Fragatas (Classe Greenhalgh)

 

Função

São Navios-Escolta. Podem localizar e destruir aeronaves, navios de superfície e submarinos inimigos, além de efetuar patrulhas nas nossas águas. As Fragatas classe Greenhalgh deverão ser empregadas em tempo de guerra nas tarefas básicas do Poder Naval, prioritariamente, Controle de Área Marítima e na contribuição para a dissuasão.

 

Meio Naval:

F49 - "Rademaker"

 

História

A Fragata "Rademaker", ex-HMS Battleaxe - F 89, é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Almirante Augusto Hamann Rademaker Grünewald. Foi incorporada a Marinha do Brasil em 30 de abril de 1997, na Inglaterra, em cerimônia presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, que contou com a presença do Embaixador do Brasil no Reino Unido.

Os navios da Classe Greenhalgh foram construídas pelo estaleiro Yarrow Shipbuilders Ltd., em Scotstoun, Glasgow, na Escócia. O contrato de compra das fragatas foi assinado entre o Governo Brasileiro e o Ministério da Defesa Britânico em 18 de novembro de 1994, com as transferências ocorrendo a medida que foram dando baixa da Royal Navy.