Notícias

DPHDM divulga Repositório Institucional da Produção Científica da MB em centros de instrução


Visando evidenciar a relevância de centralizar a guarda e preservação digital dos trabalhos científicos produzidos pelo pessoal da Marinha na área de Defesa, a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) realizou, em 20 e 27 de março de 2019, apresentações sobre o Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil (RI-MB) para os públicos docente e discente de Organizações Militares do Sistema de Ensino Naval.


Alunos da EFOMM lotaram o auditório do CIAGA para assistir à palestra
sobre o Repositório Institucional da Produção Científica da Marinha do Brasil


No dia 20, 396 alunos do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA) — do primeiro, segundo e terceiro ano da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) — tiveram a oportunidade de conhecer esta importante ferramenta de inovação estrutural na construção do conhecimento coletivo na Marinha. Na semana seguinte, no dia 27, o RI-MB foi apresentado a cerca de 25 alunos e instrutores, entre Oficiais e Praças, do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA).

Em ambos centros de instrução, as palestras foram ministradas pela Primeiro-Tenente (RM2-T) Alessa Fabíola dos Santos Ceslinski, Encarregada da Divisão de Repositório Institucional, da Biblioteca da Marinha. Lançado em outubro de 2018, o RI-MB oferece uma série de vantagens ao usuário, dentre as quais: aumento do impacto das pesquisas realizadas; ampliação do número de citações dos trabalhos; preservação em ambiente digital seguro; reforço na autoria e descoberta de plágio; e mapeamento da produção.


Primeiro-Tenente (RM2-T) Alessa, da DPHDM, apresenta o RI-MB,
suas vantagens e funcionalidades ao público do CIAMA


De janeiro até agora, já foram realizadas seis apresentações sobre o RI-MB em escolas de formação do Sistema de Ensino Naval — e outras 14 estão previstas no decorrer deste ano. Disseminando esta plataforma, a DPHDM objetiva não apenas elevar seu número de acessos, mas, sobretudo, incrementar o depósito dos trabalhos acadêmicos desenvolvidos pelos militares e servidores civis da Marinha, fomentando assim a difusão de nossa produção científica.