Ao entrar para a Escola Naval, saiba qual área você pode optar

A Escola Naval (EN) é a instituição de ensino superior da Marinha do Brasil (MB) e nela ingressam homens e mulheres com 18 anos e menos de 23, no dia 1° de janeiro do ano do curso de formação, que tenham o nível médio completo. A EN oferece aos Aspirantes três Corpos do qual podem fazer parte: Corpo de Oficiais da Armada, Corpo de Fuzileiros Navais e Corpo de Oficiais Intendentes da Marinha.

Os Aspirantes ao Oficialato estudam durante cinco anos, sendo quatro de Ciclo Escolar e um ano de Ciclo Pós-Escolar. Esse último Ciclo é ministrado basicamente para o ensino profissional conduzido em várias organizações militares realizando a viagem de Instrução a bordo do Navio-Escola Brasil. Nesta viagem, toda teoria estudada ao longo dos anos é colocada em prática.

Uma novidade do concurso da Escola Naval é que agora as mulheres poderão ingressar nos Corpos da Armada (CA) e de Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). Antes, só eram aceitas no Corpo de Intendentes da Marinha (CIM). Elas farão parte do setor operativo da MB, irão servir a bordo de navios e Batalhões de Fuzileiros Navais depois de formadas.

Veja as opções que o Aspirante da EN pode escolher durante o período escolar

Ao início do 3° ano letivo, os Aspirantes fazem a opção do Corpo e da habilitação, de acordo com sua ordem de classificação obtida no 2° ano letivo. Conheça cada Quadro e o que ele faz.

O Corpo da Armada (CA)

O curso de graduação que é oferecido ao Aspirante é Bacharel em Ciências Navais com as seguintes habilitações: Mecânica, Eletrônica e Sistemas de Armas. Os Oficias deste Corpo são aqueles que cumprem as tarefas de defesa da pátria, embarcados em Navios, fazendo o desembarque de tropas de fuzileiros navais, simulação de guerra antiaérea, superfície e submarina; fazem a operação e a navegação dos navios de guerra em todo o Brasil e ainda no exterior.

O Corpo de Fuzileiros Navais (CFN)

O curso de graduação que é oferecido ao Aspirante é Bacharel em Ciências Navais com as seguintes habilitações: Mecânica, Eletrônica e Sistemas de Armas. É o Corpo de Oficiais especialistas na realização de Operações Anfíbias, nas abordagens no alto mar, na segurança dos navios de guerra e instalações de terra. Podem atuar tanto no litoral quanto em áreas ribeirinhas e participam em missões de paz solicitados pela Organização das Nações Unidas (ONU) como contingentes.

O Corpo de Intendentes da Marinha (CIM)                   

O curso de graduação que é oferecido ao Aspirante é Bacharel em Ciências Navais com a habilitação em Administração. O Corpo de Intendentes da Marinha do Brasil cuida de aspectos administrativos da instituição. Os Oficiais exercem cargos que visam ao atendimento das atividades logísticas e das relacionadas com economia, finanças, patrimônio, administração e o controle interno. Portanto, os aspirantes desse Corpo estudam Administração.

Por Camila Spínola (Estagiária de Jornalismo)