Escola de Guerra Naval realiza Cerimônia de Encerramento do Curso Superior

   No dia 5 de dezembro, no Auditório Tamandaré da Escola de Guerra Naval, foi realizada a Cerimônia de Encerramento do Curso Superior, Turma 2018 (C-Sup/2018), com a entrega dos
diplomas de conclusão, bem como dos respectivos distintivos. O C-Sup/2018 qualificou 100 alunos, distribuídos entre os Corpos da Armada, Intendentes da Marinha, Engenheiros Navais, Saúde e Auxiliar da Marinha. O curso tem o objetivo de ampliar os conhecimentos dos oficiais, com ênfase nas doutrinas e estruturas administrativas da Marinha, tendo em vista o desempenho de funções de assessoria de alto nível. Inserido no C-Sup, o Curso de
Gestão em Saúde, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), tem o objetivo de ampliar os conhecimentos dos oficiais Médicos, Cirurgiões Dentistas e do Quadro de Apoio à Saúde, de forma a integrar as novas tecnologias e práticas de gestão com os conhecimentos técnicoprofissionais referentes ao Sistema de Saúde. Na parceria com a FIOCRUZ, o C-Sup Gestão em Saúde foi ministrado para 41 Oficiais-Alunos, tendo sido realizados três encontros presenciais.
A Cerimônia de Encerramento do curso foi presidida pelo Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada, Vice-Almirante Marcos Silva Rodrigues; e teve também como paraninfos o Diretor de Saúde da Marinha (DSM), Vice-Almirante (Md) Edmar da Cruz Arêas; a Assessora da DSM, Contra-Almirante (Md) Dalva Maria Carvalho Mendes; o Comandante da Tropa de Reforço, Contra-Almirante (FN) Luiz Artur Rodrigues Nunes; o Diretor da EGN, Contra-Almirante Sergio
Fernando de Amaral Chaves Junior; o Superintende de Ensino da EGN, Contra-Almirante (Refº) Reginaldo Gomes Garcia dos Reis; e a Professora Clayre Lopes - Coordenadora do Curso de Gestão em Saúde. Na ocasião, o Diretor da EGN ressaltou a necessidade da busca permanente de capacitação e exortou os Oficiais-Alunos a terem “sempre presente que também são marinheiros, homens e mulheres do mar, integrantes do Poder Naval brasileiro e preparados para a defesa da Pátria”.

O Diretor da EGN, o Superintendente de Ensino, integrantes do Corpo Docente e os Oficiais-Aluno.