Nomar Online

Marinha participa do I Simpósio de Apoio à Defesa Civil, em Palmas (TO)

09/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Evento visou aumentar a integração entre
as agências do sistema de defesa civil
 
A Marinha participou do I Simpósio de Apoio à Defesa Civil, promovido pelo 22o Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército Brasileiro, entre 26 e 30 de julho, em Palmas (TO). O representante da Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins palestrou sobre as capacidades de apoio frente a possíveis cenários de desastres naturais, como enchentes, enxurradas, inundação, estiagem e seca.
 
O simpósio teve o propósito de estreitar laços e aumentar a integração entre as agências que fazem parte do sistema de defesa civil, compartilhar as experiências vividas pelas instituições participantes referentes a catástrofes e desastres naturais, estimular o debate sobre assuntos relativos à ajuda humanitária e difundir a estrutura e a metodologia de emprego das Forças Armadas.
 

CFGO realiza inspeção naval em São Miguel do Araguaia (GO)

09/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares abordam condutores na rampa de acesso ao Rio Araguaia
 
Militares da Capitania Fluvial de Goiás (CFGO) estiveram, entre 15 e 20 de julho, no município de São Miguel do Araguaia com o propósito de fiscalizar o cumprimento das normas da Autoridade Marítima, em especial no distrito de Luiz Alves, banhado pelo Rio Araguaia.
 
A inspeção naval incluiu a verificação de documentos das embarcações e dos condutores, da lotação, dos itens de segurança obrigatórios, entre outros, garantindo a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana e prevenindo a poluição hídrica.
 
O Capitão dos Portos de Goiás, Capitão de Fragata (T) Divanildo Felipe Santiago, aproveitou a ocasião para reunir-se com autoridades locais, a fim de apresentar a CFGO, primeira organização militar da Marinha no estado, e expor as atribuições da instituição.
 
O encontro contou com a presença da Prefeita de São Miguel do Araguaia, Azaide Donizetti Borges Martins, do Secretário Municipal da Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio, Edson Pinheiro, e da Secretária de Turismo, Ely Pereira de Carvalho.
 

UMEM realiza ação de promoção de saúde bucal

09/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Aplicação de flúor preventivo
 
A Unidade Médica Expedicionária da Marinha (UMEM), subordinada ao Comando da Tropa de Reforço, em parceria com a Base de Fuzileiros Navais da Ilha das Flores e o Batalhão de Viaturas Anfíbias, realizou, no dia 3 de agosto, palestra sobre saúde bucal com aplicação tópica de flúor e distribuição de kits de higiene bucal, para as crianças beneficiadas pelo Programa Forças no Esporte (Profesp), em São Gonçalo (RJ).
 
A ação tem o objetivo de despertar nos jovens a importância dos cuidados com a higiene bucal, contribuindo para uma melhor qualidade de vida.
 
Distribuição de kits de higiene bucal
 
O Profesp é um programa desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio das Forças Armadas, destinado ao atendimento de crianças, adolescentes e jovens, de 6 a 18 anos, em situação de vulnerabilidade social.
 

Capitania dos Portos de Santa Catarina promove live sobre segurança no mar

09/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Comunidade náutica participa de live da CPSC em parceria com a AVESAL
 
A Capitania dos Portos de Santa Catarina (CPSC), em parceria com a Associação de Vela e Conservação Ambiental da Ilha de Santa Catarina (AVESAL), realizou, em 29 de julho, uma live para a comunidade náutica com exposição sobre o tema “Segurança no Mar”.
 
Proferida pelo Capitão de Corveta (T) Francisco José Martins Cavalcante, a palestra contou com 61 participantes de diversos estados, como Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina e abordou temas importantes para a segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana no mar.
 

Ministro da Defesa e Comandante da Marinha visitam o Comando de Operações Navais e o CISMAR

05/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
General Braga Netto conhece instalações do CISMAR
 
O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, acompanhado do Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alipio Jorge Rodrigues da Silva, recebeu, em 2 de agosto, o Ministro da Defesa, General de Exército Walter Souza Braga Netto, nas instalações do Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR) e do Centro de Comando do Teatro de Operações Marítimas (CCTOM), no Comando de Operações Navais (ComOpNav), na cidade do Rio de Janeiro.
 
O objetivo da visita foi apresentar ao Ministro da Defesa o Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (SisGAAz), concebido para monitorar e controlar, de forma integrada, as águas jurisdicionais brasileiras e as áreas nas quais o Brasil tem a responsabilidade de conduzir operações de Busca e Salvamento, a fim de incrementar a capacidade de pronta resposta a qualquer ameaça, emergência, agressão ou ilegalidade nessas regiões.
 
Tivemos a oportunidade de contar com essa agenda do Ministro da Defesa, para que ele pudesse conhecer melhor e dar maior apoio a esse grande projeto, buscando também a integração com o Censipam (Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia) com seu monitoramento satelital, para que possamos implementar, no prazo mais curto possível, o SisGAAz na sua versão mais completa”, avaliou o Comandante da Marinha.
 
Ministro da Defesa, Comandante da Marinha e Comitiva em visita ao CISMAR
 
Na ocasião, o Ministro da Defesa fez questão de externar seus propósitos e sua satisfação com a visita. “Foi uma solicitação minha vir aqui no ComOpNav e no CISMAR para ver como são monitoradas em tempo real as operações, o funcionamento dos centros, quais são os principais problemas e necessidades, então foi muito útil esta visita e eu agradeço de coração à Marinha do Brasil”, declarou o General Braga Netto.

 

Marinha ativa nova organização militar em Belém (PA)

05/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Embarcações e pessoal contribuirão para aumentar o poder
ofensivo e a mobilidade na Amazônia Oriental
 
A Marinha ativou, no dia 4 de agosto, o Grupo de Embarcações de Operações Ribeirinhas do Norte (GrEOpRibN), uma nova Organização Militar (OM) em Belém (PA), com o propósito de contribuir para a aplicação do Poder Naval na área de jurisdição do Comando do 4° Distrito Naval. O GrEOpRibN terá entre suas principais tarefas o preparo e o emprego de embarcações em operações ribeirinhas, patrulha naval e inspeção naval, por intermédio de suas Lanchas de Operações Ribeirinhas Blindadas e Lanchas de Ação Rápida.
 
O emprego conjunto dos meios do GrEOpRibN com tropas de fuzileiros navais e navios subordinados ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte proporcionará maior poder ofensivo e mobilidade, ampliando a capacidade de reconhecimento e garantindo a proteção dos meios navais envolvidos em Operações Ribeirinhas conduzidas na Amazônia Oriental.
 
Descerramento de placa de inauguração do GrEOpRibN
 
A cerimônia de ativação do GrEOpRibN ocorreu no Complexo da Base Naval de Val de Cães, onde está localizada a nova OM, e contou com a presença do Diretor-Geral do Pessoal da Marinha, Almirante de Esquadra Renato Rodrigues de Aguiar Freire, e do Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Valter Citavicius Filho. O Capitão-Tenente Victor da Silva Bruzão assumiu o Comando do GrEOpRibN.

 

Com6ºDN realiza adestramento para ativação do Grupo de Socorro Emergencial

05/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares com curso de brigadistas durante adestramento
 
O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) realizou, no dia 23 de julho, adestramento para planejar a ativação do Grupo de Socorro Emergencial (GSE) a ser empregado na prevenção e no combate a incêndios no Pantanal, em apoio aos trabalhos dos militares bombeiros e brigadistas, durante o período crítico de queimadas.
 
Integram o GSE militares com curso de brigadistas do 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas (3ºBtlOpRib) e Lanchas de Operações Ribeirinhas (LOpRib) “Excalibur”, subordinadas ao Grupo de Embarcações de Operações Ribeirinhas de Mato Grosso.
 
Lanchas de Operações Ribeirinhas “Excalibur” integram GSE
 
O exercício aconteceu na Área de Adestramento do Rabicho e teve como propósito preparar pessoal e meios para alcançar, por via fluvial e terrestre, os locais com registro de focos de incêndios e de difícil acesso na região do Pantanal. A atividade permitiu, ainda, aprimorar técnicas e o uso de equipamentos indispensáveis para a rápida e efetiva atuação no combate ao fogo.

 

Jovens do Profesp-CIASC visitam Museu Naval e Espaço Cultural da Marinha

05/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
A visita foi uma oportunidade de fomento à
mentalidade marítima junto às crianças
 
Trinta crianças integrantes do Programa Forças no Esporte do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (Profesp-CIASC) visitaram, em 25 de julho, o Museu Naval e o Espaço Cultural da Marinha.
 
A visita começou pelo Museu Naval, onde os jovens conheceram diversos elementos que contam a História do Brasil por meio do mar, como: réplicas de embarcações; canhões de bronze dos séculos XVI e XVII; vitrines com curiosidades navais; e objetos pessoais de grandes vultos da Marinha. No segundo momento da visita, o grupo dirigiu-se ao Espaço Cultural da Marinha, onde entrou no Submarino Museu Riachuelo, observando de forma lúdica como é a vida nesse tipo de embarcação. Eles ainda visitaram o Helicóptero Museu Sea King e o Carro de Combate Cascavel.
 
O Profesp-CIASC conta com a parceria da Arquidiocese do Rio de Janeiro, por meio da Pastoral do Menor das diversas Paróquias da Ilha do Governador, e atende cerca de 500 jovens, na faixa etária de 8 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social.

 

Marinhas do Brasil, Colômbia e Peru atracam na PER para 2ª Fase da Operação “Bracolper Naval 2021”

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Bicentenário foi comemorado na Base Naval Clavero, com Parada Naval
envolvendo meios operativos dos três países
 
Os navios da Marinha do Brasil, da Marinha de Guerra do Peru e da Armada da República da Colômbia atracaram, no dia 26 de julho, na Base Naval de Iquitos (PER), para a realização da 2ª Fase da Operação Bracolper Naval 2021. A operação teve início no dia 9 de julho e, desde 1974, ocorre durante as festas pátrias dos países envolvidos.
 
A programação da 2ª fase incluiu a cerimônia de aniversário do Gran Almirante Don Miguel Grau Seminario, herói naval peruano, aposição floral e a cerimônia de imposição da “Medalha Naval de Honra ao Mérito” ao Comandante do 9° Distrito Naval, Vice-Almirante Ralph Dias da Silveira Costa, e ao Comandante da Força Naval do Sul da Armada da Colômbia, Contra-Almirante Harry Ernesto Reyna Niño.
 
Em razão das restrições impostas pela pandemia, o Bicentenário foi celebrado na Base Naval Clavero, com uma homenagem aos peruanos que morreram por complicações da Covid-19. A programação encerrou com a Parada Naval Bracolper 2021, com a participação de navios dos países envolvidos. A fase ocorrerá nos rios Negro e Solimões, em setembro, por ocasião do aniversário da Independência do Brasil.
 
Cerimônia de aniversário do Gran Almirante Don Miguel
Grau Seminario, herói naval peruano
 

Marinha promove Ação Cívico-Social em comunidade no interior do Pará

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Após consulta, cidadão recebe medicamentos gratuitos
 
A Marinha, em parceria com diversos órgãos, promoveu, no dia 31 de julho, uma Ação Cívico-Social (ACiSo) na comunidade da Fazendinha, no Furo do Arrozal, em Barcarena (PA), que beneficiou mais de 300 famílias com serviços gratuitos, visando bem-estar e promoção da cidadania.
 
Uma equipe multidisciplinar de saúde do Hospital Naval de Belém (HNBe) prestou 110 atendimentos médicos e pediátricos e realizou a distribuição de medicamentos da atenção básica e kits de higiene bucal, com orientação sobre escovação. Foram realizados 120 testes rápidos laboratoriais para HIV, hepatite, sífilis e glicemia, além de vacinação de cerca de 100 crianças e adultos (HPV, hepatite, influenza e outras).
 
Na área social, foram oferecidos serviços de emissão de documentos, como título eleitoral, RG, CPF, certidões de nascimento e óbito e prestadas orientações jurídicas. Também ocorreram atividades de conscientização sobre prevenção e combate ao acidente de escalpelamento, alcançando mais de 300 pessoas.
 
Cidadã passa por triagem, com aferição de pressão arterial e glicemia
 
O evento foi coordenado pelo Comando do 4º Distrito Naval, com participação da Praticagem da Barra do Pará, da Sociedade Amigos da Marinha Pará, das Secretarias de Saúde de Barcarena e do Estado do Pará, do Tribunal Regional Eleitoral, da Defensoria Pública e do Ministério Público.
 

Capitania dos Portos de Pernambuco participa de mutirão de limpeza em manguezais

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Foram recolhidos 493 kg de lixo dos manguezais
 
A Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) participou, no dia 24 de julho, de um mutirão de limpeza dos mangues do Rio Formoso e do Rio Mamucabas, a 88 km da capital Recife (PE). Os rios abrangem os municípios de Rio Formoso, Sirinhaém, Tamandaré e Barreiros. Durante a atividade, foram recolhidos 493 kg de lixo dos manguezais.
 
O mutirão buscou ressaltar a importância do descarte correto do lixo e do combate à poluição dos mangues. A ação de conscientização ambiental, prevista no Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar do Ministério do Meio Ambiente, fez alusão ao Dia Mundial de Proteção aos Manguezais, celebrado em 26 de julho.
 
Na ocasião, participaram 40 pessoas, entre integrantes do Projeto TerraMar do Ministério do Meio Ambiente, do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, da Agência Estadual do Meio Ambiente de Pernambuco e do Consórcio Porto Sul. A causa também foi apoiada pela Cooperativa de Catadores de Lixo de Tamandaré e por grupos que atuam em mutirões na região.
 
A ação faz parte do Plano Nacional de Combate ao
Lixo no Mar do Ministério do Meio Ambiente

Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental promove 2ª edição da Operação “Tarumã”

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Embarcação durante abordagem da equipe de inspeção naval
 
A Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental realizou, nos dias 31 de julho e de agosto, a 2ª edição da Operação “Tarumã”, em Manaus (AM), com a intensificação das fiscalizações em embarcações de esporte e recreio e flutuantes. A atividade visou conscientizar a população quanto à segurança da navegação.
 
No total, 371 embarcações foram abordadas, 96 notificadas e 11 apreendidas. Além das embarcações, os flutuantes também foram foco das fiscalizações, sendo 11 lacrados pelas equipes de inspeção naval por descumprimento das leis de segurança da navegação.
 
Durante a operação, foram empregadas oito embarcações, incluindo Lanchas de Ação Rápida, Lanchas de Apoio ao Ensino e Patrulha, motos aquáticas, além do Navio-Patrulha Fluvial “Amapá”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas. No Rio Tarumã, foi estruturado um posto de fiscalização flutuante, com a utilização da embarcação Agência Flutuante Patrão-Mor Aguiar.
 
Flutuantes passaram por inspeção naval
 
O Chefe de Departamento de Segurança do Tráfego Aquaviário da Capitania, Capitão-Tenente Fábio Luiz Cavalcanti da Silva, orienta que os interessados em alugar esse tipo de embarcação devem verificar se estão devidamente certificadas. “É um direito de quem está alugando ter acesso a essa documentação”, explicou.
 

Navio-Patrulha Oceânico “Araguari” e Capitania dos Portos da Paraíba realizam inspeção naval no Porto de Cabedelo (PB)

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
NPaOc “Araguari” fiscaliza o cumprimento das normas e leis atinentes à segurança do tráfego aquaviário e à salvaguarda da vida humana no mar
 
O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Araguari”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, e a Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB) realizaram, no dia 23 de julho, inspeção naval nas proximidades do Porto de Cabedelo (PB).
 
Na ação, foram empregados a lancha do NPaOc “Araguari” e inspetores navais da CPPB. Foram inspecionadas seis embarcações, ocasião em que os militares verificaram se a documentação e os materiais de salvatagem estavam em conformidade com as Normas da Autoridade Marítima.
 
Durante a inspeção naval nas proximidades do Porto de Cabedelo foram verificados documentação e materiais de salvatagem das embarcações
 
As inspeções navais possuem cunho administrativo e educativo, sendo realizadas pelas Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências, bem como pelos Navios da Marinha, em uma atividade que tem como objetivo fiscalizar e garantir o cumprimento das normas e leis atinentes à segurança do tráfego aquaviário e à salvaguarda da vida humana no mar.
 

Navio-Patrulha “Guajará” participa da 48ª “Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2021”

04/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Navio-Patrulha “Guajará” participa da largada da regata em Ilhabela (SP)
 
O Navio-Patrulha (NPa) “Guajará”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval Sul-Sudeste, participou da 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, realizada no período de 26 a 31 de julho.
 
O navio participou do desfile de abertura e, posteriormente, da regata “Mitsubishi Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil”, realizando a segurança do tráfego aquaviário no local. Além do NPa “Guajará”, o evento contou com a participação do Aviso de Patrulha “Barracuda”, que prestou apoio as regatas até 31 de julho.
 
NPa “Guajará” acompanha os veleiros nas
proximidades da Ilha de Alcatrazes

Cerca de duas mil pessoas são vacinadas em Navio da Marinha, em Belém (PA)

03/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militar da Marinha aplica vacina a bordo do Aviso-Auxiliar “Soure”
 
O Aviso-Auxiliar “Soure”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, prestou apoio à campanha de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (SESMA) contra a Covid-19, seguindo as diretrizes do Plano Nacional de Imunização do Governo Federal. Aproximadamente duas mil pessoas foram imunizadas contra a doença durante a campanha no navio da Marinha.
 
A ação ocorreu no Terminal Hidroviário Ruy Barata, na Praça Princesa Isabel, no bairro Condor, em Belém (PA), onde o Aviso-Auxiliar “Soure” permaneceu atracado. A atividade contou com a participação de 38 militares da Marinha e o apoio de um militar do Exército e um da Força Aérea.
 
Aviso-Auxiliar “Soure” no Terminal Hidroviário Ruy Barata, em Belém (PA)
 
O evento foi coordenado pelo Comando Conjunto Norte, que reúne as Forças Armadas em atividades para mitigar os efeitos provocados pela pandemia do novo coronavírus. A vacinação também teve suporte de membros da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana e Guarda Municipal de Belém para orientar o acesso ao local.
 

Policlínica Naval de Manaus promove ACiSo em escola da rede municipal de Manaus (AM)

03/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Atendimentos ocorreram em escola na zona Leste de Manaus
 
A Policlínica Naval de Manaus promoveu, em 24 de julho, uma Ação Cívico-Social (ACiSo) na Escola Municipal Professora Ignês de Vasconcellos Dias, localizada na zona Leste de Manaus (AM). A ação foi direcionada a moradores do bairro Jorge Teixeira e ocorreu em parceria com a Assembleia Legislativa (ALEAM), como parte do Projeto Caravana da Criança.
 
Foram realizados 263 procedimentos, entre atendimentos médicos, odontológicos e de enfermagem. A Policlínica empregou na atividade médicos, nas especialidades de clínica geral e pediatria, e também odontólogos e técnicos de enfermagem. Além das consultas, os moradores participaram de palestras sobre saúde bucal e promoção da saúde.
 
Criança recebe atendimento odontológico durante a ACiSo

Navio-Patrulha Oceânico “Araguari” é condecorado com o diploma “Capitão de Fragata Vital de Oliveira”

03/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
NPaOc “Araguari” foi homenageado pelos bons serviços prestados
no litoral do estado de Pernambuco
 
O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Araguari”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, por ocasião de sua estadia no porto de Recife (PE), recebeu, no dia 21 de julho, o diploma “Capitão de Fragata Vital de Oliveira”, em reconhecimento aos bons serviços prestados no litoral pernambucano.
 
A distinção é ofertada a personalidades e instituições militares que tenham dedicado relevantes serviços ao estado de Pernambuco. A condecoração, que ocorreu durante a cerimônia alusiva ao 8º Aniversário de Incorporação do NPaOc “Araguari” à Armada, foi concedida ao navio pelo Instituto dos Docentes do Magistério Militar de Pernambuco, representado, na ocasião, por Fernando José Pereira Cavalcante, Assessor da Presidência do Instituto.
 
Entrega do diploma ocorreu durante cerimônia ao 8º Aniversário de
Incorporação do NPaOc “Araguari” à Armada
 
No primeiro semestre deste ano, o “Araguari” realizou ações de patrulha naval em parceria com a Polícia Federal, apreendendo entorpecentes que circulavam nas Águas Jurisdicionais Brasileiras. As operações contribuíram para o cumprimento de uma das atividades subsidiárias da Marinha, que é a repressão ao tráfico de ilícitos na Amazônia Azul.

Agência Fluvial de Itacoatiara apreende embarcações com madeira ilegal

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Equipe de Inspeção Naval abordou o comboio no Rio Madeira
 
A Equipe de Inspeção Naval da Agência Fluvial de Itacoatiara, subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, realizou, em 22 de julho, a apreensão de um comboio composto por um empurrador e uma balsa carregada com 900 m3 de madeira que estavam em descumprimento ao Regulamento da Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (RLESTA), no Paraná do Maraca, Rio Madeira, nas proximidades de Nova Olinda do Norte (AM).
 
Durante abordagem às embarcações, os inspetores navais constataram que o empurrador não possuía documentação. A Marinha acionou a Secretaria de Meio Ambiente do município para verificar a documentação da carga. Após análise do técnico florestal, foi detectado que a embarcação não apresentava autorização para o transporte de madeira e, apesar de o Documento de Origem Florestal estar correto, algumas madeiras não foram enquadradas na categoria especificada. A carga também foi apreendida.
 
Madeira transportada foi apreendida por órgão ambiental
 

EsqdHU-2 participa de Adestramento Conjunto Empregando OVN em Operações de Guerra

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares do EsqdHU-2 no simulador com uso de OVN
durante Adestramento Conjunto TTP
 
O 2° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-2) participou da primeira fase do Adestramento Conjunto TTP (Técnicas, Táticas e Procedimentos) de Voo de Helicóptero Empregando Óculos de Visão Noturna (OVN) em Operações de Guerra, realizado em Taubaté (SP), no período de 25 a 30 de julho, sob coordenação do Ministério da Defesa, Comando de Operações Terrestres e Comando de Aviação do Exército (CAvEx).
 
Além da tripulação qualificada em voo assistido por OVN do EsqdHU-2, estiveram presentes no adestramento: o 1° Batalhão de Aviação do Exército e 3° Esquadrão do 8° Grupo de Aviação que vivenciaram adestramentos teóricos de procedimentos e planejamento, voos em simulador, voos diurnos e voos noturnos empregando OVN, realizando pousos em locais não preparados, e voos em formatura, como preparação para segunda fase do adestramento.
 
Militares das Forças Armadas participantes do adestramento
 
O adestramento conjunto tem como propósito a padronização de procedimentos e nivelamento de conhecimentos entre as doutrinas das Unidades Aéreas que operam as aeronaves modelo H225M, a fim de avançar mais um degrau em prol da interoperabilidade entre as três Forças Armadas.
 

CISMAR participa do 7º Maritime Information-Sharing Exercise

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares do CISMAR, no Centro de Controle do Tráfego Marítimo,
durante o MARISX
 
O Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR) participou do 7º Maritime Information-Sharing Exercise (MARISX), que aconteceu no período de 27 a 29 de julho, por videoconferência, diretamente de Singapura. O MARISX é um exercício composto pelo emprego do Information Fusion Centre (IFC) Real-Time Information-Sharing System (IRIS) e, este ano, também contou com diversas apresentações realizadas por especialistas nas áreas de pirataria, roubo armado, terrorismo marítimo, contrabando, pesca ilegal, migração humana irregular e os impactos gerados por estas ameaças, que foram discutidas pelos participantes em salas virtuais de debates.
 
Além do CISMAR, participaram centros de monitoramento da África do Sul, Austrália, Brunei, Camboja, Canadá, Chile, China, Estados Unidos, Filipinas, França, Grécia, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, Mianmar, Nova Zelândia, Paquistão, Peru, Reino Unido, República da Coreia, Tailândia e Vietnã, bem como membros da Trans-Regional Maritime Network (T-RMN).
 
O evento foi realizado pelo Centro Regional de Segurança Marítima, que é dirigido pela República da Marinha de Singapura, e possibilitou o compartilhamento das melhores práticas, incrementando o networking entre os participantes, além de estreitar os laços de cooperação entre as Marinhas amigas, facilitando a troca de informações.
 

Marinha resgata tripulante de Navio Mercante

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Momento em que o tripulante é resgatado pela aeronave
 
Na tarde de 26 de julho, o Navio Mercante “Goldeneye”, de bandeira do Chipre, que navegava a cerca de 480 milhas náuticas (aproximadamente 870 km) do litoral da Bahia, com destino a San Lorenzo, na Argentina, entrou em contato com o Salvamar Sueste, estrutura orgânica responsável por Operações de Busca e Salvamento (SAR) do Comando do 1º Distrito Naval, solicitando o resgate de um tripulante que apresentava forte cefaleia e episódios de perda de consciência. Um médico já havia prestado serviço de assistência por telemedicina para tentar estabilizar o quadro de saúde do tripulante, mas sem sucesso.

Após análise das possibilidades, foi decidido por realizar Evacuação Aeromédica (EVAM), empregando a Aeronave de Serviço da Esquadra (ASE), um SH-16 pertencente ao 1º Esquadrão de Helicópteros Antissubmarino. O navio foi, então, orientado a alterar o rumo e demandar as proximidades do Porto de Vitória (ES) e a ASE foi desdobrada no aeroporto local para, quando tivesse alcance, ser lançada e realizar o resgate.

Na tarde do dia 27 de julho, com o Navio estando a pouco mais de 155 milhas (aproximadamente 280 km) de Vitória, a ASE decolou para o ponto de encontro, contudo, em razão de condições climáticas adversas, não foi possível realizar a retirada do tripulante.

Em nova tentativa, na manhã do dia 28 de julho e com condições meteorológicas adequadas, o resgate foi realizado, sendo o enfermo transportado para o aeroporto de Vitória, onde uma equipe SAR da Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) o aguardava. Na sequência, o tripulante foi encaminhado a um hospital local para receber tratamento médico.
 

Marinha participa da 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
NPaOc “Apa” dá a largada da Regata “Mitsubishi Alcatrazes
por Boreste Marinha do Brasil”
 
Autoridades civis e militares participaram, em 24 de julho, da cerimônia de abertura da 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela (SIVI), no Espaço Cultural Waldemar Belisário, na Vila Histórica do município.
 
Em continuidade ao evento, no dia 25 de julho, houve o tradicional desfile de veleiros, com a presença dos Avisos de Instrução “Guarda-Marinha Jansen”, “Aspirante Nascimento” e “Guarda-Marinha Brito”. Pontualmente, às 12:10h, a bordo do Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa”, deu-se a largada para a tradicional Regata “Mitsubishi Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil”, com um tiro de canhão de salva. Todo o percurso de 55 milhas náuticas foi acompanhado pelo Navio-Patrulha (NPa) “Guajará”, do Comando do 8º Distrito Naval.
 
A Semana de Vela contou com o apoio da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião para a realização da segurança da navegação e o controle do ordenamento do tráfego aquaviário até o encerramento do evento, em 31 de julho. Durante o período foram empregadas embarcações orgânicas subordinadas ao Grupamento de Patrulha Naval Sul-Sudeste, pelo NPa “Guajará” e Aviso de Patrulha “Barracuda”. Em função das restrições impostas pela pandemia, a regata contou com a participação de 81 barcos de diversas regiões do Brasil.
 
NPa “Guajará” na abertura da 48ª SIVI
 

Capitania Fluvial de Tabatinga apoia Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em comunidades ribeirinhas

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares da CFT prestaram apoio transportando Agentes de Saúde e vacinas
 
De acordo com o Plano Nacional de Imunização do Governo Federal, a Capitania Fluvial de Tabatinga prestou, no período de 12 a 19 de julho, apoio logístico à Secretaria Municipal de Saúde de Tabatinga, na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, transportando por via fluvial seis profissionais da saúde, além de doses de vacinas para ribeirinhos, com e sem comorbidades, a partir de 18 anos, residentes no interior de Tabatinga (AM).
 
As comunidades de Bom Futuro, Terezina I, Terezina III, Terezina IV, Araçari, Vila Nova, Vila Eternidade, Praia de Fátima e Limeira foram atendidas. No total, 380 pessoas foram vacinadas.
 
As doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde, visando ampliar a cobertura vacinal no Amazonas. A ação faz parte da Operação “Covid-19”, deflagrada pelo Ministério da Defesa. Na oportunidade, foram também aplicadas vacinas contra a Influenza em grupos prioritários de 1ª Etapa (crianças de 6 meses e menos de 6 anos, gestantes, puérperas e trabalhadores de saúde).
 

Batalhão “Tonelero” promove Adestramento de Salto Livre Operacional

02/08/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Salto Livre Operacional
 
O Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais, Batalhão “Tonelero”, realizou, no período de 26 a 30 de julho, o Adestramento de Salto Livre Operacional (Adest SLOp 2021), em Resende (RJ).
 
O Adest SLOp 2021 teve como propósito qualificar os Comandos Anfíbios e demais elementos de Operações Especiais das Companhias de Operações Especiais e da Companhia de Apoio às Operações Especiais para a realização de Salto Livre Operacional (SLOp). O SLOp constitui-se em executar um salto livre com todos os armamentos e equipamentos necessários para o cumprimento de uma missão.
 
Salto Livre armado e equipado
 
Durante o adestramento, foram realizados 216 saltos empregando diversos equipamentos e técnicas de infiltração por paraquedas. A atividade contou com o apoio de Aeronave Grand Caravan da Empresa Sky Dive 4 Fun e das instalações do Aeródromo de Resende.
 

Criança realiza sonho ao conhecer navio da Marinha

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha


Fernanda (à esquerda) acompanhada de sua mãe e o Capitão dos
Portos de Porto Velho, durante visita ao navio

A pequena Fernanda, de apenas oito anos de idade, viveu uma emoção diferente no dia 27 de julho. Em tratamento contra o câncer, ela realizou o sonho de conhecer um navio da Marinha, com a ajuda dos militares da Capitania Fluvial de Porto Velho (RO).

Durante um retorno para sua casa em um carro do Hospital do Amor, do município de Candeias do Jamari (RO), onde realiza o tratamento, sua avó, que a acompanhava, abordou um veículo da Capitania e revelou o sonho da neta aos militares da Marinha. Três dias depois, acompanhada de seus familiares, Fernanda foi levada até o Navio de Assistência Hospitalar “Oswaldo Cruz”, que estava atracado na cidade. A bordo do navio, tomou café da manhã com a tripulação, conheceu uma aeronave da Marinha, a rotina do navio e viajou por cerca de uma hora pelo Rio Madeira acompanhando a rotina marinheira.

 


Fernanda a bordo de aeronave da Marinha
que estava no convoo do navio

Emocionada, Patricia Chaves Ricardo, mãe de Fernanda, falou da felicidade em ver o desejo da filha realizado. “Ela tem esse sonho de viajar no navio da Marinha desde sempre e ficou muito feliz. Foi uma emoção muito grande para nós. Sou grata a todos os militares, porque fomos muito bem recebidas. Ela estar lá, sentar na cadeira do Comandante e ser recebida pelos militares aumentou sua autoestima”, disse.

Diretor-Geral de Navegação inaugura as instalações da nova Estação DGNSS no Farol da Ilha Rasa

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Inauguração das instalações da estação DGNSS
 
O Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Wladmilson Borges de Aguiar, acompanhado do Diretor de Hidrografia e Navegação, Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, inaugurou, em 23 de julho, no Farol da Ilha Rasa, o compartimento que abriga a moderna estação de correção diferencial para o posicionamento obtido por satélite, o DGNSS (Differential Global Navigation Satellite System), em fase final de instalação.
 
Os Almirantes foram recepcionados pelo Capitão de Mar e Guerra Jansen Santos Poças, Diretor do Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego, organização militar responsável pelo farol, que com a implementação da nova tecnologia, possibilitará ao navegante determinar sua posição com maior exatidão e confiança, fornecendo um importante serviço de auxílio à navegação.
 
A Ilha Rasa está localizada na entrada da Baía da Guanabara. Seu farol possui alcance luminoso de 51 milhas náuticas (82 km) e começou a ser construído em 1819, por ordem do Rei D. João VI, sendo inaugurado em 31 de julho de 1829. Desde então, o Auxílio possibilita aos navegantes determinar a sua posição e rumo, contribuído para a segurança da navegação e para a salvaguarda da vida humana no mar, constituindo-se também em um valioso patrimônio histórico e cultural.
 
O Almirante de Esquadra Borges (ao centro), o Vice-Almirante Edgar (à esquerda)
e o Capitão de Mar e Guerra Jansen
 
Conheça mais sobre a história do farol em https://www.marinha.mil.br/camr/rasa

CFT e EsqdHU-91 atuam em conjunto nas ações iniciais em acidente ambiental no Amazonas

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Aeronave UH-12 durante sobrevoo na região do naufrágio
 
A Capitania Fluvial de Tabatinga (CFT) e o 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Noroeste (EsqdHU-91) atuaram em conjunto na coleta de informações e avaliação de danos ambientais ocasionados pelo naufrágio de uma balsa que operava como posto de abastecimento de combustível, no município de Atalaia do Norte (AM), no dia 17 de julho.

A aeronave UH-12 do EsqdHU-91, que na ocasião estava em Tabatinga (AM), apoiou a Capitania no transporte de um Inspetor Naval e um agente da Polícia Federal até a região do incidente. No local, foram avaliados os danos ambientais e coletadas informações que subsidiarão os inquéritos abertos pela Marinha e Polícia Federal.
 
Mostra de água foi recolhida pelo militar da CFT para avaliação

Após o recolhimento de mostra da água no local do ocorrido, a Capitania instaurou um Inquérito Administrativo para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsáveis. O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas também foi acionado para a adoção de medidas visando à proteção do meio ambiente.
 

Capitania dos Portos de Pernambuco conclui formação de aquaviários em Sirinhaém (PE)

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Os aquaviários receberam as CIR e os certificados de conclusão do
CFAQ-MAC/MAM em Sirinhaém, a 76 km da capital pernambucana
 
A Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) realizou, no dia 26 de julho, a cerimônia de encerramento do Curso de Formação de Aquaviários - Marinheiro Auxiliar de Máquinas e Marinheiro Auxiliar de Convés (CFAQ-MAC/MAM) na Colônia de Pesca do município de Sirinhaém (PE).
 
O CFAQ-MAC/MAM qualificou 15 profissionais da região. Durante o período de formação do curso, foram ministradas aulas de Navegação, Manobra de Embarcações, Motores, Manuseio de Cargas, entre outras disciplinas práticas e teóricas.
 
Na ocasião, foram entregues aos Aquaviários as Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR) e os certificados de conclusão do curso.
 

Capitania Fluvial do Tietê-Paraná realiza inspeção naval no interior do estado

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares da CFTP realizam ações de Fiscalização de Segurança do
Tráfego Aquaviário (AFTA)
 
A Capitania Fluvial do Tietê-Paraná (CFTP) realizou Ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário (AFTA) no Rio Tietê, nos municípios de Barra Bonita e Chavantes (SP), no período de 23 a 25 de julho. Foram abordadas 62 embarcações, sendo 7 notificadas e 6 apreendidas.
 
Foram abordadas 62 embarcações durante as inspeções navais
 
Durante as ações, as equipes aferiram a temperatura dos condutores e orientaram quanto à prevenção da Covid-19, alertando a comunidade náutica sobre a importância de ações como lavagem das mãos, uso do álcool gel, máscaras e desinfecção de superfícies.
 

2° Batalhão de Operações Ribeirinhas descontamina Espaço de Acolhimento e Conselho Tutelar de Belém (PA)

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Descontaminação no Conselho Tutelar VII DABEN
 
A Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval, composta por fuzileiros navais, realizou, nos dias 27 e 28 de julho, descontaminações preventivas no Espaço de Acolhimento Institucional do Tapanã, no Conselho Tutelar VII e no Conselho Tutelar I, localizados na região metropolitana de Belém (PA).
 
O Espaço de Acolhimento Institucional do Tapanã oferece atendimento para migrantes e refugiados, visando realocar e acolher indígenas e venezuelanos. Os Conselhos Tutelares zelam pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente.
 
A Marinha, em coordenação com o Ministério da Defesa, presta apoio aos órgãos públicos para mitigar ao máximo os impactos causados pela pandemia da Covid-19.
 

2° Batalhão de Operações Ribeirinhas desinfecta instituições públicas de Belém (PA)

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Descontaminação na Fundação João Paulo II, em Belém (PA)
 
A Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval, nucleada no 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas, realizou, nos dias 23 e 25 de julho, descontaminações preventivas na Fundação João Paulo II (FUNPAPA) e na Casa Abrigo para Moradores Adultos de Rua (CAMAR), unidades I e II, localizadas na região metropolitana de Belém (PA).
 
A FUNPAPA desenvolve ações de proteção social básica e especial de média e alta complexidade à população. Já a CAMAR é um espaço que garante condições de estadia, convívio e endereço de referência para acolher pessoas em situação de rua e desabrigo.
 

Representantes do CISMAR e CASNAV visitam Porto Açu

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Comandante do CISMAR, Diretor do CASNAV e comitiva com Gerentes
e Supervisor do Complexo Portuário do Açu
 
 
O Comandante do Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR), Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, e o Diretor do Centro de Análise e Sistemas Navais (CASNAV), Capitão de Mar e Guerra Carlos Rodrigo Cerveira, participaram, no dia 21 de julho, de uma visita técnica às instalações do Serviço de Tráfego de Embarcações (Vessel Traffic System - VTS), localizado no Complexo Portuário do Açu, em São João da Barra, no Norte Fluminense.
 
A visita faz parte do previsto nas Normas de Autoridade Marítima (NORMAM-26) para VTS, que promove o emprego do sistema como auxílio eletrônico à navegação, com capacidade de prover monitoramento ativo do tráfego aquaviário, ampliando a proteção das instalações, segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar, bem como prevenção da poluição do meio ambiente nas áreas com intensa movimentação de embarcações, reduzindo-se riscos de acidentes de grandes proporções.
 
Durante a visita, os representantes do CISMAR e do CASNAV, conheceram as instalações e as atividades comerciais desenvolvidas no complexo portuário, que tem o conceito de porto-indústria e realiza cerca de 9.000 manobras anuais. O encontro também abordou o tema Segurança Marítima e os representantes trocaram experiências sobre procedimentos relacionados ao emprego dos sensores que compõe o Serviço de Tráfego de Embarcações na atividade de monitoramento.
 
Na oportunidade, o Diretor do CASNAV apresentou o Sistema Console de Imagens Táticas de Realidade Aumentada e o Comandante do CISMAR comunicou que as informações disponibilizadas pelo VTS daquele porto já estão sendo recebidas como nova fonte de dados do Sistema de Informações Sobre o Tráfego Marítimo, como determina a NORMAM-26.
 

CIAW forma Oficiais da Reserva de 3a Classe da Marinha

30/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
Turma pioneira de Oficiais da Reserva de 3ª Classe da Marinha
 
O Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) realizou, em 27 de julho, a Cerimônia de Juramento à Bandeira dos Oficiais da Reserva de 3a Classe da Marinha (SMV-RM3 2021).
 
O evento marcou a formatura de 15 Capitães de Corveta (11 homens e 4 mulheres), sendo 7 mestres e 8 doutores, que prestarão o Serviço Militar Voluntário (SMV) como Oficiais Superiores Temporários no Rio de Janeiro, sendo as vagas distribuídas pelas áreas de Ciência e Tecnologia e Magistério.
 
O primeiro colocado do curso, Capitão de Corveta (RM3-T) Matheus Emerick de Magalhães, recebeu um prêmio que foi entregue pelo Comandante do Distrito Naval, Vice-Almirante Eduardo Machado Vazquez.
 
Comandante do Distrito Naval entrega
prêmio ao primeiro colocado do curso
 
A Reserva de 3ª Classe é formada por cidadãos de reconhecida competência técnico-profissional ou de notória cultura científica; o vínculo entre o militar temporário e a Marinha pode chegar até oito anos.
 

Marinha presta apoio à população ribeirinha

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Na ação, 85 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19
 
O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), por meio do Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano”, realizou Assistência Médico-Hospitalar (ASSHOP) e Ações de Assistência Cívico-Social (ACiSo) nas comunidades ribeirinhas do Tramo Sul do Rio Paraguai, no período de 14 a 16 de julho.
 
Foram realizados 30 atendimentos médicos e 11 atendimentos odontológicos de urgência, entregues mais de 4.000 medicamentos e distribuídos kits odontológicos. Em parceria com a Prefeitura de Corumbá, 85 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19, seguindo os protocolos de vacinação municipal e o Plano Nacional de Imunização do Governo Federal.
 
Orientações de saúde à população ribeirinha
 
A presença do navio da Marinha nessas localidades permite que os profissionais de saúde assistam aos casos de urgência, acompanhem pessoas com comorbidade e orientem a população local quantos aos protocolos vigentes de prevenção à Covid-19.
 

Militares orientam tripulantes e passageiros em terminal hidroviário, em Belém (PA)

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militar entrega panfleto sobre serviços da Capitania
 
Militares da Marinha estiveram, no dia 23 de julho, no Terminal Hidroviário Ruy Barata, em Belém (PA), para orientar tripulantes e passageiros sobre os serviços da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR), como solicitação de habilitação para conduzir embarcações, regularização de meios e certidões.
 
Na ocasião, foi reforçado que a CPAOR oferece agendamento eletrônico para os serviços prestados pelo Grupo de Atendimento ao Público, tornando possível escolher o dia e horário de forma planejada.
 

AgTramandai participa de campanha de doação de sangue

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares e veteranos da AgTramandai no Banco de Sangue
 
A Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí (AgTramandai) participou, nos dias 14 e 15 de julho, da campanha “Doe sangue. Doe vida”.
 
Seis militares da ativa e dois veteranos, voluntários, doaram sangue, contribuindo com o estoque de hemoderivados do Banco de Sangue do Hospital do município de Tramandaí, visando minimizar a escassez em tempos de pandemia.
 
A ação teve o objetivo de aumentar os estoques do Banco de Sangue do
Hospital do município de Tramandaí
 

Comando do 3º Distrito Naval realiza cerimônia em Memória aos Mortos da Marinha em Guerra

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Flores são lançadas no Rio Potengi, em Natal (RN)
 
O Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) realizou, no dia 21 de julho, cerimônia em homenagem à Memória aos Mortos da Marinha em Guerra, em Natal (RN), na sede do Com3ºDN.
 
Durante a solenidade, foram realizados a leitura da Ordem do Dia do Comandante da Marinha, o lançamento de flores no Rio Potengi e a execução das descargas de fuzilaria e do toque de silêncio.
 
A cerimônia foi encerrada ao som das canções da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG), de autoria do Capitão de Corveta Benjamim Goulart, Comandante do Navio Tender “Belmonte”, e dos Combatentes da Marinha na 2ª Guerra, de autoria do Capitão de Longo Curso Francisco Cesar Monteiro Gondar.
 
Durante a solenidade, foram executadas três descargas
de fuzilaria
 
O evento rememora o naufrágio da Corveta “Camaquã”, ocorrido em 21 de julho de 1944, durante missão de escolta na 2ª Guerra Mundial, data que ficou consagrada à memória daqueles que, nas Marinhas de Guerra e Mercante, perderam suas vidas no cumprimento do dever em tempos de guerra.
 

Capitania dos Portos de São Paulo presta homenagem aos Mortos da Marinha em Guerra

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares durante cerimônia em Memória aos Mortos da Marinha em Guerra
 
A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) prestou homenagens aos Mortos da Marinha em Guerra, reverenciando o destemor e a bravura de marinheiros que morreram na luta pela liberdade da Nação, no dia 21 de julho.
 
O evento teve início com o canto do Hino Nacional e a leitura da Ordem do Dia do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos. Na sequência, foi executada a Canção da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG).
 
Na Ordem do Dia alusiva à data o Comandante da Marinha ressaltou que “o Brasil que hoje temos e que almejamos no futuro é fruto da herança deixada por todos aqueles guerreiros do mar, heróis conhecidos e anônimos, que no passado sucumbiram em combate e deixaram às gerações futuras esse imenso patrimônio”. Assim, os exemplos ora lembrados homenageiam os heróis de ontem, que deixam um notável legado de superação e comprometimento.
 

ERMCN realiza exercício de combate a incêndio florestal

29/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Aeronave UH-12 do 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral
em ação no exercício de combate a incêndio ambiental

A Estação Radiogoniométrica da Marinha em Campos Novos (ERMCN) realizou, em 20 de julho, o exercício de Incidente Ambiental e Inspeção Aérea, com o apoio da aeronave UH-12 do 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral e participação de militares do 18° Grupamento de Bombeiro Militar do Estado do Rio de Janeiro (18ºGBM).

O exercício constou de três etapas: a primeira simulou o incêndio florestal, com a aeronave realizando passagens na área atingida com o dispositivo “Bambi Bucket” de alijamento de água concentrada diretamente no fogo. A segunda etapa contou com nova simulação para adestramento do Grupo de Combate a Incêndio Florestal (GCIF) da ERMCN, empregando caminhão de combate a incêndio. Na última etapa foi realizada inspeção aérea no perímetro, contribuindo para a segurança orgânica.

Após o exercício, ocorreu um debriefing com militares do 18ºGBM, em que foram demonstradas táticas e procedimentos utilizados pelo Corpo de Bombeiros, visando aprimorar o adestramento da tripulação no combate a incêndios florestais.
 

Escritório técnico do PFCT da EMGEPRON é inaugurado em Itajaí (SC)

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Cerimônia de Descerramento da Placa de Inauguração
do novo escritório da EMGEPRON
 
Próximo de completar um ano de implementação do seu escritório em Itajaí (SC), a Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) inaugurou, em 27 de julho, mais um espaço no município, agora voltado para a parte técnica do Programa Fragatas Classe “Tamandaré” (PFCT).
 
Instalado no interior do Estaleiro Brasil Sul, local que será utilizado como base para a construção das fragatas da Classe “Tamandaré” e onde também funciona um escritório da SPE Águas Azuis, o espaço também será capaz de prover apoio à Marinha do Brasil nos assuntos relacionados ao projeto, assim como servirá de elemento de ligação com a Prefeitura da cidade e a sua empresa de fomento, a Itajaí Participações.
 
O novo espaço facilitará o acompanhamento e a fiscalização da execução do PFCT e será utilizado para alocar o corpo técnico do Programa, além de servir para a realização de reuniões gerenciais, apresentações, debates e arquivo dos documentos e materiais utilizados nas atividades.
 
Autoridades da Marinha, da Prefeitura de Itajaí (SC), da EMGEPRON e do
Consórcio Águas Azuis visitam as instalações do Estaleiro Brasil Sul
 
O evento de inauguração contou com a presença do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, e de membros do Almirantado, além de representantes das empresas envolvidas no projeto e outras autoridades civis e militares, como o Prefeito de Itajaí, Volnei José Morastoni.

 

Comando Conjunto Norte emprega Navio-Patrulha da Marinha na Operação “Samaúma”

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Navio-Patrulha “Pampeiro” atua no interior do estado do Pará
 
O Navio-Patrulha “Pampeiro” está realizando, no mês de julho, patrulha e inspeção naval nas águas do estado do Pará em apoio à Operação “Samaúma”, que visa prevenir e reprimir crimes ambientais em unidades federais de conservação ambiental, em terras indígenas e em áreas de propriedade ou sob posse da União. As atividades são desenvolvidas por meio do Comando Conjunto Norte, composto pelos Comando do 4º Distrito Naval, Comando Militar do Norte e Comando Aéreo Norte.
 
A Operação “Samaúma”, de Garantia da Lei e da Ordem ambiental, ocorre nos municípios paraenses de Altamira, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, São Félix do Xingu e Trairão, e segue até o dia 31 de agosto. Todas as atividades estão sendo realizadas em conjunto com órgãos e agências de proteção ambiental e de segurança pública.
 
Marinha aborda embarcação que conduzia toras de madeira
 

AgCamocim promove “Agência Itinerante” na Praia do Preá (CE)

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militar realiza arqueação de embarcação de pesca
 
A Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim), em parceria com a Colônia de Pescadores Z-22, do município de Cruz (CE), realizou, nos dias 16, 17 e 22 de julho, o projeto “Agência Itinerante” na Praia do Preá, distante 100 km da sede da AgCamocim. A atividade tem o objetivo de levar à comunidade marítima da região os serviços e orientações relacionados à segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar, prevenção da poluição hídrica e certificação de amadores e aquaviários.
 
Durante o “Agência Itinerante”, foram realizadas nove arqueações para inscrição de canoas de pesca, 11 processos para renovação da documentação de embarcações, 27 renovações de Caderneta de Inscrição e Registro, uma vistoria em embarcação de transporte de passageiro para determinação da lotação e Peso Máximo de Carga, e aplicação de exame escrito para 11 candidatos às categorias de Arrais-Amador e Motonauta.
 
Na oportunidade, foram ministradas palestras inerentes ao Plano Nacional de Combate ao lixo no Mar e realizadas demonstrações práticas relacionadas ao uso de equipamentos e materiais de salvatagem.
 
Militares durante atendimento ao público na sede
da Colônia de Pescadores Z-22 Cruz
 
A Praia do Preá foi contemplada pelo projeto por ter um considerável fluxo de embarcações com propulsão à vela que praticam a pesca artesanal, bem como pela crescente demanda atinente à habilitação de Amadores e registro de embarcações de esporte e/ou recreio.
 

Capitania dos Portos de Alagoas qualifica aquaviários do município de Japaratinga (AL)

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Alunos do curso MAC/MAM assistiram a aulas teóricas
sobre Construção Naval e Manuseio de Cargas
 
A Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL) realizou, no dia 21 de julho, a Cerimônia de Encerramento da Turma 6/2021 do Curso de Formação de Aquaviários - Marinheiro Auxiliar de Convés e Marinheiro Auxiliar de Máquinas (CFAQ – MAC/MAM), em Japaratinga (AL), distante 125 km da CPAL.
 
Foram entregues as Cadernetas de Inscrição e Registro e os Certificados de Conclusão de Curso aos profissionais. O curso, composto por aulas teóricas e práticas, foi ministrado por militares da Divisão de Ensino Profissional Marítimo da CPAL e capacitou 19 novos aquaviários.
 
O curso qualificou 19 aquaviários possibilitando
novas oportunidades profissionais
 

Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul descontamina Escola Municipal

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

 

Desinfecção da área interna da Escola Waldemar da Costa

 

Militares da Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul (DelSFSul) realizaram, no dia 16 de julho, desinfecção na Escola Básica Municipal Waldemar da Costa, com o objetivo de preparar o ambiente para a aplicação de prova objetiva do processo seletivo de Marinheiro Auxiliar de Convés/Máquinas, que foi realizada no dia 17 de julho.

 

Durante a aplicação da prova, foram seguidos todos os protocolos vigentes de prevenção à Covid-19 e, ao término, foi realizada nova desinfecção. Os militares utilizaram um composto de hipoclorito de sódio, detergente e produtos químicos na pulverização.

Comando do 6º Distrito Naval promove descontaminação de escola

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Descontaminação foi realizada em todas as salas de aula
 
O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), por meio do Grupamento Operativo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (GptOpDefNBQR), coordenado pelo 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas (3ºBtlOpRib), realizou, no dia 14 de julho, descontaminação de escola pré-escolar e de ensino fundamental, em Corumbá (MS).
 
As ações foram realizadas com o propósito de contribuir para a prevenção contra a propagação do coronavírus e ampliar a proteção sanitária na escola.
 
Foram descontaminados o pátio externo e ambientes internos, como salas de aula, secretaria e banheiros. Ao final, a equipe e os materiais empregados passaram pela descontaminação técnica, a fim de garantir a segurança dos envolvidos.
 

Marinha apoia “1° Desafio de Superação em Águas Abertas”, no litoral piauiense

28/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Atleta durante travessia em evento no Piauí
 
A Capitania dos Portos do Piauí (CPPI) prestou apoio ao “1° Desafio de Superação em Águas Abertas”, organizado pela Associação Paradesportiva de Parnaíba e Planície Litorânea do Estado do Piauí (APPPLEP), no dia 25 de julho.
 
A largada ocorreu na praia de Atalaia, na cidade de Luís Correia (PI), e terminou na praia da Pedra do Sal, em Parnaíba (PI), totalizando um percurso de 20 km. Por meio de uma embarcação tipo “Flex Boat” e uma moto aquática, militares da CPPI acompanharam os nadadores ao longo de todo o percurso.
 
O idealizador do evento, Rynaldo Cícero, agradeceu pelo apoio da Marinha. “Temos limitações físicas, mas isso não nos impede de superar os desafios da vida e do esporte. A natação é uma motivação para vencermos. Só temos a agradecer a Marinha, que nos ajudou a realizar este evento”, disse.
 
Capitão dos Portos do Piauí, Comandante do Corpo de Bombeiros e
atletas antes do início da prova
 

NPa “Gurupá” resgata embarcação no litoral do Rio de Janeiro

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Navio-Patrulha “Gurupá” reboca o barco de pesca “Pombuçu”
 
O Navio-Patrulha (NPa) “Gurupá”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou, no período de 4 a 15 de julho, patrulha naval no litoral dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. No dia 12 de julho, o navio recebeu um pedido de socorro realizado pela embarcação de pesca “Pombuçu”, com seis tripulantes a bordo, que estava nas proximidades de Saquarema (RJ). Visando à salvaguarda da vida humana no mar, o NPa Gurupá demandou a posição reportada e, após verificar as boas condições de saúde dos tripulantes, rebocou a embarcação até a Enseada do Forno, em Arraial do Cabo (RJ), onde poderia receber apoio.
 
Durante o período de patrulha naval, foi executada ação de presença nas bacias petrolíferas do Espírito Santo, verificando as condições de segurança da navegação e prevenção à poluição hídrica para a continuidade da produção petrolífera das plataformas. As fiscalizações de embarcações permitiram coibir possíveis ilícitos nas proximidades dessas estruturas.
 

Serviço de Sinalização Náutica do Nordeste lança Boia de Amarração no Arquipélago de São Pedro e São Paulo

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
A boia de amarração contribuirá para o apoio logístico nas missões realizadas na
Estação Científica do Arquipélago São Pedro e São Paulo
 
O Navio Hidrográfico Balizador (NHiB) “Comandante Manhães”, subordinado ao Serviço de Sinalização Náutica do Nordeste (SSN-3), concluiu, em 14 de julho, a comissão de Lançamento da Boia de Amarração no Arquipélago de São Pedro e São Paulo.
 
A boia de amarração contribuirá para o apoio logístico nas missões realizadas pelos meios navais, pertencentes ao Comando do 3º Distrito Naval, para a Estação Científica do Arquipélago São Pedro e São Paulo, localizada a aproximadamente 1.000 km do estado do Rio Grande do Norte.
 
Durante a comissão, foram empregados militares do NHiB “Comandante Manhães”, do SSN-3, da Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal e mergulhadores do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste.
 
O Arquipélago de São Pedro e São Paulo garante ao Brasil 450 mil km² de área marítima em seu entorno, na qual o País tem o direito soberano para fins de exploração, aproveitamento, conservação e gestão de recursos naturais.
 

Capitania Fluvial do Rio Paraná intensifica Inspeção Naval na região Sudeste do Estado

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Equipe de Inspeção Naval em atuação no Rio Iguaçu,
no município de União da Vitória (PR)
 
A Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP) realizou ações de Inspeção Naval no município de União da Vitória (PR), a aproximadamente 550 km da sede da Capitania, no período de 13 a 16 de julho.
 
As Inspeções Navais têm como propósito zelar pela segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e prevenção da poluição hídrica proveniente de embarcações. Em proveito das ações também foram realizadas divulgações atinentes à mentalidade marítima junto aos órgãos públicos e comunidade náutica local, tendo em vista a importância do município de União da Vitória, que possui diversas atividades de navegação ao longo do Rio Iguaçu.
 

Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul realiza Inspeção Naval em balsa na região

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
Militar durante Inspeção Naval
 
A equipe de Inspeção Naval (IN) da Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul (DelSFSul) realizou, no dia 17 de julho, atividade de fiscalização do tráfego aquaviário na região.
 
Durante a Inspeção Naval foi abordada uma balsa de travessia de passageiros e veículos, que trafegava entre São Francisco do Sul e o Distrito de Vila da Glória (SC).
 
Foram verificados os procedimentos de segurança realizados pela tripulação, as documentações da embarcação, os itens de salvatagem, como coletes e outros, e prestada orientação aos passageiros em caso de emergência.
 
Verificação de documentação da balsa
 

CIAB participa de operação de prevenção contra incêndios florestais

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares do CIAB contribuíram na construção de aceiros negros
 
O Centro de Instrução e Adestramento de Brasília Almirante Domingos de Mattos Cortez (CIAB) apoiou, no período de 12 a 14 de julho, a operação de prevenção contra incêndios florestais realizada pelo Governo do Distrito Federal, por meio do Instituto Brasília Ambiental e da Secretaria do Meio Ambiente.
 
A ação consistiu na construção de aceiros negros na Área de Proteção Ambiental Gama e Cabeça de Veado. O aceiro negro é uma faixa de segurança ao redor de áreas de preservação, em que é retirado material combustível, como a vegetação seca, por meio de fogo controlado. A iniciativa impede que um foco de incêndio iniciado fora da unidade de conservação se alastre em seu interior.
 

CFMG recebe visita de estudantes de curso preparatório para escolas militares

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
A visita faz parte do projeto “Conheça a Marinha”, criado pela CFMG

A Capitania Fluvial de Minas Gerais (CFMG) recebeu, em 21 de julho, a visita de 40 estudantes de um curso preparatório para escolas militares de Belo Horizonte (MG).
 
Durante a visita, militares da CFMG ministraram palestra sobre as atividades desempenhadas e as formas de ingressos na Marinha e exibiram vídeos institucionais sobre a “Amazônia Azul”. Ao final, os estudantes fizeram perguntas e tiraram dúvidas, mostrando entusiasmo em compor as fileiras da Força.
 
O evento faz parte do projeto “Conheça a Marinha”, criado pela CFMG, visando divulgar, para estudantes de Minas Gerais, conhecimentos que contribuam para ampliar o interesse da juventude pelas questões do mar, bem como aumentar a captação de jovens no Estado.
 

Capitania dos Portos do Ceará realiza campanha de doação de sangue em Fortaleza (CE)

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares da CPCE participam da ação solidária
 
A Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) realizou, no dia 15 de julho, campanha de doação de sangue em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), no Bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza (CE).
 
Durante a doação, participaram 14 militares da Marinha, os quais contribuíram para reforçar o estoque de bolsas de sangue e plaquetas. Na ocasião, a assistente social do Hemoce, Eliane Maria de Lima, ressaltou a importância do gesto humanitário. “A doação de sangue salva vidas e colabora diretamente para a recuperação de muitas pessoas que se encontram em leitos de hospitais e anseiam voltar a viver de uma forma melhor”, disse.
 
Doação de sangue visa reforçar o estoque de bolsas do Hemoce
 

2° Batalhão de Operações Ribeirinhas desinfecta Espaço de Acolhimento e Conselho Tutelar, em Belém (PA)

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Militares descontaminam o prédio do Conselho Tutelar II Daico
 
A Equipe Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval realizou, nos dias 21 e 22 de julho, descontaminações preventivas no Espaço de Acolhimento Euclides Coelho Filho e no Conselho Tutelar II Daico, localizados na região metropolitana de Belém (PA). A atividade foi conduzida por fuzileiros navais do 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas.
 
O Espaço de Acolhimento recebe crianças e adolescentes em situação de risco social e visa reabilitá-los ao convívio em sociedade. O Conselho Tutelar é um órgão público que zela pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Ambos os locais tiveram salas de atendimento, recepção, dormitórios, refeitório e banheiros descontaminados.
 
A Marinha, em coordenação com o Ministério da Defesa, presta apoio aos órgãos públicos no combate à propagação do novo coronavírus no Pará.
 

Capitania Fluvial do Pantanal realiza “Capitania Itinerante” em Fátima do Sul (MS)

27/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Atendimento teve como propósito regularização de documentos
 
A Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN), organização militar subordinada ao Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), promoveu, no período de 12 a 15 de julho, o projeto “Capitania Itinerante”, no município de Fátima do Sul (MS).
 
O propósito da ação foi levar parte dos serviços prestados pela CFPN a localidades distantes, dentro de sua jurisdição, facilitando a regularização documental de aquaviários, navegadores amadores e suas embarcações.
 
A equipe da CFPN realizou 76 atendimentos, entre eles 26 inscrições de embarcação, 11 renovações de Carteira de Inscrição e Registro e 10 renovações de Carteiras de Habilitação de Amador.
 
Os atendimentos foram conduzidos em conformidade com os protocolos de prevenção ao coronavírus, como obrigatoriedade do uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e distanciamento social.
 

Marinha realiza cerimônia em Memória aos Mortos em Guerra, no Rio de Janeiro

26/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Cerimônia em homenagem aos mortos da Marinha em Guerra
 
O Comando do 1º Distrito Naval realizou, no dia 21 de julho, a Cerimônia em Memória aos Mortos da Marinha em Guerra, no Mausoléu do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro (RJ). A data faz alusão ao afundamento da Corveta “Camaquã” e homenageia todos os marinheiros que perderam suas vidas no mar durante os conflitos que o Brasil participou. A solenidade foi presidida pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos.
 
Durante a cerimônia, o Comandante da Marinha falou sobre o valor da data para a Força. “Os marinheiros de hoje prestam uma justa homenagem aos heróis do passado, que no cumprimento do dever sacrificaram as próprias vidas, defendendo o Brasil no mar. Muitos desses bravos marinheiros pereceram em rios e oceanos longínquos, sem direito a um túmulo, onde amigos e familiares pudessem chorar a saudade. Por isso, em suas memórias, todos os anos lançamos, dos nossos navios, flores ao mar. Jamais serão esquecidos!”
 
 
Comandante da Marinha presta continência em homenagem aos marinheiros
das Marinhas de Guerra e Mercante que pereceram ao defender a Pátria
 
Em alocução por vídeo, o Presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante, Capitão de Longo Curso Alvaro José de Almeida Junior, destacou que as homenagens históricas trazem identidade e sentido a uma Nação.
 
Uma oração solene foi realizada pelo Capelão-Chefe da Marinha, seguida da aposição floral em memória dos que pereceram e, concomitantemente, do lançamento de pétalas ao mar pelos tripulantes do Aviso de Patrulha “Marlim”, que se encontrava fundeado nas proximidades do Monumento.
 
Lançamento de flores em homenagem aos Mortos da Marinha em Guerra
 
Na ocasião, ocorreram o disparo de cargas de fuzilaria pelo destacamento de Honras Fúnebres do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro e as execuções da Marcha Fúnebre e do Toque de Silêncio. Também foram entoados os Toques de Alvorada e Vitória, seguidos da canção dos Combatentes da Segunda Guerra Mundial, simbolizando o reconhecimento eterno da Marinha por aqueles que se imortalizaram no mar a serviço da Pátria.
 
A solenidade contou com a presença de Chefes Navais, Ministro do Superior Tribunal Militar, membros do Almirantado, Almirantes, representantes do Exército, da Força Aérea, do Clube Naval, do Centro de Capitães da Marinha Mercante, da Sociedade da Marinha do Rio de Janeiro, da Comunidade Marítima, de Escoteiros do Mar e dos Bombeiros Militares do Estado.
 

Comando do 2º Distrito Naval homenageia Mortos da Marinha em Guerra

26/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Cerimônia foi realizada na sede do Com2ºDN
 
No dia 21 de julho, foi realizada a cerimônia em Memória aos Mortos da Marinha em Guerra, na sede do Comando do 2° Distrito Naval (Com2ºDN), em Salvador (BA). Na oportunidade, foi lida a Ordem do Dia do Comandante da Marinha, seguida de uma salva de tiros e da execução do toque de silêncio. Na sequência, uma coroa de flores foi depositada na Baía de Todos-os-Santos, enquanto eram executados os Toques da Alvorada e da Vitória. Por fim, os presentes cantaram a canção da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG), de autoria do Comandante do Navio Tender “Belmonte”, Capitão de Corveta Benjamim Goulart.
 
Presidida pelo Comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Humberto Caldas da Silveira Junior, a cerimônia marcou o aniversário do naufrágio da Corveta “Camaquã”, ocorrido em 21 de julho de 1944, durante missão de escolta na Segunda Guerra Mundial, data que ficou consagrada à memória daqueles que, nas Marinhas de Guerra e Mercante, perderam suas vidas no cumprimento do dever em tempos de guerra. Dentre os presentes, estava Raul Barreto Neto, escritor e historiador, neto do Capitão de Fragata Raul Barreto, sobrevivente da Corveta “Camaquã”.
 
Lançamento de flores ao mar homenageia os heróis
de guerra da Marinha

CEFAN recebe visita do Presidente da Caixa Econômica Federal

26/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Presidente da CEF acompanhou as atividades relacionadas ao
PROLIM, PARAPROLIM, Profesp e PJP
 
O Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) recebeu, em 23 de julho, a visita institucional do Presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Duarte Guimarães, recepcionado pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Jorge Armando Nery Soares. O objetivo foi o acompanhamento das atividades relacionadas aos Programas Olímpico e Paralímpico da Marinha (PROLIM e PARAPROLIM) e aos jovens do Programa Forças no Esporte (Profesp) e do Projeto João do Pulo (PJP) que treinam nas instalações da Organização Militar (OM).
 
A programação teve início com uma palestra proferida pelo Presidente da Comissão de Desportos da Marinha (CDM) e Comandante do CEFAN, Contra-Almirante (FN) Elson Luiz de Oliveira Góis. Na sequência, a comitiva percorreu as instalações da OM, entre elas o Ginásio “Amazônia Azul”, o Centro de Levantamento de Peso Olímpico (LPO), a Pista de Atletismo e o Parque Aquático. A visita incluiu, ainda, apresentações das Bandas Marcial e Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais e do Projeto Música e Cidadania, que beneficia jovens de áreas carentes do Centro do Rio de Janeiro.
 
Em todos os espaços, os membros da CEF interagiram com os jovens e atletas contemplados pelos programas e projetos sociais, como Tayana Medeiros, destaque do halterofilismo com vaga garantida na Paralimpíada de Tóquio. Com apenas três meses de treinamento, Tayana já participava de competições que a levaram ao Campeonato Brasileiro e à Copa do Mundo da modalidade, na Hungria, torneio classificatório para Tóquio. Hoje, ela diz, orgulhosa, é a mulher mais forte do Brasil em sua categoria. “As pessoas não me olham mais como a menina coitadinha, mas como uma mulher que se superou. O esporte mudou não só a minha vida e da minha família, mas vai mudar ainda a de muita gente ao meu redor. Queria agradecer todo o suporte da Marinha e do CEFAN, por não desistirem dos nossos sonhos”, afirmou.
 
O CEFAN é um dos principais núcleos do PJP, coordenado pelo Ministério da Defesa em parceria com outras Pastas, como da Cidadania, da Educação e a da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Na OM, o projeto prioriza crianças, jovens e adolescentes com deficiência física adquirida em decorrência de acidentes ou enfermidades, a fim de encontrar e desenvolver novos talentos esportivos. O CEFAN conta com as modalidades paralímpicas de natação, tiro esportivo, atletismo e halterofilismo e, atualmente, tem 63 atletas.
 


Presidente da CEF foi recepcionado pelo Comandante-Geral do CFN
 
Graças ao acordo de cooperação firmado com a própria CEF em março deste ano, a ideia é ampliar esse número para cem atletas, contratando, também, técnicos e monitores especializados, adquirindo materiais desportivos específicos e investindo em acessibilidade. O objetivo principal é preparar os atletas para representar o Brasil nos grandes eventos do esporte paralímpico de alto rendimento tanto no País quanto no exterior. “Queremos dar continuidade e ampliar ainda mais essa parceria, a fim de atingir um número maior de crianças e atletas. Esse projeto, além de representar o esporte brasileiro, ajuda a melhorar a qualidade de vida dessas pessoas ao reinseri-las na sociedade. Isso gera um orgulho muito grande”, explicou o Presidente da CEF durante visita ao Centro de Levantamento de Peso Olímpico, onde conheceu Tayana. “Com essa parceria encontramos muitas pessoas que viviam em vulnerabilidade total e que acabaram se descobrindo como atletas e cidadãs brasileiras”, completou a atleta paralímpica.
 

AgCamocim apoia “I Mutirão de Limpeza Subaquática da Lagoa do Paraíso”, no Ceará

26/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Mutirão coordenado pela Agcamocim recolheu 250 quilos de resíduos sólidos
 
A Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim) apoiou, no dia 17 de julho, o “I Mutirão de Limpeza Subaquática da Lagoa do Paraíso”, promovido pela Prefeitura Municipal de Jijoca de Jericoacoara (CE). O objetivo foi estimular a consciência ambiental e instigar mudanças de hábitos de consumo e descarte de resíduos na comunidade marítima e nos turistas que frequentam o local.
 
No decorrer das cinco horas de duração da atividade de mergulho, foram recolhidos 250 quilos de resíduos sólidos do fundo da lagoa. A AgCamocim empregou cinco militares, duas viaturas, uma moto aquática e um bote, os quais apoiaram mergulhadores, caiaquistas e desportistas náuticos na ação de limpeza.
 
De acordo com o Secretário Municipal de Aquicultura e Pesca, Danilo Menezes da Silva, o apoio e a presença da Força foram fundamentais para o sucesso do evento. “Agradecemos à Marinha pela presteza, dedicação e parceria nas ações de conscientização ambiental e de proteção da Amazônia Azul, desenvolvidas no município de Jijoca de Jericoacoara”, declarou.
 
Equipe da AgCamocim realiza palestra aos participantes do evento sobre as normas e procedimentos relativos à segurança da navegação e ao combate ao lixo no mar
 
O “I Mutirão de Limpeza Subaquática da Lagoa do Paraíso” foi realizado conforme o preconizado no Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, o qual se constitui em um dos eixos da estratégia de melhorias da vida urbana e está definido como uma das metas nacionais prioritárias do Governo Federal.
 

ComGptPatNavNE efetua tratamento hiperbárico de vítima de acidente de mergulho na Praia de Zumbi (RN)

26/07/2021
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha
 
Vítima de acidente de mergulho foi submetida a tratamento na
câmara hiperbárica da organização militar
 
O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE) realizou, no dia 16 de julho, o tratamento, em câmara hiperbárica, de uma vítima de acidente de mergulho ocorrido nas imediações da Praia de Zumbi, município de Rio do Fogo, no litoral do Rio Grande do Norte. O paciente sofreu o acidente após ter realizado sucessivos mergulhos com auxílio de compressor.
 
O paciente foi conduzido por ambulância do Hospital Naval de Natal (HNNa) à Câmara Hiperbárica do ComGptPatNavNE, apresentando dores articulares nos ombros, membros inferiores e alteração do equilíbrio.
 
Paciente é transportado para tratamento em câmara hiperbárica
 
Após ser submetido ao tratamento com seções de oxigenoterapia e à avaliação de um médico do HNNa, o paciente apresentou considerável melhora no quadro clínico e foi encaminhado para uma unidade de saúde da capital.
 
A câmara hiperbárica do ComGptPatNavNE é utilizada para tratamento de acidentes de mergulho que possam ocorrer com militares e civis na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval. Foi comissionada em 1988, tendo realizado mais de 150 tratamentos de doenças descompressivas.