Os Gigantes da Estratégia Naval - Alfred Thayer Mahan e Herbert William Richmond

Autor: 
Francisco Eduardo Alves de Almeida
Descrição: 

Editora Prismas, 2014, 307 páginas. Para além de seu conteúdo inovador e inédito (em especial para nós no Brasil), apresenta uma novidade bastante importante para as ciências humanas e para as instituições brasileiras. Trata-se de um texto, denso e erudito, produzido por um historiador-doutor, oriundo de duas importantes instituições de ensino do país, a UFRJ e a Escola de Guerra Naval, e, ao mesmo tempo, um militar. Durante muito tempo no país, talvez tempo demais, a História dita “acadêmica” e a História dita “Militar” estiveram fortemente distanciadas. Enquanto o historiador detinha o quase monopólio de métodos e teorias específicas ao ofício, evitando alguns erros típicos da história escrita por outros profissionais – em especial o factualismo e a teleologia – o historiador oriundo do campo militar possui um conhecimento específico, um controle de informações, técnicas, nomenclaturas, procedimentos, que na grande maioria das vezes falta ao historiador acadêmico. Assim, enquanto um cometia erros metodológicos, o outro cometia erros de conhecimento, tornando o diálogo entre historiadores uma relação tensa entre a história enquanto pesquisa rigorosa e a história militar enquanto conhecimento profissional e de vida, resultando em um exercício de incompreensões.