser utilizados nas missões em campo; dentre outros produtos e serviços projetados por instituições de pesquisa e empresas de Santa Catarina.
 
Comandante do 5º Distrito visita o estande da Diretoria de Abastecimento
da Marinha na Expo Defense 2019

Alunos do Programa Forças no Esporte do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves visitam o Navio “Logus Hope”

03/10/2019
 
Beneficiários do Profesp-CIAMPA na maior livraria flutuante do mundo
             
Alunos do Programa Forças no Esporte (PROFESP) do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA) visitaram, no dia 1 de outubro, o Navio “Logus Hope”, que é considerado a maior livraria flutuante do mundo, com 132,5 metros de comprimento e nove andares, e está ancorado no Píer da Praça Mauá.
 
Durante a visita, os alunos tiveram contato com uma seleção de títulos em diversas línguas, de gêneros diversos, entre os quais destacam-se a literatura infantil, romances, ciências, esportes, artes e culinária.
 
O Comandante do CIAMPA destacou a importância do evento, pois a visita permitiu aos alunos terem acesso à cultura, contribuindo para o fortalecimento da cidadania dos adolescentes.

Aeronave da Marinha realiza resgate de náufrago no Maranhão

02/10/2019
Militares do Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte e Capitão dos Portos do Maranhão em apoio a pescador resgatado
 
Militares do Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte prestaram apoio à Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA) em um Serviço de Busca e Salvamento (SAR) e resgataram, nesta quarta-feira (02), um pescador que caiu no mar e estava desaparecido desde 2h50 de ontem, após cair do barco Pesqueiro “Ramon” a aproximadamente 181 quilômetros de São Luís–MA.
 
Para operacionalizar as buscas, foram acionados o Navio-Patrulha (NPa) “Guanabara” e uma aeronave Super Cougar (UH-15), do Núcleo de Implantação do Primeiro Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte.
 
Instruído pela tripulação da aeronave militar, o Navio-Tanque mercante “Flumar Brasil”, que se encontrava nas proximidades, recolheu o náufrago e se dirigiu para o fundeadouro nº 4, na baía de São Marcos.
 
Em seguida, a aeronave da Marinha, por meio de pick-up, resgatou o pescador no navio, utilizando o Grupo de Busca e Salvamento Aeronaval e foi levado, ainda nesta quarta-feira, para o aeroporto de São Luís, de onde foi transportado para uma Unidade de Pronto Atendimento para cuidados médicos. 
 
Um inquérito administrativo foi instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades pelo acidente da navegação e as demandas iniciais serão para perícia do Pesqueiro “Ramon” e oitivas de seus tripulantes.
 
Enfermeiro da Marinha realiza os primeiros atendimentos de saúde ao pescador resgatado

Navio-Escola “Brasil” atraca no Porto de Alexandria, no Egito

02/10/2019
 
Aposição Floral no Túmulo do Marinheiro Desconhecido em Alexandria
 
O Navio-Escola (NE) “Brasil” atracou, em 16 de setembro, no porto de Alexandria, no Egito. Por ocasião de sua chegada, o navio foi recebido pelo Embaixador do Brasil no Egito, Ruy Pacheco de Azevedo Amaral.
 
Foram realizadas visitas protocolares pelo Comandante do NE “Brasil”, Capitão de Mar e Guerra Alexandre Bessa de Oliveira, ao Comandante da Marinha do Egito, Vice-Almirante Ahmed Khaled Hassan Said Ahmed, e demais autoridades navais, bem como ao Governador de Alexandria – Abd El Aziz Konsowa, além de uma recepção protocolar na noite do dia 16.
 
Cumprindo o programa de atividades extracurriculares dos Guardas-Marinha da Turma “Almirante Saboia”, foram realizadas uma Aposição Floral no Túmulo do Marinheiro “Desconhecido”, uma visita aos meios navais da Marinha do Egito e visita à Biblioteca de Alexandria.
 
(da esq. p/ dir.) Primeiro Secretário Pablo Romero; Comandante do NE “Brasil”; Embaixador do Brasil no Egito; e Adido de Defesa, Naval e do Exército no Egito

Unidades do Comando da Tropa de Reforço realizam palestras e ação cívico-social em escolas

02/10/2019
 
Palestra em Escola Municipal
 
Durante a Operação de Adestramento conjunto Rio Branco 2019, realizada no período de 20 de setembro a 2 de outubro, na cidade de São Francisco do Sul – SC, o Batalhão Logístico de Fuzileiros Navais, a Unidade Médica Expedicionária da Marinha, a Companhia de Polícia e a Companhia de Apoio ao Desembarque, com o concurso da Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul, ministraram palestras em escolas públicas da cidade, bem como, realizaram reparos nas instalações da Escola Municipal Waldemar da Costa.
 
As palestras foram proferidas em cumprimento ao Projeto Rumo à Cidadania, do Programa de Otimização de Desempenho e Emprego de Recursos Humanos, instituído pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, para disseminar seus valores organizacionais. A ação cívico-social realizada, por meio de melhorias nas dependências da instituição de ensino, contribuiu para a percepção da importância desses valores, demonstrando credibilidade e permitindo uma maior visibilidade da Marinha do Brasil perante a sociedade civil local.
 
Pintura no setor externo da escola

Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais realiza ação cívico-social na Escola Municipal Alcides de Souza, em Valença-RJ

02/10/2019
Mostruário e visitação ao Museu General Pitaluga
 
No período de 18 a 24 de setembro, em paralelo ao exercício de encerramento do Curso de guarnição de Viatura Blindada SR 8x8 PIRANHA III C, o Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais realizou uma ação cívico-social na Escola Municipal Alcides de Souza, que possui alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental.
 
Além de reformas em alvenaria, a equipe do Batalhão conseguiu renovar os microcomputadores e reativar a sala de informática, permitindo o retorno das aulas práticas.
 
Como atividade cívica e cultural, foi promovido também um Mostruário dos meios do Batalhão e uma visitação no Museu General Pitaluga, situado no 1º Esquadrão de Cavalaria Leve.
 
Reforma do calçamento da Escola Municipal Alcides de Souza

Comando do 3º Distrito Naval realiza exercício de defesa do Complexo de Suape-PE

01/10/2019
 
Militares e meios da Capitania dos Portos de Pernambuco
foram empregados na DEPORTEX

O Comando do 3º Distrito Naval realizou, de 24 a 26 de setembro, o exercício DEPORTEX com o objetivo de manter o preparo da Capitania dos Portos de Pernambuco, assim como de navios e fuzileiros navais para atuar em situações reais de defesa da área portuária do Complexo de Suape-PE.
 
Com o propósito de testar o planejamento inicial, verificar o grau de aprestamento e prontidão das unidades, a Força Distrital realizou, dentre outras tarefas, a preservação do patrimônio portuário, a partir da realização de exercícios específicos, como: controle de distúrbio civil, incursões e ataques simulados, Controle de Avarias, entre outros.
 
No desenvolvimento do adestramento, os militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal atuaram nas instalações portuárias em terra, enquanto o Navio-Patrulha “Grajaú” e o Navio-Patrulha “Graúna” operaram na área marítima.
 
Durante o exercício, foram realizadas ações simultâneas no mar e em terra, totalizando 62 embarcações abordadas e 3.130 veículos vistoriados, proporcionando o efetivo controle terrestre e do tráfego marítimo na área. A atividade operativa contou com a participação de 310 militares sediados em Natal-RN e Recife-PE.
 
Militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal atuaram nas
instalações portuárias em terra

Fuzileiros Navais combatem queimadas em Tocantins

01/10/2019
 
Fuzileiro Naval do  2º Batalhão de Operações Ribeirinhas no combate
 ao foco de incêndio em Lajeado
 
No contexto da “Operação Verde Brasil”, militares do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas (2ºBtlOpRib) auxiliaram, nos dias 27 e 28 de setembro, conjuntamente com o Corpo de Bombeiros e Exército Brasileiro, o combate a incêndios na Serra do Lajeado, na cidade de Palmas e na Ilha do Bananal, no estado do Tocantins.
 
Com o apoio de uma aeronave UH-15, pertencente ao Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (NI-EsqdHU-41), nos dois dias da missão em Tocantins, já foram realizados 40 lançamentos de água pelo Bambi Bucket (espécie de bolsa externa com capacidade para carregar 2.000 litros de água) totalizando 80.000 litros de água utilizados no combate aos focos de incêndios.
 
O Comando do 4º Distrito Naval cumpre a determinação do Presidente da República, que autorizou o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem, com o intuito de combater as queimadas na região de florestas, em prol da preservação do meio ambiente.
 
1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte utiliza o Bambi Bucket para combater incêndio

Comando do 9º Distrito Naval realiza cerimonial à Bandeira narrado em Manaus-AM

01/10/2019
 
Cerimonial à Bandeira narrado é realizado no Centro de Manaus-AM
 
O Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) realizou cerimonial à Bandeira narrado na Praça do Congresso, no Centro de Manaus-AM, no dia 26 de setembro.
 
A atividade contou com a presença de alunos do Ensino Fundamental do Instituto de Educação do Amazonas, Grêmio Naval do Colégio Militar de Manaus, alunos da Escola Estadual Almirante Ernesto de Mello Baptista, Escoteiros do Mar e representações das Organizações Militares subordinadas ao Com9ºDN.
 
O cerimonial à Bandeira é uma tradição que se repete, diariamente, em todas as organizações militares da Marinha do Brasil, às oito horas da manhã, quando a Bandeira Nacional é hasteada, e ao pôr do sol, quando é arriada.
 
Em todas as últimas quintas-feiras de cada mês, o cerimonial será realizado na Praça do Congresso. A ação tem o propósito de divulgar as tradições militares e fomentar o espírito cívico da sociedade local.
 
Alunos do Instituto de Educação do Amazonas, do Grêmio Naval do Colégio Militar de Manaus, da Escola Estadual Almirante Ernesto de Mello Baptista, dos Escoteiros do Mar e representações das Organizações Militares subordinadas ao Com9ºDN

Beneficiários do Profesp-CIAMPA participam de aula de natação no mar

01/10/2019
 
Beneficiários do Profesp-CIAMPA com a equipe
 do Projeto Natação no Mar
 
Beneficiários do Programa Forças no Esporte do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Profesp-CIAMPA) visitaram o projeto "Natação no Mar" e participaram de uma aula interativa ministrada pelo ex-atleta olímpico, Deputado Federal Luiz Lima, no dia 28 de setembro.

Em 2009, o então nadador Luiz Lima implantou no posto 6, em Copacabana, Rio de Janeiro-RJ, o projeto “Natação no Mar” com intuito de desenvolver atividades esportivas relacionadas à natação em águas abertas, além de promover, apoiar e divulgar o desenvolvimento de projetos relacionados à preservação ambiental dos oceanos.

Os beneficiários do Profesp-CIAMPA têm aulas de natação em piscina regularmente e, dia 28, aprenderam algumas peculiaridades da natação no mar com um ícone do esporte brasileiro. O parlamentar, além de ministrar a aula, conversou com os adolescentes destacando a importância da disciplina como chave de sucesso para qualquer área na vida; relembrou sua infância na Zona Oeste, onde teve as primeiras aulas de natação; contou sua trajetória até se tornar o primeiro deputado federal formado em Educação Física pelo estado do Rio de Janeiro; e ressaltou a importância de aproveitar as boas oportunidades que lhes são concedidas, seja por meio do programa social, do esporte ou da vida.


O Comandante do CIAMPA agradeceu a oportunidade concedida a esses jovens e parabenizou o deputado pelo trabalho executado, ressaltando o esporte como uma importante ferramenta de formação de caráter e de inclusão social.
 
O propósito da atividade foi ampliar os horizontes desses jovens, apresentando novas modalidades esportivas e incentivando-os a serem agentes transformadores de suas próprias realidades.
 
Deputado Federal Luiz Lima ministra aula na praia de Copacabana

Marinha participa de Conferência Regional da Rede de Mulheres das Autoridades Marítimas da América Latina

01/10/2019
 
Conferência Regional da MAMLa reuniu 40 representantes de 17 autoridades
 marítimas da América Latina
 
A Marinha do Brasil, representada pela Diretoria de Portos e Costas (DPC), participou, no período de 18 a 20 de setembro, na cidade de Cartagena das Índias, na Colômbia, da segunda Conferência Regional da Rede de Mulheres das Autoridades Marítimas da América Latina (MAMLa), associação que promove o encontro das profissionais do setor marítimo para que se conectem em rede e forneçam apoio e orientação umas às outras.
 
Estiveram presentes no evento 40 representantes de 17 autoridades marítimas da região, como: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru e República Dominicana. Entre outros aspectos, o encontro serviu para estabelecer um programa de trabalho para 2020, destacar as oportunidades de treinamento e formar uma secretaria permanente, com sede no Panamá.
 
Na ocasião, como parte de um programa de orientação e conscientização, as integrantes da rede MAMLa visitaram uma escola primária local com o propósito de introduzir uma mentalidade nas jovens meninas, de que as mulheres capacitadas possuem grandes oportunidades e total condições de competirem no mercado de trabalho.
 
A MAMLa foi criada pela Organização Marítima Internacional (IMO) no Chile, em 2017, com o apoio do governo da Malásia, como parte da campanha que a IMO já comanda há mais de 30 anos para promover as mulheres na comunidade marítima.
 
 
Capitão-Tenente Fernanda Barbosa durante visita em escola
de Cartagena da Índias, na Colômbia

Fuzileiros Navais proporcionam um dia de alegria e inclusão a pessoas com deficiência

01/10/2019
 
Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador realiza evento “Um dia de Fuzileiro Naval”
 
O Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador (GptFNSa) realizou o evento “Um Dia de Fuzileiro Naval para Pessoas com Deficiência”, em parceria com a Associação Pestalozzi de São Sebastião do Passé, município localizado a 58 quilômetros da capital baiana, no dia 19 de setembro.
 
O projeto, que teve o objetivo de celebrar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, comemorado anualmente em 21 de setembro, promoveu a inclusão de 28 jovens e adultos com deficiência. De forma lúdica e supervisionada, os participantes tiveram contato com parte das atividades desenvolvidas pelos Fuzileiros Navais. A programação incluiu apresentações da Banda de Música e do Pelotão de Ordem Unida Silenciosa (“Pelotão Elétrico”), mostruários de viaturas e equipamentos, oficinas de camuflagem e pintura, além de pistas de circuito e brincadeiras.
 
Na opinião da psicóloga da Associação Pestalozzi, Emmanuella Falcão, este tipo de evento é importante para a socialização dos jovens. “Além do aspecto educacional, esta visita nos ajuda muito a desenvolver os valores afetivos dos nossos alunos. A maneira carinhosa com que o pessoal da Marinha nos recebeu aqui afasta o receio que eles têm do contato com a sociedade”, pontuou.
 
A Vice-Diretora da instituição, Maridete Novaes, resumiu a emoção dos alunos. “Este dia jamais será esquecido por eles. Só temos a agradecer aos Fuzileiros Navais por nos proporcionar esta alegria”. A opinião foi corroborada pelo aluno Davi Bruno dos Santos. “Eu estou muito feliz de estar aqui! O que eu mais gostei foi da apresentação da banda. Muito lindo! Obrigado à Marinha”, concluiu.

Diretoria de Hidrografia e Navegação realiza cerimônia militar em comemoração ao Dia do Hidrógrafo

30/09/2019
 
Foto oficial do Dia do Hidrógrafo
 
A Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN) promoveu, no dia 27 de setembro, no Complexo Naval da Ponta da Armação (CNPA), a tradicional cerimônia militar alusiva ao Dia do Hidrógrafo. A data marca o nascimento do Capitão de Fragata Manuel Antônio Vital de Oliveira, Patrono da Hidrografia Brasileira e realizador da primeira campanha hidrográfica de grande envergadura em águas nacionais.
 
Como parte das celebrações, foi realizada uma Missa em Ação de Graças na Capela do CNPA. Na ocasião, 44 militares e civis foram reconhecidos com o título de Hidrógrafo Honorário, destinado a militares e civis não hidrógrafos que tenham contribuído de forma significativa para o desenvolvimento da hidrografia brasileira. Foi concedido, ainda, o Prêmio Comandante Vital de Oliveira, a oito Oficiais, in memoriam, que concluíram em primeiro lugar o Curso de Aperfeiçoamento de Hidrografia para Oficiais. Após as homenagens, foram lançados a Carta Náutica nº 4.711 (Da Foz do Rio Madeira à Ilha do Capitari) e o Sistema de Carta de Correntes de Maré da Baía de Sepetiba.
 
Presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Celso Luiz Nazareth, representando o Comandante da Marinha, a solenidade contou também com a presença dos ex-Ministros da Marinha, Almirantes de Esquadra Alfredo Karam e Mauro César Rodrigues Pereira; dos ex-Comandantes da Marinha, Almirantes de Esquadra Julio Soares de Moura Neto e Eduardo Bacellar Leal Ferreira; do Ministro do Superior Tribunal Militar, Almirante de Esquadra Alvaro Luiz Pinto; do Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos; de ex-Diretores-Gerais de Navegação; e de ex-Diretores de Hidrografia e Navegação.

1° Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino realiza primeiro pouso no convoo de vante do NDCC “Almirante Saboia”

30/09/2019
 
Pouso de aeronave do Esquadrão HS-1 no NDCC “Almirante Saboia”
 
O 1° Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino (HS-1) realizou, pela primeira vez, pouso no convoo de vante do Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia”, no dia 17 de setembro.
 
O evento foi realizado durante a Vistoria de Segurança de Aviação (VSA) do navio, visando homologação do convoo.
 
Foram realizados sete pousos no convoo avante, sendo quatro com aproximações cruzadas por boreste (lado direito) e três com aproximações cruzadas por bombordo (lado esquerdo).
 

Marinha do Brasil participa da SC Expo Defense – Feira de Tecnologias e Produtos de Defesa

27/09/2019
 
Abertura da primeira edição da Expo Defense 
 
A Marinha do Brasil participa da primeira edição da SC Expo Defense – Feira de Tecnologias e Produtos de Defesa, de 27 a 29 de setembro, em Florianópolis-SC. A feira, promovida pelo Centro das Indústrias do Estado de Santa Catarina (CIESC), entidade da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), apresenta produtos, novas tecnologias e projetos estratégicos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.
 
A abertura do evento contou a participação do Ministro da Defesa, General do Exército Fernando Azevedo e Silva, entre outras autoridades civis e militares. O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, que esteve presente na ocasião, destacou a importância da feira. “A Expo Defense é mais uma oportunidade de aproximação da Força com o estado de Santa Catarina, não só na área industrial, mas também na tecnológica e científica. O Projeto “Classe Tamandaré” e o Programa de Desenvolvimento de Submarinos vão impulsionar a economia, a capacitação e gerar milhões de empregos”, pontuou.
 
Durante a feira, estão expostos diversos equipamentos militares como embarcações, aviões de vários modelos, helicópteros, carros blindados, uniformes inteligentes e simuladores de voo. O Presidente do Comitê da Indústria de Defesa de Santa Catarina, Cesar Augusto Olsen, destaca que a feira apresenta produtos, novas tecnologias da indústria e projetos estratégicos da Marinha, Exército e Aeronáutica que estão em andamento. “A Expo Defense também orienta as empresas sobre os requisitos para fornecer às Forças. As compras militares vão muito além de armamentos e incluem produtos básicos como alimentos, roupas, calçados, fardamento, mobiliário e eletrodomésticos, por exemplo”, disse.
 
Além da feira, com estandes de instituições de ensino, startups e indústrias de médio e grande porte de segmentos variados (metalmecânico, têxtil, de tecnologia, entre outros), o evento conta com uma série de painéis na programação técnica paralela. A agenda inclui ainda a apresentação de projetos estratégicos da Defesa, painel sobre internacionalização de empresas e atração de investimentos, discussão sobre o potencial da indústria da Defesa Brasileira e palestra sobre a economia do mar como instrumento de desenvolvimento do País.
 

Delegacia da Capitania dos Portos em Macaé é elevada à Capitania de 2ª Classe

27/09/2019
 
Descerramento da placa alusiva à elevação da Capitania dos Portos de Macaé-RJ
 
No dia 25 de setembro, ocorreu, no município de Macaé-RJ, a cerimônia de elevação da Delegacia da Capitania dos Portos em Macaé à Capitania de 2ª classe, sendo denominada de Capitania dos Portos de Macaé (CPM) e tendo sob a sua subordinação a Delegacia da Capitania dos Portos em Cabo Frio (DelCFrio) e a Agência da Capitania dos Portos em São João da Barra (AgSJBarra). O evento foi presidido pelo Comandante do 1° Distrito Naval, Vice-Almirante Flávio Augusto Viana Rocha e contou com a presença de membros da Sociedade Amigos da Marinha, Comunidade Marítima local e demais autoridades militares e civis.
 
A CPM atuará em uma área de jurisdição de 30.150 quilômetros quadrados, que abrange 44 municípios, em uma parcela do litoral que se estende desde a Região dos Lagos até o limite com o estado do Espírito Santo, onde está inclusa toda a área de exploração de petróleo e gás natural da Bacia de Campos, com estrutura composta por plataformas, embarcações, terminais portuários e unidades de apoio em terra.
 
Além de orientar e fiscalizar as atividades relacionadas ao lazer e ao turismo náutico, que envolvem embarcações de esporte e recreio e de transporte de passageiros, e se intensificam durante a “Operação Verão” e Travessia Segura, a Capitania também atua na fiscalização e qualificação de profissionais nos cursos do Ensino Profissional Marítimo. Na região, é crescente a demanda gerada pela pesca artesanal, atividade econômica de importância e tradicional fonte de emprego e renda da comunidade local.
 
Convidados civis e militares durante a cerimônia de elevação

Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília participa da Campanha de vacinação antirrábica do Distrito Federal

27/09/2019
 
Militar da Marinha durante campanha de vacinação
 
No dia 21 de setembro, militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) participaram da Campanha de vacinação antirrábica de cães e gatos do Distrito Federal, na região administrativa de Samambaia (DF).
 
Na ocasião, os militares do GptFNB aplicaram gratuitamente a vacina antirrábica, disponibilizada pelo Ministério da Saúde, em cães e gatos que foram encaminhados pelos seus donos até o posto de atendimento.
 
A campanha foi realizada pela Diretoria de Vigilância Ambiental, unidade de direção da Secretaria de Estado de Saúde do Governo do Distrito Federal, no período de 31 agosto a 21 de setembro, e contou com a parceria de vários órgãos do governo e entidades particulares, dentre eles: Ministério da Saúde; Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde; Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde (Zoonoses); Marinha do Brasil; Exército Brasileiro; agentes comunitários de saúde, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal; Universidade de Brasília e faculdades particulares. Foram atendidas 30 regiões do Distrito Federal e disponibilizadas um total de 270.000 vacinas em todo o período de atuação.
 

Profesp do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília recebe a visita de Parlamentar e Comitivas do Governo Federal

27/09/2019
 
Crianças do Profesp e autoridades
 
No dia 19 de setembro, o Programa Forças no Esporte (Profesp) do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) recebeu a visita da Deputada Federal Bia Kicis e de Comitivas do Ministério da Defesa e do Ministério da Cidadania.
 
Na ocasião, os convidados conheceram as instalações do Profesp e puderam conferir as atividades desenvolvidas pelas crianças e jovens que integram o Programa. Foram demonstradas as atividades de atletismo, futebol, tênis, natação, recreação, artes marciais e, por fim, o coral do Profesp. Ao final do evento, as Comitivas almoçaram com as crianças.
 
A visita ao Profesp do GptFNB fez parte do programa de atividades do Seminário Internacional de Políticas Públicas do Ministério da Cidadania e de membros de Embaixadas e representantes de países amigos, contemplando a participação de diversos apoiadores nacionais e internacionais de diversos segmentos da sociedade civil e militar, além de empresários locais e servidores públicos responsáveis pelo desenvolvimento de projetos sociais de interesse do Governo Federal.

Capitania dos Portos do Piauí realiza ações de cooperação com Capitania dos Portos do Maranhão no Nordeste brasileiro

27/09/2019
 
Foto da reunião realizada na Capitania dos Portos do Piauí
 
A Capitania dos Portos do Piauí (CPPI) realizou, no dia 20 de setembro, ações de cooperação mútua envolvendo militares da CPPI, da Capitania dos Portos do Maranhão, representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) dos estados do Maranhão e do Piauí, além de militares do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, com o emprego de embarcações da CPPI e militares com conhecimento de navegação local. O objetivo das ações é realizar as atividades de reconhecimento e coleta de amostras de óleo para análise, provenientes das manchas observadas na ilha dos Poldros, município de Araioses-MA, localizada na Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba.
 
A amostra coletada será enviada para análise ao Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, localizado em Arraial do Cabo-RJ, Organização Militar da Marinha do Brasil, após o resultado da análise será possível descobrir qual a origem destas manchas de óleo, que já vem aparecendo em todo o litoral nordestino.
 
Chegada da equipe no Trapiche da Ilha dos Poldros

Marinha do Brasil desfila em homenagem aos 241 anos de Corumbá-MS

27/09/2019
 
Desfile cívico-militar na Avenida General Rondon
 
Cerca de 200 militares do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) desfilaram, na no dia 21 de setembro, em Corumbá-MS, em comemoração ao aniversário de 241 anos da cidade. O desfile cívico-militar contou, ainda, com a participação de quase 70 instituições, entre militares, escolas públicas e particulares, entidades filantrópicas e projetos sociais.
 
Além da Banda de Música do Com6ºDN, desfilaram na Avenida General Rondon cinco pelotões formados por militares do Corpo de Praças da Armada, Corpo de Fuzileiros Navais, alunos da Escola de Formação de Reservistas Navais, Oficiais e Praças do Corpo Feminino e da Guarda Comandante Cunha Couto.
 
O desfile motorizado contou com várias viaturas do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário e uma viatura rebocando uma embarcação de inspeção naval da Capitania Fluvial do Pantanal.
 
Cerca de 200 militares desfilaram pela Marinha do Brasil na cidade de Corumbá

Comando do 8º Distrito Naval participa da abertura da 22ª edição do São Paulo Boat Show 2019

27/09/2019
 
Banda de Música do Comando do 8º Distrito Naval se apresenta
 na abertura do São Paulo Boat Show
 
No período de 19 a 24 de setembro, a cidade de São Paulo recebeu a 22ª edição do maior Salão Náutico Indoor da América Latina, o São Paulo Boat Show, que reuniu os principais lançamentos e destaques do setor náutico. Realizado no São Paulo Expo, o evento contou com um estande da Marinha do Brasil e teve como marco inicial a apresentação da Banda de Música do Comando do 8º Distrito Naval.
 
A abertura oficial do São Paulo Boat Show ocorreu em 19 de setembro, e contou com as presenças do Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio; do Secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz; do Presidente do Grupo Náutica, Ernani Paciornik; e do Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida.
 
O estande da Marinha do Brasil trouxe maquetes do submarino de propulsão nuclear e de um reator, proporcionando ao público a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Programa Nuclear da Marinha e as atividades desenvolvidas pelo Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo. Para ilustrar a atuação da MB na Segurança do Tráfego Aquaviário o estande contou com uma embarcação de casco semirrígido, utilizada nas inspeções navais da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP).
 
Após a abertura do evento o público conheceu um pouco das atividades que a Marinha do Brasil desenvolve no estado de São Paulo
 
O Centro de Coordenação de Estudos da Marinha em São Paulo também participou da exposição com os alunos engenheiros da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), do grupo de extensão Poli Náutico, que é voltado para a construção de embarcações de competição e para a inovação náutica. Os alunos apresentaram o modelo reduzido do rebocador portuário “Baleia”, com o qual competiram em agosto deste ano, no Desafio Universitário de Nautidesign, em Joinville-SC, e conquistaram o primeiro lugar na categoria projeto.
 
Além da exposição das maquetes e embarcações, a Marinha do Brasil realizou uma campanha referente ao Dia Mundial da Limpeza, conscientizando os visitantes para o problema do descarte irregular de resíduos sólidos urbanos.

Fragata “Liberal” completa três mil dias de mar

26/09/2019
 
Fragata “Liberal” navega com tripulação formada
 
A Fragata “Liberal” conquistou, no dia 17 de setembro, a marca de três mil dias de mar, na área marítima adjacente à cidade do Rio de Janeiro - RJ, durante a comissão em apoio à qualificação dos alunos do Curso Expedito de Equipe de Manobra de Helicópteros e Crache a Bordo (C-EXP-EQMAN-A), tendo como copartícipes as equipes do Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN) e do 1° Esquadrão de Helicópteros de Instrução (EsqdHI-1).
 
A Fragata “Liberal” foi construída nos estaleiros da Vosper Thornycroft, na Inglaterra, tendo sido incorporada à Marinha do Brasil (MB) no dia 18 de novembro de 1978. Sua missão básica é “conduzir ações da guerra naval, a fim de contribuir para o controle de áreas marítimas, a negação do uso do mar ao inimigo, a projeção de poder sobre terra e a dissuasão”. Atualmente, o navio é subordinado ao Comando do 1° Esquadrão de Escolta (ComEsqdE-1) e tem sede na cidade de Niterói-RJ.

Ao longo desses mais de 40 anos no Serviço Ativo, a Fragata “Liberal” realizou inúmeras comissões com navios da MB e marinhas amigas, além de ter operado em conjunto com as demais forças singulares, e forças internacionais, sempre demonstrando elevado nível de adestramento e aprestamento de seu pessoal, com destaque para a participação recente nas operações: “Líbano-XIV”, sob a égide da Organização das Nações Unidas, em que foi o navio capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL); bem como na Unitas Lant LX/Amphibious 2019, última comissão operativa, concluída no mês de agosto.
 
A formatura da tripulação da Fragata “Liberal” faz referência ao indicativo de costado do Navio (F43) e aos três mil dias de mar conquistados

Navio Hidrográfico “Sirius” concluiu a Comissão Barra Norte do Rio Amazonas

26/09/2019
 
Navio Hidrográfico “Sirius” realiza sondagem batimétrica na Barra Norte do Rio Amazonas
 
O Navio Hidrográfico (NHi) “Sirius” suspendeu, no dia 25 de junho, para a Comissão Barra Norte do Rio Amazonas, na região litorânea do estado do Amapá, onde realizou a sondagem batimétrica e a coleta de dados maregráficos naquela que é uma das regiões mais desafiantes e importantes na história da Hidrografia brasileira. A análise maregráfica foi estabelecida pelo estudo estatístico e harmônico de 32 dias de observação da maré em conjunto com o Navio Oceanográfico (NOc) “Antares”. Além da coleta de dados batimétricos e do estudo de maré, foi realizado também o apoio aos serviços de manutenção dos Radio-faróis de Canivete-PA e São Marcos-MA.
 
Os dados coletados pelos navios, em conjunto com os gravados na estação maregráfica de Ponta do Céu-AP, servirão de base para a realização de estudos necessários para determinação dos fatores de correção de maré para a Barra Norte. Esta condição será um fator condicional e primordial, que possibilitará a operação de embarcações de maior calado naquela região. A área do levantamento foi a região distante 60 milhas náuticas do litoral do estado do Amapá. Na Comissão, que contabilizou 94 dias de duração e 66 dias de mar, foram visitados os portos de Fortaleza-CE, Santana-AP, Belém-PA, Cabelo-PB e Santos-SP.
 
O “Sirius” também realizou o apoio a pesquisadores da LDSC-COPPE/UFRJ em pesquisa de lama fluida e correntometria na Foz da Barra Norte do Rio Amazonas, estudo esse que pode permitir também a operação de embarcações de maior calado na citada região. Também em proveito da presente Comissão, o NHi “Sirius” realizou o transporte da embarcação “Rio Uaupes” da Base Naval de Val-de-Cães, situada na cidade de Belém-PA, até a Capitania dos Portos de São Paulo, na cidade de Santos.
 
A Comissão foi mais um levantamento hidrográfico da Barra Norte do Rio Amazonas realizado, que somados aos demais levantamentos do Navio na Amazônia Azul, totalizam cerca de 130 levantamentos hidrográficos e mais de 4.550 dias de mar.
 
Militar do NHi “Sirius” lança densímetro para coleta de dados oceanográficos

Navio Hidrográfico “Sirius” realiza transporte e entrega de embarcação à Capitania dos Portos de São Paulo

26/09/2019
 
Militares do NHi “Sirius” realiza a entrega da embarcação “Rio Uaupes” à CPSP
 
O Navio Hidrográfico (NHi) “Sirius” atracou em Santos-SP para realizar a entrega da embarcação “Rio Uaupes” à Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP).
 
A embarcação foi transportada pelo NHi “Sirius” da Base Naval de Val-de-Cães, situada na cidade de Belém-PA, até a CPSP, na cidade de Santos-SP. A embarcação “Rio Uaupes” possui 12 metros de comprimento e 2.300 quilos e será utilizada no transporte de militares da ativa que servem naquela cidade, realizando o trajeto de seus respectivos Próprios Nacionais Residenciais (PNR) à CPSP. O transporte foi efetivado em proveito da Comissão Levantamento Hidrográfico da Barra Norte do Rio Amazonas, a 60 milhas da região litorânea do estado do Amapá e iniciada em 25 de junho.
 
No dia 25 de setembro o “Sirius” suspendeu do porto de Santos e tem previsão de chegada em seu porto sede hoje (26), quando concluirá cerca de 130 comissões hidrográficas, no Brasil e no exterior, contribuindo assim para a segurança da navegação da Amazônia Azul.

Diretoria de Ensino promove Simpósio de Metodologias Ativas e Tecnologias Educacionais

26/09/2019
 
O evento contou com a participação de profissionais dos segmentos militar,
 acadêmico e civil
 
A Diretoria de Ensino da Marinha realizou, nos dias 10 e 11 de setembro, na Escola de Guerra Naval, o Simpósio "Metodologias Ativas e Tecnologias Educacionais: os desafios da Modernidade", sobre temas atuais relacionados às Tecnologias Educacionais, que envolveu a participação de diversos profissionais dos segmentos militar, acadêmico e civil.
 
No primeiro dia, o Vice-Presidente da Associação Brasileira de Tecnologia Educacional, Diretor de Desenvolvimento Científico da Associação Brasileira de Educação a Distância e professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Doutor João Augusto Mattar Neto, proferiu a palestra sobre “Metodologias Ativas na Educação” e o CEO e Sócio-Proprietário da WITSEED, o Professor Bruno Carvalho Leonardo, proferiu a palestra sobre o tema “O uso da Inteligência Artificial em Ambientes Virtuais de Aprendizagem”.
 
O evento contou com a presença do Diretor da Escola de Guerra Naval, o Contra-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, do Comandante da Escola Naval, Contra-Almirante Guilherme da Silva Costa, do Comandante do Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, Contra-Almirante Ricardo Pereira da Silva, e do Superintendente de Ensino da Escola Naval, Contra-Almirante (RM1) Paulo Cesar Mendes Biasoli, acompanhados do Diretor de Ensino da Marinha, Vice-Almirante Henrique Renato Baptista De Souza.
 
 
CEO da startup WITSEED, Prof. Bruno Leonardo, profere palestra
sobre Inteligência Artificial
 
No segundo dia, foram realizadas três palestras, a primeira sobre “O desafio da utilização das Metodologias Ativas e das Tecnologias Educacionais nas salas de aula atuais”, proferida pelo Chefe do Centro de Ensino Virtual e de Idiomas, da Diretoria de Ensino da Marinha, o Capitão de Mar e Guerra Luiz Cláudio Medeiros Biagiotti; a segunda sobre “Metodologias Ativas: caminhos para a Inovação Disruptiva na Educação do Exército Brasileiro”, proferida pela Assessora de Implantação e Gestão de EAD do Centro de Ensino a Distância do Exército, a Major  Ana Cláudia Rocha Penha da Costa; e finalmente, a palestra sobre o tema “A Aprendizagem Ativa e as contribuições da Neurociência aplicada à Educação”, proferida pelas Pedagogas da Universidade da Força Aérea (Unifa), a Primeiro-Tenente Vanessa Barros da Silveira e Primeiro-Tenente Isabel de Araújo Rabello.

Crianças participam do projeto “Pátria Amada Brasil” na Capitania dos Portos do Ceará

26/09/2019
 
Crianças conhecem meios navais da CPCE
 
A Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) recebeu 61 crianças do Centro Educacional José Duarte Espinheiro, do bairro Passaré, da periferia de Fortaleza, no dia 11 de setembro. A visita faz parte do projeto “Pátria Amada Brasil”, do Comando de Operações Navais da Marinha, e tem o objetivo de incentivar o espírito cívico nos alunos dos ensinos fundamental e médio.
 
Na ocasião, as crianças acompanharam a divulgação das atividades da Marinha do Brasil (MB) por meio da execução do cerimonial à Bandeira narrado, com canto do Hino Nacional, além de palestra proferida pelo Capitão-Tenente Francisco do Horizonte, que falou sobre sua trajetória na Força, abordou as formas de ingresso e as ações da MB.
 
A diretora e professora Auricélia Martins falou sobre a experiência proporcionada pela Capitania. “Agradecemos à CPCE por ter aberto as portas para nos receber. Essa vivência é um momento especial. Não pudemos desfilar no 7 de Setembro pela questão da violência em nosso bairro e essa é uma forma de comemorar a data, de não deixá-la passar em branco” disse.
 
Para as alunas Maria Daniele, 7 anos, e Maria Julianny, 9 anos, os melhores momentos foram aprender sobre o trabalho e a história da Marinha do Brasil, conhecer marinheiros e subir em moto aquática para fotografias.
 
O Capitão dos Portos, Madson, ressalta à comunidade cearense que a Capitania dos Portos do Ceará está de portas abertas, por meio do projeto “Pátria Amada Brasil”, para receber estudantes e estimular neles o civismo e o respeito aos Símbolos Nacionais.
Centro Educacional José Duarte Espinheiro visita
a Capitania dos Portos do Ceará

Alunos do Curso de Defesa Nuclear, Biológica, Química, Radiológica visitam instalações do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais

26/09/2019
 
Visita aos postos de descontaminação
 
Em cumprimento à grade curricular do Curso Avançado de Defesa NBQR, 18 alunos visitaram, no dia 20 de setembro, as instalações do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais (BtlEngFuzNav) onde se encontra a Companhia de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica, terceiro nível no SisDefNBQR-MB.
 
Além disso, 16 alunos do Curso Básico de Defesa NBQR também fizeram parte da visita. Eles conheceram os detectores, equipamentos de proteção individual e matérias de descontaminação presentes na dotação daquela Companhia. O mesmo também ocorreu para os procedimentos de descontaminação ilustrados no terreno.
 
A visita foi uma oportunidade de nivelar conhecimentos, tanto para Alunos do Curso Avançado quanto do Curso Básico, pois ambos preparam militares para operar no mesmo sistema.
 
Alunos do Curso Básico de Defesa NBQR

Militar da Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina participa da IV Etapa do XXXII Campeonato Brasileiro e Open Internacional de IPSC-CCP 2019

26/09/2019
 
Sargento França com a medalha da competição
 
De 30 de agosto a 1° de setembro, o Primeiro-Sargento Aurélio Marcos Barreto França, que serve na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC), participou da IV Etapa do XXXII Campeonato Brasileiro e Open Internacional de Carabina Calibre Pistola/Pistol Caliber Carbine (IPSC-CCP 2019) realizado na cidade de Manaus-AM. O militar fez parte da Equipe de Tiro que representou o estado catarinense na Categoria Carabina Calibre Pistola.
 
No campeonato catarinense, o sargento ocupa o primeiro lugar na classificação geral na categoria “Production Policial”, composta por integrantes das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, magistrados, membros do Ministério Público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, Polícia Civil e membros da Polícia Legislativa Federal.
 
O evento teve a realização e supervisão da Confederação Brasileira de Tiro Prático, o que possibilitou avançar na seletiva para o Campeonato Mundial de Tiro no ano de 2020. O militar deve ainda participar no ano corrente das duas últimas etapas do Campeonato Brasileiro de Tiro Prático.

Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego restabelece sinal do Radiofarol Rio Grande

26/09/2019
 
Radiofarol Rio Grande-RS
 
Uma equipe técnica especializada e capacitada do Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego (CAMR) realizou, no período de 22 de julho a 24 de setembro, uma comissão bienal, com o apoio técnico do SSN-5, a fim de realizar a manutenção corretiva e preventiva dos Radiofaróis de Rio Grande-RS e Chuí-RS e das Estações Rádio de Mostardas-RS e Albardão-RS.
 
O Radiofarol Rio Grande esteve inoperante nos últimos seis meses devido a inconsistências no posicionamento dos navios relatados pela Praticagem Rio Grande. Para efetuar o restabelecimento, foram realizados diversos serviços especializados e testes pela equipe técnica responsável.
 
O retorno da operação do radiofarol visa manter a disponibilidade dos auxílios à navegação, contribuindo para a segurança do tráfego aquaviário.
 
Radiofarol Chuí-RS

Escola de Guerra Naval sedia a XVI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana

25/09/2019
 
O Ministro da Defesa ressaltou a participação do Brasil nas missões de paz da ONU
 
A Escola de Guerra Naval sediou, no dia 20 de setembro, a XVI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, promovida pela Fundação Konrad Adenauer (KAS) e o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), com o apoio da Delegação da União Europeia no Brasil. Com o objetivo do aprofundar e difundir o debate nos temas de segurança e defesa internacional, a edição deste ano teve como foco “A Quarta Revolução Industrial: Impactos na Segurança Internacional e a Reformulação da Ordem Global”.
 
O Ministro da Defesa, General de Exército Fernando Azevedo e Silva, realizou a palestra inicial e participou dos discursos introdutórios, ao lado do Secretário Parlamentar da Economia e Energia da Alemanha, Thomas Bareiss. Ao abordar a temática “As Forças Armadas e o Ministério da Defesa no cenário brasileiro atual”, o General Fernando Azevedo destacou os 20 anos de criação do Ministério da Defesa, observando a importância da pasta na “diplomacia da Defesa”, a qual tem como base “dissuasão e presença”. O Ministro ressaltou a participação do Brasil nas missões de paz, lembrando que o País participou de 40 das 72 coordenadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), e discorreu sobre a atuação da Marinha, Exército e Aeronáutica na garantia da segurança dos últimos grandes eventos no Brasil, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Ao longo da palestra, abordou a coordenação do Ministério da Defesa, em parceria com o Ibama, o ICMBIO e outras instituições, na “Operação Verde Brasil”, para o combate dos focos de incêndios na Amazônia.
 
Da abertura da XVI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, participaram a Diretora da KAS, Anja Czymmeck; o membro do Conselho do CEBRI, André Clark; e o Chefe da Delegação Europeia no Brasil,  Embaixador Ignacio Ibáñez. A XVI Conferência abrangeu três painéis sobre temas emergentes nas sociedades globais, destinados a acadêmicos, militares, diplomatas e pesquisadores das Américas e da Europa.

Navio Oceanográfico “Antares” regressa da Comissão “Barra Norte” após 91 dias de viagem

25/09/2019
 
Navio Oceanográfico “Antares” navega no Rio Amazonas
 
Em 20 de Junho de 2019, o Navio Oceanográfico (NOc) “Antares” suspendia do cais da Base de Hidrografia da Marinha em Niterói (BHMN) para a Comissão “Barra Norte” e após visitar os portos de Natal-RN, Santana-AP, Belém-PA, Fortaleza-CE e Maceió-AL, no dia 19 de Setembro, regressou para seu porto sede em Niterói-RJ, tendo navegado 5364,8 milhas e perfeito 60,5 dias de mar.
 
Durante a viagem, o navio participou do Seminário “Aspectos gerais da navegação em lama fluida e sua aplicabilidade ao arco lamoso da região da Barra Norte do Rio Amazonas”, recebeu 2.271 visitantes quando atracado nos portos, embarcou alunos da Universidade Federal de Pernambuco para prática de oceanografia, e realizou visitas técnicas de meteorologia nos Radiofaróis de Calcanhar-RN, de Canivete-AP, de Salinópolis-PA e de Abrolhos-BA.
 
A Comissão “Barra Norte” teve como propósito contribuir com os estudos para determinação dos fatores de correção de maré na Barra Norte do Rio Amazonas. Em missão conjunta com o Navio Hidrográfico (NHi) “Sirius”, realizaram coleta de dados de maregrafia durante 45 dias na “Região do Agrião”, em apoio ao Centro de Hidrografia da Marinha (CHM).
 
Navio Oceanográfico navega na região do Parque Nacional Marinho de Abrolhos

Comando do 4º Distrito Naval realiza Comissão PASSEX com navio da Armada da França

25/09/2019
 
Abordagem da tripulação descaracterizada do P48 pelo GVI francês
 
O Navio-Patrulha “Guanabara” realizou, em 9 de setembro, nas águas de jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), a Comissão PASSEX com a Armada da França em proveito da atracação do Navio-Patrulha “La Confiance” (P733), no Porto de Belém-PA.
 
Ambos os navios realizaram o exercício de Patrulha Naval (PATNAV) com o emprego do Grupo de Visita e Inspeção (GVI). Durante a Ação de Visita e Inspeção (AVI), foram realizados os procedimentos de abordagem do Contato de Interesse (CI) e embarque do GVI; inspeção da tripulação com simulação de reação; inspeção da documentação da embarcação; inspeção da carga com diversos ilícitos simulados nos compartimentos, como, por exemplo, entorpecente, arma branca e armamento; e apresamento da embarcação.
 
Por ocasião da Comissão, também foi realizada a atividade de intercâmbio de tripulação, por meio do embarque de um Oficial em cada navio, e o exercício de Manobras Táticas no idioma inglês.  
 
Militares da Marinha do Brasil realizam ação de visita e inspeção
 

Centro de Obtenção da Marinha no Rio de Janeiro inaugura o “Painel da Transparência de Obtenção”

25/09/2019
 
Painel Digital do COMRJ é inaugurado pelo diretor da DAbM, Vice-Almirante (IM) Sérgio Luiz, e pelo Diretor do COMRJ, Capitão de Mar e Guerra (IM) Guerra
 
O Centro de Obtenção da Marinha no Rio de Janeiro (COMRJ) inaugurou, no dia 19 de Setembro, o Painel da Transparência de Obtenção, com o objetivo de tornar públicos os atos administrativos referentes aos processos licitatórios em curso naquele Centro.
 
O Painel da Transparência de Obtenção apresenta ao público, de maneira eletrônica, informações a respeito dos Editais Licitatórios vigentes, a previsão de abertura de novas licitações, as Atas de Registro de Preço e Contratos em vigor, e ainda alguns dados estatísticos de produtividade do COMRJ.
 
O Painel digital foi instalado no hall de entrada do COMRJ, local de grande circulação de pessoas, onde são recebidos os fornecedores atuais e os potenciais fornecedores de material para a Marinha do Brasil. Sua instalação foi planejada depois de constatada a necessidade de se dar publicidade aos atos do COMRJ, por meio da solicitação de diversos representantes de empresas.
 
O COMRJ dá mais um passo dentro do escopo da transparência governamental, uma vez que a instalação do painel digital amplia o espectro da divulgação de informações relevantes ao público externo, destacando as boas práticas de gestão da Marinha, que trazem um retorno positivo para a sociedade.
 
Encerramento da cerimônia pelo Vice-Almirante Sérgio Luiz, com a presença do Diretor do Centro de Controle de Inventario da Marinha, Contra-Almirante Olavo
 

Navio de Pesquisa Hidroceanográfico "Vital de Oliveira" realiza lançamento de boia meteoceanográfica do PNBOIA

25/09/2019
 
Equipe do Centro de Hidrografia da Marinha realiza instalação e configuração de equipamentos após lançamento da boia “Itaguaí” pelo NPqHo “Vital de Oliveira”
 
O Navio de Pesquisa Hidroceanográfico (NPqHo) "Vital de Oliveira" apoiou, em 20 de setembro, o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) por meio do lançamento da boia meteoceanográfica “Itaguaí” pertencente ao Programa Nacional de Boias (PNBOIA) da Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar.
 
O PNBOIA é gerenciado pelo CHM e tem por objetivo a coleta de dados oceanográficos e meteorológicos, por meio de um sistema operacional de boias de fundeio e de deriva que transmitem dados em tempo quase real via satélite, a fim de aperfeiçoar os serviços de meteorologia e oceanografia do Brasil, beneficiando diretamente os setores de Defesa Civil; Agricultura; Zona Costeira; Recursos Vivos; Validação de Dados de Satélites; Atividades da Indústria do Petróleo e de Meio Ambiente; Instalações Offshore; Portos, Estruturas Costeiras e Transportes Marítimos.
 
A boia de “Itaguaí”, especificamente, contribuirá para o aperfeiçoamento dos sistemas de previsão de ondas e correntes em águas rasas, dentre eles o SISCORAR, e para a validação de avisos de ressaca e mar grosso emitidos pelo Serviço Meteorológico Marinho para o litoral do Rio de Janeiro.
 
O lançamento da boia meteoceanográfica constitui uma das diversas tarefas desempenhadas pelo NPqHo “Vital de Oliveira”, permitindo que o navio contribua para a Segurança da Navegação e Salvaguarda da Vida Humana no Mar em consonância com as atividades de pesquisa realizadas.
 

Marinhas do Brasil e Portuguesa conduzem 1º exercício de partilha de informações sobre o Tráfego Marítimo entre os países da CPLP

24/09/2019
 
Participantes do Exercício CPLP 2019
 
Fruto da V Conferência das Marinhas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a Marinha do Brasil (MB) e a Marinha Portuguesa conduziram o primeiro exercício de partilha de informações sobre o Tráfego Marítimo (TM) entre as Marinhas e Guardas Costeiras da CPLP, no período de 18 a 20 de setembro. Esta primeira edição contou com a participação da Marinha do Brasil, Marinha Portuguesa, Marinha de Guerra de Moçambique, Guarda Costeira de Cabo Verde e Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe e foi coordenada a partir do Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR).
 
O exercício ocorreu de modo virtual, utilizando o SISTRAM IV (Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo), desenvolvido e utilizado pela MB para acompanhamento do TM. O acesso foi disponibilizado aos participantes via rede mundial de computadores (World Wide Web) no endereço www.sistram.mar.mil.br, possibilitando que todos acompanhassem o mesmo panorama de superfície em tempo real.
 
A realização do Exercício CPLP 2019 foi uma oportunidade para troca de experiências entre os centros de acompanhamento do TM dos países participantes, proporcionando o aumento da Consciência Situacional Marítima, bem como corroborando para estreitar os laços de amizades já existentes.
 

Corveta “Barroso” é o novo Navio Capitânia da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL

24/09/2019
 
F45 dando as boas vindas no mar, por ocasião da chegada da V34 no Líbano
 
Em 15 de setembro, dois navios construídos no Brasil foram protagonistas durante a cerimônia de Handover em águas do Mar Mediterrâneo. A Corveta “Barroso” tornou-se, pela terceira vez, o Navio Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL), em substituição à Fragata “União”, que concluiu com êxito um período de seis meses na missão, perfazendo 23 patrulhas e 92 dias de mar.
 
A FTM-UNIFIL foi criada em 15 de outubro de 2006, em atendimento à Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, por solicitação do governo libanês, tendo a peculiaridade de ser a única Força Naval componente de missão de paz da ONU. A FTM-UNIFIL possui um Estado-Maior multinacional e seis navios de diferentes nacionalidades: Alemanha, Bangladesh, Brasil, Grécia, Indonésia e Turquia.
 
Capitão de Mar e Guerra Eugênio Huguenin, Contra-Almirante Wieland e Capitão de Fragata Selles
 
Seguindo o protocolo da ONU, a cerimônia foi presidida pelo Comandante da FTM-UNIFIL, Contra-Almirante Eduardo Augusto Wieland. O evento contou com a presença do Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil no Líbano, Ministro Conselheiro Jandyr Ferreira dos Santos Júnior, do Procurador-Geral da Justiça Militar, Jaime de Cássio Miranda, do Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes, do Subchefe de Operações de Paz do Ministério da Defesa, General de Divisão Rolemberg Ferreira da Cunha, além de diversas personalidades civis e militares locais e de países integrantes da missão.
 
(da esq. p/ dir.) Coronel (FAB) Veloso, General de Divisão Cunha, Contra-Almirante Wieland, Vice-Almirante Cunha e Coronel (EB) Soares Paes

Marinha participa de combate a incêndio em lancha na Baía de Todos-os-Santos

24/09/2019
 
Aviso de Patrulha “Dourado” e lancha da Marinha fazem contenção
na área do incêndio
 
No dia 20 de setembro, o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo do Leste (Salvamar Leste), operado pelo Comando do 2º Distrito Naval, foi acionado sobre um incêndio a bordo da embarcação de esporte e recreio “Minduza”, com dois passageiros, no interior da Baía de Todos-os-Santos, em Salvador-BA.
 
Imediatamente, para atender à ocorrência SAR (Search And Rescue), a Marinha enviou uma lancha de inspeção naval da Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) ao local do incêndio, a fim averiguar a situação e, caso necessário, prestar socorro aos ocupantes da embarcação. No local, a equipe foi informada de que os tripulantes se encontravam em terra, em boas condições de saúde.
 
A Marinha também enviou o Navio-Balizador (NB) “Tenente Boanerges”, o Aviso de Patrulha “Dourado” e mais duas embarcações de inspeção naval da CPBA para ajudar a conter o incêndio e adotar as medidas preventivas em relação a provável vazamento de combustível. Foi constatado que não houve vítimas e nem foram observados indícios de poluição hídrica. As causas, circunstâncias e responsabilidades pelo ocorrido serão determinadas em inquérito instaurado pela Marinha do Brasil.
 
Militares do Navio-Balizador “Tenente Boanerges” participam do combate ao incêndio

Marinha do Brasil coordena Adestramento Conjunto de Salto Livre Operacional

23/09/2019
 
Comandante de Operações Navais proferiu as palavras de abertura
 
No dia 17 de setembro, foi realizada a cerimônia de abertura da primeira edição do Adestramento Conjunto de Salto Livre Operacional das Forças Armadas Brasileiras (SLOp-19), a bordo do Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico”. Sob coordenação da Marinha do Brasil (MB), o adestramento segue até o dia 27 deste mês e tem como principal objetivo promover o intercâmbio e a interoperabilidade das Forças de Operações Especiais.
 
Com uma série de seminários, a programação do dia teve início com as palavras do Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Puntel, que ressaltou a importância do evento para o crescimento profissional dos participantes. “É uma oportunidade muito interessante para que as unidades de operações especiais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica possam trocar conhecimentos e experiências, além de conhecer pessoas”, afirmou.
 
Dentre os temas abordados nas palestras, foram destacados o histórico do SLOp, seu emprego coordenado com submarinos e casos recentes de emprego, como no resgate do capitão norte-americano Richard Phillips, cujo navio de carga foi sequestrado por piratas somalis em 2009. A programação contou, ainda, com mostruários, exposições de uniformes e armamentos, bem como um simulador de salto com óculos de realidade virtual.
 
WhatsApp Image 2019-09-18 at 15.47.45(3).jpeg
Militares usaram óculos de realidade virtual para simular salto
 
 
Saltos a grande altitude
Desde o dia 19, iniciou-se a fase prática, que reunirá militares pertencentes a organizações das três Forças, como o Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais e o Grupamento de Mergulhadores de Combate, da Marinha do Brasil; o Comando de Operações Especiais e a Brigada de Infantaria Paraquedista, do Exército Brasileiro (EB); e a Esquadrilha Aeroterrestre de Salvamento (Paraquedista de Salvamento e Resgate), da Força Aérea Brasileira (FAB).  Os saltos acontecerão nas cidades do Rio de Janeiro e São Pedro da Aldeia.
 
Nesta edição, serão empregados, além do PHM “Atlântico”, plataforma para decolagem de aeronaves da MB, os helicópteros UH-15 Cougar da Força Aeronaval, e as aeronaves da FAB C-130 Hercules.

Capitania Fluvial do Rio Paraná forma Novos Fluviários em Tibagi, Paraná

23/09/2019
 
Alunos em aula prática sob supervisão do instrutor no Rio Tibagi com a embarcação “Piau”, da Capitania Fluvial do Rio Paraná
 
O Comando do 8º Distrito Naval (Com8DN), por intermédio da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), formou 29 novos marinheiros fluviais através do Curso de Formação de Aquaviários - Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés e de Máquinas Nível 1 (CFAQ-MAFC/MAFM) no município de Tibagi, região dos Campos Gerais do estado do Paraná.
 
Com o apoio da prefeitura municipal da cidade, o curso foi realizado entre os dias 9 e 13 de setembro, habilitando o aluno na categoria de Marinheiro fluvial Auxiliar de Convés (MAF), Nível 1 e Marinheiro Fluvial auxiliar de Máquinas (MMA), Nível 1.
 
Das variadas matérias ministradas no curso, destacam-se: primeiros socorros; segurança na atividade aquaviária; sobrevivência no ambiente aquaviário; assim como aulas práticas no Rio Tibagi, com o uso da embarcação “Piau”; navegação e manobra da embarcação; e construção de embarcações.
 
Os alunos formados receberam, além do certificado, a Caderneta de Inscrição e Registro (CIR), que os habilita exercer a função de Patrão de embarcações com até 10 AB e potência propulsora até 170 kW, empregadas na navegação interior (lagos e rios) e apoio portuário fluvial (conforme definido pela Capitania de sua jurisdição), exceto aquelas que transportam passageiros.
                            Fotografia: João Pedro, assessoria da Prefeitura de Tibagi
Instrutores da CFRP e alunos do curso de MAFC/MAFM no Rio Tibagi
 

Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais ministra instruções para Aspirantes da Escola Naval e Alunos dos Cursos do CIASC

23/09/2019
 
 
Lançamento da Portada
 
O Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais (BtlEngFuzNav) realizou, no período de 9 a 13 de setembro, o seu segundo exercício de transposição de cursos d’água de 2019, às margens do Rio São Francisco, em Itaguaí-RJ, para Aspirantes da Escola Naval e Alunos dos Cursos do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC).
 
Cerca de 140 militares praticaram a operação de botes de assalto (utilizados para o transporte de tropas em primeiro escalão) e a montagem, operação e desmontagem de passadeiras (para a travessia de tropa a pé) e portadas (para a travessia de viaturas e equipamentos pesados).
 
A Operação Transpoex II/2019 teve o propósito de apoiar cursos do Departamento de Fuzileiros da Escola Naval e os cursos da Especialização em Engenharia de Combate do Corpo de Fuzileiro Navais. Os Aspirantes do 4º ano da Escola Naval, além da atividade de transposição de cursos d’água, realizaram prática com explosivos, minas e armadilhas e defesa nuclear, biológica, química e radiológica (NBQR). Já os alunos do CIASC, dos Cursos de Aperfeiçoamento (sargentos) e Especialização (cabos) realizaram, durante o exercício, as atividades práticas de transposição de cursos d´água. O exercício também possibilitou ao BtlEngFuzNav manter seu pessoal e equipamentos em condições de pronto emprego, para o Apoio ao Combate dos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais.
 
 Portada Navegando no Rio São Francisco

Capitania dos Portos da Amazônia Oriental recebe doação de coletes salva-vidas

23/09/2019
 
Foram doados 900 coletes salva-vidas à Capitania dos Portos da Amazônia Oriental
 
A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) recebeu, no dia 18 de setembro, a doação de 900 coletes salva-vidas para serem entregues durante as ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário (FTA), que ocorrerão no Círio Fluvial e Natal dos Ribeirinhos.
 
A ação foi uma iniciativa da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar) no Pará e da empresa Barra do Pará, como parte do Programa de Segurança da Navegação na Amazônia (PSNA), que tem como objetivo desenvolver campanhas voltadas para a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana e a prevenção da poluição junto à comunidade ribeirinha, estimulando a edificação da mentalidade fluvial voltada para a segurança das embarcações, de seus tripulantes, passageiros e cargas, sobretudo com os acidentes de escalpelamento.

Comando do 4° Distrito Naval realiza entrega de livros infantis na cidade de Ponta de Pedras–PA

23/09/2019
 
Militares da Marinha entregam 300 livros para crianças
 e adolescentes no interior do Pará
 
No dia 18 de setembro, o Comando do 4° Distrito Naval, por intermédio do Aviso de Patrulha “Tucunaré”, meio subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, realizou a entrega de 300 livros infantis do Projeto “Maré do Saber", na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Romeu Ferreira dos Santos, localizada na cidade Ponta de Pedras, interior do Pará.
 
A ação ocorreu durante atividades operativas na região do Rio Pará e da Ilha do Marajó. Na ocasião, também foram ministradas palestras sobre a “Prevenção de Escalpelamento”, “Utilização de Coletes Salva-Vidas” e “Preservação do Meio Ambiente”.
 
A Campanha “Maré do Saber”, fruto da parceria entre o Com4ºDN e a Sociedade Amigos da Marinha - Seccional Pará (Soamar-PA), arrecada livros para serem levados pelos navios da Marinha do Brasil para o interior do estado, a fim de serem doados para comporem os acervos das bibliotecas das escolas públicas em localidades ribeirinhas de difícil acesso. O objetivo da ação é contribuir com o desenvolvimento das crianças beneficiadas, estimulando a empatia, concentração, memória, imaginação e outras habilidades promovidas pela leitura nas crianças beneficiadas.
         
Cerca de 700 estudantes foram beneficiados com a Campanha da Marinha e da Soamar-PA

Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga realiza doação de 1850 quilos de Alimentos a Instituições de Caridade

23/09/2019
 
Diretor do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga, Capitão de Mar e Guerra Victor, e membros de sua tripulação durante ato de doação de alimentos
 
O Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga (CIANB) concluiu, no dia 19 de setembro, a doação de 1.850 quilos de alimentos não perecíveis a instituições de caridade, arrecadados como ação social integrante da segunda edição da Corrida Rústica e Caminhada “Intendência em Movimento”.
 
O evento esportivo anual promovido por aquele Centro tem por propósitos: o estímulo à criação e manutenção de hábitos saudáveis como componente da excelência em gestão, por meio da prática rotineira de exercícios físicos; a confraternização entre as tripulações das organizações militares de Intendência; e a construção e fortalecimento do espírito de corpo. Visa, ainda, o fomento de ações sociais em benefício de pessoas carentes da sociedade por meio da arrecadação de alimentos para doação. Durante a atividade, 33 organizações militares de Intendência e do Setor Secretaria-Geral da Marinha representaram em um total de 731 atletas, contribuindo, cada um, com um mínimo de dois quilos de alimentos, que foram doados às seguintes instituições:
 
- Orfanato Santa Rita de Cássia, que executa serviços de proteção social de alta complexidade e básica para meninas de 4 a 12 anos de idade em estado de vulnerabilidade social. Mais informações sobre o orfanato podem ser encontradas em sua página na Internet:<https://www.orfanatosantaritadecassia.com.br>;
 
- Associação Refúgio dos/as Meninos/as de Rua (REMER), que atende crianças e adolescentes de comunidades carentes e de rua, oferecendo serviços de convivência e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, assim como acolhimento. Mais informações sobre a Associação podem ser encontradas em sua página na Internet:<https://remer.org.br>;
 
- Associação de Solidariedade à Criança Excepcional (ASCE), cuja missão é prestar assistência preventiva e curativa de forma gratuita às pessoas com deficiência, visando a sua inclusão social, sua reabilitação e ampliação de sua qualidade de vida, cuidando de mais de quatrocentos pacientes por mês. Mais informações sobre a Associação podem ser encontradas em sua página na Internet:<https://asce.org.br>.
 
Cada uma das entidades foi visitada previamente por membros da tripulação do CIANB. Eles verificaram a efetividade do trabalho por elas desenvolvido e o grau de necessidade das doações, tendo sido constatado in loco o quanto atos de solidariedade, como o realizado pelos atletas participantes da Corrida Rústica e Caminhada “Intendência em Movimento”, podem contribuir grandemente para o alívio do estado de desamparo de tantos membros da sociedade.
 
Tripulação do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga com os alimentos arrecadados na “Intendência em Movimento” para doação