LFM firme no combate ao COVID-19

O Laboratório Farmacêutico da Marinha (LFM) ampliou a produção de álcool em gel e álcool líquido 70% o que permite o atendimento da demanda não só do Sistema de Saúde da MB, mas das demais OM.

Após árduo trabalho do Setor de Pesquisa e Desenvolvimento, incluindo a substituição de insumos que simplesmente desapareceram do mercado nacional, foi possível criar uma nova formulação para a produção do álcool em Gel a partir de parcerias com empresas químicas nacionais. Esta nova formulação trabalhada pelo LFM além de permitir redução dos custos e internalização dos insumos, ainda reduziu fatores críticos da produção, como era o caso do processo de hidratação do polímero anteriormente utilizado.

A produção do álcool líquido 70%, a ser utilizado para limpeza e desinfecção de superfícies está ajustada para atender a toda a MB. Já foram disponibilizadas centenas de litros para o trabalho desenvolvido pelo Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica .

Além disso, os Laboratórios militares estão trabalhando em sinergia para a produção do Difosfato de Cloroquina, medicamento originalmente utilizado para o combate a Malária e cujo o registro na ANVISA pertence ao Laboratório Químico Farmacêutico do Exército (LQFEx). O LFM absorveu parte do processo produtivo, principalmente no que se refere a embalagem, o que já permitiu a entrega de mais de 1 milhão de comprimidos para o Sistema de Saúde.