"Dia Azul de Conscientização sobre o Autismo" é realizado na Diretoria de Hidrografia e Navegação

Notícias
sexta-feira, 9 Agosto, 2019
No evento, destacou-se a importância de uma atitude inclusiva frente ao autismo
 
A Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), sob a coordenação do Núcleo de Assistência Social (NAS), realizou, no dia 8 de agosto, o "Dia Azul de Conscientização sobre o Autismo". O tema da pessoa com deficiência, especialmente, o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), foi escolhido para ser tratado na ocasião do 23º aniversário do NAS-DHN.
 
A a ideia inicial foi ressaltar a importância da humanização no âmbito das relações de trabalho. Entre os temas, o autismo foi centro do debate, assunto societário de relevância na atualidade.
 
No contexto do Complexo Naval da Ponta da Armação, o NAS, ao tomar contato com essa temática nos atendimentos rotineiros, percebeu a importância dos cuidados voltados à pessoa com TEA. Viu-se também como fundamental o olhar para a família e para os cuidadores englobados nesse processo. O dia dedicado a abordar o tema foi construído para tratá-lo de maneira informativa, lúdica e reflexiva, destacando que é preciso ter uma atitude inclusiva frente à pessoa com deficiência.
 
Na programação, foi exibido o curta-metragem brasileiro "Depois que te vi", de Renato Tórtora e Vinícius Saramago, premiado em festivais de cinema nacionais e internacionais. O filme retrata a vida de um jovem autista, as suas dificuldades no convívio em sociedade e o universo de encantos e possibilidades que o permeiam. Na programação cultural, houve, também, a apresentação da peça teatral "Anjo Azul acerca de tudo", de Joel Vieira, com a participação de atores autistas, que conta a saga dos autistas e de seus familiares em sua relação com o mundo e a sociedade, abordando, dentre outros aspectos, as dificuldades causadas pelo desconhecimento da maioria das pessoas sobre o autismo, destacando a importância da informação.
 
O "Dia Azul de Conscientização sobre o Autismo" contou, ainda, com uma entrevista com os atores Jorge Hissa, que viveu o personagem autista do curta-metragem, e Joel Vieira, autor, diretor, ator e pai de uma adolescente autista. Foi um momento de aprofundamento sobre o tema, revelando as dificuldades de quem vive no espectro do autismo e contribuindo, assim, para a inclusão e a quebra de preconceitos.