Marinha participa da 70ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, em conferências, mesas-redondas e na mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação

No período de 23 a 28 de julho, a Marinha do Brasil participará da 70ª da Reunião Anual da
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), na Universidade Federal de Alagoas
(UFAL), em Maceió. Nessa edição, a Marinha apresentará, em seu estande, simuladores, maquetes,
consoles de equipamentos e outros projetos de Ciência, Tecnologia & Inovação desenvolvidos pela
Força.

Atrações do estande da Marinha

No estande da Marinha, o visitante poderá experimentar a sensação de “navegar” com o primeiro
Simulador Nacional de Passadiço, desenvolvido pelo Centro de Análises de Sistemas Navais
(CASNAV), Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), subordinada ao Centro
Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ). Também desenvolvido pelo CASNAV, o
Simulador de Paraquedas permitirá ao visitante vivenciar a experiência de um salto de
paraquedas. O Simulador apresenta tecnologia de ponta em realidade virtual e será utilizado para
treinamento pelos Comandos Anfíbios e Mergulhadores de Combate, nos cursos de Salto Livre.

Outra ICT subordinada ao CTMRJ, o Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM), realizará
demonstrações interativas dos seguintes Projetos:

- Centro Integrado de Sensores e Navegação Eletrônica (CISNE) - plataforma integradora dos
diversos sensores de um navio para auxílio de navegação por meio de cartas eletrônicas vetoriais,
importante ferramenta para o auxílio a navegação, vigilância e treinamento;

- Sistema de Controle e Monitoração (SCM) - plataforma que monitora e controla instalações
propulsoras (motores e turbinas) e outros equipamentos auxiliares do navio. Além disso, inclui um
subsistema que monitora a ocorrência de avarias diversas;

- Simulador de Máquinas (SIMMAQ) - plataforma completa para o adestramento e
aperfeiçoamento de futuras tripulações de navios mercantes. Buscando um alto grau de realismo
físico com o uso de consoles e monitores distribuídos em ambientes diferentes, apresentando um
cenário mais próximo do real encontrado em um navio; e

- Sonar Passivo Nacional (SONAP) e Sonar Nacional Passivo e Ativo (SONAP/SONAT) -
equipamentos utilizados em submarinos, navios e para monitoramento de portos.
Por sua vez, o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo apresentará o Programa Nuclear da
Marinha, por meio da exposição das maquetes do Submarino Nuclear; do Reator; do Elemento
Combustível; e do Painel de Equivalência.
A Secretaria da Comissão Interministerial para Recursos do Mar (SECIRM) traz para a Exposição o
tema "O Brasil na Antártica", composta por materiais utilizados no apoio às pesquisas realizadas
naquela região, como as maquetes da nova Estação Antártica Comandante Ferraz; do Navio de
Apoio Oceanográfico “Ary Rongel”; do Navio Polar “Almirante Maximiano”; do Helicóptero
“Esquilo” (UH-13); e da Aeronave “Hércules” (C-130); além de manequins com vestimentas especiais usadas na Antártica e de uma moto de neve (snowmobile).

A SECIRM também apresentará o Tema "Amazônia Azul", com maquetes da Estação Científica do
Arquipélago de São Pedro e São Paulo e do Navio-Patrulha Oceânico “Amazonas”.
O Estande contará, ainda, com a participação do Laboratório Farmacêutico da Marinha (LFM), que
apresentará produtos e medicamentos desenvolvidos pela Força.

Além de conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Marinha, o público terá a oportunidade de
aprender a confeccionar os famosos “Nós de Marinheiro” e obter informações sobre os
Processos Seletivos para Ingresso na Força.

O Evento será aberto ao público, gratuitamente, sem a necessidade de inscrição (exceto para os
minicursos, cujas vagas são limitadas).