Navio Hidrográfico “Sirius” realiza primeiro teste do CISNE em região fluvial

Notícias
segunda-feira, 29 Julho, 2019
Militar do NHi “Sirius” opera o Sistema CISNE em região fluvial
 
Após suspender do Rio de Janeiro em 25 de junho para realizar a Comissão Barra Norte, o Navio Hidrográfico “Sirius” chegou no dia 12 de julho na Foz da Barra Norte do Rio Amazonas, realizando pela primeira vez teste com o Centro Integrado de Sistema de Navegação Eletrônica (CISNE) em região fluvial e com isso verificando a potencialidade deste sistema em águas interiores.
 
O Sistema desenvolvido no âmbito de nossa Instituição pelo Instituto de Pesquisa da Marinha (IPqM) ainda não havia sido testado em águas fluviais. O CISNE resulta de um projeto que busca a autonomia em sistemas de navegação eletrônica a ser empregado na Marinha do Brasil e para isso encontra-se em fase de testes em meios do Comando em Chefe da Esquadra, Diretoria de Hidrografia e Navegação e do Primeiro Distrito Naval.
 
O CISNE tem a função de integrar diversos Sistemas de Navegação em um único equipamento, utilizando para isso dados provenientes de cartas vetoriais e raster integrados aos equipamentos AIS, GPS e RADAR mostrado em uma única tela o movimento do Navio em tempo real. No sistema podem-se criar derrotas, cálculos táticos do Navio, disposição de contatos, inclusive, em forma de grade, homem ao mar, e é possível utilizá-lo em dois modos de visualização: diurno e noturno.  
 
A utilização desta tecnologia mostra a capacidade do Sirius em acompanhar a evoluções científicas e técnicas das atividades que lhe correspondem, ao longo de sua história.
 
No decorrer de seus levantamentos, o Navio viu todo o desenvolvimento do estado da arte dos equipamentos de navegação, posicionamento e sondagem. Desde os quintantes, passando pelo Raydist, Kelvin-Hughes, Mini-Ranger, Geocomp, Hyperfix, GPS, Microfix até a operação com sistemas de aquisição de dados por ecobatímetro multifeixe. O Sirius mostra, assim, ser um exemplo de possibilidades de novas tecnologias aliados a tradição de levantamentos hidrográficos.