pn11 Farmacovigilância

Farmacovigilância


 

A farmacovigilância compreende as atividades relativas à detecção, avaliação, compreensão e prevenção de efeitos adversos ou outros problemas relacionados a medicamentos.1

Como a Farmacovigilância atua?

Algumas ações da famacovigilância podem ser destacadas:

  • Codificar, avaliar a gravidade, a causalidade e a previsibilidade das suspeitas das reações adversas recebidas;

  • Entrar em contato com o notificador para complementação de dados ou verificação das informações, se necessário;

  • Implantar mecanismos para receber as notificações dos profissionais de saúde e consumidores, sempre garantindo sua confidencialidade.1

Evento Adverso

Qualquer ocorrência médica desfavorável, que pode ocorrer durante o tratamento com um medicamento, mas que não possui, necessariamente, relação causal com esse tratamento.2

 

Considera-se evento adverso:

  • Suspeita de Reações Adversas a Medicamentos;

  • Eventos Adversos por desvios da qualidade de medicamentos;

  • Eventos Adversos decorrentes do uso não aprovado de medicamentos;

  • Interações medicamentosas;

  • Inefetividade terapêutica, total ou parcial;

  • Intoxicações relacionadas a medicamentos;

  • Uso abusivo de medicamentos;

  • Erros de medicação, potenciais e reais.2

 

 

Importância da Farmacovigilância

A Farmacovigilância aborda as seguintes questões:

  • Interação medicamentosa;

  • Eventos Adversos por desvios da qualidade de medicamentos;

  • Eventos Adversos decorrentes do uso não aprovado de medicamentos;

  • Intoxicações relacionadas a medicamentos,intencional ou acidental e seu tratamento;

  • Uso abusivo ou erro de medicação;

  • Experiências negativas ou positivas durante a gravidez ou lactação;

  • Experiências em grupos especiais (ex. crianças, idosos, doenças crônicas);

  • Efeitos nos tratamentos de longa duração.2

Como notificar?

       Entre em contato com o LFM

Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)

 Pelo telefone (21) 3907-0821 ou e-mail lfm.sac@marinha.mil.br;

Seção de Farmacovigilância

Telefone (21) 3907-0831 ou e-mail lfm.farmacovigilancia@marinha.mil.br

  

         A Farmacovigilância não é somente responsabilidade da empresa, mas, sobretudo, do governo com a população, do médico com o paciente e da indústria com os seus consumidores, ou seja, de todos aqueles que estão envolvidos de algum modo na regulamentação, desenvolvimento, produção e comercialização de medicamentos. Assim, contamos com a participação de todos para resolvermos as dificuldades e com isso manter o LFM como uma empresa que encara com seriedade o cumprimento de suas responsabilidades.