Escola Naval

Escola Naval

Escola:

Escola Naval

Profissões:

Não é preciso ter experiência profissional, basta ter o ensino médio completo.

Escolaridade:

Ensino Médio.


Saiba mais:

A Escola Naval é a instituição de ensino superior da Marinha do Brasil, sendo a mais antiga do país, com o objetivo de formar oficiais para os postos iniciais das carreiras dos Corpos da Armada (CA), Fuzileiros Navais (CFN) e Intendentes da Marinha (CIM).

Foi criada em 1782, em Lisboa, Portugal, por Carta Régia da Rainha D. Maria I sob a denominação de Academia Real de Guardas-Marinhas. Com a vinda da Família Real para o Brasil, a Academia desembarcou no Rio de Janeiro em 1808, trazida a bordo da nau "Conde D. Henrique". Instalada primeiramente no Mosteiro de São Bento, lá permaneceu até 1832, e a partir daí sofreu inúmeras mudanças de instalações, tendo funcionado inclusive a bordo de navios. Finalmente, em 1938, a Escola Naval instalou-se na Ilha de Villegagnon.


Principais requisitos:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • não ser casado(a) ou não ter constituído união estável e não ter filhos, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola Naval;
  • Ter 18 anos completos e menos de 23 no dia 1º de janeiro do ano do curso;
  • Ter concluído o Ensino Médio ou estar em fase de conclusão;
  • Ambos os Sexos;
  • Ter idoneidade moral e bons antecedentes;
  • Estar em dia com as obrigações civis e militares.

Previsão de Abertura
das Inscrições:

Aguardando edital, veja programação dos concursos aqui.


Etapas do Concurso:

1) Prova Objetiva com 40 questões distribuídas por Matemática e Física na primeira fase (eliminatória e classificatória) e Português, Inglês e Redação na segunda fase (eliminatória e classificatória);

2) Eventos Complementares (eliminatórios) constituídos de: 
a) Inspeção de Saúde (IS);
b) Teste de Aptidão Física (TAF);
c) Verificação de Dados Biográficos (VDB) (Fases preliminar e final);
d) Verificação de Documentos (VD); 
e) Avaliação Psicológica (AP); e
f) Período de Adaptação e Curso de Formação (eliminatório e classificatório).


Provas a serem realizadas:

Primeira fase: prova objetiva com 20 questões de Matemática e 20 de Física;
Segunda fase:  prova objetiva com 20 questões de Português, 20 de Inglês e Redação.


O Curso de Formação: 

Após a aprovação nas Provas Objetivas, Redação e considerado apto na Inspeção de Saúde e no Teste de Aptidão Física, os aprovados dentro do número de vagas são chamados para apresentação na Escola Naval para o início do Período de Adaptação, que tem caráter eliminatório e duração de cerca de três semanas. O objetivo dessa etapa é adaptar e preparar os futuros alunos para as atividades acadêmicas e administrativas a serem desenvolvidas durante o Ciclo Escolar. Nessa fase, ocorrem a Verificação  de  Documentos, realização  da  Avaliação  Psicológica  e preenchimento do Questionário Biográfico Simplificado, que é a fase final da Verificação de Dados Biográficos.

A Escola Naval tem um Ciclo Escolar de quatro anos e um Ciclo Pós-Escolar de um ano, totalizando então cinco anos de formação.

Nos quatro primeiros anos, os alunos são aspirantes ao oficialato e ficam na instituição em regime de semi-internato, estudando de segunda a sexta, sendo liberados no final de semana. Ao final do Ciclo Escolar, prossegue-se a formação dos jovens, com o Ciclo Pós-Escolar, quando os Aspirantes passam à função de Guarda-Marinha. Esse Ciclo é ministrado fundamentalmente para o ensino profissional, com destaque para a aprendizagem prática e de instrução, conduzida em várias organizações militares e a bordo do Navio-Escola Brasil. Na viagem de instrução, toda teoria estudada ao longo dos anos é colocada em prática. Ao mesmo tempo, os aspirantes têm a chance de sentir a cultura geral do futuro Oficial conforme os Guardas-Marinhas conhecem vários países.


Local de Formação do Curso:

Escola Naval
Av. Alm. Silvio de Noronha, s/nº - Castelo, Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 3974-1572


Regime:

Semi-internato.


Duração:

Cinco anos.


Plano de Carreira:

A carreira de oficiais na Marinha compreende os seguintes postos: Segundo-Tenente, Primeiro-Tenente, Capitão-Tenente, Capitão de Corveta, Capitão de Fragata, Capitão de Mar e Guerra, Contra-Almirante, Vice-Almirante e Almirante de Esquadra.

Os oficiais de carreira são distribuídos por Corpos; dentro de um mesmo Corpo, por Quadros e, dentro de um mesmo Quadro, pelas respectivas escalas hierárquicas.

Os alunos que se formam na Escola Naval terão três Quadros para escolherem fazer parte: Quadro de Oficiais da Armada, Quadro de Oficiais Fuzileiros Navais, podendo chegar a Almirante de Esquadra, e Quadro de Oficiais Intendentes da Marinha, chegando a Vice-Almirante. As  aspirantes do sexo feminino vão obrigatoriamente para esse último quadro.


Benefícios Durante o Curso:

Bolsa-auxílio de cerca de R$1.100 mensais, curso totalmente gratuito, alojamento, alimentação, ajuda para aquisição de uniformes, assistência médico-hospitalar e alimentação.


Benefícios da Carreira Naval:
  • Perspectiva de crescimento profissional ao longo da carreira; 
  • Bom ambiente de trabalho;
  • Plano  de  carreira  bem  definido,  com  possibilidade de  ascensão  contínua  com  aumento  de salários proporcionais; 
  • Estabilidade;
  • Ingresso sem exigência de experiência anterior;
  • Salário inicial compatível com o mercado;
  • Salários indiretos e benefícios, tais como:
    Transferências remuneradas;
    Possibilidade de moradia quando fora da cidade do Rio de Janeiro;
    Assistência   médico-hospitalar   para   si   e   para   seus   dependentes   em   instalações exclusivas da Marinha;
    Instalações    sociorrecreativas    para    si    e    seus    dependentes, mediante pequena mensalidade;
    Ajuda para aquisição de uniformes; 
    Alimentação;
  • Proventos semelhantes aos da ativa quando estiver na reserva.
Situação após o curso:

Após a viagem de instrução, o Guarda-Marinha é nomeado Segundo-Tenente.


 

Rio de Janeiro / RJ.

Diretoria de Ensino da Marinha - Rua Visconde de Itaboraí, nº 69 - Centro - Rio de Janeiro/RJ - CEP 20010-060 - Tel.: (21) 2104-6006.


São Pedro da Aldeia / RJ

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia - Rua Comandante Ituriel, s/nº - Fluminense - São Pedro da Aldeia / RJ - CEP 28940-000 - Tel.: (22) 2621-4047.


Angra dos Reis / RJ.

Colégio Naval - Avenida Marques de Leão, s/nº - Centro - Angra dos Reis/RJ - CEP 23.909-900 - Tel.: (24) 3421-3018.


Vila Velha / ES.

Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES) - Enseada do Inhoá, s/nº - Prainha - Vila Velha/ES - CEP 29100-900 - Tel.: (27) 3041-5417.


Salvador / BA.

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 2º Distrito Naval - Avenida das Naus, s/nº - Comércio - Salvador/BA - CEP 40015-270 - Tel.: (71) 3507- 3825/3727.


Natal / RN.

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 3º Distrito Naval - Rua Aristides Guilhem, nº 331 - Alecrim - Natal/RN - CEP 59040-140 - Tel.: (84) 3216-3440.


Olinda / PE.

Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco (EAMPE) - Avenida Olinda, s/nº - Complexo de Salgadinho - Olinda/PE - CEP: 53010-000 - Tel.: (81) 3412- 7615.


Fortaleza / CE.

Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE) - Avenida Coronel Filomeno Gomes, nº 30 - Jacarecanga - Fortaleza/CE - CEP 60010-280 - Tel.: (85) 3288-4716.


Belém / PA.

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 4º Distrito Naval - Praça Carneiro da Rocha, s/nº - Cidade Velha - Belém/PA - CEP 66020-150 - Tel.: (91) 3216-4022.


São Luis / MA.

Departamento do Ensino Profissional Marítimo - Avenida José Sarney, s/nº - Complexo Jenipapeiro /Camboa – São Luis/MA - CEP 65020-720 - Tel.: (98) 2107-0150/0157.


Rio Grande / RS.

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 5º Distrito Naval - Rua Almirante Cerqueira e Souza, nº 197 - Centro - Rio Grande/RS - CEP 96201- 260 - Tel.: (53) 3233-6106.


Santa Maria – RS. (1)

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 5º Distrito Naval - Rua Almirante Cerqueira e Souza, nº 197 - Centro - Rio Grande/RS - CEP 96201- 260 - Tel.: (53) 3233-6106. (2) Curitiba – PR. (1)

Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) – Avenida Marinheiro Max Schramm, nº 3028 - Estreito - Florianópolis/SC - CEP 88095- 900 - Tel.: (48) 3298-5075/3024-3411. (2)


Porto Alegre / RS.

Capitania Fluvial de Porto Alegre - Rua dos Andradas, nº 386 - Centro - Porto Alegre/RS - CEP 90020-000 - Tel.: (51) 3226-1711 ramais 39 e 42.


Florianópolis / SC.

Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) – Avenida Marinheiro Max Schramm, nº 3028 - Estreito - Florianópolis/SC - CEP 88095- 900 - Tel.: (48) 3298-5075/3024-3411.


Ladário / MS.

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 6º Distrito Naval - Rua 14 de Março, s/nº - Centro – Ladário/MS - CEP 79370-000 - Tel.: (67) 3234-1232.


Cuiabá/MT (1)

Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 6º Distrito Naval - Rua 14 deMarço, s/nº - Centro – Ladário/MS - CEP 79370-000 - Tel.: (67) 3234-1232. (2)


Brasília / DF.

Serviço de Recrutamento Distrital - Esplanada dos Ministérios - Bloco "N" - Térreo - Prédio Anexo ao do Comando da Marinha - Brasília/DF - CEP 70055- 900 - Tel.: (61) 3429-1190.


São Paulo / SP.

Comando do 8º Distrito Naval - Rua Estado de Israel, nº 776 - Vila Clementino – São Paulo/SP - CEP 04022-002 - Tel.: (11) 5080-4797/ 4859.


Manaus / AM.

Comando do 9º Distrito Naval - Rua Bernardo Ramos, s/nº - Centro - Ilha de São Vicente - Manaus/AM - CEP 69005-310 - Tel.: (92) 2123-2278/2275.


(1) No ato da inscrição os candidatos que escolherem estas cidades realizarão as provas escritas e a redação nas respectivas cidades de escolha: Santa Maria/RS, Curitiba/PR ou Cuiabá/MT. Os candidatos que realizarem as provas em Santa Maria/RS estarão vinculados ao Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 5º Distrito Naval, os que realizarem as provas em Curitiba/PR estarão vinculados à Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) e os que realizarem as provas em Cuiabá/MT estarão vinculados ao Serviço de Recrutamento Distrital do Comando do 6º Distrito Naval, OREL responsáveis por tais áreas geográficas.

(2) Os candidatos aprovados e convocados para os Eventos complementares realizarão suas etapas complementares nas cidades das OREL as que estiverem vinculados.