Notícias

Cantata de Natal, promovida pela DPHDM,
faz a alegria do público no Centro do Rio


Celebrar a vida e as conquistas de 2018, e ensejar bons frutos para o ano vindouro, enternecendo mentes e corações com boa música — foi o que a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) promoveu, nos dias 12 e 13 de dezembro de 2018, em sua primeira Cantata de Natal, realizada no Museu Naval, na Praça XV, Rio de Janeiro.

Cantata de Natal com o Coral do Clube de Regatas do Flamengo,
nos pórticos e janelas do Museu Naval, agradou em cheio o público



Realizado em parceria com as Voluntárias Cisne Branco e o Departamento Cultural do Abrigo do Marinheiro (DCAMN), o evento deu início às celebrações natalinas, além de marcar as comemorações da Semana da Marinha, com destaque para o Dia do Marinheiro, 13 de dezembro, data de nascimento do Almirante Joaquim Marques Lisboa, Patrono da Marinha do Brasil.

Emoldurado por iluminação temática, o Museu Naval brindou o público com uma apresentação musical do Coral do Clube de Regatas do Flamengo nas janelas do histórico edifício. Sob regência do Maestro Luiz Lima, as 52 vozes entoaram desde músicas tradicionais de Natal, como “Noite Feliz” e “White Christmas”, até clássicas, como “Ode à Alegria”, de Beethoven, e “Aleluia”, de Händel.

Além do coral, o evento contou também com apresentações da Banda do Corpo de Fuzileiros Navais, que contagiou os espectadores com canções de Marinha, como o hino da Força, “Cisne Branco”, e clássicos da Música Popular Brasileira, como “Cidade Maravilhosa” e “Aquarela do Brasil”. Um presente de Natal no coração do Rio de Janeiro, que divertiu e emocionou todo o público.

Apresentação da Banda dos Fuzileiros Navais abrilhantou o evento
//