Cerimônia de corte de chapa da Fragata “Tamandaré”

Há cerca de três anos, após dois anos de um longo e meticuloso processo de escolha de uma parceria para a obtenção, por construção no Brasil, de uma classe de navios escolta destinada à renovação dos meios da Esquadra, onde importantes consórcios internacionais participaram com o que tinham de melhor a ofertar, coube à EMGEPRON, com apoio técnico da Marinha do Brasil, a tarefa de elaboração e fiscalização da execução do contrato com o então consórcio vencedor, hoje constituído como Sociedade de Propósito Específico (SPE) Águas Azuis, formado pela empresa alemã thyssenkrupp Marine Systems e as brasileiras Embraer e Atech.

Após um ano de negociação, o contrato foi assinado em 4 de março de 2020 e teve seu início de execução em 4 de setembro do mesmo ano. Em 5 de setembro de 2022, decorridos dois anos de mobilização e preparação das instalações fabris no estaleiro thyssenkrupp Brasil Sul (tkEBS), em Itajaí (SC), foi inaugurada a fase de construção com o corte da chapa do casco do primeiro navio da classe, a futura F 200 - Fragata “Tamandaré”.

A chapa cortada se destina à confecção do primeiro bloco de uma série de 55 blocos e unidades de edificação que, uma vez unidos, comporão o casco e a superestrutura da fragata. A cerimônia de batimento da quilha, simbolizada pela união dos dois primeiros blocos do navio, está prevista para ocorrer em março de 2023. O lançamento da Fragata “Tamandaré” está previsto para junho de 2024 e a sua entrega para a Marinha do Brasil em dezembro de 2025.

 O Programa contempla ainda a entrega subsequente de mais três Fragatas até dezembro de 2029, importantes e tão necessários meios de operação para a garantia dos objetivos estratégicos do Poder Naval.

Em 5 de setembro, foram iniciados os trabalhos de construção, no estaleiro tkEBS, em Itajaí, com o corte da primeira chapa do bloco inicial de um total de 55 unidades ou blocos que comporão a Fragata “Tamandaré”.

 

Português, Brasil

Notícias

O Embaixador da Índia, Suresh Reddy, acompanhado do Adido Naval da Índia no Brasil, Coronel Aviador Ravi Nanda, visitou, em 23 de maio, a EMGEPRON para conhecer e analisar novas oportunidades de negócios que possam beneficiar os dois países no setor de Defesa.

Com o propósito de ampliar as políticas empresariais de inclusão social, diversidade e igualdade de gênero, a EMGEPRON aderiu, entre os meses de Abril e Maio deste ano, a dois importantes projetos direcionados às estatais federais.

Há 10 anos atrás, em 2014, a Portaria n° 1.346 do Ministério da Defesa (MD), de 28 de maio de 2014, credenciou a EMGEPRON como Empresa Estratégica de Defesa (EED).