Nomar Online

Marinha avança na construção do submarino convencional com propulsão nuclear

30/11/2021
Autoridade Naval de Segurança Nuclear e Qualidade
durante cerimônia de assinatura da licença
 
Em cerimônia realizada no dia 25 de novembro, no auditório da Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, a Autoridade Naval de Segurança Nuclear e Qualidade (ANSNQ), Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, assinou a Portaria de Concessão da Primeira Licença Parcial de Construção (LPC1) do Submarino Convencional com Propulsão Nuclear Brasileiro (SCPN). O evento teve a participação de autoridades e representantes de instituições do setor nuclear, como a Agência Internacional de Energia Atômica, a Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares e a Comissão Nacional de Energia Nuclear.
 
A Coordenadoria-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear (COGESN), como requerente, submeteu à ANSNQ, por intermédio da Agência Naval de Segurança Nuclear e Qualidade (AgNSNQ), um conjunto de documentos relativos ao SN-BR, em atendimento aos requisitos de segurança necessários para o licenciamento nuclear naval. A AgNSNQ, que presta o apoio técnico à tomada de decisões da Autoridade, por meio de seu Comitê Técnico Assessor, avaliou a solicitação da COGESN e manifestou-se favoravelmente à Concessão da LPC1 pela ANSNQ. A emissão dessa 1ª licença atende a um dos pré-requisitos para a requerente contratar o estaleiro construtor e iniciar a construção do casco de pressão do submarino.
 
 
 
Representantes da área nuclear e demais autoridades
 
A LPC1 decorre de uma estratégia que visa proceder ao licenciamento em etapas bem definidas, a fim de permitir um nível adequado de detalhamento nas futuras análises. A estratégia reflete o compromisso da Marinha de atingir o mais alto nível de segurança necessário a um projeto dessa magnitude, inédito, complexo e desafiador.
 
É com base nesse propósito que a ANSNQ foi concebida, nos termos da Lei 14.222, de 15 de outubro de 2021, que atribui no Art. 7º privativamente ao Comando da Marinha poderes para regular, licenciar, fiscalizar e controlar os meios navais com plantas nucleares embarcadas. O SCPN se enquadra precipuamente nesse contexto.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha e Soamar Piauí doam 160 coletes a pescadores e ribeirinhos

30/11/2021
Presidente da Soamar-PI fala da parceria com a Marinha
 
A Capitania dos Portos do Piauí (CPPI) e a Sociedade Amigos da Marinha do Piauí (Soamar-PI) doaram, no dia 26 de novembro, 160 coletes salva-vidas aos ribeirinhos da área do Delta do Parnaíba e pescadores do litoral piauiense.
 
A iniciativa da CPPI e da Soamar-PI visa contribuir para a salvaguarda da vida humana nas águas, possibilitando que pessoas carentes, que utilizam embarcações pequenas como o principal meio de transporte, possam receber gratuitamente o material de salvatagem.
 
O Presidente da Soamar-PI, João Paulino Soares Neto, expressou a sua satisfação em ajudar os brasileiros dessa região. “A Marinha verificou, por meio das inspeções navais, que existiam pessoas carentes que não tinham condições de adquirirem coletes salva-vidas. A partir daí, desenvolvemos uma campanha de coleta e doação de coletes. Hoje, ao entregar esse material, sentimos uma satisfação muito grande”, disse.
 
Coletes salva-vidas doados a comunidades ribeirinhas e pescadores
 
A pescadora Maria Glenda Almeida Chaves agradeceu o apoio da Marinha e da Soamar-PI. “Muitos de nós não têm condições de comprar coletes salva-vidas e, quando conseguimos, rapidamente estragam e ficam sem condições de uso. Por isso, esse colete vem em uma boa hora. Obrigado a todos por esta ajuda”.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Com6ºDN realiza dois resgates em uma semana

30/11/2021
Resgate de uma menina de 11 anos em uma escola municipal
 
A Marinha, por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), após solicitação de apoio do Corpo de Bombeiros, realizou o transporte, na tarde do dia 24, de uma menina de 11 anos, na Escola Municipal Rural Sebastião Rolon, região do Paiaguás, a cerca de 70 quilômetros de Corumbá (MS). A criança, segundo informações de familiares, passava mal há três dias.
 
na tarde do dia 26, a Marinha realizou o transporte de um senhor de 49 anos, com fortes dores abdominais, da Fazenda São Jorge, próximo à divisa com o Estado de Mato Grosso, a cerca de 170 km de Corumbá.
 
Homem resgatado em uma fazenda com fortes dores abdominais
 
Ambos os resgates foram feitos com o auxílio de uma aeronave do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Oeste (EsqdHU-61), organização militar subordinada ao Com6ºDN; e o deslocamento, com acompanhamento de um médico do Hospital Naval de Ladário. Na chegada ao heliponto do EsqdHU-61, uma ambulância do Corpo de Bombeiros seguiu com os pacientes para a Santa Casa de Corumbá.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha participa de simpósio promovido pelo Ministério Público do Maranhão

30/11/2021
Palestrantes reunidos durante debates
 
A Marinha participou, nos dias 25 e 26 de novembro, do Simpósio de Justiça Militar e Segurança Pública no Estado Democrático de Direito, promovido pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) nas instalações da Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão, em São Luís (MA). O Capitão dos Portos do Maranhão ministrou palestra com o tema “A importância da Marinha para a defesa das riquezas da Amazônia Azul”.
 
O simpósio teve como objetivos levantar questões sobre o funcionamento e a manutenção do sistema de Justiça Militar no atual ambiente democrático brasileiro, e as suas implicações nas Forças Armadas e nas instituições de Segurança Pública estaduais.
 
Capitão dos Portos do Maranhão durante palestra
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Navio-Escola “Brasil” atraca pela primeira vez nos Açores

30/11/2021
Comandante da Zona Marítima dos Açores e Adido de Defesa e
Naval em Portugal visitaram o navio
 
O Navio-Escola (NE) “Brasil” atracou, em 26 de novembro, pela primeira vez em sua história na região autônoma dos Açores, no porto de Ponta Delgada. O navio foi recebido pelo Adido de Defesa e Naval em Portugal, Capitão de Mar e Guerra Eduardo Rabha Tozzini.
 
Logo após a atracação, o Comandante do NE Brasil”, Capitão de Mar e Guerra Marcelo do Nascimento Marcelino, recebeu a bordo o Comandante da Zona Marítima dos Açores (CZMA), Comodoro Machado da Silva, o Capitão do Porto de Ponta Delgada, Capitão de Mar e Guerra Abrantes Horta, e a Chefe do Estado-Maior do CZMA, Capitão de Fragata Mónica Martins.
 
A visita, que estava prevista no cronograma de eventos da XXXV Viagem de Instrução de Guardas-Marinha, contribuiu para estreitar ainda mais os laços com a Marinha Portuguesa, reafirmando a relevância que a Marinha do Brasil tem internacionalmente.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha promove 33ª Corrida do Corpo de Fuzileiros Navais e 15ª Corrida do Corpo de Intendentes

30/11/2021
Quase mil corredores, individuais e pelotões, participaram da corrida
 
Esporte, espírito de corpo e união marcaram a manhã do dia 28 de novembro, com a 33ª Corrida do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) e a 15ª do Corpo de Intendentes da Marinha. O evento ocorreu no Aterro do Flamengo e contou com a participação de quase mil inscritos, entre corredores individuais e pelotões militares e civis, que completaram percursos de 5 km e 10 km.
 
O Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Jorge Armando Nery Soares, revelou sua satisfação com o retorno do evento, cuja edição de 2020 teve que ser cancelada por conta da pandemia da Covid-19. “Essa é uma corrida tradicional, que se caracteriza pelos participantes individuais, mas que tem como grande diferencial os pelotões, que dão um brilho especial ao evento”, ressaltou.
 
Além da corrida ao ar livre, o público também pôde visitar o mostruário montado pelo CFN, composto por Viatura Blindada sobre Rodas 8x8 Piranha, Lançador Múltiplo de Foguetes Astros e uma peça de Obuseiro Light Gun.
 
Na ocasião, foram premiados os competidores mais bem colocados nas seguintes categorias: geral masculino; geral feminino; militar masculino; militar feminino; pelotões civis masculinos; pelotões civis femininos; e pelotões civis mistos.
 
 
O Comandante-Geral do CFN (ao centro) comemorou o retorno da corrida
 
A 33ª Corrida do CFN e 15ª Corrida do Corpo de Intendentes da Marinha foi promovida pelo Corpo de Fuzileiros Navais e pelo Corpo de Intendentes da Marinha e organizada pelo Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, organização militar orientadora técnica na área de Educação Física, do Treinamento Físico Militar e do desporto na Marinha.
 
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha apreende madeira ilegal durante Operação “Ágata”, no Pará

29/11/2021
Fiscalização
 
Toras de madeira apreendidas pela Marinha
 
Durante participação na Operação “Ágata”, realizada de 16 a 25 de novembro, a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental apreendeu diversos comboios, formados por empurrador e balsa, com 2.493 m³ de madeira ilegal, no Estado do Pará. A ação, que ocorreu em conjunto com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS), inspecionou 27 embarcações, das quais 20 foram aprendidas.
 
Marinha intensifica presença nos rios da Amazônia reprimindo
e combatendo crimes ambientes
 
As principais irregularidades identificadas são excesso de carga; falta de número mínimo de tripulantes habilitados a bordo; e tripulantes sem habilitação, apresentando risco à segurança da navegação. As cargas de madeira foram apresentadas para os agentes de fiscalização da SEMAS.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Centro de Hidrografia da Marinha inaugura servidor de cálculos de alto desempenho

29/11/2021
Segurança no Mar
 
Inauguração do supercomputador Apollo K6000
 
No dia 24, foi inaugurado, no Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), em Niterói (RJ), o novo servidor de cálculos de alto desempenho, Apollo K6000, fabricado pela Hewlett Packard Enterprise (HPE) e custeado por uma parceria firmada entre a Marinha – por intermédio do Comando de Operações Navais e o CHM – e as empresas Shell Brasil Petróleo Ltda e Prooceano.
 
O servidor tem a finalidade de fornecer informações meteoceanográficas que alimentarão o Sistema de Planejamento e Apoio à decisão em Operações de Busca e Salvamento no mar, além de otimizar o tempo de processamento, aumentar as resoluções espaciais e desenvolver os modelos numéricos da Divisão de Previsão Numérica do CHM.
 
Diretor de Hidrografia e Navegação recebe o Presidente da Shell Brasil
e representantes da Prooceano
 
O supercomputador possui recursos capazes de rodar as versões atuais dos modelos atmosféricos e oceanográficos utilizando menos da metade do tempo, e gerar mais de 60 mil produtos fornecidos às comissões do Poder Naval, ao longo do ano, além de outros milhares de campos diários com prognósticos, em apoio ao Serviço Meteorológico Marinho e aos usuários em geral.
 
O K6000 contribuirá para o aumento da segurança da navegação, bem como no cumprimento das responsabilidades do Brasil relacionadas à salvaguarda da vida humana no mar perante a comunidade marítima.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Grupo Escoteiro do Mar “Ilhas Guará” visita a EAMSC

29/11/2021
 
Escoteiros na aula de segurança da navegação
 
A Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) recebeu, no dia 20 de novembro, a visita do Grupo Escoteiro do Mar “Ilhas Guará” (GEMar Ilhas Guará). Os jovens integrantes do grupo participaram de diversas atividades a bordo da EAMSC, como cerimonial à Bandeira, aula de marinharia, aula de natação no Centro de Treinamento Aquático e aula de segurança da navegação. Além das atividades, os escoteiros participaram de uma palestra sobre como ingressar na Marinha e visitaram as instalações da EAMSC.
 
Escoteiros conhecem as instalações da EAMSC
 
A proposta do Escotismo é o desenvolvimento do jovem por meio da prática do trabalho em equipe e da vida ao ar livre, fazendo com que cada escoteiro assuma seu crescimento, tornando-se um exemplo de fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha resgata tripulante enfermo de embarcação pesqueira espanhola

29/11/2021
 
Resgate do tripulante do barco pesqueiro “FV Playa de Cuebas”

O Salvamar Sueste, estrutura orgânica responsável por Operações de Busca e Salvamento (SAR) na área do Comando do 1º Distrito Naval, recebeu, no dia 21 de novembro, o contato do MRCC Madrid (Centro de Coordenação de Resgate Marítimo de Madrid) solicitando a evacuação médica de um tripulante da embarcação pesqueira “FV Playa de Cuebas”, de bandeira espanhola, que sentia fortes dores abdominais.
 
A Fragata “Independência”, Navio de Serviço da Esquadra, foi acionada e demandou ao encontro da embarcação que estava, inicialmente, mil milhas náuticas (cerca de 1.850 quilômetros) a leste do Rio de Janeiro (RJ). Após dois dias de navegação, a Fragata “Independência” se aproximou do pesqueiro, a uma distância favorável para o lançamento da Aeronave de Serviço da Esquadra (ANSE), um Wild Lynx AH-11B, pertencente ao 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque, que realizou o resgate do tripulante.
 
Chegada a bordo da Fragata "Independência"
para atendimento médico
 
Na manhã do dia 25 de novembro, com o navio a mais de 30 milhas náuticas da costa do Rio de Janeiro (aproximadamente 55 quilômetros), a ANSE decolou transportando o enfermo para a Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (RJ), onde uma ambulância estava de prontidão para encaminhar o tripulante para um hospital. A rapidez das ações e profissionalismo das equipes envolvidas em terra e no mar foram vitais para a salvaguarda de mais uma vida.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Esquadrão HU-41 presta apoio aéreo para a Operação “Trincheira Parakanã I e II”

29/11/2021
 
Aeronave do Esquadrão HU-41 em terras indígenas no Pará
 
O 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (EsqdHU-41) prestou apoio aéreo para a Operação “Trincheira Parakanã I e II”, de 22 e 26 de novembro, a fim de reprimir a prática de crimes nas Terras Indígenas Trincheira Bacajá e Apyterewa, localizadas nos municípios paraenses de São Félix do Xingu Altamira, Anapu e Senador José Porfírio. Na ocasião, diversos garimpos clandestinos foram desativados, por meio da apreensão de materiais e destruição de maquinários utilizados na prática ilegal.
 
Aeronave da Marinha em apoio as equipes de terras
 
A ação interagências foi planejada pela Polícia Federal e contou com a participação de militares das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança Pública, além de membros do Ibama, da Funai e do Ministério Público Federal. A Operação “Trincheira Parakanã I e II” visa à proteção de povos indígenas mais vulneráveis, tendo como foco o combate ao desmatamento e a retirada de invasores das referidas terras indígenas, bem como a desativação de garimpos, além da repressão de outros crimes ambientais oriundos da extração ilícita de minérios.
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha promove evento “Um Dia de Fuzileiro Naval e Marinheiro”

29/11/2021
 
Criança durante atividade na pista de cordas
 
O Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, com o apoio da Diretoria de Assistência Social da Marinha, promoveu, no dia 26 de novembro, o evento "Um Dia de Fuzileiro Naval e Marinheiro", por meio de uma manhã diferenciada de lazer, integração e inclusão para pessoas com deficiência.
 
A programação permitiu, de forma lúdica e supervisionada, que crianças e adolescentes com diferentes tipos de deficiência conhecessem o cotidiano dos militares da Marinha, em especial do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). Foram realizadas atividades de camuflagem; pista de cordas; visão noturna; exposição de mostruários de paraquedismo, mergulho, equipagem básica utilizada pelos Fuzileiros Navais e viaturas anfíbias; oficina de atividades físicas coordenada pelos professores do Programa Forças no Esporte (PROFESP-CIAMPA) com o apoio dos adolescentes beneficiários do referido Programa; entre outras.
 
Criança conhece viatura anfíbia
 
O evento contou com a participação de aproximadamente 300 convidados, entre pessoas com deficiência e seus familiares, bem como filhos de militares do CIAMPA. Estiveram também presentes o Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Roberto Rossatto, o Deputado Federal Márcio Labre e a Deputada Estadual Alana Passos.
 
O Comandante do CIAMPA, Capitão de Mar e Guerra (FN) Henrique Amaral de Britto, ressaltou a importância do evento, que enfatiza a solidariedade, a inclusão e reafirma o compromisso social do CFN, reforçando o papel da Marinha como agente transformador da sociedade brasileira.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia promove cerimônia de formatura dos Marinheiros-Recrutas

26/11/2021
 
Marinheiros-Recrutas fazem juramento à bandeira na BAeNSPA
 
A Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) realizou a cerimônia de juramento à Bandeira de 97 Marinheiros-Recrutas (MN-RC), formados pelo Núcleo de Formação de Reservistas Navais, no dia 17 de novembro no Campo de Esportes da BAeNSPA. A solenidade foi presidida pelo Comandante da Força Aeronaval, José Vicente de Alvarenga Filho.
 
O Comandante da BAeNSPA, Capitão de Mar e Guerra José Fabio Carneiro da Silva, destacou a importância da cerimônia. “O dia de hoje é certamente marcante e vitorioso para todos nós. A partir dele a Marinha abriga-os com orgulho em seu seio. Hora de misturar lágrimas e sorrisos. Porém, sempre meditem acerca do juramento que há pouco realizaram perante a Bandeira Nacional, pois ele está a dizer-lhes exatamente o teor do compromisso de cada um para com a Pátria.”
 
Comandante da Força Aeronaval parabeniza
militares que se destacaram
 
Durante o evento, os três primeiros colocados no curso de formação, respectivamente, MN-RC Maurício Cavalcanti da Costa, MN-RC André Felipe Gagliari Santos e MN-RC Tiago Bongard Mozer, foram agraciados com prêmios em reconhecimento pelas classificações obtidas.
 

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comando da Força Aeronaval conduz conferência entre Marinhas amigas

26/11/2021
 
Capitão de Corveta Allan durante a abertura da HOSTAC
 
O Comando da Força Aeronaval conduziu, nos dias 16 e 17 de novembro, a XXIV Conferência Naval Interamericana Especializada HOSTAC (Helicopter Operations from Ships other Than Aircraft Carriers, em português, Operações de Helicópteros de Navios que não sejam porta-aviões), cujo tema foi: “Recentes experiências, de caráter ostensivo, na condução de operações de aeronaves tripuladas e não tripuladas, simultaneamente, nas operações embarcadas”.
 
O evento, em seu formato virtual, contou com a participação de 13 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos da América, México, Paraguai, Peru, Reino Unido e Uruguai.
 
Militares das Marinhas amigas durante videoconferência
 
A conferência possibilitou trocas de experiências e padronização de procedimentos, na busca da elevação do nível de segurança nas operações aéreas embarcadas, em especial nas operações de crossdeck contribuindo, consequentemente, para o fomento da interoperabilidade entre as Marinhas e fortalecendo os laços de amizade.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Navio-Patrulha Oceânico “Araguari” recebe visita de crianças do Projeto Social Desportivo “CARNinho”

26/11/2021
 
Atletas do “CARNinho” reunidos no convés de voo do NPaOc “Araguari”
 
O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Araguari”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, recebeu, em 20 de novembro, a visita de crianças do Centro de Formação CARNinho Loterias Caixa de Atletismo.
 
Na ocasião, 24 atletas infantis, com seus instrutores, tiveram a oportunidade de ter o primeiro contato com um navio de guerra, e de aprender um pouco sobre as tradições e costumes da Marinha. As crianças visitaram as diversas instalações e compartimentos do navio, como o passadiço, a praça de máquinas, o convés de voo, os refeitórios e os camarotes.
 
O “CARNinho”, criado pelo Clube de Atletismo do Rio Grande do Norte (CARN), é um projeto social desportivo filiado à Confederação Brasileira de Atletismo, voltado para a prática desse esporte com crianças.
 
Ao final da visita, os atletas mirins compreenderam a importância das diversas atividades realizadas pelos navios da Marinha, em particular as de patrulha e de inspeção naval, na parcela da Amazônia Azul sob a responsabilidade do Comando do 3º Distrito Naval.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

CIASC ministra Curso Especial de Negociação em Conflitos com Tomada de Reféns

26/11/2021
 
Alunos recebem certificado de conclusão
 
O Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC) ministrou, no período de 25 de outubro a 25 de novembro, o Curso Especial de Negociação em Conflitos com Tomada de Reféns (C-Esp-NeConRef). O objetivo do curso foi preparar Oficiais da Marinha do Brasil (MB) e das demais Forças Armadas e Auxiliares para compor as Equipes de Negociação Distritais, bem como constituir Grupos de Assessoramento em Gabinetes de Crises que envolvam invasões de instalações da Marinha e tomada de reféns.

O curso teve a duração de cinco semanas, contando com as disciplinas de Técnicas e Regras Básicas de Negociação; Aspectos Psicológicos dos Eventos Críticos; Elementos de Apoio ao Gerenciamento do Evento Crítico e Aplicação Prático-Teórica.
 
Durante o curso, os alunos foram submetidos a exercícios de quadros de negociação e colocaram em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula. No exercício final foi simulada a criação de uma Força-Tarefa para solucionar uma situação de crise em que havia uma tomada de reféns. Os alunos vivenciaram a rotina e os desafios de um gabinete de crise.

O curso contou com 15 alunos de diversos Distritos Navais, da Força Aérea Brasileira, da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e da Marinha do Uruguai.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha participa da XIII Assembleia Geral da Associação Latino-Americana de Centros de Treinamento para Operações de Paz

26/11/2021
 
Assembleia Geral da ALCOPAZ
 
O Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav), do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC) da Marinha, participou, no período de 23 e 25 de novembro, da XIII Assembleia Geral da Associação Latino-Americana de Centros de Treinamento para Operações de Paz (ALCOPAZ).
 
A Assembleia deste ano marcou a ascensão do COpPazNav a membro observador da ALCOPAZ, após mais de um ano participando ativamente como membro convidado. Na ocasião, foi reconhecida a contribuição do COpPazNav no que concerne ao processo de ensino-aprendizagem no âmbito das operações de paz e humanitárias, com destaque para os dois cursos recentemente certificados pelo Serviço de Treinamento das Nações Unidas, o Curso Internacional de Operações de Paz de Caráter Naval (United Nations Maritime Task Force Course) e o Curso Internacional de Operações de Paz Ribeirinhas (United Nations Military Riverine Units Course).
 
No evento, foram apresentadas linhas de ação por meio de Grupos de Trabalho, que tiveram a finalidade de apontar soluções para fortalecer a participação da América Latina nas Operações de Paz. Durante os trabalhos, o COpPazNav teve papel destacado, no qual seu encarregado foi convidado para atuar como coordenador de um dos grupos.
 
 

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Superintendência de Manutenção de Submarinos S-BR é ativada em Itaguaí

26/11/2021
 
Edifícios 2340 e 2380 do CMS-SUB
 
Em cumprimento da decisão da Alta Administração Naval, foi ativada em 8 de novembro a Superintendência de Manutenção de Submarinos S-BR (CMS-SUB), em Itaguaí (RJ). Na ocasião, o Diretor do Centro de Manutenção de Sistemas da Marinha (CMS), Capitão de Mar e Guerra (EN) Marcelo Alves Felzky, empossou o Capitão de Fragata (EN) Rafael Barros Dutra na função de Superintendente, na presença dos Oficiais e Praças deste novo setor do CMS.
 
A CMS-SUB tem como principal propósito contribuir para o aprestamento dos submarinos Classe “Riachuelo(S-BR), por meio da realização de atividades técnicas industriais, tecnológicas e administrativas referentes à manutenção do Sistema de Combate e do Sistema de Gerenciamento da Plataforma, incluindo os Sistemas Digitais Operativos, bem como a operação e manutenção das oficinas e plataformas de referência.
 
A Superintendência também será responsável por gerir e preservar os conhecimentos críticos oriundos da transferência de tecnologia, por meio de ações alinhadas ao Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB).

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Presidente da ABL acompanha ação de assistência hospitalar a bordo de navio da MB e realiza doação de livros para ribeirinhos

25/11/2021
 
Vice-Almirante Ralph Dias e Presidente da ABL (à esquerda) durante entrega de exemplares na comunidade Bom Jesus do Puduarí
 
O Presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Marco Lucchesi, participou, no dia 15 de novembro, de uma ação de assistência hospitalar a bordo do Navio de Assistência Hospitalar “Doutor Montenegro”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas e realizou a entrega de livros doados pela Academia para ribeirinhos da comunidade Bom Jesus do Puduarí, município de Novo Airão (AM).
 
A doação faz parte de um Protocolo de Intenções firmado entre a Marinha e a ABL, em 2020. Outros exemplares serão doados por ocasião das próximas comissões realizadas pelos navios de assistência hospitalar na Amazônia. “Há duas fomes no País e uma delas é de leitura. Temos um protocolo firmado com a Marinha que é de levar os livros para comunidades ribeirinhas e esse já vem acontecendo durante a pandemia”, declarou o Presidente da ABL.
 
Criança ribeirinha com livro doado pelo Presidente da ABL
 
No dia 16, em Manaus (AM), Marco Lucchesi conheceu o Comando do 9º Distrito Naval, assistiu a uma palestra sobre Ensino Profissional Marítimo, no Centro Técnico de Formação de Fluviários da Amazônia Ocidental, e conheceu a Escola Estadual Ernesto de Mello Baptista, onde há um acervo da Academia disponível para os alunos.
 
Assistência Hospitalar
Durante a comissão, acompanhada pelo Presidente da ABL, 118 pessoas foram atendidas. Foram feitos 1.264 procedimentos, sendo 751 odontológicos, distribuídos cerca de 450 kits de higiene bucal, além da entrega de medicamentos e preservativos pela equipe de médicos, enfermeiros e farmacêuticos que compõem a tripulação do navio.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

CAMAS e COLCO Brasil participam da XIV Conferência Naval Interamericana especializada em Controle Naval do Tráfego Marítimo

25/11/2021
 
Militares da Marinha do Brasil e assessores do CAMAS durante a XIV CNIE-CNTM
 
No período de 2 a 5 de novembro foi realizada, virtualmente, a XIV Conferência Naval Interamericana Especializada em Controle Naval do Tráfego Marítimo (CNIE-CNTM), da qual participaram delegações de 10 Marinhas das Américas, o Conselho de Delegados da Junta Interamericana de Defesa, a Área Marítima do Atlântico Sul (AMAS) e a Rede Naval Interamericana de Telecomunicações. A Área Marítima do Atlântico Sul foi representada pelo Coordenador da Área Marítima do Atlântico Sul (CAMAS), Contra-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires, e o Brasil pelo Comandante Local do Controle Operativo (COLCO), Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa.
 
A conferência teve o propósito de aperfeiçoar os aspectos doutrinários de Controle Naval do Tráfego Marítimo (CNTM), aprimorar os sistemas de intercâmbio de informações sobre o Tráfego Marítimo entre os países participantes e verificar os ajustes necessários a serem feitos no Plano para a Coordenação da Defesa do Tráfego Marítimo Interamericano (Plano CODEFTRAMI).
 
Durante o evento, o Comandante do Centro Integrado de Segurança Marítima, Capitão de Mar e Guerra João Batista, realizou uma apresentação com o tema Pesca Ilegal, na qual abordou a Pesca Ilegal não declarada e não regulamentada (INN), provocando o debate no âmbito da conferência, e destacou a forma como a Marinha e as agências nacionais têm trabalhado no combate a essa ameaça.
 
Participaram também do encontro Oficiais do CISMAR, Assessores do CAMAS da Argentina e do Paraguai, além do Oficial de Operações do CAMAS.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comitiva do Ministério Público do Trabalho visita o CISMAR

25/11/2021
 
Comandante do CISMAR explica aos membros do Ministério Público do Trabalho como funcionam os sistemas e as atividades desempenhadas pelo Centro
 
O Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR) recebeu, no dia 16 de novembro, a visita de uma comitiva do Ministério Público do Trabalho. O evento tem como objetivo a aproximação entre as instituições, sendo uma possibilidade de fortalecer parcerias, que atualmente estão em andamento, além de identificar objetivos sinérgicos no incremento de atuações integradas visando ao bem-estar e à segurança da mão de obra que tira do mar o seu sustento.
 
O Comandante do CISMAR, Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, proferiu uma palestra sobre as atividades desenvolvidas pelo Centro em prol da Segurança Marítima, apresentando os sistemas de monitoramento e também a atuação integrada junto às agências governamentais nacionais e internacionais no combate às “novas ameaças” ao tráfego marítimo, além de ser um incremento na cooperação e sinergia entre as instituições.
 
A comitiva faz parte da Coordenadoria Nacional de Trabalho Portuário e Aquaviário (CONATPA), do Ministério Público do Trabalho, composta pelo Subprocurador-Geral do Trabalho Jeferson Luiz Pereira Coelho, Corregedor-Geral do MPT, da Procuradora do Trabalho Flávia Oliveira Veiga Bauler, Coordenadora Nacional de Trabalho Portuário e Aquaviário e do Procurador do Trabalho Gustavo Chagas, Vice-Coordenador Nacional da CONATPA. Participaram do encontro o Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alipio Jorge Rodrigues da Silva, e o Subchefe de Operações do Comando de Operações Navais, Contra-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

CTecCFN recebe Reitor da Universidade Federal de Goiás

25/11/2021
 
Visita às instalações do CTecCFN
 
O Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais (CTecCFN) recebeu, em 22 de novembro, a visita do Reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira Brasil, e comitiva, ocasião na qual estiveram presentes o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Renato Rangel Ferreira, e o representante do Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro, Capitão de Mar e Guerra Fernando de Oliveira Marin, além do Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação (PRPI) da UFG, Jesiel Freitas Carvalho, da Pró-Reitora Adjunta de Pesquisa e Inovação (PRPI) e Diretora de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, Helena Carasek Cascudo, do Diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UFG, Júlio César Valandro Soares, e do Coordenador do Mestrado em Administração Pública e membro da equipe de pesquisadores do projeto da UFG, Solon Bevilacqua.
 
Por ocasião da visita, foi realizada uma apresentação pelo Comandante do CTecCFN sobre as atividades desenvolvidas pela organização militar, principalmente aquelas voltadas para a Ciência, Tecnologia e Inovação. Em seguida, a comitiva visitou as instalações e um mostruário com produtos desenvolvidos pelo CTecCFN.
 
Foto oficial da visita
 
A relação institucional, no campo da pesquisa e desenvolvimento, entre o Corpo de Fuzileiros Navais, por intermédio do CTecCFN, e a UFG surgiu com o estabelecimento de um Acordo de Cooperação Técnica firmado em 7 de outubro deste ano, visando o desenvolvimento de um Produto de Defesa com aplicação para as ações terrestres de caráter naval, intitulado de robô expedicionário.
 
A visita institucional foi uma oportunidade de apresentar o Centro Tecnológico à comitiva da UFG, e prospectar outras formas de parcerias estratégicas com a renomada Instituição de Ensino Superior, na busca do desenvolvimento de soluções tecnológicas de interesse da Força Naval.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Centro de Hidrografia da Marinha lança boias ondógrafos de deriva na Região Antártica

24/11/2021
 
Lançamento de boia Spotter na região do Drake
 
O Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), em parceria com a empresa norte-americana SOFAR e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, iniciou, no final de outubro, o lançamento de 40 boias ondógrafos de deriva tipo Spotter, na Passagem de Drake (parte do oceano situada entre a extremidade sul da América do Sul e a Antártica).
 
A atividade, com previsão de conclusão para janeiro de 2022, está sendo desempenhada pelo Navio Polar “Almirante Maximiano” e pelo Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel”, como parte da “40ª OPERANTAR”, em uma região conhecida por apresentar condições meteorológicas extremas.
 
Fabricadas pela SOFAR, as boias utilizadas coletam informações como temperatura da água, velocidade e direção do vento, além de altura e direção das ondas, o que tem se mostrado um avanço em termos de estudos oceanográficos, pois representa o primeiro sistema de coleta de dados no mar de forma econômica, confiável e global.
 
Os dados adquiridos integram um dos primeiros monitoramentos de ondas realizados no Drake, o que permitirá a ampliação do conhecimento sobre a dinâmica da região. Por fornecer informações valiosas para a calibração de modelos de previsão meteorológica e oceanográfica do Serviço Meteorológico Marinho, permitem aperfeiçoar sensivelmente seus resultados, além de fomentar a pesquisa no Brasil.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte conclui formação de aquaviários em Rio do Fogo (RN)

24/11/2021
 
A cerimônia de encerramento do curso contou com a presença
das autoridades do município
 
A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN) realizou, no dia 16 de novembro, o encerramento do Curso de Formação de Aquaviários – Marinheiro Auxiliar de Convés e Marinheiro Auxiliar de quinas (CFAQ-MAC/MAM), no município de Rio do Fogo (RN).
 
Durante o curso, foram transmitidos conhecimentos relacionados à navegação, manobra de embarcações, comunicações, construção naval, estabilidade e manuseio de cargas, motores, máquinas auxiliares, eletrotécnica, segurança no trabalho e responsabilidades sociais.
 
Na cerimônia, estiveram presentes o Prefeito Márcio de Cici e os Secretários de Pesca e Turismo do município, que ressaltaram a importância da qualificação desses profissionais para as atividades econômicas da região.
 
Certificados de conclusão de curso e as Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR)
são entregues aos novos aquaviários
 
Na ocasião, foram entregues os certificados de conclusão de curso e as Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR) aos 33 novos aquaviários que, a partir de agora, estão habilitados a desempenhar, profissionalmente, funções a bordo de embarcações empregadas na navegação interior, na navegação de apoio portuário e de esporte e recreio.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha coordena Adestramento Conjunto de Planejamento de Operações Especiais

24/11/2021


 
Fase de apresentação das Forças de Operações Especiais
 
Sob coordenação do Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp), desde 22 de novembro está ocorrendo, nas instalações do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Átilla Monteiro Aché (CIAMA) e do Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC), o Adestramento Conjunto Específico de Planejamento de Operações Especais.
 
O Adestramento conta com a participação de Oficiais representantes das Forças de Operações Especiais da Marinha do Brasil (CoNavOpEsp, Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais–BtlOpEspFuzNav e Grupamento de Mergulhadores de Combate), do Exército Brasileiro (Comando de Operações Especiais - COpEsp, 1º Batalhão de Forças Especiais - BFE, 1º Batalhão de Ações de Comandos – BAC e 3ª Companhia de Forças Especiais) e da Força Aérea Brasileira (Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento - EAS/PARA-SAR).
 
Ao longo desta semana, os Oficiais representantes participarão de uma fase de apresentação das Forças de Operações Especiais e de uma fase do desenvolvimento da primeira etapa do Planejamento Tático de uma Força Conjunta de Operações Especiais, no contexto de um problema militar simulado. Eles poderão nivelar seus conhecimentos por meio dos trabalhos de Estado-Maior utilizando o Processo de Planejamento Conjunto e realizar debates sobre organização, aspectos táticos, logísticos e de Comando e Controle desta Força Conjunta Componente quando ativada.
 
Promovida e supervisionada pelo Ministério da Defesa, a atividade, que segue até o dia 26 de novembro, faz parte de uma série de adestramentos voltados para o nivelamento e a padronização de procedimentos, assim como divulgação e assimilação de boas práticas e lições aprendidas entre as Forças Armadas, viabilizando e aprimorando o emprego conjunto e a interoperabilidade.
 
Militares durante fase de planejamento
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Centro de Hidrografia e Navegação do Noroeste recebe a visita de alunos da Universidade do Estado do Amazonas

24/11/2021
 
Alunos durante a apresentação das atividades do CHN-9
 
O Centro de Hidrografia e Navegação do Noroeste (CHN-9) recebeu, em 12 de novembro, a visita de 21 alunos do Curso de Engenharia Naval da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), matriculados na disciplina de Hidrovias, a fim de complementar as atividades ministradas pela universidade.
 
A visita teve como propósito apresentar as atividades práticas realizadas na região amazônica, relacionadas à importância de um adequado projeto de sinalização náutica presente nas cartas náuticas, visando a segurança da navegação. Na ocasião, foi realizada também uma palestra sobre a missão e as atividades desempenhadas pelo CHN-9 na Amazônia Ocidental, no campo da Hidrografia e dos Auxílios à Navegação (AN), além das capacidades operacionais da organização militar e dos meios subordinados.
 
O evento representou uma oportunidade de divulgação das atividades realizadas pela Marinha, na área de jurisdição do Comando do 9º Distrito Naval, no campo da hidrografia e dos AN, além de estreitar laços entre as instituições.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha recebe primeira aeronave Super Cougar versão AH-15B

24/11/2021
 
Aeronave AH-15B recebeu indicativo visual N-4101
 
A Marinha recebeu da empresa Helibrás, em 19 de novembro, a primeira aeronave Super Cougar na versão AH-15B. Ela recebeu o indicativo visual N-4101 e é a décima segunda aeronave H-225M a ser incorporada ao acervo da Aviação Naval, no escopo do Projeto “H-XBR”.
 
A versão em pauta foi especialmente desenvolvida para a Marinha, sendo a mais complexa da frota das aeronaves H-225M. Ela dispõe de sistemas embarcados no “estado da arte”, incluindo a capacidade de lançar mísseis Exocet AM39 B2M2, sistema “CHAFF & FLARE”, radar tático APS-143 e equipamento FLIR Star Safire III, todos integrados ao sistema de gerenciamento de dados táticos de missão (N-TDMS).
 
A entrega deste novo meio pelo Setor do Material ao Setor Operativo representa importante incremento na capacidade de defesa e vigilância da Amazônia Azul.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha capacita novos pescadores em José de Freitas (PI)

24/11/2021
 
Orador da turma recebe carteira de habilitação e certificado de
conclusão de curso de pescador profissional
 
A Capitania dos Portos do Piauí (CPPI) realizou, no dia 18 de novembro, a cerimônia de entrega de carteiras de habilitação e de certificados de conclusão de curso para 15 novos aquaviários, formados na modalidade pescador profissional. O evento ocorreu na Câmara dos Vereadores de José de Freitas (PI).
 
Agradeço, em nome dos novos pescadores, à Marinha pelo conhecimento repassado a cada um de nós. Muitos têm a experiência adquirida pelos seus antepassados; mas das várias informações que nos foram passadas, a segurança da navegação, salvaguarda da vida e combate à poluição hídrica foram as que mais fixaram na nossa responsabilidade como novos pescadores. Somos eternamente gratos pelo curso”, disse o orador da turma, Francisco José da Silva.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Operação “Ágata”: mais de 300 embarcações são inspecionadas no Amapá

24/11/2021
 
Meios Navais empregados na Operação “Ágata”
 
A Capitania dos Portos do Amapá (CPAP) e a Agência da Capitania dos Portos do Amapá no Oiapoque participaram, no período de 8 a 17 de novembro, da Operação “Ágata 2021”, reforçando as ações de fiscalização do tráfego aquaviário, a fim de assegurar a salvaguarda da vida humana no mar, rios e lagos, a segurança da navegação e a prevenção da poluição hídrica oriunda de embarcações. Na oportunidade, foram realizadas 367 abordagens, sendo sete meios notificados e nove apreendidos.
 
Durante as atividades de inspeção naval, a CPAP apreendeu uma balsa, que transportava 1.450 toneladas de brita, sem documento de origem de extração do material, que ficou retido pelo Ibama até a comprovação. Também foram apreendidos 740 quilos de pescado, que estavam sendo transportados de forma irregular em uma embarcação, e doados ao programa Mesa Brasil do Serviço Social do Comércio.
 
Ainda nas abordagens, militares da Marinha distribuíram panfletos educativos sobre segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e prevenção ao escalpelamento para comandantes, tripulantes e passageiros, alertando para os cuidados necessários.
 
Material apreendido durante a Operação
 
Tivemos saldo positivo com mais uma etapa de Operação ‘Ágata’ no Amapá, pois não houve registros de acidentes no período. As ações de fiscalização do tráfego aquaviário e de prevenção ao escalpelamento continuarão sendo realizadas, visando educar, dissuadir e notificar eventuais infratores das Normas da Autoridade Marítima Brasileira as quais possam pôr em risco a população ribeirinha e os profissionais aquaviários”, ressaltou o Capitão dos Portos do Amapá.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

EGN realiza cerimônia de Conclusão do Curso de Extensão em Estudos Marítimos

24/11/2021
 
O Contra-Almirante Sílvio Luís realizou a entrega dos certificados
 
A Escola de Guerra Naval (EGN) promoveu, a cerimônia de conclusão da Turma-2021 do Curso de Extensão em Estudos Marítimos (C-EEM) no dia 19 de novembro. Conduzido pela Superintendência de Ensino, o curso visa ampliar conhecimentos de profissionais civis dos setores público e privado, que tenham formação superior, com o estudo de temas relevantes para o Poder Marítimo.
 
O C-EEM foi implementado em 2020 e caracteriza-se por ser híbrido, utilizando a metodologia de Ensino a Distância e atividades presenciais (essas conjuntamente com o Curso de Política e Estratégias Marítimas).
 
O curso visa ampliar conhecimentos de profissionais
civis dos setores público e privado
 
Este ano, participaram nove alunos: um profissional liberal (advogado), sete servidores públicos (dois do Ibama, dois do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, um servidor da Secretaria de Aquicultura e Pesca e uma professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro) e um Oficial da Marinha.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Militares do NI-EsqdQE-1 concluem curso nos Estados Unidos

22/11/2021
 
Militares do NI-EsqdQE-1 ao fim do curso
 
Dezesseis militares do Núcleo de Implantação do Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (NI-EsqdQE-1), Oficiais e Praças, concluíram no mês de novembro os cursos de Piloto Embarcado e de Técnico de Manutenção do Sistema de Aeronaves (SARP-E) ScanEagle, realizados no estado de Washington (EUA), nas instalações da empresa Insitu - Boeing.
 
Com cerca de três meses de duração, a qualificação dos Aviadores Navais abordou aspectos da operação do ScanEagle, como recolhimento e lançamento, procedimentos de emergência e emprego em missões de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento. O curso contemplou a qualificação para a operação embarcada, a utilização do sistema de processamento de imagens da aeronave (Insitu Video Exploitation System - IVES), bem como os procedimentos para a coordenação de missões em que o ScanEagle é empregado.
 
Aeronave ScanEagle manuseada pelo técnico de manutenção
 
O curso para Técnicos de Manutenção teve a duração de cerca de um mês. Os militares se qualificaram na manutenção do sistema de aeronaves e dos diversos subsistemas que o compõem, como a plataforma de lançamento e recolhimento. Além disso, receberam o adestramento necessário ao exercício das funções de equipe de solo, que atua de modo coordenado com os pilotos para a adequada operação da aeronave.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Unidade Médica Expedicionária da Marinha apoia Curso de Saúde na EsAO

22/11/2021
 


Mostruário de alguns equipamentos utilizados pela UMEM
 
A Unidade Médica Expedicionária da Marinha (UMEM) esteve, em 17 de novembro, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) do Exército para apoiar o Curso de Saúde na instrução de Medicina Operativa.
 
Os oficiais médicos visualizaram o emprego da UMEM no teatro de Operações Navais, assim como toda a logística envolvida, por meio de adestramentos teóricos e práticos com o mostruário de alguns equipamentos utilizados.
 
Instrução sobre a evolução da saúde no ambiente tático
 
Foram ministradas instruções sobre a evolução da saúde no ambiente tático, a cadeia de evacuação utilizada no Corpo de Fuzileiros Navais e Tactical Combat Casualty Care (TC³). Com isso, foi possível verificar a interoperabilidade entre as Forças e trocar experiências doutrinárias.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Museu da Imigração da Ilha das Flores inicia reabertura para visitas ao Espaço Cultural

22/11/2021
 
Integrantes do Grupo de Escoteiros de “Cachoeiras de Macacu”
 
O Museu da Imigração da Ilha das Flores (MIIF), localizado no Complexo Naval da Ilha das Flores, no município de São Gonçalo (RJ), realizou em 4 de novembro a sua reabertura, após um longo período fechado para visitação pública, em virtude das restrições impostas pelo enfrentamento à Covid-19.
 
Na ocasião, a equipe de monitores do Museu conduziu a visita de estudantes do Colégio Nossa Senhora das Dores, que desfrutaram de algumas das atividades desenvolvidas, dentre elas um tour cultural no circuito interno e a céu aberto sobre a imigração e também realizaram um ato sustentável de plantio de mudas de árvores. Já nos dias 16 e 17 de novembro, o MIIF recebeu integrantes do Grupo de Escoteiros de “Cachoeiras de Macacu” e do Grupo “Yrani de Ação Social”.
 
Integrantes do Grupo “Yrani de Ação Social”
 
O MIIF integra o patrimônio histórico-cultural do município de São Gonçalo e de cidades vizinhas como Itaboraí e Niterói (RJ), registrando a chegada de milhares de imigrantes que ajudaram a construir a identidade do País e a memória da mais antiga hospedaria oficial do Brasil, o que torna o museu uma alternativa de enriquecimento cultural e de entretenimento gratuito.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Dia da Bandeira é comemorado na Antártica

19/11/2021
 
Cerimônia alusiva ao Dia da Bandeira na EACF
 
No dia 19 de novembro, foi realizada na Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) a cerimônia do Dia da Bandeira, um dos mais importantes símbolos da Pátria Brasileira. Na ocasião foi executado o Hino Nacional, canto do hino da Bandeira e incineração do pavilhão que foi utilizada durante o ano.
 
A comemoração contou com a presença dos Grupo-Base Polaris (2020/2021) e Antarcticus (2021/2022), militares da Marinha responsáveis pela substituição dos Grupos e comunidade científica representada por pesquisadores que estão realizando atividades de campo, marcando a retomada das pesquisas científicas no Continente Antártico e nas novas instalações da EACF.
 
A Estação Antártica Comandante Ferraz está subordinada à Subsecretaria do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), da Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM). A Marinha do Brasil é a responsável pela logística do PROANTAR e vem, desde 1982, apoiando as pesquisas na Estação Antártica Comandante Ferraz, nos navios e nos acampamentos, fornecendo treinamento, vestimentas especiais, alimentação, segurança, equipamentos de comunicações e transporte (embarcações e aeronaves).

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

CIRM realiza a 207ª Sessão Ordinária do Colegiado para os Recursos do Mar

18/11/2021
 
A sessão contou com a participação, por videoconferência, de representantes dos Ministérios membros integrantes da Comissão
 
A Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM) realizou, ontem (17), a última reunião de 2021, na qual contou com a presença do Comandante da Marinha e Coordenador da CIRM, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, além de representantes dos Ministérios membros integrantes da Comissão.
 
Dentre os diversos assuntos abordados, o Almirante Garnier manifestou especial interesse pelos estudos, atualmente em curso em Grupo de Trabalho, que tratam do conceito de Economia Azul, e pelas análises, realizadas junto ao IBGE, sobre o estabelecimento de uma metodologia que possibilite a mensuração do PIB do Mar.
 
No decorrer da sua intervenção, o Secretário da CIRM, Contra-Almirante Rocha Martins, ressaltou alguns pontos importantes trabalhados pela Comissão ao longo do ano, como o andamento das ações dos Planos e Programas da CIRM, em particular a retomada das reuniões do Comitê Executivo AQUIPESCA, para promover o desenvolvimento sustentável das atividades do setor pesqueiro; os avanços do Planejamento Espacial Marinho; e a contribuição do Ministério da Educação na formação de quase seis mil mestres e doutores em Ciências do Mar, além da construção de quatro embarcações que operam como Laboratórios Flutuantes.
 
Na área do Comitê Executivo “Desenvolvimento Sustentável – ODS 14 e a Década do Oceano”, coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, foram destaque as ações globais empreendidas para difusão e tratamento do tema junto à sociedade, governos e comunidade científica.
 
Finalizando a reunião, os Ministérios das Relações Exteriores e da Educação agradeceram a contribuição da Marinha para o desenvolvimento das pesquisas científicas no Continente Gelado, no momento em que ocorre a 40ª Operação “Antártica” (OPERANTAR XL). Também foi destacado o Dia Nacional da Amazônia Azul, celebrado em 16 de novembro.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Posto de Vacinação no Espaço Cultural da Marinha encerra as atividades

18/11/2021
 
Comandante de Operações Navais exalta a
participação da Força de Trabalho

Em 13 de novembro, foi realizada a cerimônia de encerramento das atividades do Posto de Vacinação contra a Covid-19, localizado no Espaço Cultural da Marinha (ECM), Centro do Rio de Janeiro (RJ).

Entre 23 de abril e 13 de novembro, nos 172 dias de efetivo atendimento aos cariocas, e obedecendo o calendário municipal de vacinação, o Posto de Vacinação aplicou 28.902 doses, contribuindo para que a cobertura vacinal na cidade superasse os 75% da população totalmente imunizada.

A estrutura de saúde do Posto foi desenvolvida em cooperação com a Secretaria Municipal de Saúde para atender o Plano Nacional de Imunização e foi tripulado com 168 militares entre responsáveis técnicos, profissionais de enfermagem, e pessoal para atendimento, organização e inclusão do registro das doses no Sistema de Informações do Programa de Imunização.
 
O Posto de Vacinação no ECM contou com uma estrutura operacional que envolveu o apoio logístico, de segurança e administrativo do Comando do 1º Distrito Naval, sob coordenação do Comando Conjunto Leste, no contexto da Operação “Covid-19”.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha do Brasil inicia o 6º Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais em São Tomé e Príncipe

18/11/2021
 
Palavras do Encarregado do Grupo de Assessoramento Técnico de Fuzileiros Navais junto à Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe
 
O Grupo de Assessoramento Técnico de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil iniciou, ontem (17), o 6º Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais em São Tomé e Príncipe. A cerimônia de abertura foi presidida pelo Vice-Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas santomenses, Coronel Olinto Paquete, no Centro de Instrução Militar do País.
Ao final da cerimônia, os 25 soldados santomenses, voluntários e selecionados dentre recrutas do Serviço Militar Obrigatório, assistiram à aula inaugural proferida pelo Comandante da Unidade de Fuzileiros Navais (UFN) santomense, Segundo-Tenente (FN) Wilker Ney da Vera Cruz Viegas.
O curso terá duração de três meses e será supervisionado pelos Fuzileiros Navais brasileiros. Desde 2014, a cooperação militar entre Brasil e São Tomé e Príncipe tem apresentado resultados significativos no desenvolvimento profissional da Guarda Costeira e da UFN, com destaque na capacitação e formação de militares santomenses.
 
Aula inaugural realizada pelo Comandante da Unidade de Fuzileiros Navais santomense
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

NPaOc “Amazonas” participa de demonstração operativa com navios das Marinhas integrantes da “Grand African NEMO 2021”

17/11/2021
 
Comandante do 1º Distrito Naval recepciona o Contra-Almirante
Benjamin G. Reynolds no NPaOc “Amazonas”

O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Amazonas”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, participou, em 9 de novembro, da Demonstração Operativa com navios das Marinhas integrantes da “Grand African Navy Exercise for Maritime Operations (NEMO) 2021”, no Golfo da Guiné.

O exercício é conduzido pela Marinha Nacional Francesa e conta com a participação das Marinhas do Brasil, Estados Unidos da América, Portugal, Itália, Reino Unido e de outros 16 países daquele espaço marítimo. A região do Golfo da Guiné se reveste de especial interesse para o Brasil, pois faz parte do entorno estratégico nacional e tem registrado diversas ocorrências de pirataria, dentro de uma conjuntura de insegurança marítima.

Durante o exercício, os navios realizaram uma parada naval e uma demonstração de ações de combate à pirataria, com o emprego dos navios e das aeronaves e lanchas orgânicas. No NPaOc “Amazonas”, embarcaram 26 oficiais das diversas Marinhas participantes, que acompanharam os exercícios realizados.

Na ocasião, o Comandante do 1° Distrito Naval, Vice-Almirante Eduardo Machado Vazquez, e o Diretor do Quartel-General Marítimo das Forças Navais dos Estados Unidos na Europa-África, Contra-Almirante Benjamin G. Reynolds, estiveram a bordo e visitaram as instalações do navio, além de conhecerem as possibilidades de emprego e suas capacidades operativas, particularmente referente às ações de incremento da segurança marítima no Golfo da Guiné.

Nos últimos anos, o patrulhamento nos espaços marítimos da costa ocidental africana tem se tornado mais atuante, colaborando com o adestramento daquelas Marinhas nas ações de repressão aos ilícitos cometidos, na região estratégica de operação.

O exercício conjunto "Grand African NEMO 2021" tem o propósito de treinar as Marinhas dos países africanos da costa ocidental e central, para o enfrentamento à insegurança marítima da região do Golfo da Guiné, por meio de exercícios de simulação de combate à pesca ilegal, à poluição no mar, à pirataria, ao terrorismo e em proveito de aperfeiçoamento para operações de Busca e Salvamento (SAR).
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Navio Polar “Almirante Maximiano” desatraca para a 40ª Operação "Antártica"

16/11/2021
 
NPo Almirante Maximiano” desatraca do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro
 
No dia 14 de novembro, o Navio Polar (NPo) “Almirante Maximiano” desatracou do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) para a 40ª Operação "Antártica" (OPERANTAR XL).
 
Ao longo dos últimos seis meses, o navio passou por um Período de Manutenção Geral, em que efetuou importantes manutenções nos seus sistemas e equipamentos, com apoio do AMRJ e das demais Organizações Militares Prestadoras de Serviços (OMPS) do Rio de Janeiro, além da participação da empresa WEG, no reparo de um de seus Geradores de Eixo.
 
O “Tio Max”, como é conhecido o NPo “Almirante Maximiano”, prestará apoio logístico à Estação Antártica Comandante Ferraz e, em conjunto com o Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel”, que já se encontra na Antártica dando suporte ao Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), será empregado na realização de pesquisas científicas, no lançamento e recolhimento de acampamentos científicos e nos levantamentos hidrográficos em proveito do Plano de Trabalho de Hidrografia 2020-2023, da Diretoria de Hidrografia e Navegação.
 
Criado em 1982, o PROANTAR incluiu o Brasil no grupo de 29 países que definem o futuro da Antártica e do Oceano Austral. O objetivo do Programa é ampliar o conhecimento científico no continente gelado, com o objetivo de compreender seus fenômenos e a influência deles sobre o território brasileiro.
 
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comando do 2º Distrito Naval promove o I Webinar de Contramedidas de Minagem

16/11/2021
 
Mediadores do WCMM fizeram interlocução
bilíngue durante as palestras
 
Nos dias 9 e 10 de novembro, ocorreu o I Webinar de Contramedidas de Minagem (I WCMM), com transmissão pela internet, no auditório do Comando do 2º Distrito Naval. O evento é voltado ao intercâmbio de informações técnicas e doutrinárias, ao fortalecimento dos laços entre marinhas amigas, à divulgação de projetos e novos sistemas disponíveis no mercado e ao estabelecimento de possíveis parcerias.
 
A iniciativa contou com participação de Oficiais da Marinha do Brasil, de marinhas amigas, institutos de pesquisas, centros tecnológicos e empresas especializadas. Devido às restrições impostas pelo enfrentamento da Covid-19, o I WCMM foi realizado em ambiente digital, em rede aberta, por meio do canal oficial do Abrigo do Marinheiro no YouTube.
 
 
Aparato tecnológico garantiu a transmissão ao
vivo do WCMM pela internet
 
O evento destacou as novas tecnologias utilizadas na atividade de contramedidas de minagem, que apresentam um crescente potencial operacional dos meios não tripulados, possibilitando a mitigação dos riscos ao permitir que o homem opere distante do campo minado.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Amazônia Azul é tema da COP26

16/11/2021
 
O Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM) abordou o tema Amazônia Azul durante a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), ocorrida entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro.
 
A palestra do Secretário, que destacou a importância da Amazônia Azul e as iniciativas relacionadas ao mar para estimular as atividades de baixo carbono, ocorreu de forma remota no estande montado em Brasília (DF), que serviu de apoio à estrutura brasileira presente em Glasgow, na Escócia.
 
A COP do clima é um evento que discute o futuro não só do Brasil, mas de todo o planeta em relação, principalmente, às emissões de gases de efeito estufa. Foram temas debatidos na Conferência: Mecanismos que permitam que os países comprem créditos de carbono de outras nações; financiamento para perdas e danos sofridos por nações mais vulneráveis; cumprimento da meta de investimentos em US$ 100 bilhões ao ano para ações voltadas à transição energética; entendimento acerca da importância da valorização da natureza (florestas, ecossistemas e áreas agrícolas responsáveis), que podem absorver carbono e contribuir para reduzir os impactos climáticos.
 
O Secretário da CIRM destacou a importância da Amazônia Azul
 
Assista à apresentação na íntegra:
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Brasil realiza curso de Port State Control Officers/Basic Flag State Implementation em São Tomé e Príncipe

16/11/2021
 
Capitão de Mar e Guerra (Ref°) Galvão, da DPC, Embaixador do Brasil em São Tomé e Chefe da Missão de Assessoria Naval do Brasil por ocasião da entrega de certificados
 
A Embaixada do Brasil em São Tomé, com o apoio da Missão de Assessoria Naval do Brasil em São Tomé e Príncipe, realizou o curso de Port State Control Officers/Basic Flag State Implementation para a capacitação de inspetores navais no auditório do Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe, no período de 1º a 12 de novembro.
 
Praticante de oficial de Náutica, Sónia da Conceição, santomense formada
no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, recebe o certificado
 
O curso contou com a participação de 25 alunos dentre diretores e inspetores do Instituto Marítimo e Portuário de São Tomé e Príncipe, profissionais da Empresa Nacional de Administração dos Portos e militares da Capitania dos Portos e Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe. A iniciativa tem como objetivo proporcionar aos alunos a atualização e o esclarecimento de assuntos contidos nas Convenções, Códigos e Circulares da Organização Marítima Internacional (OMI/IMO).
 
O curso permitiu o compartilhamento do conhecimento brasileiro em um domínio de grande importância para os santomenses que procuram capacitação para incremento da segurança do tráfego aquaviário no país e consequentemente no Golfo da Guiné.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

AgCamocim forma pescadores profissionais no município de Acaraú (CE)

12/11/2021
 
Quinze novos aquaviários receberam Certificados e
Cadernetas de Inscrição e Registro
 
A Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim), em parceria com a Prefeitura de Acaraú (CE) e a Colônia de Pescadores Z-02, realizou, no dia 5 de novembro, a cerimônia de formatura dos alunos concluintes do Curso de Formação de Aquaviários - Pescador Profissional - Nível 1, na cidade de Acaraú, distante 123 quilômetros da Agência.
 
A solenidade contou com a presença da Prefeita de Acaraú, Ana Flávia Ribeiro Monteiro, secretários municipais, familiares, militares da AgCamocim e de membros da comunidade marítima. Na ocasião, os novos aquaviários receberam os Certificados de Proficiência e as Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR).
 
Instruções de Técnicas de Sobrevivência
Pessoal para pescadores
 
O curso, promovido no período de 21 de outubro a 5 de novembro, habilitou 15 novos aquaviários para tripularem embarcações pesqueiras empregadas na navegação costeira e em mar aberto, na Área de Jurisdição da AgCamocim.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha apreende embarcação com 1,4 mil toneladas de brita na Operação “Ágata”, em Santana (AP)

12/11/2021
 
Material apreendido durante Operação “Ágata”
 
A Capitania dos Portos do Amapá apreendeu, no dia 9 de novembro, uma balsa que transportava 1.450 toneladas de brita, sem comprovante de extração legal do material, durante atividade de inspeção naval, no Rio Amazonas, em Santana (AP). A ação ocorreu no contexto da Operação “Ágata”, que visa prevenir e reprimir crimes ambientais. Ela contou com apoio da Polícia Militar do Amapá e de agentes do Ibama, que ficou responsável pela brita até a apresentação de licença de extração junto aos órgãos competentes.
 
Na ocasião, também foram apreendidos 740 quilos de pescado irregular, que estavam sendo transportados em uma embarcação. O material foi doado ao Sesc para atender o Programa Mesa Brasil.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador e Batalhão de Combate Aéreo implantam atividades do Profesp

12/11/2021
 
Apresentação de dança do núcleo Profesp – BFNRM
 
A Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador (BFNIG) sediou, no dia 08 de novembro, a Cerimônia de Implantação das atividades do Programa Forças no Esporte (Profesp) da BFNIG e do Batalhão de Combate Aéreo (BtlCmbAe).
 
A solenidade contou com a presença do Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Carlos Chagas Braga Vianna, demais Comandantes de Força e organizações militares subordinadas, além da Coordenadora de Programas Sociais da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Geovana Silva, e outras autoridades civis e militares.
 
Alunos dos núcleos Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo e da Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti (BFNRM) também estiveram presentes à cerimônia com apresentação de um coral, capoeira e frevo.
 
Instrutores do núcleo BFNIG e integrantes do Profesp
 
Criado pelo Ministério da Defesa, e mantido em parceria com outros Ministérios e Secretarias, o Profesp é destinado ao atendimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A BFNIG e o BtlCmbAe desenvolverão modalidades esportivas individuais e coletivas para as 100 crianças selecionadas pela Pastoral do Menor da Arquidiocese do Rio de Janeiro no turno vespertino, além de atividades complementares como palestras, sessões de cinema e visitas externas.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Companhia de Polícia do Batalhão Naval participa do 1° Simpósio de Motociclista Militar e Batedor

12/11/2021
 
Capitão-Tenente (FN) Amado palestra no auditório do
1° Batalhão de Polícia do Exército
 
No período de 8 a 12 de novembro, ocorreu o 1° Simpósio de Motociclista Militar e Batedor nas instalações do 1° Batalhão de Polícia do Exército. O evento contou com a presença de motociclistas militares das Forças Armadas, Batedores da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e da Guarda Municipal do Rio de Janeiro.
 
O Corpo de Fuzileiros Navais foi representado por militares da Companhia de Polícia do Batalhão Naval (CiaPolBtlNav) e da Companhia de Polícia (CiaPol). No dia 11 de novembro, o Capitão-Tenente (FN) Bruno Cavalcanti Amado proferiu uma palestra sobre o tema “Experiências obtidas com o emprego dos Motociclistas Militares nos Grandes Eventos e nas Operações de Garantia da Lei e da Ordem”.
 
O simpósio tem como objetivo o compartilhamento de informações e experiências de instituições que possuem Motociclistas Militares e Batedores, a fim de aprofundar e padronizar as técnicas e táticas de emprego das motocicletas em operações de guerra, escoltas e proteção de autoridades em Zona de Combate em diversos ambientes.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comando em Chefe da Esquadra comemora 199 anos

11/11/2021
 
A cerimônia foi presidida pelo Comandante da Marinha e
 prestigiada por diversas autoridades navais
 
O Comando em Chefe da Esquadra realizou cerimônia militar alusiva ao seu 199° Aniversário, na manhã da última quarta-feira (10), na Base Naval do Rio de Janeiro.
 
O evento contou com as presenças do Comandante da Marinha, do Ministro de Estado de Minas e Energia, de ex-Comandantes da Marinha, do Chefe do Estado-Maior da Armada, de membros do Superior Tribunal Militar e do Almirantado e, em especial, de um número significativo de ex-Comandantes em Chefe da Esquadra.
 
Durante a cerimônia, o Capelão-Chefe do Serviço de Assistência Religiosa da Marinha celebrou uma benção ecumênica. Foram realizadas, ainda, as leituras da Ordem do Dia e da mensagem do Comandante de Operações Navais alusivas à efeméride, nas quais foram lembradas as conquistas alcançadas pelas gerações passadas e reiterado o empenho nas ações desta parcela do Poder Naval.
 
Na ocasião, houve também a premiação dos Oficiais e Praças que alcançaram marcas expressivas na carreira, nos quesitos dias de instrutoria, de mar e de embarque, além de horas de voo, de mergulho e de imersão. Por fim, ocorreu a entrega da láurea da Esquadra àqueles que contribuíram de forma imprescindível no cumprimento das tarefas do Poder Naval, assim como o lançamento da logomarca referente aos 200 anos da Esquadra.
 
Após a cerimônia, houve a votação e premiação dos concursos de “Melhor Trabalho Marinheiro” e “Melhor Fotografia”, produzidos por militares da Esquadra, e uma visitação ao novo Simulador Integrado de Combate (SICOMB), no Centro de Adestramento Almirante Marques de Leão (CAAML). A tradicional foto dos ex-Comandantes em Chefe, acompanhados do Comandante da Marinha, encerrou com maestria essa manhã de grandes comemorações para a Esquadra.
 
Comandante da Marinha e Ex-Comandantes em Chefe da Esquadra presentes à cerimônia

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Capitania dos Portos de Sergipe promove Ação Cívico-Social em Pirambu (SE)

11/11/2021
 
Aquaviário recebe orientação sobre documentação
 
A Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) promoveu, em 6 de novembro, uma Ação Cívico-Social (ACiSo), no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora de Lourdes, em Pirambu (SE). A iniciativa, que tem como objetivo promover assistência às comunidades, contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde local e da Colônia de Pesca Z-5.
 
Durante a ação, 185 pessoas receberam atendimento médico-odontológico, bem como realizaram aferição de pressão arterial, verificação da frequência cardíaca e de glicemia, testes rápidos de HIV e Hepatite A e C, escovações dentárias supervisionadas e distribuição de kits de higiene bucal.
 
A ação promoveu, ainda, orientações para aquaviários, amadores, pescadores e proprietários de embarcações quanto à documentação exigida para emissão e renovação da Caderneta de Inscrição e Registro (CIR), Certificados, Carteira de Habilitação de Amador (CHA) e Títulos de inscrições de embarcações.
 
Na ocasião, também foram distribuídas 220 cestas básicas, arrecadadas com apoio da Comunidade Maçônica de Sergipe, Rede de Supermercado Lojão Fassouto, Sociedade Amigos da Marinha em Sergipe (Soamar-SE), Praticagem de Sergipe, Militares da CPSE, Grupo Escoteiro do Mar “Baden Powell” e Colônia de Pesca Z-5.
 
Equipe de saúde presta atendimento à comunidade
 
Para realização da ACiSo, foram empregados 25 militares da CPSE, 18 militares do Exército lotados no 28º Batalhão de Caçadores e 8 profissionais da Secretária Municipal de Pirambu.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul” realiza Comissão “Pro Amazônia Azul”

11/11/2021
 
Pesquisadores e militares preparam o GEO-SPARK 2000X
 
O Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul” realizou, no período de 18 de outubro a 5 de novembro, a Comissão “Pro Amazônia Azul”, cujo objetivo é executar pesquisas e coleta de dados hidrográficos e geofísicos na faixa oceânica entre o Estado do Rio de Janeiro e a Cadeia Vitória-Trindade.
 
O “Pro Amazônia Azul” visa à execução de pesquisa oceanográfica estruturada de alto nível na Amazônia Azul, sob a ótica da economia azul, com o propósito de promover o conhecimento científico, a conservação e o aproveitamento sustentável dessa área oceânica.
 
Durante a comissão, foi empregado, pela primeira vez no Brasil, o Geo-Spark 2000X (Sparker), equipamento de alta resolução que opera em profundidades de até 2.000 metros, para aquisição de informes sísmicos. Sua utilização possibilitará, de forma inédita, reunir informações geológicas e geofísicas da Cadeia Vitória-Trindade, permitindo uma maior compreensão dos impactos que as mudanças climáticas causam nos oceanos.
 
GEO-SPARK 2000X em operação
 
A comissão durou 19 dias e contou com a participação de 13 pesquisadores da Universidade de São Paulo, da Universidade Federal do Espírito Santo, da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que auxiliaram nas coletas de dados e demais atividades realizadas pelo navio.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Com9ºDN promove segundo encontro do Fórum Permanente de Segurança da Navegação

11/11/2021
 
Reunião ocorreu no Centro Técnico de Formação de
Fluviários da Amazônia Ocidental, em Manaus
 
O Comando do 9º Distrito Naval (Com9°DN) realizou, no dia 4 de novembro, o segundo encontro do Fórum Permanente de Segurança da Navegação Fluvial da Amazônia Ocidental, em Manaus (AM). O evento contou com a presença de autoridades de órgãos federais e estaduais, do poder Legislativo Estadual, representantes de empresas de navegação, serviços de praticagem e sindicatos da área fluvial, bem com a participação remota de representantes de instituições que não puderam estar presentes durante a cerimônia.
 
A reunião, que teve abertura realizada pelo Comandante do 9° Distrito Naval, Vice-Almirante Ralph Dias da Silveira Costa, foi conduzida no formato de apresentação de assuntos pautados, seguida de discussão nas mesas temáticas. Os temas debatidos foram: Segurança da Navegação no Rio Madeira”, abordando as questões atinentes à atividade de garimpo, aos perigos à navegação causados pelos troncos e a dragagem dos trechos críticos; e Ordenamento da Orla municipal”, em que as discussões envolveram a necessidade de marcos legais, exemplos existentes em outros municípios, questões ambientais, econômicas e fluviais.
 
Além de buscar o encaminhamento de propostas que mitiguem os problemas discutidos, os encontros do Fórum fortalecem a integração dos órgãos no desenvolvimento da mentalidade marítima e fluvial.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comando do 3º Distrito Naval celebra o Dia Nacional do Amigo da Marinha

11/11/2021
 
Cerimônia de imposição da Medalha “Amigo da Marinha” ocorreu
no Navio-Patrulha Oceânico “Araguari”
 
O Comando do 3º Distrito Naval realizou, no dia 8 de novembro, a cerimônia alusiva ao Dia Nacional do Amigo da Marinha a bordo do Navio-Patrulha Oceânico “Araguari”, ocasião em que 25 personalidades civis e militares do Rio Grande do Norte foram agraciadas.
 
Durante a solenidade, os novos Amigos da Marinha foram saudados pelo Presidente da Sociedade dos Amigos da Marinha de Natal, Paulo César Dantas Fernandes, e receberam os cumprimentos do Comandante do 3º Distrito Naval pelo trabalho desenvolvido em prol da divulgação da mentalidade marítima e do relacionamento com a Força.
 
O Dia Nacional do Amigo da Marinha, celebrado em 6 de novembro, é uma homenagem aos cidadãos e instituições que, voluntariamente, contribuem para a divulgação, junto à sociedade, dos valores e tradições da Marinha.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Capitania Fluvial de Mato Grosso apoia entrega de cestas básicas

10/11/2021
 
Momento da entrega das cestas aos moradores das comunidades
 
Centenas de famílias das Comunidades de Piúva, Rancharia, Pedro Alves, Ilha do Piraim, Estirão Comprido, Piraim, Correr D’água e Piriam, pertencentes à região do Pantanal mato-grossense, receberam, de 25 a 28 de outubro, cerca de 400 cestas básicas. A doação foi realizada pelo Senador da República Wellington Fagundes e contou com o apoio da Capitania Fluvial de Mato Grosso (CFMT), organização militar subordinada ao Comando do 6º Distrito Naval, da Fundação A Casa do Centro, Fundação Banco do Brasil e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Barão de Melgaço.
 
A CFMT apoiou a ação com a presença de quatro lanchas e oito militares, levando as cestas básicas às famílias que necessitam de suporte e encontram-se em locais de difícil acesso.
 
Segundo o Capitão dos Portos de Mato Grosso, por mais distante que as comunidades estejam localizadas, elas precisam receber todo auxílio necessário para manter a dignidade. “A Marinha está sempre pronta a promover esta parceria entre a comunidade e as organizações para que possibilite melhor acesso às pessoas que necessitam de auxílio”.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

NAsH “Tenente Maximiano” leva saúde às mulheres ribeirinhas

10/11/2021
 
Realização de escuta dos batimentos cardiofetais da paciente grávida
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Tenente Maximiano”, subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso (ComFlotMT) realizou, de 13 a 26 de outubro, Ações de Assistência Cívico-Social e Assistência médico-hospitalar nas comunidades ribeirinhas dos Tramos Norte e Sul do Rio Paraguai. A ação foi realizada em proveito da campanha “Outubro Rosa”, de conscientização sobre o câncer de mama, pertencente ao calendário nacional do Ministério da Saúde.
 
Foram atendidas mais de 220 pessoas, sendo realizados 137 atendimentos médicos, 8 exames preventivos, 3 exames de monitoramento cardiofetal e 85 atendimentos odontológicos de urgência. Foram entregues 5.747 medicamentos e distribuídos cerca de 100 kits de saúde bucal para crianças.
 
Durante a comissão, equipe de militares da área de saúde realizou palestra voltada à saúde da mulher para mães de alunos, professoras e servidoras do Colégio Acaia Pantanal e mulheres do entorno da comunidade de Jatobazinho (MS). A médica especialista do Corpo de Saúde da Marinha do Brasil destacou a importância da conscientização da população feminina sobre as mudanças habituais das mamas em diferentes momentos do ciclo de vida da mulher e os sinais ou sintomas sugestivos de câncer de mama.
 
Em comemoração ao Dia das Crianças foi realizada, também, a distribuição de cerca de 300 brinquedos doados pelos militares do Com6ºDN e Família Naval de Ladário (MS).
 
Distribuição de brinquedos às crianças ribeirinhas
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Missão de Assessoria Naval participa do Exercício “COSTEIREX 2021”, da Guarda Costeira de Cabo Verde

10/11/2021
 
Atuação do Pelotão de Abordagem da GCCV em simulações
de ações de combate ao terrorismo e à pirataria
 
A Missão de Assessoria Naval do Brasil em Cabo Verde (MANBCV) atuou, no período de 2 a 6 de novembro, na direção do Exercício “COSTEIREX 2021”, da Guarda Costeira de Cabo Verde (GCCV), realizado na cidade de Mindelo/CPV. Os militares da MANBCV foram os responsáveis pela elaboração dos cenários do exercício, bem como pela avaliação do seu planejamento e execução.
 
Durante o adestramento, foram gerados cenários de crimes transnacionais na Zona Econômica Exclusiva (ZEE) de Cabo Verde, como a Pesca Ilegal, não Declarada e não Regulamentada (IUU, sigla em inglês), o Tráfico de Entorpecentes e a Pirataria. Além desses, houve simulações de acidentes marítimos e aeronáuticos no interior da Região de Busca e Salvamento (SRR, sigla em inglês) de Cabo Verde.
 
O exercício contou com a participação de sete fuzileiros navais da Marinha Portuguesa, de uma aeronave Falcon 50, da Marinha Nacional Francesa, operando a partir de Dakar/SEN, além de militares da Guarda Nacional (Força Terrestre) e de controladores aéreos de Cabo Verde, que se somaram aos 129 militares e quatro meios da GCCV envolvidos.
 
Exercício de ativação da estrutura SAR de Cabo Verde, nas
instalações da Joint Rescue Center Coordination (JRCC-CV)
 
A preparação das suas Forças Armadas tem impacto direto na capacidade de Cabo Verde se contrapor aos crimes transnacionais em suas águas jurisdicionais e, consequentemente, contribui com os interesses do Brasil na garantia da Segurança Marítima no Golfo da Guiné.
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

2° Batalhão de Operações Ribeirinhas realiza treinamento em Terra Alta (PA)

10/11/2021
 
Fuzileiros navais durante marcha no ADEST-EQ-RIB
 
O 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas (2ºBtlOpRib) realizou, no período de 24 de outubro a 5 de novembro, o Adestramento de Equipes Ribeirinhas (ADEST-EQ-RIB), na região de Terra Alta (PA). O objetivo é manter a prontidão operativa dos fuzileiros navais na Amazônia Oriental. O treinamento foi direcionado para ações militares terrestres desencadeadas em proveito de operações ribeirinhas e terrestres de caráter naval.
 
Como parte do evento, foram feitas diversas instruções como orientação/navegação diurna e noturna; primeiros socorros; comunicações; técnicas de ação imediata; tiro de combate com fuzil; pista de aplicação; tiro instintivo; natação utilitária; marcha administrativa; patrulha; e operações militares em área urbana. O ADEST-EQ-RIB é essencial para a qualificação e desenvolvimento profissional dos fuzileiros navais no ambiente ribeirinho, permitindo que o 2ºBtlOpRib mantenha as suas subunidades prontas para aturarem diuturnamente no Teatro de Operações da Amazônia Oriental.
 
Fuzileiros navais em instrução de Operações Militares em Área Urbana
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Comando do 8º Distrito Naval comemora o Dia Nacional do Amigo da Marinha

10/11/2021
 
Imposição da Medalha Amigo da Marinha
 
O Comando do 8º Distrito Naval comemorou o Dia Nacional do Amigo da Marinha, em 4 de novembro, ocasião em que foram agraciadas 49 personalidades civis e militares com a Medalha “Amigo da Marinha”.
 
A condecoração é concedida pela notável participação e divulgação das atividades e valores da Marinha, contribuindo assim para o fortalecimento da mentalidade marítima. Na solenidade, foi ressaltada a parceira e dedicação dos amigos de hoje e de sempre.
 
Personalidades civis e militares em cerimônia de imposição da
Medalha Amigo da Marinha no Comando do 8º Distrito Naval
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha promove mostra de artes em comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil

10/11/2021
 
Inauguração do evento no São Luís Shopping, no Maranhão
 
Em comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil, a Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA) e a Sociedade Amigos da Marinha do Estado (Soamar-MA) promoveram, no período de 4 a 7 de novembro, mostra de artes sobre o fim da França Equinocial, no São Luís Shopping, no Maranhão. Em paralelo, também ocorreu, no dia 4, uma palestra sobre o tema, proferida pelo professor Ramsés Magno, no auditório da Universidade CEUMA.
 
Durante os eventos, foi explicada como ocorreu a expulsão dos franceses do Maranhão, bem como a participação de Jerônimo de Albuquerque, militar, e primeiro brasileiro a comandar uma força naval para defender o Brasil, sendo grande herói no contexto da França Equinocial. A mostra de artes e a palestra contribuíram para elucidar fatos históricos, remontando a história maranhense, ligados a fatos da Independência do Brasil, como a fundação e urbanização da cidade de São Luís e, posteriormente, a adesão do Estado do Maranhão à Independência do Brasil.
 
Estiveram presentes membros da Força Aérea Brasileira, da Polícia Militar do Maranhão, do Corpo de Bombeiros Militar, do Sindicato das Agências Marítimas, da Soamar-MA, da Empresa Maranhense de Administração Portuária - Porto do Itaqui, além de civis e militares da CPMA.
 
Palestra no auditório CEUMA
 
Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Capitania Fluvial de Santarém participa da Operação “Sorriso do Brasil" 2021

09/11/2021
 
Famílias aguardam atendimento
 
A Capitania Fluvial de Santarém (CFS) participou, no período de 30 de outubro a 3 de novembro, da Operação “Sorriso do Brasil” 2021, que visa realizar cirurgias gratuitamente em crianças e adultos carentes com deformidades faciais. Na ocasião, a CFS empregou pessoal e ofereceu apoio logístico para o transporte de pacientes, médicos e materiais, além de promover palestras com o tema “Como Ingressar na Marinha”.
 
Desde 2008, a Operação realiza programas cirúrgicos com o apoio da Marinha, principalmente no norte e no nordeste do País, onde há escassez de centros de atendimento especializados.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

Marinha apoia ação social no Rio de Janeiro (RJ)

09/11/2021
 
Durante a programação foram oferecidos
diversos serviços aos moradores de rua
 
A Marinha do Brasil (MB), por meio do setor Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN), participou de ação social realizada na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro, no Centro do Rio, no dia 6 de novembro. Este é o segundo ano consecutivo que a MB presta apoio à ação da Catedral, por meio de atividades como a montagem da estrutura de barracas e tendas de atendimento aos moradores de rua, além da execução de serviços como enfermaria e segurança.
 
Ao longo da programação, foram disponibilizadas atividades diversas ao público-alvo, como emissão de documentos, vacinação, inclusive contra a Covid-19, corte de cabelo, vestimenta, alimentação, dentre outras.
 
Após celebrar a missa de abertura da ação, o Cardeal Dom Orani João Tempesta agradeceu a colaboração da MB. “A Marinha vem ao nosso encontro para, na sua ação social, também proporcionar uma estrutura para acolher as pessoas em vulnerabilidade social. Deste modo, coloca-se dignidade nessa assistência, que é feita com todo o cuidado, num lugar arrumado com tendas montadas pela Força, além de sua presença com atividades como saúde e segurança”, destacou.
 
Membros da Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro
e militares do CGCFN
 
O Capelão do Batalhão Naval, Capitão de Corveta Dalvio José da Silva, salientou que a contribuição da Marinha vai muito além do apoio logístico prestado. “Quando participamos desses eventos, estamos dizendo para nossos militares que eles não são somente os representantes da Força, mas que também são humanos e estão ligados a uma realidade social”, frisou.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha

2°BtlOpRib realiza cerimônia de Juramento à Bandeira dos Marinheiros-Recrutas da Turma II/2021

09/11/2021
 
Juramento à Bandeira pelos novos Marinheiros-Recrutas do
Serviço Militar Inicial
 
O 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas (2°BtlOpRib) realizou, em 3 de novembro, a cerimônia de juramento à Bandeira da Turma II/2021 do Estágio de Instrução e Adaptação (EIA) de Marinheiros-Recrutas, com 169 concluintes. A formatura dos marinheiros marcou a conclusão do EIA, realizado na Escola de Formação de Reservista Navais, em Belém (PA).
 
Durante o estágio, foram ministrados conhecimentos necessários para a carreira naval, como Instrução Militar Naval, Ordem Unida, Comunicações Navais, Documentos Administrativos, Noções de Armamento e Tradições Navais. Também foram promovidas atividades extracurriculares como palestras sobre a Amazônia Azul, o Poder Naval, a Prevenção de Narcóticos, os Valores da Carreira Naval, a Ética e Comportamento Social.

 

Fonte: Centro de Comunicação Social da Marinha