Notícias

Portal de Periódicos da Marinha do Brasil
é tema de primeiro webinar da DPHDM


Atenta aos avanços tecnológicos e entendendo o momento atual que inspira cuidados com a saúde pública, a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) realizou, no dia 19 de agosto de 2020, seu primeiro webinar, no qual apresentou com detalhes o Portal de Periódicos da Marinha do Brasil (PP-MB) — portaldeperiodicos.marinha.mil.br —, lançado em julho.


Capitão de Fragata (T) Leniza apresentou as equipes da Seção de Tecnologia
da Informação e da Biblioteca da Marinha responsáveis pela criação do Portal


Com transmissão online por meio da plataforma Webex, o evento reuniu em torno de 120 pessoas, entre militares e servidores civis, de cerca de 50 Organizações Militares (OM) da Marinha do Brasil (MB). Na abertura, o Diretor da DPHDM, Vice-Almirante (RM1) José Carlos Mathias, falou da relevância do PP-MB para garantir o suporte, visibilidade, acessibilidade, gestão e preservação da memória das publicações periódicas, em formato digital, ligadas institucionalmente à MB, em especial, abordando os temas de segurança, defesa naval, história, ciência, tecnologia e inovação.

Na sequência, a Chefe da Biblioteca da Marinha (departamento da DPHDM responsável por gerir o Portal), a Capitão de Fragata (T) Leniza de Faria Lima Glad, bibliotecária, versou sobre a gênese do PP-MB e os procedimentos para ingresso nele das OM que possuem periódicos culturais, científicos ou de divulgação. Falou ainda sobre o incremento das buscas, permitindo aos leitores consultarem diversos periódicos disponíveis em uma interface única de pesquisa.


Webinar permitiu que militares e servidores civis de OM em diferentes Estados
pudessem conhecer melhor o Portal de Periódicos da Marinha do Brasil


Por fim, o editor-executivo da Revista da Escola de Guerra Naval, Capitão de Mar e Guerra (RM1) Walter Maurício Costa de Miranda, discorreu sobre as boas práticas editoriais e os benefícios para editoração eletrônica da utilização do Portal, desenvolvido na plataforma OJS (Open Journal System), difundida em todo o mundo, que confere transparência, agilidade e ética ao processo. Além disso, falou sobre critérios de qualidade, indexação e métricas de impacto, essenciais para a classificação e reputação de um periódico.