Nomar Online

Marinha realiza a Conferência Final de Planejamento da Operação UNITAS Lant LX/ Amphibious - 2019

25/06/2019
 
Conferência Final de Planejamento da UNITAS Lant LX / Amphibious - 2019
 
A Marinha do Brasil promoveu, entre os dias 3 e 7 de junho, a Conferência Final de Planejamento, da 60ª edição da Operação UNITAS (UNITAS Lant LX/ Amphibious – 2019). O evento ocorreu no Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra (ComFFE) e reuniu militares do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, México, Panamá, Paraguai e Peru. Ao término da reunião, foi assinado o Memorando de Entendimentos pelos representantes das Nações participantes.
 
A UNITAS é o exercício marítimo multinacional mais antigo organizado pelos Estados Unidos da América, realizado desde 1959, e ocorre no formato anfíbio desde 2008. Tem por objetivo principal, incrementar a interoperabilidade entre as Marinhas e estreitar os laços de cooperação e amizade.
 
Na edição de 2019, a UNITAS contemplará a integração de uma fase marítima (UNITAS LANT) com uma etapa anfíbia (UNITAS AMPHIBIOUS). O propósito da operação, que será realizada no período de 18 a 31 de agosto, é preparar os países participantes para, de forma integrada e rápida, executarem ações de assistência humanitária, a partir de um desembarque anfíbio, com o emprego de unidades navais, aeronavais, de Fuzileiros Navais e aéreas.
 

Sociedade Brasileira de Belas Artes realiza abertura do “XXXVIII Salão Marinha do Brasil”

25/06/2019
 
A abertura contou com a presença de autoridades na Sociedade Brasileira de Belas Artes, no Rio de Janeiro(RJ)
 
A Sociedade Brasileira de Belas Artes (SBBA) realizou a abertura do “XXXVIII Salão Marinha do Brasil”, no dia 13 de junho. A exposição ocorre anualmente e neste ano foi iniciada em junho em razão do 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo.  O evento contou a presença do Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Flávio Augusto Viana Rocha, e da Contra-Almirante Dalva Maria Carvalho Mendes.
 
A presidente e curadora do SBBA, Therezinha Hillal, foi a anfitriã do evento e, em seu discurso, destacou que o mar é sempre uma inspiração para os artistas e pintores. Enfatizou também o reconhecimento e a confiança nas missões realizadas pela Marinha, seja em tempos de paz ou de guerra. 
 
Em seguida, o Vice-Almirante Rocha agradeceu a homenagem feita em um mês de grande importância para a Marinha. Ressaltou que a Batalha Naval do Riachuelo foi decisiva para manter a unidade do País e enalteceu a tradição da SBBA, assim como a sede, repleta de história. Por fim, sublinhou que a navegação também é uma arte e que a Marinha do Brasil e a arte estão sempre ligadas.
 

Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio realiza “Operação Corpus Christi 2019”

25/06/2019
 
Militares durante inspeção naval
 
A Marinha do Brasil, por intermédio da Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, realizou, no período de 20 a 23 de junho, nas cidades de Presidente Epitácio, Ipaussu, Chavantes, em São Paulo, e Santo Inácio, Santa Inês, Itaguajé, no Paraná, a “Operação Corpus Christi 2019", com a finalidade de fiscalizar o ordenamento do tráfego aquaviário.
 
Em virtude do feriado prolongado, há um aumento significativo de embarcações destinadas ao esporte e recreio, o que demanda maior esforço das equipes de inspeção naval da delegacia. Como resultado da ação, foram fiscalizadas 163 embarcações, dentre as quais 11 foram impedidas de trafegar por apresentarem riscos à segurança da navegação.
 
Para atender ao público a Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio mantém o Setor de Atendimento ao Usuário, que funciona de segunda a quinta-feira, em horário comercial. Há ainda a opção do “Fale Conosco”, por meio do e-mail dlprep.faleconosco@marinha.mil.br ou do telefone (18) 3281-3175.
 
A Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio tem como atribuição zelar pela segurança da navegação, salvaguardar a vida humana e prevenção da poluição hídrica proveniente de embarcações na área de sua jurisdição, que compreende os rios Paraná e Paranapanema, no oeste paulista.
 

NAsH “Soares de Meirelles” realiza assistência hospitalar no Município de Portel (PA)

25/06/2019
 
Militar da Marinha presta atendimento na cidade de Portel(PA)
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, realizou, nos dias 18 e 19 de junho, na cidade de Portel (PA), uma Operação de Assistência Hospitalar (ASSHOP) à população ribeirinha.
 
Além do atendimento básico de saúde, a equipe hospitalar do navio, composta por quatro médicos, quatro cirurgiões-dentistas, duas enfermeiras, uma farmacêutica, seis técnicos de enfermagem e um técnico de higiene dental, realizou, também, palestras de conscientização a respeito das doenças mais comuns na região amazônica e sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A oferta de exames laboratoriais, de raios-X e de ultrassonografia, auxilia nos diagnósticos dos pacientes, melhorando a qualidade de vida das populações com menor acesso aos recursos de saúde.
 
Desde o dia 2 de junho, foram atendidas 1.282 pessoas, sendo realizados 1.554 procedimentos médicos, 5.530 odontológicos, 478 laboratoriais, 18 coletas de exame preventivo, cinco exames de ultrassom, 43 de raios-X e 16 eletrocardiogramas. Foram distribuídos 65 óculos de leitura, 1.099 kits de higiene oral e 11.504 medicamentos, números alcançados durante os quatro dias de ASSHOP ocorridos nos municípios paraenses de Antônio Lemos, São Sebastião da Boa Vista e Breves.
 
Dando continuidade à missão, o navio ainda realizará atendimentos nas cidades de Afuá, Porto Alegre, Jarilândia, Vilarinho do Monte, Porto Moz e Saracura, no Pará.
 
NAsH “Soares de Meirelles” atracado na cidade de Portel (PA)

Navio de Assistência Hospitalar “Oswaldo Cruz” realiza assistência hospitalar às comunidades ribeirinhas dos rios Negro e Branco

25/06/2019
 
Assistência Hospitalar à comunidade de Vista Alegre
 
O Navio de Assistência Hospitalar "Oswaldo Cruz, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas (ComFlotAM) realizou, no período de 2 a 17 de junho, uma operação de assistência hospitalar às comunidades ribeirinhas ao longo da calha dos rios Negro e Branco.
 
Na ocasião, foram realizados atendimentos médicos voltados para área de clínica geral com foco na atenção básica. Foram realizados, ainda, atendimentos odontológicos, exames laboratoriais e de enfermagem.
 
O NAsH “Oswaldo Cruz” percorreu os Rios Negro e Branco, atendendo nas seguintes localidades: Panacarica, Vista Alegre, Santa Maria do Boiaçu, Sacaí e Tapunaruca. Ao todo, foram realizados 881 atendimentos, 1.524 procedimentos médicos, 1.473 procedimentos odontológicos e 208 exames laboratoriais.
 
 
NAsH “Oswaldo Cruz” em navegação nas proximidades de Vista Alegre

Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego restabelece sinal do Radiofarol Calcanhar

25/06/2019
 
Farol Calcanhar
 
Em junho, o Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego, com apoio do Serviço de Sinalização Náutica do Nordeste, restabeleceu o sinal do Radiofarol (RF) e da Estação de Referência DGPS do Farol Calcanhar, na cidade de Touros (RN).
 
O Radiofarol Calcanhar esteve inoperante nos últimos dez meses devido a avarias estruturais sofridas na torre irradiante, que precisou ser derrubada por motivo de segurança. Para efetuar o restabelecimento, foram realizados diversos serviços especializados pelas equipes técnicas das duas organizações militares.
 
O retorno da operação do radiofarol visa manter a disponibilidade dos auxílios à navegação, contribuindo para a segurança do tráfego aquaviário.
 
Torre do RF

Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo realiza formatura de militares

25/06/2019
 
Alunos em formatura durante a cerimônia
 
No dia 12 de junho, no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), foi realizada a Cerimônia de Encerramento do Curso de Aperfeiçoamento de Guerra Anfíbia e Expedicionária (C-Ap-GAnfE), do Curso Especial de Habilitação para Promoção a Sargento (C-Esp-Hab-SG) e do Curso de Formação de Sargentos Músicos (C-FSG-MU-CFN).
 
A cerimônia militar foi presidida pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, e contou com a presença do Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Leonardo Puntel. Formaram-se 54 alunos do C-Ap-GAnfE, 398 do C-Esp-Hab-SG e de 36 do C-FSG-MU-CFN.
 
O evento foi antecedido pela apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais. Foram entoadas canções militares e populares, além de realizadas as tradicionais evoluções. Em seguida, cortinas com redes de camuflagem se abriram e, a partir de dois portais com as inscrições “Fuzileiros Navais” e “Determinação”, surgiram os formandos que adentraram o pátio entoando a canção do CIASC, “Templo do Saber”.
 
Após a aposição das divisas de sargento, realizada pelas madrinhas e padrinhos, os sargentos músicos fizeram o juramento à Bandeira. Logo a seguir, os primeiros colocados receberam prêmios ofertados por organizações militares e entidades civis.
 
Formandos do Curso de Aperfeiçoamento de Guerra Anfíbia e Expedicionária

Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio recebe visita de crianças do Supera

25/06/2019
 
Delegado Fluvial de Presidente Epitácio  com as crianças do SUPERA
 
A Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, subordinada ao Comando do 8° Distrito Naval, recebeu a visita de crianças do Curso Supera - academia de ginástica cerebral sediada na cidade de Presidente Epitácio-SP, no dia 18 de junho. Os alunos participaram do projeto “Marinha, uma Força de todos!”, que tem o propósito de abrir as portas da Delegacia Fluvial ao público externo, buscando a aproximação da sociedade à Marinha do Brasil, para apresentar as atividades realizadas pela organização militar.
 
Inicialmente, o grupo, formado por 20 crianças e pelos militares mirins Felipe e Guilherme Marcondes, foi recebido pelo Delegado Fluvial, Capitão de Corveta Paulo Farina. Os alunos receberam informações e explicações sobre as atividades desenvolvidas pela organização militar, assistiram a um vídeo institucional e participaram de uma oficina de confecção de nós e voltas.
 

Marinha do Brasil realiza passeio náutico e arrecada mais de uma tonelada de alimentos para entidades carentes

25/06/2019
 
Participantes do passeio náutico
 
A Marinha do Brasil, representada pela Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí, em parceria com a Lagoa Country Club e a Marina Ilhas Jet, promoveu um passeio de moto aquática nas lagoas da Rondinha e Fortaleza, no município de Cidreira-RS, no qual participaram 56 embarcações.
 
Todos os participantes contribuíram com a doação de uma cesta básica, e, no total, foram arrecadadas mais de uma tonelada de alimentos, que serão doadas para entidades carentes do Litoral Norte Gaúcho.
 
Vista aérea das embarcações que participaram do passeio

Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo realiza simulação construtiva e virtual em apoio ao Batalhão de Blindados

25/06/2019
 
Militares testam o planejamento no simulador construtivo
 
De 4 a 14 de junho, o Centro de Simulação do Corpo de Fuzileiros Navais, do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, apoiou o Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais na preparação para o Exercício de Subunidade (SUBEx), a ser realizado no Campo de Instrução em Formosa-GO. No período, o emprego do simulador construtivo (sistema de jogos didáticos-SJD) auxiliou no confronto das linhas de ação elencadas durante o planejamento. Após o combate, a decisão do comandante foi mais uma vez jogada no SJD.
 
Concluído o exercício, os militares puderam executar, em um nível mais tático, técnicas de ações imediatas para blindados por meio de uma versão de teste do simulador virtual de viaturas blindadas que está em desenvolvimento e é fruto de uma parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). O projeto reproduz fielmente as características dos meios utilizados pela tropa em terreno onde operam e com a possibilidade de inclusão de diversos outros meios e funcionalidades específicas dos Fuzileiros Navais.
 
Militares do Batalhão de Blindados utilizam o simulador virtual

Marinha do Brasil presta apoio ao Curso de Comandos Anfíbios da Armada Paraguaia

24/06/2019
 
Militares brasileiros e paraguaios durante curso
 
 
No dia 7 de junho, militares do Intercâmbio Naval do Brasil no Paraguai ministraram instrução de Topografia, realizada no Comando de Infantería de Marina (COMIM), em apoio ao Curso de Comandos Anfíbios da Armada Paraguaia. Foram abordados temas como orientação e navegação terrestre, os quais são empregados no decorrer do curso.
 
O Intercâmbio Naval do Brasil no Paraguai, composto por um oficial do Corpo de Intendentes da Marinha, um oficial e uma praça do Corpo de Fuzileiros Navais, realiza as suas atividades junto ao Comando de Institutos Navales de Enseñanza, nos cursos da Escola de Comando e Estado-Maior da Armada e Escola de Formação de Suboficiais da Armada, e no COMIM, em apoio ao Curso de Comandos Anfíbios e Curso Avançado de Infantería de Marina.
 
As atividades do intercâmbio fortalecem os laços entre a Marinha do Brasil e a Armada Paraguaia, e contribuem para o contínuo desenvolvimento de conhecimento conjunto entre as Forças.
 

Comando do 9º Distrito Naval realiza ação de presença nos rios Negro e Branco

24/06/2019
 
Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Rio Negro” e Navio de Assistência Hospitalar
“Oswaldo Cruz” navegando no Rio Branco
 
A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), realizou, nos meses de maio e junho, levantamento hidrográfico, operação de assistência hospitalar (ASSHOP) e ação de presença nos rios Negro e Branco, nos Estados do Amazonas e Roraima.
 
Inicialmente, o Aviso Hidroceanográfico Fluvial (AvHoFlu) “Rio Negro”, subordinado ao Serviço de Sinalização Náutica do Noroeste, realizou o levantamento hidrográfico e a sondagem do Rio Branco, o que permitiu que a Flotilha do Amazonas designasse para a comissão o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Oswaldo Cruz” que, subsidiado por esses conhecimentos operacionais, complementados pelas informações obtidas com os práticos e comunidades locais, assim como o emprego das boas técnicas de navegação e manobra, permitiram navegar nos rios, de forma precisa e segura.
 
Assim, o NAsH “Oswaldo Cruz” realizou, no período de 2 a 17 de junho, uma ASSHOP à população ribeirinha, por meio de atendimentos médicos, odontológicos e de enfermagem, além da realização de exames laboratoriais, vacinação, distribuição dos medicamentos prescritos e palestras educativas sobre higiene bucal, infecções sexualmente transmissíveis, entre outras.
 
O período coincidiu com o momento em que a Agência Fluvial de Caracaraí completou um ano de ativação e ocorreu a comemoração alusiva à Batalha Naval do Riachuelo - Data Magna da Marinha, em 11 de junho.
 
A comissão representou um marco por renovar a capacidade dos meios subordinados ao Comando da Flotilha do Amazonas de operar nesse trecho de difícil navegação no Estado de Roraima, navegar por águas interiores no Hemisfério Norte - contribuindo para o incremento da presença da Marinha do Brasil nessa região.
 
Os rios possuem características peculiares que dificultam a navegação. Particularmente, o Rio Branco possui um leito pedregoso, com uma linha sinuosa, considerável corrente, bancos de areia aflorados e baixas profundidades, o que obriga o navegante a estudá-lo profundamente e a mudar de margem constantemente durante a navegação.
 
 
Militar da Marinha realiza atendimento a ribeirinho durante ASSHOP

Capitania Fluvial do Rio Paraná realiza curso especial para militares da Força Nacional e Polícia Militar

24/06/2019
 
Militares da Força Nacional em frente à Escola de Fluviários
 
O Comando do 8º Distrito Naval (Com8DN), por intermédio da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), realizou, no período de 3 a 7 de junho, o Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público, que habilitou 22 militares da Força Nacional e Polícia Militar.
 
O curso, com 40 horas presenciais, é destinado a qualificar servidores públicos a conduzirem embarcações com até oito metros, propícias para a navegação interior.
 
Foram aplicados três módulos teóricos, relativos à segurança do tráfego aquaviário, à salvaguarda da vida humana, à poluição hídrica; e um prático, com instruções de condução de embarcações.

Instrução sobre Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica é realizada em Salvador-BA

24/06/2019
 
Militares participam do adestramento
 
O Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador-BA (GptFNSa) ministrou instrução sobre Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (DefNBQR), entre os dias 12 e 14 de junho. O adestramento teve como propósito reforçar conceitos, treinar militares componentes da Equipe de Resposta Distrital e de outras organizações militares e facilitar a troca de experiência com órgãos de segurança pública.
 
Foram abordados temas como identificação e detecção de agentes NBQR, montagem de equipe resposta, descontaminação de pessoal, acidentes com múltiplas vítimas e instruções práticas, como utilização de máscaras e roupa e simulação de um ataque.
 
Conforme acordo de cooperação entre a Marinha do Brasil e a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, foram disponibilizadas vagas para agentes estaduais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Técnica, de modo a atender às necessidades de capacitação daquele órgão.
 
De acordo com o perito criminal Arnaldo Gomes, além do conhecimento técnico adquirido, a uniformização dos conhecimentos é indispensável. “Este tipo de instrução em conjunto com outras instituições é vital para a padronização de procedimentos. Posso resumir esta instrução em uma palavra: integração. Em caso de um evento real, teremos que trabalhar todos juntos – Marinha, Polícia, Bombeiros, etc”, afirmou. O Comandante do GptFNSa, Capitão de Fragata (FN) Alexandre Soares, encerrou a instrução lembrando aos alunos que os recentes grandes eventos realizados no País exigiram equipes sempre prontas e preparadas para atender quaisquer casos de acionamento de equipes de DefNBQR.
 
Simulação realizada no curso

Capitania dos Portos do Paraná recebe visita de 60 alunos com necessidades especiais da Escola Municipal Eva Cavani

24/06/2019
 
O cerimonial à Bandeira foi realizado no Mastro Principal da Capitania
 
A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) recebeu a visita de 60 alunos da Escola Municipal de Educação Especial Professora Eva Cavani de Paranaguá-PR, no dia 18 de junho. Os estudantes participaram do cerimonial à Bandeira explicado com execução do Hino Nacional, atividades que fazem parte do “Projeto Pátria Amada Brasil”. Em seguida, alunos e professores conheceram as instalações físicas da Capitania, aprenderam sobre as atribuições da Marinha do Brasil no Litoral do Paraná e a importância da “Amazônia Azul”.
 
A visita foi acompanhada por professores e pela diretora Marcia Tils Cordeiro. A escola Eva Cavani atende crianças e adultos especiais em Paranaguá há 50 anos. O Capitão dos Portos do Paraná, Capitão de Mar e Guerra Rogerio Antunes Machado, disse que é gratificante ver o entusiasmo dos alunos ao conhecerem as instalações da CPPR e sobre o trabalho da Marinha. “Receber a comunidade do litoral do Paraná em nossa organização militar é uma oportunidade de mostrar as atividades da Marinha e difundir os conceitos de segurança da navegação”, disse.
 
Em 2019, a CPPR já atendeu cerca de 400 alunos no projeto “Pátria Amada Brasil”, que busca despertar nos estudantes da rede pública e particular o espírito cívico e a valorização dos símbolos nacionais com a execução do cerimonial à Bandeira de forma explicada.
 
Alunos da Escola Municipal Eva Cavani com o Capitão dos Portos do Paraná

Marinha do Brasil promove campanha de doação de sangue

24/06/2019
 
Militares da Marinha do Brasil participam do dia de doação de sangue
 
Em Salvador-BA, as organizações militares da Marinha do Brasil promoveram uma campanha de doação de sangue, no dia 13 de junho, com o objetivo de contribuir para a regularização do estoque da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). A ação, que foi voltada à divulgação do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho, integrou ainda as comemorações do 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo.
 
Segundo a diretora de hemoterapia da Fundação Hemoba, Rivania Andrade, o apoio da população é indispensável neste momento. “Nos meses de abril e maio sentimos uma redução acentuada de candidatos à doação. Com isso, os estoques de sangue estão em níveis abaixo do esperado para o mês de junho. Precisamos da sensibilização de todos para reforçar os estoques e garantir a assistência adequada durante o período de São João”, afirmou.
 
Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. É necessário estar descansado (ter dormido pelo menos 6h nas últimas 24h) e bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura, e portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação. O voluntário deve procurar o centro de captação de sua cidade para realizar o procedimento.
 
Militar contribui para o estoque do HEMOBA com o tipo sanguíneo raro AB+

Comando do 5º Distrito Naval promove Ação Cívico Social

23/06/2019
 
Cerimonial à Bandeira realizado durante a Aciso
 
Como parte das comemorações alusivas ao 154° Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha, a Capitania dos Portos de Santa Catarina (CPSC), a Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí (AgTramandai), a Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí (DelItajaí) e a Escola de Aprendizes Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) realizaram Ação Cívico Social (Aciso) com serviços para a sociedade em suas cidades.
 
Em Florianópolis-SC, na CPSC e na EAMSC, o evento iniciou com um cerimonial à Bandeira comentado. Foram realizados atendimentos ao público, com esclarecimentos na área de saúde, aferição de pressão arterial, medição de glicose, prevenção de câncer bucal, prevenção ao suicídio, além de orientações na área da fisioterapia, nutrição e cuidados com a diabetes. O evento ocorreu em parceria com o Sistema S (Senac, Senai, Senar, Sest/Senat e Sesc), o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (HEMOSC), a Companhia Indestrutíveis e o Exército Brasileiro, com 900 atendimentos.
 
No dia 3 de junho, a AgTramandai, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e com o Serviço Social do Comércio (Sesc), colocou uma embarcação tipo moto aquática em exposição para as crianças da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Elas tiraram fotografias e interagiram com os militares da Marinha do Brasil. Os profissionais do Senac ofereceram alguns serviços, como cortes de cabelo e penteados, além de conversas com os alunos e professores da Associação. Também, foram disponibilizados brinquedos pelo Sesc.
 
Já a  DelItajaí promoveu Aciso na Associação Lar da Criança Feliz, no dia 5 de junho.  Localizada na cidade de Itajaí-SC, a associação é uma instituição criada para atender crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade, garantindo os direitos de convivência familiar, de acordo com o Estatuto da Criança. Os militares da Delegacia trabalharam na revitalização do parque infantil e pintura da fachada externa das instalações do abrigo. Adicionalmente, em conjunto com as crianças, professores e monitores, foi promovida a criação de uma horta solidária, que emocionou a todos os presentes.
 
Militares na Associação Lar da Criança Feliz

Marinha do Brasil participa de desfile cívico-militar em comemoração aos 105 anos de Foz do Iguaçu-PR

23/06/2019
 
Desfile cívico-militar em comemoração ao aniversário da cidade
 
A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), participou no dia 10 junho do desfile cívico-militar em comemoração aos 105 anos de Foz do Iguaçu-PR, no Parque de Exposições Charrua. O desfile integrou a programação da 43ª edição da Feira de Artesanato e Alimentos (Fartal), que aconteceu entre os dias 6 e 11 de junho na cidade, para celebrar o aniversário do município. Além da Marinha do Brasil, participaram do evento, o Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Militar do Estado do Paraná e entidades civis, instituições de ensino e escolas municipais e estaduais.
 
O evento teve início com um cerimonial à Bandeira Nacional, comandado pelo Prefeito Francisco Lacerda Brasileiro. Em seguida, o prefeito fez a revista às tropas, acompanhado pelo Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, autoridade militar de maior precedência no evento, e pelo Capitão dos Portos do Rio Paraná, Capitão de Fragata Niemer Gomes Rickmann, Comandante do Destacamento Militar.
 
A CFRP participou do desfile com Oficiais e Praças, dos Corpos da Armada, Fuzileiros Navais, Intendência da Marinha e Auxiliar, de carreira e temporários, além de um Destacamento de Fuzileiros Navais e do Núcleo de Formação de Reservistas Navais.
 
A Marinha do Brasil integra a história de Foz do Iguaçu desde 1933, quando a CFRP foi formalmente criada. Atualmente, a Capitania Fluvial realiza ações de fiscalização do tráfego aquaviário, que contemplam a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana nos rios e lagos, e a prevenção da poluição dos recursos hídricos a partir de embarcações.
 
Prefeito Chico Brasileiro, Vice-Almirante Mello e Capitão de Fragata
Rickmann em revista às tropas

Marinha do Brasil participa das homenagens ao 256º Aniversário de José Bonifácio de Andrada e Silva, em Santos-SP

23/06/2019
 
Representação da CPSP nas homenagens ao Patrono da Independência
José Bonifácio em Santos
 
A Marinha do Brasil, representada pela Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), participou das comemorações do 256º aniversário de nascimento de José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência, no dia 13 de junho, em Santos-SP. As atividades fazem parte da Semana do Patriarca da Independência e consta do calendário de eventos e comemorações oficiais da cidade.
 
Na cerimônia, realizada na Praça Barão do Rio Branco, em frente ao Pantheon dos Andradas, aconteceu uma aposição de flores junto ao mausoléu dos irmãos Andradas, onde se encontra a jazida do cidadão santista e espaço de homenagens anuais em memória do estadista, naturalista e poeta luso-brasileiro.
 
Estiveram presentes no evento o Vice-Pre­feito de Santos, Sandoval Soares, membros do Movimento Pró-Memória José Bonifácio, representações da Marinha, do Exército, da Força Aérea, da Polícia Militar, a Banda da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea e alunos das redes de ensino municipal, estadual e privado.
 
Durante as comemorações, uma exposição, que apresenta a trajetória e curiosidades da vida do Patriarca, dividida em 14 painéis, foi inaugurada na sede do Arquivo Permanente da Fundação Arquivo e Memória de Santos (FAMS), além do lançamento, pelos Correios, do selo  postal comemorativo aos  200 anos do retorno de José Bonifácio ao Brasil.
 
ridades publicas presentes ao evento
Capitão dos Portos de São Paulo, Capitão de Mar e Guerra Daniel Menezes, e autoridades publicas presentes ao evento

Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio habilita e certifica Policiais Ambientais para conduzir embarcações

22/06/2019
 
Delegado Fluvial, Capitão de Corveta Paulo Farina, entrega a Carteira de Habilitação e o certificado a um formando
 
A Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, subordinada ao Comando do 8° Distrito Naval, finalizou, no dia 14 de junho, o Curso Especial para Tripulante de Embarcações de Estado no Serviço Público, turma 1/2019. O curso foi ministrado no período de 10 a 14 de junho, atendendo uma solicitação da 3ª Companhia de Polícia Ambiental de Presidente Prudente-SP, quando foram habilitados e certificados 24 Policiais.
 
Durante o curso, foram ministradas as disciplinas de Marinharia; Primeiros Socorros; Sobrevivência do Náufrago; Regras de Manobras, Luzes e Sinais Sonoros; Noções Básicas de Navegação; Noções Básicas de Estabilidade; Combate a Incêndio; Operações com Motores Diesel; e Prevenção da Poluição do Meio Ambiente.
 
A habilitação de novos tripulantes, além do caráter social, promove a Segurança da Navegação e a Salvaguarda da Vida Humana em rios, que são as principais atribuições da Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, representando a Marinha do Brasil no Oeste Paulista.
 
A Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio recebe as solicitações para realização de Cursos de Órgãos Públicos. Após análise do cronograma e autorização da Capitania Fluvial do Tietê-Paraná, a realização do curso é aceita e planejada, com o órgão solicitante assumindo todos os custos.

DPHDM recebe doações de pinturas de artistas da virada do século XIX

22/06/2019
 
Pintura do artista brasileiro Aurélio de Figueiredo foi uma das obras
doadas pelo curador de arte Luiz Fernando Dannemann (ao centro)
 
A Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) recebeu, no dia 28 de maio, do curador de arte Luiz Fernando Dannemann a doação de duas pinturas, do brasileiro Aurélio de Figueiredo e do italiano Eduardo de Martino, pintores de reconhecido prestígio da virada do século XIX.
 
Durante este mês de junho, as obras estão passando por um processo de higienização e catalogação pela Divisão de Acervo, do Departamento de Museologia, para serem incluídas na coleção de acervo museológico da DPHDM — que conta, hoje, com aproximadamente 22 mil peças, expostas ou armazenadas — e acondicionadas na Reserva Técnica.
 
As obras doadas foram o “Estudo para pintura Último Baile da Ilha Fiscal, óleo sobre madeira, de Aurélio de Figueiredo, que integrou o movimento Romântico brasileiro na pintura, e uma aquarela sobre papel, de Eduardo De Martino, retratando um combate naval.
 
2019 _doacoes-quadros _02 __NOMAR
Doada ao acervo museológico da DPHDM, aquarela do italiano De Martino retrata um combate naval, uma das marcas do pintor

Marinha participa de Congresso Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário e Aquaviário

21/06/2019
 
Comandante Mauro (DPC) durante apresentação no V Congresso Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário e Aquaviário
 
No período de 11 a 13 de junho, na cidade de Recife (PE), a Marinha do Brasil, representada pela Diretoria de Portos e Costas (DPC), participou do V Congresso Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário e Aquaviário, cujos principais propósitos foram promover o intercâmbio de informações técnico-científicas relativas à segurança e saúde no trabalho portuário e aquaviário e compartilhar experiências sobre prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho desses segmentos laborais.
 
Na ocasião, os Oficiais da DPC, Capitão de Mar e Guerra  Mauro José Rocha de Araujo e Capitão de Fragata Álvaro Diniz de Carvalho, realizaram apresentação sobre o tema “A contribuição normativa da Marinha do Brasil para a segurança e saúde no trabalho aquaviário”, suscitando interesse por parte do público presente, composto por representantes do governo, empregadores e trabalhadores.
 
Durante o congresso, foram apresentados e debatidos diversos temas de interesse da Autoridade Marítima, com destaque para a capacitação e a qualificação dos trabalhadores portuários e aquaviários, segurança nas hidrovias, importância da Convenção do Trabalho Marítimo (MLC 2006) da Organização Internacional do Trabalho, condições de trabalho nas atividades de pesca e mergulho, saúde do trabalhador portuário e aquaviário e acidentes por escalpelamento nos rios da Amazônia.

Comando do 6º Distrito Naval e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul lançam o Programa Marinheiro Empreendedor

21/06/2019
 
Reitor da UFMS, Professor Doutor Marcelo Turine, e Contra-Almirante Arentz assinam Acordo de Cooperação
 
O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) firmaram parceria para a fronteira oeste do País: o Programa Marinheiro Empreendedor, em dia 14 de junho, no gabinete do Com6ºDN. As instituições irão promover o desenvolvimento de competências necessárias à formação empreendedora dos Marinheiros que possuem contratos temporários de serviço com a Marinha do Brasil (MB) em Ladário-MS.
 
A parceria, pioneira na MB, tem como propósito oportunizar aos participantes o desenvolvimento de um plano de carreira empreendedor, inovador e de acordo com as possibilidades de modelos de negócios sustentáveis para a região. O programa irá proporcionar, também, conhecimento acerca das áreas de planejamento, marketing, economia e finanças.
 
Na ocasião, o Comandante do Com6ºDN, Contra-Almirante Carlos Eduardo Horta Arentz, agradeceu aos envolvidos por tornar realidade o projeto para a sociedade local. “O programa dará continuidade ao desenvolvimento socioeducativo e cultural dos Marinheiros, qualificando nossos jovens para o mercado de trabalho após deixarem as fileiras da MB, enriquecendo-os de conhecimento, inovação e espírito empreendedor”.
 
O Reitor da UFMS, Professor Doutor Marcelo Augusto Santos Turine, ressaltou as expectativas para a formação continuada dos jovens temporários da MB. “Além de oferecer conteúdos de gestão, negócios e finanças, esperamos despertar nos marinheiros o espírito empreendedor, para que futuramente eles possam, de repente, abrir seus negócios e se tornarem parceiros estratégicos no Mato Grosso do Sul. Estamos muito felizes com essa parceria, acredito que faremos um belo trabalho juntos, o qual, certamente, se tornará referência em todo o País”.
 
A coordenação do programa no Com6ºDN ficará a cargo do Centro de Intendência da Marinha em Ladário, que fará a seleção, inicialmente, de 25 Marinheiros. As aulas estão previstas para iniciarem no mês de agosto. Pela UFMS, também participaram da reunião o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Dr. Nalvo Franco; o Diretor do Campus Pantanal, Professor Doutor Aguinaldo Silva; a Professora Doutora Beatriz Lima de Paula; e a Professora Doutora Roosiley dos Santos Souza, administradora do programa.

Formatura de sargentos aviadores navais é realizada em São Pedro da Aldeia-RJ

21/06/2019
 
Formandos do Curso Especial de Habilitação a Sargento - Turma 2019

O Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN) sediou a cerimônia militar de formatura dos alunos do Curso Especial de Habilitação a Sargento, turma 2019, dos Especialistas em Aviação, no dia 14 de junho, em São Pedro da Aldeia-RJ.
 
Esta é a maior turma de sargentos aviadores navais já formada pelo CIAAN. Concluíram o curso 187 alunos, sendo 12 especialistas em Controle de Tráfego Aéreo, 52 em Motores de Aviação, 25 em Estrutura e Metalurgia de Aviação, 12 em Sensores de Aviação, 12 em Hidráulica de Aviação, 29 em Aviônica, 7 em Armamento de Aviação, 29 em Manobras e Equipagem de Aviação e 9 em Equipamentos de Aviação.

Marinha do Brasil participa do 43º Congresso Mundial de Medicina Militar

20/06/2019
 
Diretor de Saúde da Marinha, Vice-Almirante Luiz Cláudio Barbedo Froés,  profere palestra no 43o Congresso Mundial de Medicina Militar
 
O Comitê Internacional de Medicina Militar (ICMM) realizou o 43o Congresso Mundial de Medicina Militar em Basileia, na Suíça, em maio deste ano. O congresso contou com a participação de 36 países e o tema central foi a “Medicina em Movimento”. 
 
Durante o evento, foram proferidas palestras e aprovados 261 científicos. A Marinha do Brasil (MB) foi convidada a falar sobre o vírus da Zika (ZIKV) em seu sistema de saúde. 
 
Em palestra apresentada pelo Diretor de Saúde da Marinha, Vice-Almirante (Md) Luiz Claudio Barbedo Fróes, foram abordadas as ações realizadas para o controle do vetor no território nacional, como as atividades de conscientização a alunos de escolas públicas e a força-tarefa para a eliminação de criadouros do mosquito; além dos serviços de apoio às crianças que nasceram com síndrome congênita associada ao vírus, desenvolvidas no Hospital Naval Marcílio Dias e na Policlínica Naval Nossa Senhora da Glória; e as pesquisas científicas desenvolvidas no Instituto de Pesquisas Biomédicas (IPB).
 
A Primeiro-Tenente Shana Barroso, pesquisadora do IPB, apresentou em pôster os resultados obtidos no estudo de acompanhamento de longo prazo do ZIKV, executado no Laboratório de Biologia Molecular do IPB. A MB mostrou suas ações no combate ao agente biológico no comitê, com os esforços e experiências internacionais para o enfrentamento e contenção dos surtos epidêmicos provenientes de arboviroses.
 
shana ICMM 2019.jpg
Primeiro-Tenente (RM2-S) Shana Barroso, pesquisadora do IPB, apresenta os resultados obtidos no Laboratório de Biologia Molecular

Navios da Marinha abrem para visitação pública e realizam Parada Naval em Manaus-AM

20/06/2019
 
Os navios receberam cerca de dois mil visitantes
 no dia 8 de junho
 
O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, o Navio Patrulha Fluvial (NPaFlu) “Amapá” e o Navio Hidroceanográfico Fluvial (NHoFlu) “Rio Branco” abriram para visitação pública, no Porto do Rodway, no Centro de Manaus-AM, em dia 8 de junho.
 
Na ocasião, cerca de dois mil manauaras conheceram as instalações dos navios, a rotina marinheira, além das atividades da Marinha na Amazônia Ocidental.
 
Já no dia 9, o público presente na Praia da Ponta Negra assistiu à Parada Naval dos navios subordinados ao Comando do 9° Distrito Naval.
 
Participaram da parada os Navios Patrulha Fluviais (NPaFlu) “Roraima”, “Amapá”, “Rondônia” e “Raposo Tavares”, e os Navios de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, “Soares de Meirelles” e “Carlos Chagas”, e o Navio Hidroceanográfico Fluvial (NHoFlu) “Rio Branco”.
 
As ações fizeram parte das comemorações dos 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha.
 
foto parada
Parada Naval aconteceu em frente à Praia da Ponta Negra

Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego realiza comissão de manutenção no Farol Rasa, no litoral do RJ

20/06/2019

 

Ilha Rasa, no litoral do Rio de Janeiro

 

No período de 21 de maio a 19 de junho, o Centro de Auxílios à Navegação Almirante Moraes Rego (CAMR) realizou diversas melhorias nos tombos do Farol Rasa, como a pintura geral do farol e a construção de um novo telhado para os tanques de combustível.

 

As manutenções do farol, inaugurado em 2 de dezembro de 1883, contaram com o apoio de 14 militares do CAMR. O trabalho realizado contribuiu para a manutenção e conservação do farol e consequentemente para a segurança da navegação.

 

Milirares do CAMR

Farol da Ilha Rasa

Câmara dos Deputados homenageia a Marinha do Brasil pelo 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo

19/06/2019
 
Eu só quero assegurar que estamos prontos para defender, onde e quando for necessário, a nossa Pátria”, destacou o Comandante da Marinha, Almirante Ilques, ao encerrar a solenidade
 
Comandante da Marinha durante discurso no
Plenário da Câmara dos Deputados
 
Deputados, autoridades civis e militares e convidados participaram, nesta quarta-feira (19), da Sessão Solene alusiva ao 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha, realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília-DF. A iniciativa foi do deputado federal Coronel Chrisóstomo, em conjunto com os parlamentares General Peternelli, General Girão e Coronel Armando.
 
O deputado Coronel Chrisóstomo presidiu a sessão e afirmou sentir-se honrado em ter sido o propositor do evento. Acrescentou que o papel dos militares e da Marinha do Brasil é essencial para a manutenção da ordem e da democracia.
 
PHOTO-2019-06-19-10-18-44.jpg
Mesa Diretora da Sessão Solene
 
O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, compôs a Mesa Diretora do evento e lembrou da importância de celebrar conquistas passadas. “O Brasil nasceu do mar. Reviver o passado faz com que nos tornemos uma nação e não somente um aglomerado de pessoas. Precisamos do contato com os heróis passados para enfrentarmos os desafios de hoje”, disse.
 
O campeão olímpico de Vela Lars Grael participou da solenidade e afirmou ser grato à Marinha pelo apoio que a Força Naval dá ao esporte brasileiro. “Graças à Marinha o Brasil conquistei, nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, diversas medalhas. Estou aqui por isso. Nós que somos navegadores somos todos Marinha”, afirmou.
 
O jornalista Alexandre Garcia discursou sobre a importância da data e o papel da Força para o desenvolvimento do País. “Os senhores da Marinha são a garantia das nossas riquezas, tanto do comércio e as extrativas, quanto do uso de nossa imensa bacia hidrográfica e de nosso mar”, declarou.
 
Oficiais e Praças da Marinha, além de alunos atendidos pelo Projeto Forças no Esporte (Profesp), participaram da homenagem. O Cabo Rodrigo da Rocha esteve na Câmara dos Deputados pela primeira e vez e disse que a experiência foi gratificante. “É um aprendizado estar aqui e ver diversas autoridades falando da Marinha”, contou. Para a Primeiro-Tenente Tassiane Nunes Garcia, a sessão solene é importante para a Marinha. “É uma honra estar aqui e ver parlamentares e as três Forças em comunhão de ideias”.
 
 

Agência Fluvial de Juazeiro encerra campanha de doação com entrega de itens à comunidade ribeirinha

19/06/2019
 
Militares da AgJuazeiro transmitem informações à comunidade
 
A Agência Fluvial de Juazeiro (AgJuazeiro) encerrou a campanha de doação de alimentos, roupas, materiais de higiene e limpeza, com a entrega dos itens arrecadados à comunidade ribeirinha da Ilha de Nossa Senhora de Nazaré, no dia 8 de junho.
 
A campanha, que teve como slogan "Agência Fluvial de Juazeiro é 100, Juazeiro e Petrolina são 1.000!", fez parte das celebrações dos 100 anos da Agência e foi realizada em parceria com a Sociedade Amigos da Marinha (Soamar) de Juazeiro.
 
Na ocasião, a equipe da agência transmitiu informações sobre os serviços de registro de embarcações e ensino profissional marítimo.
 
O evento contou com a presença do Agente Fluvial em Juazeiro, Capitão-Tenente Luis Felipe Melo da Mata, da Presidente da Soamar de Juazeiro, Laline Cristina Assunção dos Santos, outros membros da instituição e militares.
 
FOTO 002
Militares e comunidade ribeirinha beneficiada com as doações

Mais de mil pessoas participam da XVII Corrida da Batalha Naval do Riachuelo em Belém-PA

21/06/2019
 
Participantes durante largada
 
Mais de mil atletas profissionais e amadores participaram, no dia 16 de junho, da XVII edição da Corrida da Batalha Naval do Riachuelo para comemorar o 154º aniversário da Data Magna da Marinha. Militares das Forças Armadas e Auxiliares também correram, distribuídos em pelotões.
 
O percurso foi de dez quilômetros e teve como largada e chegada a Praça Carneiro da Rocha, em Belém-PA, em frente ao Comando do 4º Distrito Naval. A população paraense acompanhou o trajeto.
 
No pódio, na categoria de pelotão, o destaque foi para a Polícia Militar do Estado do Pará, que concluiu a corrida aos 55 minutos após a largada. Em segundo lugar, o “Pelotão Barroso”, formado por militares do Centro de Intendência da Marinha em Belém e do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte; em terceiro, o “Pelotão EFOMM”, composto por alunos do Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar.
 
Neste ano, 25 mulheres oficiais e praças da Marinha do Brasil formaram o primeiro pelotão feminino de corrida de rua de Belém, que ocupou o quarto lugar na competição, concluindo o percurso em uma hora e meia.
 
IMG_2300.JPG
Primeiro pelotão feminino de corrida de rua de Belém é formado por militares da Marinha

Brasil participa da 101ª Sessão do Comitê de Segurança Marítima

20/06/2019
 
Delegação do Brasil na 101ª Sessão do Comitê de Segurança Marítima
 
O Brasil participou da 101ª Sessão do Comitê de Segurança Marítima (MSC) realizada entre os dias 5 e 14 de junho, na Organização Marítima Internacional (IMO), em Londres. O comitê trata das questões relacionadas à segurança e à proteção marítimas.
 
A delegação do Brasil foi composta por representantes da Marinha do Brasil, do Ministério das Relações Exteriores, da Universidade de São Paulo, da Universidade Federal do Rio Grande, do Conselho Nacional de Praticagem, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte Aquaviário e Aéreo, na Pesca e nos Portos, da Associação Brasileira de Direito Marítimo e por técnicos da Petrobras.
 
Durante o comitê, foram abordados os seguintes assuntos: criação de Diretrizes para realização de testes com Navios Autônomos de Superfície, bem como estudo das alterações necessárias nos instrumentos da IMO, como, por exemplo, Regulamento Internacional para Evitar Abalroamento no Mar e Convenção Internacional para Salvaguarda da Vida Humana no Mar, que deverão ser revisadas com o advento desta nova tecnologia.
 
Na sessão, foram debatidos também medidas para aumentar a segurança dos navios em relação ao uso de óleo combustível com baixo teor de enxofre (0,5% SOx), a ser adotado a partir de 1º de janeiro de 2020; o andamento da implementação do Sistema de Comunicações por Satélite IRIDIUM como provedor do GMDSS (Sistema Global de Socorro e Segurança Marítima), a partir de 2020; os principais acontecimentos relativos aos atos de pirataria e roubo armado, principalmente no Golfo da Guiné; e migração insegura pelo mar.

Escola de Guerra Naval sedia o Seminário “Combatendo Ameaças Transnacionais”

19/06/2019
 
Especialistas debateram tópicos direcionados
 para a segurança integrada
 
Entre os dias 11 e 13 de junho, foi realizado o Seminário Countering Transnational Threats (Combatendo Ameaças Transnacionais), direcionado para a gestão da segurança integrada e a cooperação interagências. A Escola de Guerra Naval (EGN) sediou o primeiro dia do evento, que teve sequência, respectivamente, na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército  e na Escola Superior Guerra (ESG). As três instituições fazem parte, juntamente com outras entidades, do Projeto Pró-defesa IV, desenvolvido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  e pelo Ministério da Defesa.
 
O seminário foi composto por quatro mesas-redondas e dois workshops temáticos, voltados às definições conceituais e aos modelos de arquitetura que envolvem segurança e defesa no território nacional. Foram abordados tópicos como políticas de segurança, gestão de segurança integrada, desafios à governança, contraterrorismo, narcóticos, tráfico de armas e de pessoas, lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo, cooperação interinstitucional e internacional.
 
O evento contou com a parceria do William J. Perry Center for Hemispheric Defense Studies (Centro de Estudos de Defesa Hemisférica, sediado nos EUA), como parte do Programa de Engajamento Bilateral para Combate de Ameaças Transnacionais. O objetivo do encontro, que reuniu palestrantes e participantes norte e sul-americanos, foi o fortalecimento das oportunidades de trabalho em rede.
 
Em complemento, no dia 12 de junho, o Diretor da EGN, Contra-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, reuniu-se com o Diretor do Centro Willian J. Perry, Lieutenant General Frederik Rudesheim, e outros representantes da instituição, com o propósito de estabelecimento de futuras parcerias.
 
Diretor do Wiliam J. Perry Center e o Diretor da EGN
 

 

Marinha realiza mutirão para regularização de embarcações em Belém-PA

19/06/2019
 
População paraense é beneficiada com serviços da capitania
 
 
A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) realizou um mutirão para regularização de embarcações e ações de combate ao escalpelamento no Trapiche de Icoaraci, em Belém-PA, no período de 12 a 15 de junho. Cerca de 50 pessoas receberam atendimento e buscaram informações sobre o trabalho que a CPAOR desenvolve.
 
O mutirão fez parte da semana alusiva ao 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Força, comemorada no dia 11 de junho. O evento contribuiu para estimular a mentalidade fluvial direcionada para a segurança das embarcações, dos tripulantes e passageiros bem como da navegação e a garantia da salvaguarda da vida humana nas águas e do combate ao acidente de escalpelamento.

Empresa Gerencial de Projetos Navais gerencia construção de barco hospital

19/06/2019
 
Barco Hospital Papa Francisco
 
Após 18 meses, chega ao final a fase de construção do Barco Hospital Papa Francisco. Desenvolvido a partir do projeto do “Barco Social”, a embarcação foi fruto do esforço dos engenheiros da Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron) e do Indústria Naval do Ceará e dos representantes da Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus na criação do primeiro navio.
 
O Barco Hospital possui comprimento de 32 metros por 8 metros de boca e conta com centro cirúrgico completo; sala de recuperação pós-anestésica; enfermaria; farmácia; laboratório; consultórios ginecológico, oftalmológico, odontológico e de uso geral; e salas de raio-x, mamografia, ultrassonografia; vacinação, esterilização, medicação e nebulização e teste ergométrico, além de camarotes para 30 pessoas, cozinha, refeitório, biblioteca, central de gases medicinais e lavanderia hospitalar.
 
A embarcação, que está em fase final de testes, será entregue pela Emgepron em 27 junho de 2019. A Fraternidade São Francisco de Assis possui extensa agenda de emprego, após o seu recebimento, na prestação de serviços de saúde e no atendimento odontológico na Bacia Amazônica para cerca de 700 mil residentes de comunidades ribeirinhas dos municípios de Alenquer, Almerim, Belterra, Curruá, Faro, Juruti, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa.

Militar do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes expõe trabalho em Simpósio Internacional

18/06/2019
 
Militares brasileiros no Simpósio Internacional do CISM
 
A Capitão-Tenente Priscila Bunn, do Laboratório de Pesquisa em Ciência do Exercício, do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) da Marinha do Brasil, foi uma das palestrantes no Simpósio Internacional do Conselho Internacional de Esportes Militares (CISM), que ocorreu no período de 3 a 8 junho, em Quito, no Equador.
 
Na categoria “Apresentação Oral”, a pesquisadora apresentou dois trabalhos: “Os efeitos do Treinamento Neuromuscular para prevenção de lesões em militares” e “Protocolos de avaliação do movimento para a classificação de risco de lesões musculoesqueléticas”.
 
Na programação, foram discutidos temas como "CISM, Forças Armadas e instituições civis como promotoras da ciência e esporte"; "Fitness e desempenho em esportes militares"; “Aspectos psicológicos e fisiológicos militares e desempenho operacional"; “Ciência aumentando o desempenho em esportes militares"; e "Gestão e parceria dentro do campo esportivo militar".
 
Apresentação ao público no congresso realizado em Quito-Equador
Apresentação ao público no congresso realizado em Quito-Equador

Hospital Naval de Recife realiza Ação Cívico-Social na cidade de Rio Formoso-PE

17/06/2019
 
Ação Cívico-Social na cidade de Rio Formoso-PE
 
O Hospital Naval de Recife (HNRe) realizou uma Ação Cívico-Social (Aciso), no dia 6 de junho, na cidade de Rio Formoso-PE, localizada a 88 quilômetros de Recife-PE.
 
Na ocasião, o HNRe, em parceria com a Prefeitura de Rio Formoso-PE,  realizou 270 atendimentos médicos e odontológicos, em especialidades como clínica geral, otorrinolaringologia, ortopedia e dermatologia. Durante a Aciso, também foram realizadas orientações sobre escovação e saúde bucal, além de oficinas da arte marinheira de nós.
 
As Ações Cívico-Sociais têm a finalidade de auxiliar as comunidades a solucionar seus problemas, buscando ainda o desenvolvimento do espírito cívico e comunitário dos cidadãos.

Crianças do Profesp do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal participam de ação ambiental nas praias da cidade

17/06/2019
 
Durante a ação, alunos aprenderam sobre meio ambiente e descarte adequado de lixo
 
As crianças e adolescentes do Programa Forças no Esporte (Profesp), do núcleo do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal, participaram, no dia 5 de junho, de uma ação ambiental na orla das praias do Meio e do Forte, em Natal-RN.
 
A ação, alusiva aos 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, teve como objetivo promover a conscientização, nas crianças e adolescentes do Profesp, sobre o meio ambiente e a adequada destinação do lixo.
 
O Profesp é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, Exército e Aeronáutica, e em parceria com os Ministérios do Esporte e do Desenvolvimento Social e a Secretaria Nacional de Juventude. O programa tem por objetivo a prática e a cultura do esporte como forma de promover o desenvolvimento integral, a inclusão social, a cidadania e a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Diretoria de Hidrografia e Navegação realiza Curso Especial de Operação em Águas Polares

17/06/2019
 
Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel” e Navio Polar “Almirante Maximiano”
em Operação Antártica
 
A Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN) realizará, a partir desta segunda (17) até o dia 2 de julho, pela primeira vez, o Curso Especial de Operação em Águas Polares (C-Esp-OpAP).
 
O curso tem como propósito habilitar Oficiais e Praças, componentes das tripulações de navios que operam na Antártica para o exercício das funções afetas à navegação em águas polares e seu planejamento; ao serviço de passadiço; à previsão e acompanhamento meteorológicos; e à condução e gerenciamento de risco das diversas operações no ambiente antártico. Também participarão do curso militares do grupo-base da Estação Antártica Comandante Ferraz.
 
Os conteúdos ministrados no curso incluem conceitos básicos sobre o continente antártico, meteorologia antártica, e operações e navegação em águas polares. Também estão previstas atividades práticas em simuladores, bem como planejamento de missão antártica. O curso será conduzido na Superintendência de Ensino da DHN.

CPSP participa do 1º Encontro sobre o Futuro do Porto de Santos

17/06/2019
 
Capitão dos Portos de São Paulo, Capitão de Mar e Guerra Daniel, explica a atuação da Marinha durante palestra na ETEC Escolastica Rosa
 
A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) participou, no dia 7 de junho, do 1º Encontro Tecnológico dos alunos do Curso Técnico em Logística com o tema “Portos de Santos – Novos Rumos”, na ETEC Escolática Rosa, em Santos-SP. A iniciativa teve como objetivo reunir autoridades e empresários ligados às atividades marítimas, avaliando atuais perspectivas para a região.
 
Durante o curso, mediado pelo Editor-Chefe do Jornal A Tribuna, Leopoldo Figueiredo, os temas abordados foram: as questões como o futuro do porto; as inovações tecnológicas atualmente utilizadas no porto organizado; o que existe de inovação no mercado e as tecnologias hoje utilizados nos maiores e mais produtivos portos do mundo, bem como as experiências observadas pelos empresários do setor durante suas visitas pelo mundo.
 
Participaram também do curso a Deputada Federal Rosana Valle; o Deputado Estadual Professor Kenny; a Vereadora de Santos Andrey Kleys; o Presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo, Engenheiro Naval Casemiro Tércio Carvalho, e o Capitão dos Portos de São Paulo, Capitão de Mar e Guerra Daniel Américo Rosa Menezes.
 
Palestrantes durante 1 Encontro do Curso de Logistica da Escolástica Rosa em Santos
Palestrantes durante 1º Encontro do Curso de Logística da Escolástica Rosa em Santos

Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro coloca em operação guindaste com tecnologia de ponta

17/06/2019
 
Guindaste em operação no AMRJ
 
O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) colocou em operação, em 10 de junho, um moderno guindaste “Grove”, autopropelido e hidráulico, com tecnologia de ponta, informatizado, e características técnicas específicas para atuação no AMRJ.
 
Com 13,47 metros de comprimento, 3,53 metros de largura e 3,6 metros de altura, o modelo “Grove” RT765E-2 possui capacidade de içamento de cargas de 60 toneladas a 3,3m, lança telescópica de 11m a 33,5m de quatro seções e alcance total de 50,5 m.
 
A capacidade de elevação de carga e o alcance do equipamento permitirão a execução de diversos serviços em navios atracados em segunda linha no cais e atendimento satisfatório nos diques. Com o guindaste também será possível atender a tarefas como pintura e inspeções de costado de navios docados, colocação de pranchas e passarelas de serviço, retirada de hélices e de motores de combustão principal de navios de pequeno porte.

Marinha é agraciada com Medalha Mérito Legislativo no Pará

16/06/2019
 
O Comandante do 4º Distrito Naval recebeu diploma e medalha de deputados estaduais do Pará
 
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), recebeu a Medalha Mérito Legislativo Newton Miranda, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará a personalidades e instituições militares e civis que se destacam em ações em favor do estado. A sessão solene foi realizada no dia 13 de junho, em Belém-PA, e contou com a presença de autoridades civis, militares e empresários.
 
O Com4ºDN foi indicado projetos e parcerias da Marinha com diversos órgãos públicos estaduais e federais, projetos e programas, a exemplo das Ações Cívico-Sociais, que levam atendimento médico, odontológico, e atendimentos jurídicos beneficiando famílias do arquipélago do Marajó e regiões do Tocantins, Tapajós, Xingu, entre outros locais do Pará e de demais estados da jurisdição do 4º Distrito Naval.
 
“Ao homenagearmos a eminente entidade pública que é a Marinha, ficamos honrados por seus respectivos serviços levados há décadas à população, com dedicação e compromisso verdadeiro, que fazem toda a diferença para o exercício da cidadania”, ressaltou o Deputado Nilton Neves, autor da indicação.
 

 

Ação social do Comando do 5º Distrito Naval realiza mais de mil atendimentos em saúde

16/06/2019
 
Duas mil toneladas de alimentos foram doados ao Programa Mesa Brasil
 
O Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) realizou uma Ação Cívico-Social (Aciso), no Partage Shopping, em Rio Grande-RS.  A ação contou com duas unidades móveis de saúde do Sesc e profissionais de saúde da Marinha do Brasil e da Prefeitura Municipal do Rio Grande, que realizaram cerca de mil atendimentos durante todo o dia.
 
Mais de 12 mil pessoas passaram pelo shopping e receberam serviços como atendimento odontológico; verificação de pressão; medição de glicose; testes rápidos de HIV e Sífilis; campanhas de prevenção do câncer de mama; e corte de cabelo masculino. A ação foi uma parceria com o Partage Shopping Rio Grande, o Sesc e a Prefeitura Municipal do Rio Grande. Os serviços de saúde ocorrerão até o dia 19 de junho, com encaminhamento de pacientes pela Secretaria Municipal de Saúde.
 
Mais de mil pessoas foram atendidas na área de saúde
 
Também foram expostos materiais e meios das organizações militares subordinadas sediadas em Rio Grande, bem como a exibição do simulador de passadiço e as demonstrações de nós marinheiros à comunidade rio-grandina.
 
A Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande encerrou o evento com uma apresentação na Praça de Alimentação.  
 
Além das ações e atividades ofertadas no dia, o Com5ºDN entregou ao Programa Mesa Brasil, do Sesc, duas toneladas de alimentos não perecíveis arrecadados em uma rede de supermercados local, que serão destinados a uma instituição carente.

 

Marinha do Brasil realiza resgate no rio Paraná

15/06/2019
 
Momento da chegada dos militares da Delegacia Fluvial de Guaíra
 
A Marinha do Brasil, por intermédio da Delegacia Fluvial de Guaíra (DelGuaira), ao tomar conhecimento que um homem havia caído da ponte Ayrton Senna, na cidade de Guaíra-PR, prestou apoio por meio de uma equipe SAR da Delegacia. O fato ocorreu no dia 12 de junho por volta das 14h30.
 
O homem foi resgatado com vida, em 15 minutos, após acionarem a equipe. O atendimento foi coordenado com a equipe do Samu e os primeiros socorros ocorreram no local de desembarque. Em seguida, o resgatado foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento.
 

 

Marinha do Brasil resgata nove pessoas após naufrágio de embarcação em Fernando de Noronha

14/06/2019
 
                                                       Imagem: Pedro Vitorino
Militar recebe tripulantes resgatados
 
O Navio Patrulha (NPa) “Guaíba”, subordinado ao Comando do 3º Distrito Naval, salvou nove pessoas, na noite do dia 13, após o naufrágio da embarcação “Navegantes”, que fazia percurso entre Recife e Fernando de Noronha-PE.
 
Os resgatados foram atendidos pelo Oficial Médico do NPa “Guaíba” e passam bem. O Salvamar Nordeste, que coordena a Operação de Busca e Salvamento, deslocou o Navio Patrulha (NPa) “Macau" para prosseguir com a busca à décima pessoa que ainda não foi localizada.
 
Militares da Marinha no momento do resgate
 
Um dos resgatados foi José Cláudio Batista da Silva, de 36 anos, que relatou o momento em que a embarcação naufragou. "De início, tentamos a todo custo trazer a embarcação de volta, mas depois vimos que tínhamos que lutar pela vida. A sensação ao ver o navio da Marinha é que a gente estava a salvo. E realmente nosso resgate foi excelente! A gente agradece em primeiro lugar a Deus, mas sem a Marinha esse resgate não seria possível".
 
O Comandante do NPa "Guaíba", Capitão-Tenente Yuri Mourão Dionísio, explicou que o navio enfrentou condições meteorológicas adversas e localizou a balsa a 20 quilômetros do local do naufrágio. "Tivemos ondas altas e ventos muito fortes, mas nosso navio é preparado para enfrentar esse mar. Era noite e só foi possível localizar a balsa graças ao dispositivo luminoso que foi disparado pelos tripulantes. O clarão chamou nossa atenção e nos deslocamos até lá. Foi quando encontramos a balsa. Os tripulantes estavam bem debilitados, mas com estado de saúde estável. Foram medicados, alimentados e ficaram bem".
 
A embarcação suspendeu de Recife, no dia 12 de junho, com destino ao Arquipélago de Fernando de Noronha, e naufragou a uma distância de 80 milhas náuticas (equivalente a 148 quilômetros) de João Pessoa-PB.
 
Navio Patrulha “Guaíba”
Também conhecido como o “Dragão dos Mares”, o navio fiscaliza as Águas Jurisdicionais Brasileiras, contribui para a segurança das instalações costeiras e auxilia na salvaguarda da vida humana no mar.
 
Os resgatados foram atendidos pelo médico do Navio Patrulha “Guaíba”
 
O Navio Patrulha “Macau” está auxiliando na busca do décimo tripulante
 
Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo, com tripulantes
 
Assista ao vídeo

Ouça o áudio
 
 
 

Brasil incorpora 170 mil km2 de área de Plataforma Continental e tem sua “Amazônia Azul” ampliada

13/06/2019
 
Figura com o limite exterior da Plataforma Continental, além das 200 milhas, na Região Sul, da Margem Brasileira, representada pela linha vermelha
 
No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.
 
O processo de estabelecimento do limite exterior da Plataforma Continental do Brasil foi iniciado em 1987, por meio do trabalho de levantamentos de dados.  Em 2007, fruto da primeira submissão de pleitos, depositados em 2004, o Brasil recebeu, da CLPC, o Relatório de Recomendações no qual aquela Comissão endossou cerca de 80% da proposta brasileira. No dia 25 de agosto de 2015, no plenário da ONU, em Nova Iorque, a Delegação Brasileira, seguindo o protocolo estabelecido na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, procedeu à apresentação da Submissão Parcial revista do Brasil cobrindo a Região Sul da margem brasileira, para os 21 peritos da CLPC. Naquela oportunidade, foram enfatizados os aspectos técnicos e legais que o Brasil baseava-se para justificar o limite exterior proposto da plataforma continental.
 
Ao longo das sessões de trabalho da CLPC, em Nova Iorque, ocorreram reuniões de trabalho da Delegação Brasileira com os peritos da CLPC designados para conduzir a análise da Submissão da Região Sul, na qual foram respondidas e esclarecidas questões que levaram àquela Comissão a aceitar e recomendar que o Brasil adotasse o limite exterior da plataforma continental na Região Sul exatamente como consta na submissão apresentada.
 

Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins realiza projetos “Pátria Amada Brasil” e “Segurança da Navegação nas Escolas”

13/06/2019
 
Cerimonial à Bandeira Nacional
 
No dia 30 de maio, a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT) realizou os projetos “Pátria Amada Brasil“ e “Segurança da Navegação nas Escolas”, no Colégio Esportivo Militar do Corpo de Bombeiros Professora Margarida Lemos Gonçalves, em Palmas-TO.
 
Na ocasião, militares da capitania realizaram o Cerimonial à Bandeira Nacional narrado, seguido do canto do Hino Nacional, entoado pelos militares e alunos do colégio. Em seguida, foi apresentada palestra sobre os símbolos nacionais e segurança da navegação, seguida de atividades práticas, como apresentação do etilômetro e instrução sobre utilização de coletes salva-vidas.
 
Os projetos têm por objetivo capacitar os alunos para que eles possam atuar como multiplicadores de conhecimento aos seus pais, amigos e familiares, contribuindo para um futuro com menos acidentes e com maior valorização dos símbolos nacionais.

Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha promove 2ª edição da “Noite no Museu Naval”

13/06/2019

 

 
 
A Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) promoveu a 2ª edição “Noite no Museu Naval”, no dia 28 de maio. O evento atraiu mais de 400 visitantes em um intervalo de apenas três horas.
 
Apresentações da Banda de Música dos Fuzileiros Navais
na “Noite no Museu Naval”
 
A atividade contou com a exposição do carro de combate “Piranha”, do Batalhão de Blindados de Fuzileiros Navais e com apresentações da Banda de Música dos Fuzileiros Navais, tocando canções tradicionais da Marinha do Brasil (MB), como “Cisne Branco”.
 
No Pátio d’Armas, na área interna, crianças, jovens e adultos divertiram-se na Oficina de Nós Marinheiros; no circuito com óculos de visão noturna, com o Grupamento de Mergulhadores de Combate; no simulador de salto de paraquedas, do Centro de Análises de Sistemas Navais; na ação de estímulo à leitura “Pegue e Leve”, da Biblioteca da Marinha; e nas visitas mediadas a exposição permanente “O Poder Naval na Formação do Brasil”.
 
Público participa das atividades durante o evento “Noite no Museu Naval”
 
No terceiro andar do Museu Naval, o Cine DPHDM lotou o auditório com a exibição do curta-documentário “Amantes da Paz”, produzido pelo Centro de Comunicação Social da Marinha, sobre a experiência da Força nas missões de paz da Força Interina das Nações Unidas no Líbano.
 
A “Noite no Museu Naval” é uma forma de expandir e prolongar tradições navais junto ao público pelo viés do lazer. O Dia Internacional dos Museus foi comemorado em 18 de maio, data escolhida pelo Conselho Internacional de Museus.

Data Magna da Marinha do Brasil é comemorada na República Popular da China

13/06/2019
 
Cerimônia alusiva ao 154°Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo
na República Popular da China
 
No dia 11 de junho, na República Popular da China, foi realizada uma cerimônia alusiva ao 154° Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, presidida pelo Embaixador do Brasil, Paulo Estivallet de Mesquita.
 
Durante a cerimônia, o embaixador do Brasil fez um discurso exaltando a importância da Marinha do Brasil para proteger as riquezas brasileiras na “Amazônia Azul” e realizou a entrega da condecoração da "Ordem do Mérito Naval".
 
A solenidade contou ainda com a presença do Chefe de Gabinete do Estado-maior da Marinha da China, Contra-Almirante Zhan Shaobing, de Adidos Militares de vários países, além de diplomatas e representantes da sociedade chinesa de Pequim, contribuindo  para a divulgação da história e das tradições da Marinha do Brasil.
 
Participantes da cerimônia alusiva da Data Magna da Marinha

Marinha participa da organização do Exercício de Assistência e Proteção para Estados Partes da América Latina e do Caribe

13/06/2019
 
Alunos durante exercício de reconhecimento de contêiner
supostamente contaminado em terminal portuário
 
Atendendo ao calendário de capacitação da Organização de Proibição de Armas Químicas (OPAQ), o Centro de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica da Marinha do Brasil (CDefNBQR-MB) coordenou a participação da Força no Exercício de Assistência e Proteção para Estados Partes da América Latina e do Caribe (ExBRALC IV 2019), realizado no período de 3 a 7 de junho.
 
A cerimônia de abertura contou com a presença de diversas autoridades, como a Oficial Sênior de Gestão de Programas da OPAQ, Ditta Ciganikova; o Diretor do Departamento de Assuntos Internacionais e Cooperação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Bernardo Sylvio Milano Netto; e o Subchefe de Operações da Chefia de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Vice-Almirante Ralph Dias da Silveira Costa.
 
Realizado nas instalações do CDefNBQR-MB e do 1o Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear, do Exército Brasileiro, o curso contou com as distintas participações de alunos da Argentina, Belize, Bolívia, Chile, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Peru, República Dominicana, Uruguai, Reino Unido e Espanha, além de alunos brasileiros das três Forças Armadas, da Agência Brasileira de Inteligência, da Polícia Federal e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.
 
As instruções do ExBRALC IV 2019, no idioma espanhol, foram conduzidas com a participação das seguintes organizações militares brasileiras: CDefNBQR-MB, Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais e 1o Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear, do Exército Brasileiro.
 
As atividades a cargo da Marinha do Brasil (MB) consistiram em aulas teóricas, mostruários, demonstrações e um Exercício Integrativo. Esse último baseou-se em um tema tático fictício – tomando por base o episódio ocorrido em 2015, quando a MB empregou a sua capacidade de resposta – que simulou uma suposta contaminação em terminal portuário, sendo necessária a coleta de amostras com suspeita de contaminação por agentes NBQR, a sua entrega ao Laboratório Móvel  e deste ao Laboratório Fixo de Análises Químicas, ambos do CDefNBQR-MB, mantendo-se a cadeia de custódia e, por fim, a descontaminação técnica de pessoal.
 
A coordenação do ExBRALC IV 2019 demonstra a evolução do Sistema de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica da Marinha do Brasil (SisDefNBQR-MB), ratificando sua capacidade em suportar, com eficiência, a realização de um evento internacional da OPAQ, consolidando o patamar de excelência aos olhos da comunidade internacional, a qual já reconhece o Brasil como líder regional na temática da DefNBQR.
 
Encerramento do ExBRALC na Fortaleza de São José

Navio Hidroceanográfico "Cruzeiro do Sul" completa mil dias de mar

13/06/2019
 
Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul” em comissão
 
No dia 10 de Junho, o Navio Hidroceanográfico (NHo) H-38 “Cruzeiro do Sul”, subordinado ao Grupamento de Navios Hidroceanográficos, atingiu a importante marca de mil dias de mar durante a comissão “Oceano Nordeste III (Outono)/ Farol NE”.
 
Incorporado à Armada no dia 28 de fevereiro de 2008, fruto de um convênio assinado entre a Marinha do Brasil e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o navio tem por finalidade desenvolver atividades de pesquisa no ambiente marinho, além de executar tarefas afetas à Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN).
 
Neste período, o “Leão dos Mares”, como é conhecido, navegou por 150.293,8 milhas náuticas (cerca de 278.342 quilômetros), contribuindo para a realização de levantamentos Hidroceanográficos e coletas de dados ambientais, além de auxiliar na formação de pesquisadores, professores e alunos nas disciplinas relacionadas ao mar.
 
 

Marinha do Brasil forma a maior turma de sargentos da história da Instituição

12/06/2019
 
Marinha formou 2.545 novos sargentos
 
A Cerimônia de Encerramento do Curso Especial de Habilitação para Promoção a Sargento, realizada no dia 7 de junho, foi a que reuniu o maior número de formandos na graduação da história da Força Naval: 406 mulheres e 2.139 homens.
 
O evento, realizado no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), no Rio de Janeiro, contou com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro; do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; do Ministro de Estado da Defesa, Fernando Azevedo e Silva; do Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército Augusto Heleno Ribeiro Pereira; do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior; de membros do Almirantado; do Prefeito do Município do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela; e outras autoridades civis e militares.
 
Comandante da Marinha cumprimenta o primeiro colocado do curso
 
Presidente Jair Bolsonaro presidiu a cerimônia
 
O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a cerimônia o fez lembrar dos tempos de caserna. “Estou me sentindo nos anos 70, quando entrei na Escola de Cadetes do Exército Brasileiro. Essa garotada, esses jovens que estão se formando hoje, carregarão a responsabilidade pelo destino da nossa pátria, cada um exercendo sua função dentro das organizações militares.”
 
O recém-formado Sargento Diego Gravina disse sentir muito orgulho em servir à Marinha. “Eu nasci para ser militar. Meu avô era militar e sigo os passos dele. Agora como sargento aumenta muito a responsabilidade. Temos que ser exemplo para os mais modernos e deixar o nosso legado.”
 
Ao todo, foram cinco meses de curso de formação. A próxima fase será a de aperfeiçoamento, que durará quatro meses, com encerramento em novembro.

Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais celebra os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo

12/06/2019
 
Oficiais-Generais do CFN prestigiaram a cerimônia
 
Os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha, foram lembrados pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN), no dia 10 de junho, em cerimônia realizada na Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, Centro do Rio de Janeiro-RJ.
 
A solenidade também marcou a imposição da Medalha Mérito Militar a oficiais e praças por decênios de bons serviços prestados à Marinha do Brasil. Na ocasião, 23 militares receberam a Medalha Militar de Ouro por 30 anos de serviço prestado à Marinha do Brasil, 19 militares foram agraciados com a Medalha de Prata por 20 anos de serviço e 45 militares receberam Medalha de Bronze em reconhecimento aos 10 anos de efetivo serviço.
 
Durante a cerimônia, 135 militares foram promovidos, sendo 38 à graduação de Suboficial, 40 a Primeiro-Sargento e 57 a Segundo-Sargento, e tiveram suas platinas e divisas trocadas na presença de seus familiares e convidados. Em seu discurso, o Comandante-Geral do CFN, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, atribuiu a quantidade expressiva de agraciados e promovidos a uma evolução constante pela qual o Corpo de Fuzileiros Navais vem passando nos últimos tempos, e agradeceu a presença dos familiares e amigos dos militares na solenidade.
 
"Esse é um dos momentos de maior alegria para o CFN, quando vemos nossos companheiros obtendo reconhecimento institucional pelo trabalho que realizam. O CFN está evoluindo e recebendo sangue novo com essas promoções. E, particularmente, gostaria de enfatizar a presença de nossos familiares e amigos. É uma honra recebê-los nesse momento. Os militares pertencentes ao CFN e aqueles que atuam conosco mesmo não sendo Fuzileiros Navais, vivem do amor de suas famílias e do amor ao trabalho. Quando o reconhecimento institucional se une ao reconhecimento e à presença familiar, temos o fortalecimento de que necessitamos para continuar fazendo cada vez melhor nosso trabalho", disse ele, conclamando uma salva de palmas para os agraciados e promovidos.
Prestigiaram a cerimônia o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Jorge Armando Nery Soares; o Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; entre outras autoridades militares.
 
Cerimônia alusiva à Batalha Naval do Riachuelo reuniu Família Naval
na Fortaleza de São José

Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas visita Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo

12/06/2019
 
Demonstração Operativa da Escola de Operações de Paz
 
Uma delegação do Ministério da Defesa, incluindo o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (CEMCFA), Tenente-brigadeiro do Ar Raul Botelho, visitou o Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), no mês de maio.
 
Durante o evento, o CEMCFA visitou diversos setores do Centro e assistiu a uma palestra sobre o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) na sala de aula do Curso de Aperfeiçoamento Avançado para Oficiais do CFN (C-ApA-CFN). Em seguida, visitou o Centro de Simulação do CFN e, também, a Escola de Operações de Paz de Caráter Naval (EsOpPazNav), a qual realizou uma Demonstração Operativa. Logo após, deslocou-se para apresentação da Pista de Liderança e da Pista de Container, ambas realizadas pela EsOpPazNav, encerrando a sua visita  no Programa Forças no Esporte.
 
O evento no CIASC foi presidido pelo Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro, e contou com a presença do Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças, General de Exército Laerte de Souza Santos; do Comandante de Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; do Chefe do Estado-Maior do Comando de Operações Navais, Vice-Almirante Flavio Macedo Brasil; do Chefe do Gabinete do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Major-Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros; dos Comandantes das organizações militares subordinadas à Força de Fuzileiros da Esquadra e demais autoridades.
 
Delegação do Ministério da Defesa e autoridade militares

Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha aprova as Diretrizes de Inovação da Força Naval

12/06/2019
 
 
Em 31 de maio, o Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, aprovou as Diretrizes de Inovação da Marinha (Portaria nº 99/2019), que estabelece determinados procedimentos referentes às atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) na Marinha do Brasil (MB), em atendimento ao preconizado no Art. nº 15-A do novo Marco Legal de CT&I (Lei nº 13.243/2016).
 
O Marco Legal de CT&I teve origem no trabalho da comunidade científica, em favor da aprovação de uma legislação que privilegiasse a colaboração entre centros de pesquisa, empresas e governo para o desenvolvimento da CT&I do País, com base no conceito da Tríplice Hélice do conhecimento científico. Na MB, a adequação ao Novo Marco Legal foi determinada na 34ª Reunião do Conselho de Ciência e Tecnologia da Marinha e coordenada pelo Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT-MB), estrutura organizacional da Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha instituída com a finalidade de gerir a política institucional de inovação da Marinha.
 
O estabelecimento das diretrizes facilitará o entendimento da Advocacia-Geral da União e demais órgãos de assessoramento jurídico, por ocasião da avaliação das minutas de contrato encaminhadas pelas Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICT) da MB; bem como dos órgãos de fomento de CT&I, durante a análise dos processos para captação de recursos financeiros.
 
As Diretrizes de Inovação da Marinha estão disponíveis nos seguintes endereços eletrônicos: https://www.marinha.mil.br/dgdntm/portarias; e

Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo é comemorada em São Tomé e Príncipe

12/06/2019
 
Cerimônia alusiva ao 154º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo
 
No dia 11 de junho, foi comemorado, em São Tomé e Príncipe, o 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. A solenidade foi presidida pelo Embaixador do Brasil, Vilmar Rogeiro Coutinho Júnior.
 
Durante a solenidade, no Centro Cultural do Brasil, na Embaixada, foram lidas a Mensagem do Presidente da República e a Ordem do Dia do Comandante da Marinha, além da exibição de filmetes ilustrando a Batalha Naval do Riachuelo.
 
Ao encerrar a cerimônia, o Embaixador Vilmar Coutinho destacou a importância de celebrar a data magna da Marinha em terras santomenses, bem como a necessidade imperativa de reforçar a cooperação bilateral entre os países. Ele ressaltou também a importância da reflexão sobre as atuais responsabilidades da Marinha perante os desafios do futuro e no desenvolvimento do Brasil.
 
A solenidade contou também com as presenças da Embaixadora de Cabo Verde, Maria Deotina Tavares Andrade de Carvalho; do Embaixador da Guiné Equatorial, Paulino Bololo Ekobo; do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas de São Tomé e Principe, Brigadeiro General Idalécio Pachire; bem como de Adidos de Defesa acreditados no país, de militares da Marinha do Brasil que compõem o Núcleo da Missão Naval e o Grupo de Assessoramento Técnico de Fuzileiros Navais, além de autoridades civis e militares e funcionários da embaixada.
 
 

Navios subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval são abertos à visitação pública

12/06/2019
 
Visitação pública à Corveta “Caboclo”
 
Nos dias 8 e 9 de junho, a Corveta “Caboclo”, os Navios-Varredores (NV) “Aratu” e “Albardão”, o Navio Patrulha (NPa) “Guaratuba” e o Aviso de Patrulha “Dourado” estiveram abertos à visitação pública no porto de Salvador-BA. A visitação fez parte dos eventos comemorativos em homenagem aos 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo.
 
A visitação aos navios contou com um público de 1.536 pessoas. Os cidadãos soteropolitanos conheceram os meios navais sediados na cidade e aprenderam um pouco sobre salvamento, patrulha naval e contramedidas de minagem.
 
Visitação pública aos NV “Aratu” e “Albardão”

População recebe atendimentos médicos, jurídicos e culturais durante Ação Cívico-Social da Marinha em Belém-PA

12/06/2019
 
Durante todo o evento, equipes de saúde atenderam
ao público com vacinação gratuita
 
Cerca de 500 vacinações contra gripe, 98 orientações médicas, 163 atendimentos odontológicos, 75 testes rápidos de hepatite e DST, 40 serviços de Fonoaudiologia e 53 de Fisioterapia foram realizados pelo Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) durante Ação Cívico-Social (Aciso), ocorrida na Estação das Docas, em Belém, no dia 9 de junho, em comemoração a Batalha Naval do Riachuelo. Aproximadamente duas mil pessoas passaram pelo local do evento.  
 
Por meio de parceria da Marinha com o Tribunal de Justiça do Estado do Pará, foram realizados 17 atendimentos jurídicos, entre acordos judiciais, reconhecimento voluntário de paternidade, divórcio consensual, reconhecimento de união estável, guarda, guarda sócio-afetiva, registro extemporâneo, retificação de registros civil, óbito e casamento.
 
Vandamerson Bacelar da Silva aproveitou a oportunidade para oficializar o relacionamento de dois anos e meio com a noiva. “Esse é o momento de muita emoção e felicidade. Graças à Marinha, pudemos concretizar nossa união estável e estamos saindo com nosso relacionamento reconhecido pela Justiça”, disse.
 
Durante a Aciso, também houve visitação pública ao Navio Patrulha (NPa) “Guarujá” e ao Navio Hidroceanográfico (NHo) “Garnier Sampaio”, conhecido por realizar o translado da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré durante o Círio Fluvial. O culto ecumênico celebrado no local reuniu a família naval e freqüentadores da Estação das Docas.
 
A Banda de Música e o Pelotão Silencioso do 2º Batalhão de Fuzileiros Navais chamaram a atenção do público durante apresentações paralelas aos atendimentos da Aciso. “Para nós, da Marinha, o trabalho social é muito importante, então é bom associarmos a Data Magna dos marinheiros com a possibilidade de atender a nossa população. Fazemos esse tipo de atividade, frequentemente, a bordo dos nossos Navios da Cidadania e da Esperança e esta Aciso é uma forma de nós mostrarmos o trabalho desenvolvido com os ribeirinhos e comunidades mais afastadas do centro”, ressaltou o Comandante do 4º Distrito Naval.
 
Visitação aos navios subordinados ao Comando do 4º Distrito Naval atraiu o público durante todo o domingo

Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins realiza abertura das atividades do Programa Forças no Esporte

12/06/2019
 
Crianças do Programa Forças no Esporte, no Lago de Palmas-TO
 
No dia 31 de maio, a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT) realizou a cerimônia de abertura das atividades do Programa Forças no Esporte (Profesp), em Palmas-TO, relativas ao corrente ano.
 
O Profesp tem como público-alvo crianças, adolescentes e jovens, a partir de seis até os 18 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, regularmente matriculados em escolas públicas. Como parte do programa, em 2019, a CFAT atenderá, em parceria com as Secretarias Municipais da Educação e do Desenvolvimento Social de Palmas, 210 alunos de Escolas Municipais.
 
As atividades do programa, que incluem modalidades como handebol, canoagem e vela, são realizadas no Lago de Palmas e nas instalações da CFAT e da Associação Atlética Banco do Brasil de Palmas.
 
O Profesp é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, Exército e Aeronáutica, e em parceria com os Ministérios do Esporte e do Desenvolvimento Social e a Secretaria Nacional de Juventude.

Capitania dos Portos de São Paulo realiza Projeto “Pátria Amada” em Praia Grande-SP

12/06/2019
 
Militares da Capitania dos Portos de São Paulo durante Cerimonial à Bandeira no Projeto “Navega São Paulo”
 
A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) realizou, no dia 6 de junho, o Projeto “Pátria Amada” com 50 alunos do Projeto “Navega São Paulo”, instituição de ensino conveniada à Prefeitura de Praia Grande-SP, que atende crianças a partir dos sete anos, inclusive pessoas com deficiência.
 
O roteiro incluiu o Cerimonial à Bandeira, com canto do Hino Nacional, uma breve palestra sobre patriotismo, respeito aos símbolos da pátria e a divulgação das atividades da Marinha do Brasil. Participaram os alunos, instrutores e colaboradores do Projeto “Navega São Paulo”, cuja instituição abriga crianças em situação de risco, integrando-os na prática dos esportes náuticos, sob a coordenação de Silvio Schlegel de Oliveira Bello, atual 1° Diretor de Náutica da Sociedade Amigos da Marinha de Santos.
 
O Projeto “Pátria Amada” tem o objetivo de cultivar em alunos dos ensinos fundamental e médio o espírito cívico e a valorização dos símbolos nacionais. As iniciativas auxiliam no entendimento de noções de civismo, cidadania e as preocupações com o meio ambiente. A ação envolve militares, professores e educadores e estudantes.
 
Militares da CPSP, instrutores e alunos da instituição de ensino durante Projeto “Pátria Amada”

Centro de Instrução Almirante Wandenkolk recebe novos alunos para o Serviço Militar Voluntário 2019

12/06/2019
 
Apresentação do Serviço Militar Voluntário no CIAW
 
No dia 10 de junho, o Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) recebeu os convocados para a prestação do Serviço Militar Voluntário (SMV 2019) para início do Período de Adaptação.
 
Composta por 241 profissionais de diversas áreas, sendo 180 mulheres e 61 homens, a turma SMV 2019 passará por um período de adaptação, com duração de uma semana, em regime de aquartelamento, que prevê diversas atividades, como palestras, Ordem Unida e Treinamento Físico-Militar.
 
Novos alunos recebem instruções gerais no auditório do CIAW
 
Após a adaptação, os novos Guardas-Marinha da Reserva da Marinha de 2ª Classe da (RM2) realizarão o Estágio de Adaptação e Serviço (EAS), o qual possui duas fases. A primeira, realizada no CIAW, consiste na Instrução Militar-Naval, composta por atividades e avaliações estabelecidos em currículo disciplinar. A segunda, destinada à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais, será realizada nas diversas organizações militares da área do Comando do 1º Distrito Naval, nas quais servirão após designação por término do curso.