Evento OCDE - Rio Metrópole Azul tem participação da EMGEPRON

Com o objetivo de promover diálogos e apresentar ideias para impulsionar o potencial da Economia Azul na região metropolitana do Rio de Janeiro, a Casa G20 em Ipanema-RJ, sedia a Missão OCDE – Rio Metrópole Azul, entre os dias 11 e 15 de março. O evento, promovido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) juntamente com a Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade do Governo do estado do Rio de Janeiro (SEAS-RJ), tem a participação da EMGEPRON.



 A abertura do fórum de discussões foi realizada na segunda-feira (11.03) pela chefe da Unidade de Governança da Água e Economia circular da OCDE, Oriana Romano e pelo vice-governador do estado do Rio de Janeiro, Thiago Pampolha e, demais representantes da SEAS, entre outros órgãos governamentais, em que foi apresentado um panorama estratégico da Economia Azul no estado.



 Após a cerimônia, o primeiro encontro trouxe o debate sobre o tema ‘A economia azul através dos níveis de governo’, pelas instituições participantes. A pauta do dia abordou o conceito do tema, que envolve as atividades econômicas e industriais oriundas do mar, além dos ativos, bens e serviços fornecidos pelos ecossistemas marinhos.  Oriana Romano, mediadora do debate, propôs questões para discussão da mesa com o objetivo de aprofundar a metodologia de estudo para a implementação da atividade, entre elas como as organizações envolvidas contribuem para a mesma e os principais obstáculos para a Economia Azul sustentável e a segurança hídrica.



 Na ocasião, o Diretor-Presidente da EMGEPRON, Vice-Almirante (RM1-IM) Edesio Teixeira apresentou a empresa e a sua capacidade em gerenciamento de projetos de alta complexidade, ele também mencionou a atuação em parceria com o governo do estado do Rio de Janeiro, a ALERJ e o Governo Federal na busca de implementação prática da Economia do Mar. A empresa considera duas importantes externalidades, a primeira com relação aos objetivos específicos para o mar como eixo de negócios. O segundo aspecto é a visão da OCDE iniciada em 2010 com planejamento até o ano de 2030, que desenvolveu um conceito de Economia Azul e definiu 19 setores de atividades econômicas que compõe a área. Outra considerável visão é o potencial do Rio de Janeiro para a atividade, em que o estado tem esses setores implantados e em desenvolvimento na economia.



“Nós buscamos um modelo de abordagem econômico e de governança. O primeiro modelo é pautado na atuação do capital privado, competindo ao estado criar um ambiente em que este recurso possa ser empregado em políticas públicas e investimentos. O segundo foi a criação, há 4 anos, do Cluster Tecnológico Naval do Rio de Janeiro, onde empresas das mais variadas dimensões cooperam e buscam recursos que trazem um ambiente de desenvolvimento de negócios e discussões sobre economia do mar. Atualmente o Cluster Naval é composto por cerca de 100 empresas, desde startups e microempresas até grandes multinacionais”, ressaltou o Diretor-Presidente.



A EMGEPRON também esteve presente no encontro sobre ‘Atividades portuárias, navegação, transporte aquaviário de passageiros e atividades navais’ na quarta-feira (13.03), onde foram discutidas ações de reciclagem naval que envolvem o descomissionamento e o desmantelamento de navios. As atividades são fundamentais para mitigar problemas ambientais e econômicos na Baía de Guanabara.



O programa Metrópole Azul é fruto da parceria entre o estado e a OCDE, visando obter subsídios e apoio na implementação de políticas públicas com foco na Economia Azul.

Português, Brasil

Notícias

EMGEPRON participou na segunda-feira, 29 de abril, no Palácio Guanabara, da primeira reunião que visa traçar estratégias para conscientização da importância da energia nuclear para o Rio de Janeiro e para o Brasil.

No dia 26 de abril, o Diretor-Presidente da EMGEPRON, Vice-Almirante (RM-1) Edesio Teixeira Lima Junior, recebeu, em Itajaí -SC, a visita do Secretá

Nesta terça-feira (02.04), a EMGEPRON iniciou sua participação na 5ª edição da LAAD Security and Defence, na cidade de São Paulo.