Notícias

Biblioteca Volante, da DPHDM, realiza reunião para anunciar sua programação de visitas em 2020


No dia 18 de fevereiro de 2020, a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) realizou, no auditório do Museu Naval, a Reunião dos Elementos de Ligação da Biblioteca Volante, Serviço de extensão da Biblioteca da Marinha (BM). O encontro teve como objetivo apresentar o calendário de visitas para 2020, bem como instruir os representantes das Organizações Militares (OM) atendidas pela Biblioteca Volante sobre sua importância e função como elemento de ligação deste serviço, e, ainda, sobre o regulamento desta ação de estímulo à leitura.


Diretor da DPHDM, Vice-Almirante (RM1) José Carlos Mathias, abriu a reunião, ressaltando a vasta “quilometragem” da Biblioteca Volante em favor da leitura


Emprestando os mais variados títulos de literatura recreativa, o “ônibus literário” da DPHDM completa 47 primaveras neste ano e rodará a partir de abril, acumulando quilômetros e leitores até novembro, em visitas mensais a 38 OM de terra da Marinha do Brasil localizadas na cidade do Rio de Janeiro e adjacências — da Base de Fuzileiros Navais da Ilha das Flores, em São Gonçalo, ao Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, em Campo Grande.

Além disso, foram homenageados na reunião os três leitores mais assíduos da Biblioteca Volante no ano de 2019: o Suboficial (RM1-ES) Paulo Cesar Cavalcante de Oliveira, da Policlínica Naval de Campo Grande, que pegou emprestado 72 livros; o Suboficial (RM1-MO) José Lindomar Pinheiro Tavares, da Estação Rádio da Marinha no Rio de Janeiro, na Ilha do Governador, que contabilizou 28 livros lidos; seguido de perto pelo servidor civil Roberto da Silva Cardia, da Base de Abastecimento da Marinha no Rio de Janeiro, que somou 27 livros à sua bagagem de leitura.


Leitor fiel da “Volante” em 2019, o Suboficial (RM1-MO) Lindomar recebeu
uma lembrança da Capitão de Fragata (T) Leniza de Faria Lima Glad, da BM


Fomentando a leitura em nosso público interno, disseminando saberes e promovendo cidadania, a Biblioteca Volante recebeu, no decorrer de 2019, aproximadamente 2,6 mil visitantes, totalizando cerca de 1,5 mil empréstimos de livros — sendo o mais procurado o clássico A Arte da Guerra, tratado militar escrito pelo general, estrategista e filósofo chinês Sun Tzu no século IV a.C., emprestado 13 vezes no ano passado.